Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Erosão Marinha  Voltar

Erosão Marinha

 

Erosão marinha é apenas a erosão que vem do mar.

Como as ondas batem em um rochedo, tiram pequenos pedaços de rocha, e ao longo de milhões de anos, pode desgastar as faces inteiras de rochas.

Dependendo de como as ondas estão atingindo o precipício, características diferentes podem ser feitas, por exemplo: cavernas, falésias e praias.

O que é

Erosão marinha é a ação do mar sobre acidentes geográficos costeiros.

Erosão Marinha

Quando o mar corrói uma área de terreno elevado para criar uma face vertical de rocha ou outro material de um penhasco é formado.

O mar cria um 'entalhe' na base do penhasco causando o precipício para finalmente entrar em colapso.

Baías e Costões

Se existem áreas de rochas moles e duros ao longo da costa do mar corrói a rocha mais mole mais rapidamente do que a rocha mais dura.

Isso cria uma grande entrada conhecida como uma baía.

A rocha mais difícil é menos afetado pela erosão do mar e permanece como um promontório.

Grutas, Arcos e Pilhas

Erosão Marinha

Quando o mar corrói uma seção de rocha mais suave na parte lateral de uma cabeceira de uma 'caverna' é formado. Caso esta caverna se torna ampliada o suficiente para chegar ao outro lado do promontório um 'Arco' irá se formar. Quando o arco desmorona um 'Sea Stack' permanece.

Fonte: www.resources.teachnet.ie

Erosão Marinha

Antes de abordarmos o "problema da erosão marinha", vamos fazer uma caracterização do ambiente e dos processos atuantes, responsáveis pela dinâmica costeira e consequente modelagem das linhas de costa, que são os ventos, as ondas, as correntes e marés.

Ventos

Os ventos são os grandes responsáveis pela dinâmica costeira, tendo um papel importante na sedimentação litorânea e nas formações das ondas, contribuindo, também, para a geração das correntes litorâneas.

Ondas

As ondas são geradas pelos ventos, atuam como importantes agentes de energia, constituindo-se na principal causa de erosão e gerando diversos tipos de correntes e diferentes padrões de transporte de areia. Desta forma, a morfologia dos perfis de praias arenosas, em uma determinada região, é definida em função do nível energético das ondas.

Correntes litorâneas e transporte de sedimentos

As ondas que chegam à praia geram uma série de correntes, cujo padrão depende do ângulo de incidência que fazem com a linha de praia. As mais importantes são as correntes de marés, as correntes oceânicas e as geradas pela arrebentação da onda.

As correntes litorâneas transportam os sedimentos que são colocados em movimento pela ação das ondas. Este movimento de areia é denominado de deriva litorânea e constitui-se num processo significativo de transporte de sedimentos ao longo das costas arenosas.

Marés

As marés são importantes ondas dos oceanos, as quais apresentam um levantamento eabaixamento rítmicos, que se traduzem por uma oscilação periódica do nível do mar, devido à atração dos astros sobre as águas.

Esta oscilação d'água é acompanhada de correntes horizontais (correntes de marés), sendo que duas vezes durante o mês, na lua nova e na lua cheia, quando ocorrem as marés mais altas, chamadas de sizígia.

No domínio costeiro, a amplitude da maré pode ser a causadora de profundas modificações no processo de sedimentação do litoral, seja acumulando ou erodindo a costa.

Equilíbrio da praia

O equilíbrio de uma praia depende da relação entre o aporte de sedimentos e a capacidade de transporte litorâneo. Se uma quantidade de areia maior que aquela que pode ser transportada pelas ondas é levada até a costa, a praia tenderá a acumular areia; caso contrário, se o aporte de sedimentos for menor, a praia será erodida. Alguns fatores externos, como mudanças do nível do mar ou a construção de obras de engenharia que interrompam o transporte litorâneo de sedimentos, podem modificar sensivelmente o balanço sedimentar, consequentemente, o equilíbrio da praia.

Entendendo Erosão Costeira

As mudanças do nível do mar

Atualmente, a tendência observada em escala mundial é a elevação lenta do nível médio dos mares. Este movimento é causado, principalmente, pelo degelo das calotas polares, que vem ocorrendo há, pelo menos, 20.000 anos. Ao longo deste período, o nível do mar subiu cerca de 150 metros, provocando um recuo da linha de costa. A taxa atual de elevação do nível do mar, devido a este fenômeno, é de 5cm a cada 25 anos, em nível mundial.

Morfologia costeira

A morfologia da costa exerce uma grande influência sobre a erosão marinha. A largura da plataforma continental, presença de promontórios, topografia da praia e a ocorrência de arenitos de praia (beach rocks) e corais apresentam-se com importante papel no fenômeno de erosão. Os recifes de arenito e corais, por exemplo, podem contribuir para a proteção da costa como barreiras naturais contra o ataque das ondas. Estas barreiras absorvem grande parte das energias das ondas, antes que estas atinjam as praias. Deste modo, a movimentação de areias é bastante reduzida entre as praias e estas barreiras.

Ambiente costeiro x Erosão marinha

As zonas costeiras representam cerca de 1,6% da superfície das terras emersas, abrigando aproximadamente 40% da população mundial, constituindo-se nas áreas mais afetadas pela ação do homem. Estas zonas apresentam uma grande fragilidade e vulnerabilidade às intervenções antrópicas, decorrentes da complexidade de ambientes resultantes da interação terra/mar.

A erosão marinha é um problema que está intimamente associado a uma ocupação desordenada e à falta de um planejamento urbano. Outros fatores de ordem ambiental contribuem fortemente para agravar este problema, dentre os quais aterros indiscriminados dos mangues e "obras de engenharias", que quando executadas sem critérios globais, podem agravar ou provocar a erosão nas áreas adjacentes

Fonte: www.cprh.pe.gov.br

Erosão Marinha

Erosão Marinha

É a erosão causada pela água do mar. O choque das ondas do mar contra uma rocha realiza lentamente o seu desgaste. A erosão marinha também forma ilhas, baias e cabos.

A erosão marinha é provocada pela água do mar.

O choque das ondas do mar contra uma rocha promove lentamente o seu desgaste.

A erosão marinha também forma ilhas, baías e cabos.

Ilhas - Terra cercada de água por todos os lados menos extensa que os meio-ambiente.
Baías - Pequena enseada
Cabo - Ponta de terra que avança pelo mar.

A erosão marinha é a ação da água do mar, que desgasta as rochas.

A erosão marinha é provocada pela água do mar. A força das ondas com o impacto das rochas formam ilhas, baías e também cabos por isso e chamada de erosão marinha. É aquela que acontece com a força das ondas com rochas pode ser com água salgadas.

É a erosão causada pela água do mar. O choque das ondas do mar contra uma rocha realiza lentamente o seu desgaste. A erosão marinha também forma ilhas, baias e cabos.

Fonte: websmed.portoalegre.rs.gov.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal