Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Melancia - Página 4  Voltar

Melancia

Nome popular: melancia
Nome científico: Citrullus vulgaris Schrad
Família botânica: Cucurbitaceae

Melancia

Características da planta

Planta de caule rasteiro e ramificado. Folhas ovais, divididas em 3 lobos, apresentando estruturas em espiral presas ao caule, denominadas "gavinhas" Flores pequenas, de coloração amarelo-esverdeada.

Fruto

Arredondado ou alongado, de casca lisa, verde ou rajada por manchas amareladas. Polpa abundante que varia de cor: branco-rósea, amarelada, avermelhada ou purpúrea, com as sementes avermelhadas ou pretas.

Cultivo

Por sementes, em agosto nas regiões de inverno rigoroso, c em qualquer parte do ano nas demais regiões. Prefere solos sílico-argilosos, profundos e ricos em matéria orgânica. A colheita é feita cerca de 100 dias após plantio.

A melancia é fruta extraordinária e grande, talvez uma das maiores entre todas as frutas existentes. Para se ter uma idéia, em condições normais de producão, seu peso pode variar entre 10 e 20 Kg de pura água.

Provavelmente originária do norte da África, acredita-se que a melancia seja espécie conhecida e cultivada pelo homem há mais de 4 mil anos. Cultura exigente de climas quentes ou temperado-quentes, hoje em dia a melancia é encontrada em todas as regiões tropicais do globo.

No Brasil, a fruta pode ser plantada por toda parte. E é! No volume e no valor econômico, a melancia está entre os dez primeiros lugares na lista das hortaliças comercializadas no mercado nacional.

Os principais pólos produtores de melancia no país estão no sul, onde os Estados do Rio Grande do Sul e de São Paulo abarcam quase a metade de toda a produção e no nordeste, mais precisamente na Bahia e em Pernambuco, onde as áreas irrigadas do Vale do Rio São Francisco são responsáveis por cerca de um quarto do total produzido. Parte dessa produção destina-se à exportação, especialmente para alguns países da própria América do Sul.

Melancia

Juntamente com o melão, a melancia é fruta da família das Cucurbitáceas, a mesma do pepino, da abóbora e do chuchu.

Em suas diferentes variedades - embora exista uma variedade cuja polpa é amarelada - as melancias têm, em geral, uma coloração que varia entre o branco-róseo e o vermelho forte. Qualquer que seja a variedade, em quase todos os casos, a melancia é completa e desor-denadamente pontilhada por pequenas sementes chatas, negras e lisas, dispersas em meio à grande polpa.

Essa polpa é, também, bastante aquosa, sendo a proporção de água que encerra ainda superior à dos melões. Água pura!

Por esse motivo, a melancia é uma das frutas mais refrescantes existentes, ganhando ainda dos melões por ser menos indigesta do que eles.

Na verdade, em situações de extremo calor, em meio ao sol do meio-dia do verão tropical, nada como uns bons nacos de uma melancia fresca para repor os líquidos perdidos pela transpiração. Sem sombra de dúvidas, esta é a melhor ocasião e maneira de saboreá-la.

Nas cidades do nordeste do Brasil e em algumas cidades mais quentes do sudeste, inclusive, é comum encontrar ambulantes vendendo pedaços já partidos de melancia e de outras frutas refrescantes, tais como o abacaxi para atenuar o calor dos passantes.

Aliás, por seu tamanho excessivo, uma única melancia inteira chega a ser aquisição exagerada para o consumo de uma família comum. Assim, as melancias são normalmente vendidas, nos mercados e nas feiras brasileiras, já cortadas em pedaços, quartos ou metades.

O caldo generoso e a polpa consistente da melancia são adocicados. Em geral, quanto mais madura a fruta, mais doce seu sabor. Porém, algumas vezes, este é insípido e sem graça e, então, só serve para alimentar os animais que nunca se fartam de comê-la.

Determinar se uma melancia está ou não está madura não é tarefa fácil. Sua casca, dura e espessa, não deixa transparecer o que há lá dentro. Um bom método é dar uns soquinhos com os nós dos dedos: se a fruta ainda estiver meio verde, o som sairá um pouco metálico. Do contrário, quanto mais surdo for o som que vier da fruta, mais madura ela estará.

Fonte: www.bibvirt.futuro.usp.br

Melancia

Melancia

Ser ou não ser, eis a questão. Ser muito ou pouco glicêmico, eis a avaliação.

Durante a estruturação desde dicionário várias vezes já questionáramos a questão da oportunidade.

Ou seja, eu posso estar comendo o alimento certo, na quantidade absolutamente certa, mas na hora absolutamente errada.

A melancia é a famosa fruta do licopeno. Além de saborosa e doce não cometa o pecado de a converter em suco. Você vai acabar tomando o suco na hora errada.

E, nós sabemos, que você não vai tomar esse suco de melancia após as suas principais refeições. Não tome excessivos líquidos nas refeições; logo não tome o suco de melancia.

Mas, nós também sabemos que você pode comer um pedaço de melancia após o almoço. Que mal tem nisso? Nenhum. Salvo se você estiver com diabetes ou com altos índices glicêmico no sangue.

Pois bem, se você deseja os excepcionais carotenóides que só a melancia tem (e nós não podemos fabricá-los com a atividade do nosso organismo) fica claro que após as refeições nós poderemos ir buscar na melancia o bem que melancia tem.

Os pequenos cuidados que deveremos ter com a melancia, saladas de frutas, e frutas glicêmicas em geral, se relacionam muito mais às situações de perda de peso e sobretudo à quantidade de açúcar em nossa corrente sanguínea.

Entretanto, se você está acompanhando a sua glicose, se está com a gordura corporal no seu limite ideal, se está em atividade física normal e harmônica, com a termogênese afinada; por que não corre atrás dos seus carotenóides e ao mesmo tempo dos seus sabores e dos seus prazeres?

Desse jeito, deixe a melancia e outras frutas glicêmicas pertencerem ao seu mundo diário e ao seu prazer.

Se você tem o seu organismo em absoluta harmonia e equilibrado, dirija-o para onde desejar.

Não será uma fatia de melancia que lhe tirará do controle.

Coma absolutamente tudo. Mas, antes, estude e informe-se acerca de tudo o que você come.

Dirija na estrada. Mas saiba em qual estrada você está dirigindo.

Fonte: www.dontmakediet.com

 

voltar 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal