Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Melancia - Página 8  Voltar

Melancia

Nome popular: melancia
Nome científico: Citrullus vulgaris Schrad.
Família botânica: Cucurbitaceae

Melancia

Características da planta: Planta de caule rasteiro e ramificado. Folhas ovais, divididas em 3 lobos, apresentando estruturas em espiral presas ao caule, denominadas "gavinhas" Flores pequenas, de coloração amarelo-esverdeada.

Fruto: Arredondado ou alongado, de casca lisa, verde ou rajada por manchas amareladas. Polpa abundante que varia de cor: branco-rósea, amarelada, avermelhada ou purpúrea, com as sementes avermelhadas ou pretas.

Cultivo: Por sementes, em agosto nas regiões de inverno rigoroso, c em qualquer parte do ano nas demais regiões. Prefere solos sílico-argilosos, profundos e ricos em matéria orgânica. A colheita é feita cerca de 100 dias após plantio.

A melancia é fruta extraordinária e grande, talvez uma das maiores entre todas as frutas existentes. Para se ter uma idéia, em condições normais de producão, seu peso pode variar entre 10 e 20 Kg de pura água.

Provavelmente originária do norte da África, acredita-se que a melancia seja espécie conhecida e cultivada pelo homem há mais de 4 mil anos. Cultura exigente de climas quentes ou temperado-quentes, hoje em dia a melancia é encontrada em todas as regiões tropicais do globo.

No Brasil, a fruta pode ser plantada por toda parte. E é! No volume e no valor econômico, a melancia está entre os dez primeiros lugares na lista das hortaliças comercializadas no mercado nacional.

Os principais pólos produtores de melancia no país estão no sul, onde os Estados do Rio Grande do Sul e de São Paulo abarcam quase a metade de toda a produção e no nordeste, mais precisamente na Bahia e em Pernambuco, onde as áreas irrigadas do Vale do Rio São Francisco são responsáveis por cerca de um quarto do total produzido. Parte dessa produção destina-se à exportação, especialmente para alguns países da própria América do Sul.

Juntamente com o melão, a melancia é fruta da família das Cucurbitáceas, a mesma do pepino, da abóbora e do chuchu.Em suas diferentes variedades - embora exista uma variedade cuja polpa é amarelada - as melancias têm, em geral, uma coloração que varia entre o branco-róseo e o vermelho forte. Qualquer que seja a variedade, em quase todos os casos, a melancia é completa e desor-denadamente pontilhada por pequenas sementes chatas, negras e lisas, dispersas em meio à grande polpa.

Essa polpa é, também, bastante aquosa, sendo a proporção de água que encerra ainda superior à dos melões. Água pura!

Por esse motivo, a melancia é uma das frutas mais refrescantes existentes, ganhando ainda dos melões por ser menos indigesta do que eles.

Na verdade, em situações de extremo calor, em meio ao sol do meio-dia do verão tropical, nada como uns bons nacos de uma melancia fresca para repor os líquidos perdidos pela transpiração. Sem sombra de dúvidas, esta é a melhor ocasião e maneira de saboreá-la.

Nas cidades do nordeste do Brasil e em algumas cidades mais quentes do sudeste, inclusive, é comum encontrar ambulantes vendendo pedaços já partidos de melancia e de outras frutas refrescantes, tais como o abacaxi para atenuar o calor dos passantes.

Aliás, por seu tamanho excessivo, uma única melancia inteira chega a ser aquisição exagerada para o consumo de uma família comum. Assim, as melancias são normalmente vendidas, nos mercados e nas feiras brasileiras, já cortadas em pedaços, quartos ou metades.

O caldo generoso e a polpa consistente da melancia são adocicados. Em geral, quanto mais madura a fruta, mais doce seu sabor. Porém, algumas vezes, este é insípido e sem graça e, então, só serve para alimentar os animais que nunca se fartam de comê-la.

Determinar se uma melancia está ou não está madura não é tarefa fácil. Sua casca, dura e espessa, não deixa transparecer o que há lá dentro. Um bom método é dar uns soquinhos com os nós dos dedos: se a fruta ainda estiver meio verde, o som sairá um pouco metálico. Do contrário, quanto mais surdo for o som que vier da fruta, mais madura ela estará.

Fonte: www.emater-rondonia.com.br

Melancia

Melancia

Família

Curcubitáceas.

Possui grande poder refrescante. Não combina misturar melancia com outros alimentos sólidos ou líquidos.

Composição: fósforo, cálcio, ferro, calorias, proteínas, gorduras, hidratos de carbono, vitamina A, B1, B2, B5 e vitamina C.

A melancia é muito diurética (que facilita a secreção da urina. Medicamento diurético - citação: Dicionário Aurélio), e levemente laxante (purgante - que causa evacuação intestinal; purgativo).

Indicações

Em casos de ascites e nas obstruções renais (Renal - relativo aos rins), segundo o Dr. Domingos D'Ambrósio. A água da melancia causa grandes descargas de ácido úrico (Dr. W. F. Friedmann). Indicado também nos casos de artrite, reumatismo, acidez estomacal, dispepsia, enfermidades dos rins e da bexiga, etc.

Uma das frutas mais refrescantes da natureza, a melancia deve ser consumida bem fresca e madura; do contrário pode causar cólicas e disenterias. Não abusar nem combiná-la com outros alimentos, principalmente as crianças.

Indicações

Levemente laxante e diurética. Indicada nos reumatismos e nas obstruções renais.

A melancia lava o estômago e o intestino e traz muitos bons resultados nas enfermidades das vias urinárias. Vermífuga, antifebril, enérgica. Nos casos de ascite e obstrução renal é aconselhado o consumo de melancia. Recomendada também para artrite, acidez gástrica, dispepsia, afecções dos rins e da bexiga.

As sementes pisadas são usadas pela medicina popular para combater moléstias do aparelho urinário.

Melancia

Uso

Como diurética, vermífuga e antifebril comer uma fatia diária de melancia.

Externamente

A polpa e a casca trituradas, através de cataplasma ou em sucos em pinceladas, é excelente no tratamento de erisipela. Contra as febres, o suco de melancia é bastante eficaz, pode-se colocar também pedaços da fruta no abdômen. As sementes, trituradas, acalmam as dores produzidas por ferimentos, além de reduzirem a hipertensão arterial (não indicou como usar as sementes).

Fonte: www.plantaservas.hpg.ig.com.br

 

voltar 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal