Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Meteorismo  Voltar

Meteorismo

 

Na atualidade muitos fatores influenciam um problema chamado meteorismo. Meteorismo é o acúmulo de gases no estômago, com fortes dores no abdômen e inchaço.

Stress, ansiedade, vida sedentária, alimentação incorreta são um dos principais fatores.

Para obter melhora desse problema o ideal é consultar um médico especialista para avaliar e ver qual o melhor tratamento.

O nutricionista também poderá elaborar uma dieta especial para quem sofre desse problema, com alimentos que diminuem a formação de gases.

Por Portal São Francisco

Definição

Gás no trato digestivo.

Eructação

Eructação é a saída de gás do estômago e esôfago de modo voluntário ou involuntário. Ocorre mais freqyentemente após as refeições, quando há distensão gástrica.

Eructação é um reflexo normal e sozinho não denota disfunção gastrintestinal.O gás no estômago é proveniente da aerofagia e o seu excesso pode causar distensão, flatulência e dor abdominal.

Isso ocorre por alimentação rápida, mascar chiclete, fumo e carboidratos.Avaliação deve ser restrita a pacientes com ou­tras queixas como disfagia, pirose, saciedade precoce e vômitos.

Tratamento

Modificação comportamental ao se alimentar. Não melhora com uso de antiácidos e dimeticona.

Flatulência

O gás intestinal provém basicamente de três fontes: deglutição do ar, produção intraluminal (pelas bactérias colônicas) e difusão entre o lúmen e o sangue.

Predomínio dos sintomas de plenitude, timpanismo e distensão abdominal, além de borbo­rigmos e excessiva eliminação de gases (flatos). Para investigação é necessário uma anamnese completa. Além disso, avaliar a retirada de laticínios, feijão, lentilha, brócolis, couve-flor, cebola, cerveja e café.

A intolerância a frutose também é muito comum (frutas, doces, refrigerantes e sucos). Se as queixas persistirem, diminuir ou eliminar as fibras da dieta.

Em pacientes jovens com sintomas funcionais e sem evidências de doenças graves pode-se tentar uma abordagem terapêutica por curto período, antes de iniciar os exames complementares.

A literatura científica ainda não demonstrou o real benefício do uso da dimeticona e do carvão ativado para reduzir o volume de gás intestinal. No entanto, a dimeticona continua sendo prescrita por ser uma droga segura e sem efeito colateral significativo.

Em casos de difícil manejo, suspeitar da síndrome do intestino irritável.

Fonte: www.consultormedico.com

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal