Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  artigo  Voltar

ARTIGO



Subclasse de palavras variáveis que se antepõem ao substantivo para identificar e determinar o ser que este exprime. Se se trata de um ser já conhecido utiliza-se o artigo definido. Se se trata de um simples representante de uma dada espécie ao qual não se fez menção anterior utiliza-se o artigo indefinido.

Formas Simples

Artigos Definidos

Artigos Indefinidos

 

Singular

Plural

 

Singular

Plural

Masculino

o

os

Masculino

um

uns

Feminino

a

as

Feminino

uma

umas

Formas Combinadas (Contracção)

 

Artigos Definidos

 

Artigos Indefinidos

Preposições o a os as Preposições um uma uns umas
a ao à aos às em num numa nuns numas
de do da dos das          
em no na nos nas de dum duma duns dumas
por (per) pelo pela pelos pelas          

Fonte: www.priberam.pt

ARTIGO

Classe variável que define ou indefine um substantivo.

Podem ser:
Flexionam-se em:
Servem para:

Substantivar uma palavra que geralmente é usada como pertencente a outra classe.

Exemplo

Evidenciar o gênero do substantivo.

Exemplo

Fonte: www.portugues.com.br

Artigo

O Artigo como classe gramatical

No Brasil é grande a preocupação com a crase, mas poucas pessoas se dão conta de que conhecer bem o artigo é imprescindível para se fazer bom uso do acento indicativo de crase. O artigo é a palavra que introduz o substantivo, indicando-lhe o gênero (masculino/feminino) e o número (singular/plural).

O artigo definido - o, a, os, as - individualiza, determina o substantivo de modo particular e preciso. Designa um ser já conhecido do leitor ou ouvinte. Exemplos:

O artigo definido também é empregado para indicar a espécie inteira; isto é, usa-se o singular com referência à pluralidade dos seres:

O artigo indefinido - um, uma, uns, umas - determina o substantivo de modo impreciso, indicando que se trata de simples representante de uma dada espécie. Designa um ser ao qual não se fez menção anterior. Exemplos:

Por questão de estilo, evita-se a utilização freqüente de um, uma. O abuso do artigo indefinido torna a frase pesada e deselegante. Observe nos períodos abaixo como certos artigos são desnecessários:

Não se usa o artigo indefinido antes de pronome de sentido indefinido, como certo, outro, qualquer, tal.

Casos específicos

Certo. O artigo indefinido é usado como reforço em expressões exclamativas.

Certo. Na 1ª frase está subentendida a indeterminação: umas/algumas técnicas; na 2ª, entende-se que sejam todas as técnicas existentes no momento.

Está certa a ausência do artigo, pois significa que nenhum país (da Europa) foi poupado no pior inverno dos últimos anos. É importante notar que a indefinição se faz mentalmente - não é preciso constar explicitamente o artigo ou o pronome indefinido. Caso a reportagem estivesse se referindo só à Inglaterra ou à Suécia, por exemplo, o redator teria escrito "não pouparam o país".

Normalmente nos guiamos pela intuição, mas é possível estabelecer algumas normas que presidem o uso ou a omissão do artigo. Vejamos caso a caso.

"De época" é expressão usada para designar um traje, uma fantasia característica do passado. Com o artigo [da época], seríamos obrigados a determinar qual.

O artigo pode ser usado junto a um nome de pessoa quando existe familiaridade. Mas em algumas regiões do Brasil dispensa-se o artigo sistematicamente diante do nome da pessoa.

Os nomes próprios de pessoas (famosas ou não), quando usados por inteiro, não precisam do artigo.

Usa-se o artigo com nomes próprios geográficos, nomes de países e de alguns Estados brasileiros (o Paraná, o Rio de Janeiro, a Bahia, o Rio Grande do Sul, o Espírito Santo etc.)

Nomes de cidades geralmente prescindem de artigo. Há exceções: o Rio de Janeiro, o Cairo, o Porto. Quanto a Recife, é facultativo o uso.

Nomes de cidades passam a admitir o artigo desde que acompanhados de qualificação ("dos meus sonhos", neste caso).

Dir-se-ia o imperador se D. Pedro II tivesse sido o único e não um imperador do Brasil.

Não se usa artigo antes de pronomes pessoais e de tratamento.

Dentre as expressões de tratamento, senhor, senhora e senhorita são as únicas que admitem artigo, mas não quando vocativo, ou seja, quando nos dirigimos à própria pessoa.

Os adjetivos São, Santo e Santa, quando acompanhados de nome próprio, não admitem artigo, assim como Nosso Senhor e Nossa Senhora.

O artigo é omitido antes da palavra casa quando designa residência, lar. Mas não quando particularizada ou usada na acepção de prédio, estabelecimento.

Omite-se o artigo junto ao vocábulo terra quando em oposição a bordo, mar.

Costuma-se omitir o artigo com a palavra palácio quando designa a residência ou o local de despacho de um chefe de governo.

O artigo é usado nas expressões de peso e medida com o sentido de "cada".

Usa-se o artigo com as estações do ano, exceto quando elas vêm precedidas de 'de', significando próprio de, como em "Gosto do sol de inverno".

O artigo caso a caso (conclusão)

É indiferente o emprego do artigo antes de possessivos acompanhados de substantivos.

Em função substantiva (isto é, no lugar do substantivo), o possessivo tem um sentido quando acompanhado de artigo (o meu carro = o único que possuo), e outro sentido sem o artigo ("é meu" denota uma simples idéia de posse).

Dispensa o artigo o pronome possessivo usado em expressões com o valor de "alguns".

Quando o possessivo faz parte de um vocativo, não admite o artigo.

O artigo é omitido com o possessivo em certas expressões feitas: em nosso poder, a seu bel-prazer, por minha vontade, cada um a seu turno, a meu modo, em meu nome, a seu pedido etc.

Omite-se o artigo antes de palavras de sentido geral, indeterminado.

Não se usa o artigo antes de substantivos abstratos, em expressões que não contêm nenhuma determinação.

Normalmente se repete o artigo para evitar ambigüidade, pois sem ele os dois substantivos podem designar o mesmo ser. Não seria o caso acima, porque não se casa com irmão, mas fica diferente agora: Admiro o meu irmão e amigo (uma pessoa). Admiro o meu irmão e o meu amigo (duas pessoas).

Dispensam o artigo as matérias de estudo empregadas com os verbos ensinar, aprender, estudar e equivalentes.

Maria Tereza de Queiroz Piacentini

Fonte: kplus.cosmo.com.br

ARTIGO

É a palavra variável em gênero e número que precede um substantivo, determinando-o de modo preciso (artigo definido) ou vago (artigo indefinido). Os artigos classificam-se em:

01) Artigos Definidos: o, a, os, as.

02) Artigos Indefinidos: um, uma, uns, umas.

Exemplos

Emprego dos artigos 01) Ambos

Usa-se o artigo entre o numeral ambos e o elemento posterior, caso este exija o seu uso.

Ex.

02) Todos: Usa-se o artigo entre o pronome indefinido todos e o elemento posterior, caso este exija o seu uso. Ex.

03) Todo: Diante do pronome indefinido todo, usa-se o artigo, para indicar totalidade; não se usa, para indicar generalização. Ex.

04) Cujo: Não se usa artigo após o pronome relativo cujo. Ex.

05) Pronomes Possessivos: Diante de pronomes possessivos, o uso do artigo é facultativo. Ex.

06) Nomes de pessoas: Diante de nome de pessoas, só se usa artigo, para indicar afetividade ou familiaridade. Ex.

07) Casa: Só se usa artigo diante da palavra casa (lar, moradia), se a palavra estiver especificada. Ex.

08) Terra: Se a palavra terra significar "chão firme", só haverá artigo, quando estiver especificada. Se significar planeta, usa-se com artigo. Ex.

09) Nomes de lugar: Só se usa artigo diante da maioria dos nomes de lugar, quando estiver qualificado. Ex.

Nota: Alguns nomes de lugar vêm acompanhados de artigo: a Bahia / o Rio de Janeiro / o Cairo; outros têm o uso do artigo facultativo. São eles: África, Ásia, Europa, Espanha, França, Holanda e Inglaterra. 10) Nomes de jornais, revistas...: Não se deve combinar com preposição o artigo que faz parte do nome de jornais, revistas, obras literárias. Ex.

Fonte: www.gramaticaonline.com.br

Artigo

Artigo é a partícula que vem sempre antes de um substantivo para designar seu gênero, particularizando-o ou generalizando-o. Qualquer classe gramatical de palavras que for precedida de artigo será automaticamente substantivada.

Quanto à capacidade de particularizar ou de generalizar um substantivo, o artigo pode ser classificado em definido (particularizante, indica um ser específico dentro da espécie) ou indefinido (generalizante, indica um ser qualquer dentro da espécie).

Veja a tabela de artigos seguinte:

Artigos Definidos

Número / Gênero Masculino Feminino
Singular le la
Plural les las

Artigos Indefinidos

Número / Gênero Masculino Feminino
Singular un une
Plural uns unes

Observação: Os artigos indefinidos no plural não são exatamente usados como o plural dessas formas no singular. São equivalentes ao pronome indefinido alsun e compostos. O verdadeiro plural do artigo indefinido singular é simplesmente a ausência de artigos.

Além disso, há o artigo l', usado no lugar de le e de la antes de palavras começando com vogal: l'ammy, l'episode, l'office.

O artigo une ainda possui a forma un', que possui o mesmo uso de l' mas que não deve ser usada comumente, somente em textos literários e em discursos orais muito cerimoniosos: un'ammante, un'officiélle.

Fonte: victorian.fortunecity.com

ARTIGO

Na frase, há muitas palavras que se relacionam ao substantivo.Uma delas é o artigo.

Artigo é a palavra que se antepõe ao substantivo para determiná-lo.

Exemplos:

Classificação do Artigo

O artigo se classifica de acordo com a idéia que atribui ao ser em relação a outros da mesma espécie.

Exemplos:

O artigo um que se refere ao substantivo homem indica o ser de maneira imprecisa: trata-se de um homem qualquer entre os demais.

O artigo o que se refere ao substantivo técnico indica o ser de maneira precisa:trata-se de um ser específico, que já era esperado.

Portanto, o artigo classifica-se em:

Definido

É aquele usado para determinar o substantivo de forma definida:

Indefinido

É aquele usado para determinar o substantivo de forma indefinida:

Flexão do Artigo

O artigo é uma classe variável. Varia de gênero e número para concordar com o substantivo a que se refere.

Fonte: www.geocities.com

voltar 12avançar

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal