Facebook do Portal São Francisco
Google+
+ circle
Home  numeral página 3  Voltar

Numeral



Numeral é a palavra que quantifica exatamente os seres ou indica a sua posição relativa numa série. dois, dez, cem, décimo, quíntuplo, dobro, dois terços, um quarto, um vinte avos, ambos etc.

Cardinais: esclarecem a quantidade

Os numerais cardinais um, dois e as centenas a partir de duzentos sofrem flexão de gênero.

um balão dois balões uma bola duas bolas duzentos homens duzentas mulheres trezentos carros trezentas motos

Milhão, bilhão e trilhão têm flexão de número.

um milhão dois milhões três bilhões cem trilhões

Ambos (que substitui o cardinal os dois) sofre flexão de gênero.

Trazia ambos os chapéus sujos. Usava ambas as mãos para cumprimentar.

Ordinais: indicam a ordem em determinada série.

Todos os numerais ordinais sofrem flexão de gênero e de número.

primeira mão segunda mão vigésimo dia vigésimos colocados

Multiplicativos: indicam a multiplicação

Os multiplicativos são invariáveis se usados como substantivos. Sofrem flexão quando usados como adjetivos.

Tenho o dobro disso (dobro = substantivo)   Pedira dois uísques duplos. (duplos = adjetivo)

Fracionários: indicam o fracionamento, uma divisão

Os fracionários flexionam-se conforme a flexão do numeral cardinal que faz parte da fração.

um quarto dois quartos três quartos

 

meio deve concordar em gênero com o designativo da quantidade de que é fração. Duas quadras e meia [quadra]. Meio-dia e meia [hora].

 

Cardinais
Ordinais
Multiplicativos
Fracionários
Um
Primeiro
(simples)
-
Dez
Décimo
Décuplo
décimo
Catorze
décimo quarto
-
catorze avos
Setecentos
septingentésimo
-
septigentésimo

Coletivos

Os coletivos indicam um conjunto de elementos com número exato.

Bíduo (período de dois dias) decálogo (conjunto de dez leis) trinca (agrupamento de três coisas)

Leitura e escrita dos numerais

Para os cardinais devemos intercalar a conjunção e entre as unidades, as dezenas e as centenas: 46 = quarenta e seis 763 = setecentos e sessenta e três

Entre o milhar e a centena, não se emprega a conjunção e: 1996 = mil novecentos e noventa e seis

Emprega-se a conjunção e entre os elementos de uma mesma ordem, omitindo-a quando ordens diferentes: 862 743 = oitocentos e sessenta e dois mil, setecentos e quarenta e três.

Fonte: www.weblinguas.com.br

Numeral

Os numerais são palavras que indicam uma quantidade ou um número exato referente à quantidade de seres ou objetos aos quais se referem numa enunciação. Os numerais podem ser cardinais, ordinais, multiplicativos, fracionários e coletivos. Os numerais possuem normalmente a função adjetiva, mas podem ser substantivados.

Numerais Cardinais

Os numerais cardinais são aqueles que utilizam os números naturais para a contagem de seres ou objetos, ou até designam a abstração das quantidades: os números em si mesmos (Exemplo: Dois mais dois são quatro), neste último caso valendo então, na realidade, por substantivos. Os numerais cardinais um, dois (e todos os números terminados por estas unidades), assim como as centenas contadas a partir de duzentos, são variáveis em gênero. Os numerais que indicam milhões, bilhões etc. são invariáveis em gênero.

Numerais Coletivos

Os numerais coletivos são aqueles que indicam uma quantidade específica de um conjunto de seres ou objetos. São termos variáveis em número e invariáveis em gênero.

Exemplos de numerais coletivos são: dúzia(s), milheiro(s), milhar(es), dezena(s), centena(s), par(es), década(s), grosa(s).

Numerais Fracionários

Os numerais fracionários são aqueles que indicam partes, frações, sendo concordantes com os numerais cardinais. Exemplo: Três quartos da superfície terrestre são cobertos de água.

Numerais Multiplicativos

Os numerais multiplicativos são aqueles que indicam uma quantidade equivalente a uma multiplicação (uma duplicação, uma triplicação etc.).

Exemplos: Às vezes, as palavras possuem duplo sentido; Arrecadou-se o triplo dos impostos relativos ao ano passado.

Numerais Ordinais

Os numerais ordinais são aqueles que indicam a ordenação ou a sucessão numérica de seres e objetos. Exemplos: Recebeu o seu primeiro presente agora mesmo.

Numeral

Numeral é uma palavra que exprime número de ordem, múltiplo ou fração. Os numerais classificam-se em:

1º) Cardinais: um, dois, três, quatro, cinco, seis, sete, oito, nove, dez, treze, catorze, vinte, trinta, quarenta, cinqüenta, cem, mil, milhão, bilhão.

2º) Ordinais: primeiro, segundo, terceiro, etc.

3º) Fracionários: meio, um terço, um quarto, um quinto, um sexto, um sétimo, um oitavo, um nono, um décimo, treze avos, catorze avos, vinte avos, trinta avos, quarenta avos, cinqüenta avos, centésimo, milésimo, milionésimo, bilionésimo.

4º) Multiplicativos: dobro, triplo, quádruplo, quíntuplo, sêxtuplo, sétuplo, óctuplo, nônuplo, décuplo, cêntuplo.

Atenção para a grafia dos numerais cardinais:

16 – dezesseis 600 – seiscentos 50 – cinqüenta 60 – sessenta 17 – dezessete 13 – treze 14 – catorze ou quatorze

Atenção para a grafia dos seguintes numerais ordinais:

- sexto 400º - quadringentésimo 900º - nongentésimo 80º - octogésimo 11º - undécimo 600º - seiscentésimo 70º - septuagésimo 300º - trecentésimo 12º - duodécimo 500º - qüingentésimo 100º - centésimo 1.000º - milésimo 50º - qüinquagésimo 700º - setingentésimo 200º - ducentésimo 800º - octingentésimo 60º - sexagésimo

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES

1ª) Na designação de papas, reis, séculos, capítulos, tomos ou partes de obras, usam-se os ordinais para a série de 1 a 10; daí em diante, usam-se os cardinais, desde que o numeral venha depois do substantivo.

Exemplos: D. Pedro II (segundo), Luís XV (quinze), D. João VI (sexto), João XXIII (vinte e três), Pio X (décimo), Capítulo XX (vinte).

2ª) Quando o substantivo vier depois do numeral, usam-se sempre os ordinais.

Exemplos: primeira parte, décimo quinto capítulo, vigésimo século.

3ª) Na numeração de artigos, leis, decretos, portarias e outros textos legais, usa-se o ordinal até 9 e daí em diante o cardinal.

Exemplos: artigo 1° (primeiro), artigo 12 (doze).

4ª) Aos numerais que designam um conjunto determinado de seres dá-se o nome de numerais coletivos.

Exemplos: dúzia, centena.

5ª) A leitura e escrita por extenso dos cardinais compostos deve ser feita da seguinte forma:

a) Se houver dois ou três algarismos, coloca-se a conjunção e entre eles.

Exemplos: 94 = noventa e quatro ; 743 = setecentos e quarenta e três.

b) Se houver quatro algarismos, omite-se a conjunção e entre o primeiro algarismo e os demais (isto é, entre o milhar e a centena). Exemplo: 2438 = dois mil quatrocentos e trinta e oito.

Obs.: Se a centena começar por zero, o emprego do e é obrigatório.

5062 = cinco mil e sessenta e dois.

Será também obrigatório o emprego do e se a centena terminar por zeros.

2300 = dois mil e trezentos.

c) Se Houver vários grupos de três algarismos, omite-se o e entre cada um dos grupos.

5 450 126 230 = cinco bilhões quatrocentos e cinqüenta milhões, cento e vinte e seis mil duzentos e trinta.

6ª) Formas variantes:

Alguns numerais admitem formas variantes como catorze / quatorze, bilhão / bilião.

Nota: As formas cincoenta (50) e hum (1) são erradas.

Fonte: www.algosobre.com.br

1 2 3 4
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal