Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Pronomes Indefinidos  Voltar

Pronomes Indefinidos

 

Pronomes Indefinidos - O que é

Pronome indefinido é aquele que se refere a pessoa ou coisas de modo vago ou incerto, ou...

Chamam-se indefinidos os pronomes que se aplicam 3ª pessoa gramatical, quando considerada de um modo vago e indeterminado.

Os indefinidos podem ser:

a) Variáveis

b) Invariáveis

OS INVARIÁVEIS SÃO:

Algo, alguém, cada, nada, ninguém, outrem, tudo.

Exemplo

não quer tomar nada.

LOCUÇÕES PRONOMINAIS INDEFINIDAS

Equivalem a um indefinido.

São elas: cada um, cada qual, quem quer que, todo aquele que, seja quem for, seja qual for, etc.

Nota Os indefinidos: alguém , ninguém, outrem, algo, nada, tudo, só se usam como pronomes substantivos. Os demais são pronomes adjetivos que, em certos casos, podem funcionar como pronomes substantivos.

Exemplos: Muitas alunas saíram, mas poucas voltaram.

Vários alunos se queixaram do fator tempo, alguns tinham motivo para isto, outros, não.

OBSERVAÇÃO

Todo, todos, sempre pronome indefinido.

"Todo" significa inteiro ou não quando colocado junto de um substantivo.

Todo homem é mortal.

Corri a casa toda

Toda a tarde esteve bastante quente.

Todas às mulheres são vaidosas.

TODO - Quando modifica o adjetivo ou verbo pode funcionar como advérbio.

Exemplos

O homem ficou todo admirado.
Sujou-se toda de lama

Nota 2 O pronome TODO mesmo exercendo a função de advérbio, conserva a propriedade de adjetivo, flexionando-se.

Tal flexão recebe o nome de FLEXÃO EUFÔNICA ou FLEXÃO por ATRAÇÃO.

OS VARIÁVEIS SÃO

Algum alguns alhures nenhures
Nenhum nenhuns alguma algumas
Todo todos nenhuma nenhumas
Outro outros toda todas
Muito muitos outra outras
Pouco poucos muita muitas
Certo certos pouca poucas
Vário vários certa certas
Tanto tantos vária varias
Quanto quantos tanta tantas
Qualquer quaisquer quanta quantas

OBSERVAÇÕES

Qualquer-quaisquer servem tanto para feminimo como para masculino.

Pronomes Indefinidos - Pessoas ou Coisas

Pronomes Indefinidos são os que se referem a pessoa(s) ou coisa(s), sempre na terceira pessoa.

Observe

a) Alguém acaba de tocar a campainha.

b) Algo acaba de acontecer.

O pronome alguém refere-se a pessoa, mas não a uma pessoa determinada, conhecida.

O pronome algo refere-se a coisa.

Também não se refere a uma coisa determinada, conhecida, mas a qualquer coisa. Estes pronomes são classificados como pronomes indefinidos. Eles podem ser variáveis (quando aceitam o plural e outro gênero) ou invariáveis (quando não aceitam para o plural e mantêm-se no gênero).

Os pronomes indefinidos são os seguintes:

Invariáveis Nada
Alguém
Algo
Ninguém
Tudo
Cada
Que
Quem
Variáveis Algum
Nenhum
Todo
Muito
Pouco
Certo
Diverso
Vários
Outro
Quanto
Tanto
Qual
Qualquer
Um (quando isolado)

Pronomes Indefinidos - Substantivo

São pronomes que acompanham o substantivo, mas não o determinam de forma precisa.

Alguns pronomes indefinidos

algum nenhum
bastante outro
cada pouco
certo qual
diferentes qualquer
diversos quanto
demais tanto
mais todo/tudo
menos um
muito vários

Algumas locuções pronominais indefinidas

cada qual qualquer um tal e qual seja qual for
sejam quem for todo aquele quem quer (que) uma ou outra
todo aquele (que) tais e tais tal qual seja qual for

CURIOSIDADES

Uso de alguns pronomes indefinidos:

Algum

a) quando anteposto ao substantivo da idéia de afirmação

"Algum dinheiro terá sido deixado por ela."

b) quando posposto ao substantivo dá idéia de negação

"Dinheiro algum terá sido deixado por ela."

Observação

O uso desse pronome indefinido antes ou depois do verbo está ligado à intenção do enunciador.

Demais

Este pronome indefinido, muitas vezes, é confundido com o advérbio "demais" ou com a locução adverbial "de mais".

Exemplos

" Maria não criou nada de mais além de uma cópia do quadro de outro artista." (locução adverbial)
"Maria esperou os demais." (pronome indefinido = os outros)
"Maria esperou demais." (advérbio de intensidade)

Todo

É usado como pronome indefinido e também como advérbio, no sentido de completamente, mas possuindo flexão de gênero e número, o que é raro em um advérbio.

Exemplos

"Percorri todo trajeto." (pronome indefinido)
"Por causa da chuva, a roupa estava toda molhada." (advérbio)

Cada

Possui valor distributivo e significa todo, qualquer dentre certo número de pessoas ou de coisas.

Exemplos

"Cada homem tem a mulher que merece."

Este pronome indefinido não pode anteceder substantivo que esteja em plural (cada férias), a não ser que o substantivo venha antecedido de numeral (cada duas férias).

Pode, às vezes, ter valor intensificador : "Mário diz cada coisa idiota!"

A crase e os pronomes indefinidos

A crase não deve ser empregada junto a alguns pronomes indefinidos.

Os pronomes indefinidos são aqueles que apresentam, de um modo vago, os seres em terceira pessoa. (ex.: alguém falou; qualquer lugar; certas questões...).

Tais quais os artigos, os pronomes indefinidos funcionam como determinantes, ou seja, apresentam, mesmo que indeterminadamente, um nome. Desta forma, eles não admitem um artigo antecedendo a palavra a qual acompanham (ex.: a alguém falou; um alguém falou).

Nas orações em que aparece o termo regido pela preposição "a" introduzindo um termo determinado por pronome indefinido, o acento grave indicativo da crase é dispensado.

Exemplos

Preocupado com as crianças, dirigia-se agora à toda escola que conhecia. [Inadequado]
Preocupado com as crianças, dirigia-se agora a toda escola que conhecia. [Adequado]

...[termo regente: dirigir-se a]

...[toda: pronome indefinido]

Sempre perguntava à outra enfermeira sobre qual o leito que lhe pertencia... [Inadequado]
Sempre perguntava a outra enfermeira sobre qual o leito que lhe pertencia. [Adequado]

...[termo regente: perguntar a]

...[outra: pronome indefinido]

Pronomes indefinidos e o uso da próclise

Se o sujeito da oração for um pronome indefinido ou a palavra "ambos", é obrigatório o uso da próclise. Isso só se dá se o sujeito vier antes do verbo.

Exemplos

Ambos tratavam-me com cortesia. [Inadequado]
Ambos me tratavam com cortesia. [Adequado]

Tudo causava-nos cansaço. [Inadequado]
Tudo nos causava cansaço. [Adequado]

Era fato: alguém atraía-lhe a atenção. [Inadequado]
Era fato: alguém lhe atraía a atenção. [Adequado]

Pronomes Indefinidos - Discurso

Os pronomes indefinidos referem-se à terceira pessoa do discurso de uma maneira vaga, imprecisa, genérica.

São eles: alguém, ninguém, tudo, nada, algo, cada, outrem, mais, menos, demais, algum, alguns, alguma, algumas, nenhum, nenhuns, nenhuma, nenhumas, todo, todos, toda, todas, muito, muitos, muita, muitas, bastante, bastantes, pouco, poucos, pouca, poucas, certo, certos, certa, certas, tanto, tantos, tanta, tantas, quanto, quantos, quanta, quantas, um, uns, uma, umas, qualquer, quaisquer além das locuções pronominais indefinidas cada um, cada qual, quem quer que, todo aquele que, tudo o mais...

Usos de alguns pronomes indefinidos

01) Todo:

O pronome indefinido todo deve ser usado com artigo, se significar inteiro e o substantivo à sua frente o exigir; caso signifique cada ou todos não terá artigo, mesmo que o substantivo exija.

Exemplos

Todo dia telefono a ela. (Todos os dias)
Fiquei todo o dia em casa. (O dia inteiro)
Todo ele ficou machucado. (Ele inteiro, mas a palavra ele não admite artigo)

02) Todos, todas:

Os pronomes indefinidos todos e todas devem ser usados com artigo, se o elemento à sua frente o exigir.

Exemplos

Todos os colegas o desprezam.
Todas as meninas foram à festa.
Todos vocês merecem respeito. (Vocês é um pronome de tratamento qua não admite o uso de artigo. Ninguém diria Os vocês chegaram atrasados, por isso Todos vocês sem artigo.

Observação

Usa-se o artigo entre todos e um numeral somente se este (o numeral) acompanhar um substantivo. Se não houver o substantivo, não haverá também o artigo.

Exemplos

Todos os três professores foram homenageados pelos alunos.
Vi-os felizes a todos quatro. (Machado de Assis)

03) Algum:

O pronome indefinido algum tem sentido afirmativo, quando usado antes do substantivo; passa a ter sentido negativo, quando estiver depois do substantivo.

Exemplos

Amigo algum o ajudou. (Nenhum amigo)
Algum amigo o ajudará. (Alguém)

04) Certo:

A palavra certo será pronome indefinido, quando anteceder substantivo e será adjetivo, quando estiver posposto a substantivo.

Exemplos

Certas pessoas não se preocupam com os demais.
As pessoas certas sempre nos ajudam.

05) Qualquer

O pronome indefinido qualquer não deve ser usado em sentido negativo. Em seu lugar, deve-se usar algum, posteriormente ao substantivo, ou nenhum

Exemplos

Ele entrou na festa sem qualquer problema. Essa frase está inadequada gramaticalmente. O adequado seria
Ele entrou na festa sem problema algum.
Ele entrou na festa sem nenhum problema

Pronomes Indefinidos - Palavras

Pronomes Indefinidos são subclasse de palavras que designam a 3ª pessoa gramatical (seres ou coisas) de modo vago e impreciso.

Variáveis Invariáveis
Singular Plural
Masculino Feminino Masculino Feminino
algum nenhum todo muito pouco vário tanto outro quanto alguma nenhuma toda muita pouca vária tanta outra quanta alguns nenhuns todos muitos poucos vários tantos outros quantos algumas nenhumas todas muitas poucas várias tantas outras quantas alguém ninguém outrem tudo nada algo cada
qualquer quaisquer  

Fonte: www.brazilianportugues.com/www.colegiosaofrancisco.com.br/www.priberam.pt

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal