Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Mostarda - Página 3  Voltar

Mostarda

Da semente se faz um pó que pode ser usado assim mesmo, ou então, em pasta com vinagre e temperos. Ideal na maionese e molhos para salada (principalmente de batatas).

Tempera muito bem carnes. A semente pode ser usada para dar gosto em conservas e picles.

Tipos de Mostarda

Mostarda em pó

Mostarda em pó

É uma mistura de farinha de mostarda, feita com sementes de mostarda e farinha de trigo.

Pode-se também adicionar cúrcuma. Muito picante é tradicional na Inglaterra. É usada no preparo de mostarda em pasta e para temperar maionese.

Mostarda com pimenta verde

Mostarda com pimenta verde

Elaborada a partir da Dijon, as mostardas temperadas podem ser encontradas com pimenta verde, estragão ou ervas de Provence, entre outras. São indicadas para molhos.

Mostarda granulada

Mostarda granulada

Também conhecida como mostarda à antiga (à l´ancienne) é elaborada com grãos inteiros de mostarda castanha (clara e torrada). É agradavelmente picante e indicada para acompanhamento de carnes frias. Combina também com aves e peixes.

Mostarda com estragão

Mostarda com estragão

Elaborada a partir da Dijon, é indicada para carne de porco.

Mostarda preta ou escura

Mostarda preta ou escura

De sabor bem característico, é elaborada com sementes de mostarda, açúcar caramelizado, raiz-forte ralada, vinagre de vinho e especiarias. Produzida na Alemanha, é indicada para acompanhar salsichas e carnes frias.

Mostarda Dijon

Mostarda Dijon

Originária de Dijon, na França, é preparada a partir de sementes de mostardas moídas e misturadas em vinho branco, vinagre e ácido cítrico. Suave, é indicada para molhos de saladas ou para acompanhar carnes frias.

Sementes de mostarda negra

Sementes de mostarda negra

Originárias da Índia são mais picantes do que as mostarda castanha. Na culinária indiana, costuma-se fritar as sementes para que seu sabor seja mais acentuado. São utilizadas no preparo do curry.

Sementes de mostarda castanha

Sementes de mostarda castanha

Mais suaves que as mostarda negra, são usadas na composição de temperos na Europa e nos Estados Unidos. Podem ser usadas em molhos.

No Brasil, são vendidas como mostarda em grãos.

Fonte: www.sonarcom.com.br

Mostarda

Mostarda

NOME CIENTÍFICO

Sinapis alba ou Brassica Nigra

DESCRIÇÃO DA PLANTA

Planta herbácea, com folhas pecioladas (semelhantes às do agrião) e flores amareladas.
É a menor das sementes (1 a 2 milimetros de diâmetro), embora dê origem a grandes ramos, cujasfolhas se transformam em uma excelente verdura, que pode ser consumida crua ou cozida.

AROMA E SABOR

A mostarda pode ser picante, adocicada, forte ou agridôce, dependendo dos seus grãos.

A mostarda preta é mais forte e aromática do que a branca, (que na verdade é de coloração ocre), embora a segunda seja bastante superior à primeira.

ORIGEM

Ásia

COMPOSIÇÃO

Selênico

Zinco

Vitamina B3 e D

PROPRIEDADES

Energética

Digestiva

Anti-bacteriana

FUNÇÕES TERAPÊUTICAS

Regula o intestino

Ajuda na coagulação do sangue

HISTÓRICO E CURIOSIDADES

Mostarda é um termo derivado do latim mustum, mosto de vinho, (sumo de uvas, antes de terminada a fermentação) .

Os romanos utilizavam o mosto para fazer a pasta da mostarda, embora hoje ela seja preparada com mistura de vinagre e vinho.

PARTES USADAS

Sementes e folhas.

FORMAS EM QUE SE ENCONTRA

Fresca, desidrata ou em pó.
Seu período de safra vai de julho a novembro, e de janeiro a fevereiro.

COMO CONSERVAR

Folhas frescas – limpe-as e guarde-as na geladeira, no saco plástico fechado, por até 7 dias.
Sementes desidratadas ou em pó – guarde-as em recipiente fechado, em lugar protegido da umidade e da luminosidade.

CURIOSIDADES MÍSTICAS

Nos florais, a essência da mostarda ajuda a iluminar a alma, proporcionando alegria, e é indicada para pessoas deprimidas.

USO GERAL

Muito usada para aromatizar chutneys e conservas, além de tempero para alimentos em geral.

USO INDICADO EM ALIMENTOS

(Não exagere na mostarda, a não ser que o prato o exija, pois o seu sabor forte pode se sobrepor ao dos outros ingredientes.)

Suas folhas podem ser consumidas cruas em saladas, ou refogadas com outros vegetais.

As sementes são ótimas para aromatizar saladas e pratos à base de peixe ou carne.

Fonte: www.sensibilidadeesabor.com.br

voltar 12345678avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal