Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Culinária Húngara  Voltar

Culinária Húngara

A comida da Hungria é realmente deliciosa. Os pratos são contundentes e estão temperados com muito acerto, pois combinam a tradição histórica com a nouvelle couisine. A especiaria mais utilizada é o pimentão húngaro, páprica, de fama mundial. O costume é de temperar os molhos e pode ser ardido ou cheiroso.

O café da manhã costuma ser servido de 7 a 10 horas. O almoço de 12.00 às 15.00 horas e o jantar das 19.00 até às 23.00 horas. Em todo país existem bons restaurantes que costumam amenizar a velada com música ou dança, mas também se pode comer em buffets, mais baratos, tavernas ou restaurantes de comida rápida. Cardápios que costumam oferecer uma grande variedade e o serviço costuma ser correto. Lembre que é habitual deixar 10 % do total da fatura como gorjeta.

O prato mais conhecido da cozinha húngara é a sopa de Gulyás. Esta sopa, cozida tradicionalmente em grandes panelas ao ar livre, tem como principais ingredientes a carne de vaca, as batatas, os inhoques e páprica, como tempero. Também são deliciosas a meggyleves, sopa azeda de cerejas, a sopa de peixe e a de galinha Ujházi.

Além das sopas, como primeiros pratos experimente os pimentões recheados, a couve fermentada recheada de carne moida e arroz e o gombás rizs, arroz com cogumelos fritos.

As carnes são simplesmente deliciosas. Animamos-lhe a desfrutar do pörkölt, um maravilhoso guisado de carne de porco ou vaca temperado, com páprica ou o frango no molho do pimentão e o refogado de vaddisznu (carne de queixada), o sültmalac, um boca porquinho assado inteiro que desmancha-se na boca.

O prato de peixe mais famoso é o fogas, lúcio ou perca do Lago Balatón, que serve-se empado, assado ou ensopado. Maravilhosa resulta também a massa, como a túróscsusza de requeijão fresco regada com creme de leite azedo e decorada com fatias de toucinho.

Se é você guloso as sobremesas húngaras não irão defraudar-lhe. Os folheados recheados de cerejas, requeijão ou maçã são deliciosos, como também os rétes, a dobostorta, pastel recheado de moca e coberto com açúcar queimado, o gundel palacsinta, crepe recheado e flambado, o smlói galuska, biscoito cortado em dados a base de nozes, passas e nata misturados e coberto com chocolate ou creme de laranja ao rum.

Bebidas

As comidas húngaras costumam acompanhar-se de vinho ou cerveja do país. As cervejas mais conhecidas são Dreher, Aranyászok, Kobanyai, Soproni e Bak. Lembre-se que as cervejas espanholas não são frequentes, sendo o mais comum as garrafas de meio litro, e os tamanhos dos copos são maiores (o menor é de 33 cl. e o maior de um litro). Os vinhos da Hungria são excelentes, destacam o tinto Egri Bikavér, os brancos de Tokay e da região do Balatón e os espumosos Törley.

Para finalizar a comida, que costuma comer-se com calma, pois os húngaros são amantes da boa cozinha e de uma melhor sobremesa, bebe-se café e algum licor, os mais conhecidos são as pingas de pêssego, cereja, ameixa e pêra.

Fonte: www.rumbo.com.br

Culinária Húngara

A cozinha da Hungria é diversa, mas muito simples e nutricional.

Pão é um dos alimentos e na Hungria não é refeição completa sem uma fatia de pão.

O principal curso de culinária o húngaro maioritariamente constituído por carne vermelha junto com páprica.

Além disso, a cozinha na Hungria inclui variedade de sopas.

No entanto, o principal prato consiste de batatas fritas carne .

Refeições na Hungria

O jantar é comparativamente mais leves na Hungria e também há muito poucas opções para o mesmo.

Há uma série de restaurantes na Hungria, que oferecem os alimentos tradicionais deste país. Existe muito pouca escolha para os vegetarianos na Hungria. A maior parte dos pratos na Hungria são cobertos com carne . Mais da comida vegetariana podem ser encontrados em restaurantes internacionais na Hungria.

A maior parte dos pratos servidos aqui estão os pratos de carne, juntamente com páprica e, normalmente, são muito picantes. Há um conjunto menu para o almoço, uma vez que é o mais importante refeição do dia. No entanto, o preço poderá variar ao fim da tarde a partir de uma alimentação comum para o outro. Etterem é considerado um restaurante no verdadeiro sentido, enquanto Vendeglo é encarado mais como um Bistro. Além disso, poderia até encontrar um número de uma estrada comendo juntas.

Culinária Húngara

Culinária Húngara
Fish and Chips ( Peixe e Batatas )

Comer fora em Hungria

Culinária Húngara
Restaurante Húngaro

A maioria dos restaurantes da Hungria encerrar a 10 hs, como o jantar não é considerado importante que as pessoas estão e voltar para casa cedo .

Fonte: www.viagens-hungria.info

Culinária Húngara

Culinária Húngara
Goulash, um dos pratos típicos húngaros mais conhecidos.

A cozinha húngara tem uma posição de destaque na cultura da Hungria, com tradicionais pratos como o goulash, difundido por todo o mundo e uma das bases da culinária húngara. A batata é usada em diversos pratos, e as sopas e os guisados são componentes da culinária dos húngaros.

Os pratos são geralmente temperados com páprica, cebola e pimenta preta. Os guisados são, comumente, encontrados com elementos tradicionais como carne de porco e de gado, como usado no pörkölt. Existe ainda, diversas sobremesas tais como o smlói galuska que é um doce coberto de creme de laranja ou rum.Na culinária húngara que são feitas com frutas, sendo elas umas das especialidades da cozinha húngara.

Existe ainda, uma influência de outros povos na culinária, como elementos da cozinha turca e a presença de doces e bolos, fruto da influência alemã. Mas durante a existência da Áustria-Hungria, alguns pratos, como o goulash, foram passados aos austríacos e tchecos.

Fonte: pt.wikipedia.org

Culinária Húngara

Cozinha Húngara

Bavaroise de Frutos Silvestres

Ingredientes

400 gramas de frutos silvestres
4 folhas de gelatina vermelha
300 gramas de açúcar
3 folhas de gelatina
400 ml de natas

Modo de Preparar

Levar o açúcar a ferver numa panela com 200 ml de água. Triturar os frutos silvestres já bem lavados para obter um puré, reservando alguns inteiros para decorar. Quando a calda começar a ficar no ponto, juntar a gelatina, previamente demolhada em água fria e escorrida. Assim que a gelatina estiver bem dissolvida, acrescentar o puré e retirar do lume. Deixar arrefecer e juntar as natas batidas, envolvendo-as e não batendo, para incorporar. Colocar a mistura numa forma de pudim passada por água fria e levar ao frigorífico. Passadas umas horas, desenformar e enfeite com chantilly e frutos silvestres.

Czusztatt Palavzinta

Ingredientes

50 gramas de margarina (e mais um pouco para fritar)
50 gramas de açúcar
300 ml de leite
5 ovos

Modo de Preparar

Bater as claras em neve (ponto de suspiro) e reservar. Juntar as gemas com a margarina e bater adicionando o açúcar às colheradas. Aquecer o leite, sem ferver, misturar a farinha e colocar tudo dentro das claras em neve, mexendo devagar com uma colher. Numa frigideira antiaderente, aquecer bastante margarina e colocar cerca de 1 concha de sopa pequena da massa das panquecas, fritando apenas de um lado. Colocar em uma fôrma refratária e polvilhar com nozes e açúcar. Repetir a operação, sempre deslizando uma panqueca sobre a outra até formar um bolo. Na última camada, polvilhar com as raspas de limão. Levar ao forno brando por 15 minutos. Ao servir regar com o mel.

Figado de Frango à Godollo

Ingredientes

2 colheres (sopa) de banha
300 gramas de fígado de frango
sal, pimenta-do-reino e páprika
2 pimentões verdes
3 tomates
2 cebolas

Modo de Preparar

Frigir as cebolas na banha, juntando os fígados do frango até ficarem dourados; à parte, dourar na banha os pimentões e os tomates, juntando-os ao fígado, deixando cozinhar durante 5 a 6 minutos.

Gulache de Frango à Szeged

Modo de Preparar

Dourar as cebolas, cortadas em rodelas, na banha, condimentando-as com póprika e cominho; juntar o alho e a carne de vaca, cortada em pedaços quadrados, regar com água e cozinhar em fogo brando; depois de uma hora do cozimento, acrescentar o chucrute lavado, cobrindo-o todo com água; cozinhar durante umo hora, juntando o arroz; quando o arroz estiver cozido (uns 15 minutos), regá-lo com o creme azêdo e servir.

Porkolt de Carpa

Ingredientes

2 pimentões verdes
1 carpa média
sal e páprika
2 cebolas
4 tomates
banha

Modo de Preparar

Cortar os filés da caroa, cortando-os em fatias e salgá-los; fazer um “fumet“ de peixe com a espinha e a cabeca, salpicando com páprika e regando com vinho branco; dourar as cebolas cortadas na banha, sendo usada a páprika; despejar as cebolas sobre o peixe, juntando os tomates em rodelas, os pimentões em fatias; assar o todo em fogo brando, durante 30 minutos.

Sopa Gulache

Ingredientes

500 gramas de carne de vaca
20 gramas de pimenta páprika
500 gramas de batatas
100 gramas de banha
2 pimentões
3 cebolas
2 tomates

Modo de Preparar

Dourar na banha as cebolas e a páprika, juntando 200 gramas de água. Cozinhar durante ½ hora com a panela coberta; juntar as batatas cortadas em forma de dados, os tomates em quatro pedações e os pimentões; acrescentar a carne, sempre cortada em forma de grandes dados, regando o todo abundantemente com caldo de carne (ou água) e deixar cozinhar durante 1 hora em fogo brando.

Tarhonya

Ingredientes

2 colheres (sopa) de banha
50 gramas de farinha de trigo
2 cebolas
5 ovos
safsa

Modo de Preparar

Fazer uma massa com a farinha, um pouco d'água e os ovos; deixar a massa descansar; com a mão, formar bolas, deixando-as secar no forno muito brando, durante 24 horas; dourar as cebolas cortodas na banha; juntar a "tarhonya" e a salsa picada, regando com água salgada e deixar cozinhar por 15 minutos com a panela coberta.

Torta de Natal Estrelada

Ingredientes

1 colher (sobremesa) de fermento
8 colheres (sopa) de água
220 gramas de farinha de trigo
250 gramas de açúcar
chantilly
glacê
4 ovos
rum

Modo de Preparar

Bater bem as gemas com água, juntar o açúcar e tornar a bater. Acrescentar as claras em castelo. Assar em forma untada, durante 25 minutos aproximadamente, e depois de frio, marcar com uns palitos a forma de uma estrela, e cortar com faca afiada. Abrir a estrela pelo meio e humedeça as duas partes com uma mistura de água, açúcar e rum. Rechear com creme de chantilly, e cobrir, tanto a estrela como as partes cortadas dos cantos, com o glacê branco.

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal