Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Pablo Picasso  Voltar

Pablo Picasso

Pintor espanhol naturalizado francês. Considerado por muitos o maior artista do século 20, era também escultor, artista gráfico e ceramista.

Velho judeu com um menino 1903
Velho judeu com um menino 1903

Pablo Picasso, o artista mais famoso e também o mais versátil do século 20, nasceu em Málaga, no sul da Espanha, em 25 de outubro de 1881. O pai era professor de desenho, portanto o óbvio talento de Picasso foi reconhecido desde cedo e, aos quinze anos, tinha já o seu próprio ateliê.

Após um falso início como estudante de arte em Madri e um período de Boêmia em Barcelona, Picasso fez a sua primeira viagem a Paris em outubro de 1900. A cidade continuava a ser a capital artística da Europa e foi lar permanente do artista desde abril de 1904, quando ele se mudou para o prédio apelidado de Bateau-Lavoir (Barco-Lavanderia), em Montmartre, a partir daí o novo centro da arte e da literatura vanguardista.

Durante este período, o trabalho de Picasso foi relativamente convencional, passando de uma Fase Azul melancólica (1901-05) para a Fase Rosa, mais alegre e delicada (1905).

A mudança de estado de espírito pode ter se originado em parte pela sua ligação com Fernande Olivier, seu primeiro grande amor. Na vida de Picasso, as mulheres e a arte estão inexplicavelmente misturadas, o surgimento de uma nova mulher freqüentemente sinalizava uma mudança de direção artística.

Jovem equilibrista sobre a bola 1905
Jovem equilibrista sobre a bola 1905

Embora os trabalhos de Picasso estivessem começando a ter sucesso comercialmente, ele decidiu abandonar seu estilo "Rosa". Em 1907, inspirado pelas esculturas ibérica e africana, pintou Les Demoiselles d'Avignon, um dos grandes trabalhos liberadores da arte moderna. Divertindo-se com uma nova liberdade pictórica, Picasso, junto com o pintor francês Georges Braque, criou o Cubismo, em que o mundo visível era desconstruído em seus componentes geométricos. Este foi comprovadamente o momento decisivo em que se estabeleceu um dogma fundamental da arte moderna - o de que o trabalho do artista não é cópia nem ilustração do mundo real, mas um acréscimo novo e autônomo. Graças ao Cubismo, a liberdade do artista estendeu-se também aos materiais, de foram que os meios tradicionais como a pintura e a escultura puderam ser suplementados ou substituídos por objetos colados nas telas, ou "montagens" de itens construídos ou "achados".

Ao contrário de alguns contemporâneos seus, Picasso nunca chegou a criar uma arte puramente abstrata. De fato, sua versatilidade o mantinha um salto adiante de seus admiradores, muitos dos quais se surpreenderam quando ele voltou a pintar figuras mais convencionais e depois, no início da década de 1920, desenvolveu um estilo neoclássico monumental. Coincidentemente ou não, em 1918 se casara com a bailarina Olga Koklova, e adotara um estilo de vida exageradamente próspero e respeitável - mas que ele achava cada vez mais aborrecido.

Dance of Youth
Dance of Youth

Em 1925, Picasso começou a pintar formas deformadas, violentamente expressivas, que eram em parte uma resposta às suas dificuldades pessoais. A partir desta época, seus trabalhos se tornaram cada vez mais multiformes, empregando - e inventando - uma variedade de estilos como nenhum outro artista havia tentado antes. Foi também um escultor criativo (algumas autoridades o consideram o maior expoente da arte no século 20), e mais tarde dedicou-se à cerâmica com grande entusiasmo. Em qualquer veículo que se expressasse, sempre foi imensamente prolífero, criando em toda a sua vida milhares de obras.

No final da década de 1930, quando o impulso criativo de Picasso parecia finalmente estar enfraquecendo, os acontecimentos o levaram a criar o seu quadro mais famoso: Guenica. Esta obra foi uma resposta aos horrores da Guerra Civil Espanhola. o conflito começou em julho de 1936 com um golpe militar liderado pelo General Francisco Franco, representando os elementos fascistas, tradicionalistas e clericais do país, contra a República Espanhola e seu governo eleito da Frente Popular (centro-esquerda).

Guernica 1937
Guernica 1937

Ao estourar a guerra, Picasso imediatamente declarou seu apoio à República, levantando enormes quantias em prol da causa e aceitando pintar um grande mural para o pavilhão espanhol na Exposição Internacional de 1937, em Paris. Ainda não havia começado quando soube que, em 26 de abril de 1937, aviões nazistas, enviados por Hitler para ajudar Franco, tinham bombardeado e arrasado a cidade de Guernica. Picasso pôs-se imediatamente a trabalhar nos esboços preliminares para Guernica e depois pintou a enorme tela em cerca de um mês (maio/junho de 1937). Ela foi a expressão máxima não só do sofrimento espanhol como do impacto devastador dos armamentos modernos de guerra sobre suas vítimas em todas as partes do mundo.

Mother and Child before Curtai
Mother and Child before Curtai

Apesar de tudo, os republicanos perderam a guerra civil, e Picasso ficou exilado da sua terra natal para oresto da sua longa vida. Durante a segunda Guerra Mundial, ele ficou na Paris ocupada pelos alemães, proibido de expor mas sem que ninguém o molestasse seriamente.

Depois da libertação de Paris, Picasso ingressou no Partido Comunista, e durante alguns anos certas obras suas foram declaradamente políticas; mas ele era também uma celebridade internacional, residindo na região onde os ricos iam se divertir no sul da França. Em seguida a uma série de ligações amorosas, ele finalmente casou-se pela segunda vez, agora com Jacqueline Roque, em 1961 e levou uma vida cada vez mais retirada. Artisticamente prolífero até o fim da vida, morreu aos 91 anos em 8 de abril de 1973.

Fonte: www.pintoresfamosos.com.br

Pablo Picasso

Pablo Ruiz y Picasso nasceu em Málaga, Espanha, em 1881.

Iniciou seus estudos de pintura com seu pai, mestre em desenho e em 1895 foi estudar na Escola de Arte de Barcelona. Em 1897 foi para a Academia de Madri e em 1900 conheceu Paris, mudando-se para lá três anos mais tarde.

Entre 1917 e 1924, Picasso desenhou trajes e decorou vários ballets. Se interessou pelo Surrealismo no ano de 1925, mas nunca chegou a se tornar um membro oficial.

Depois da II Grande Guerra, mudou-se para o sul da França. Enquanto morava na Espanha, sua pintura seguiu a tradição acadêmica. Depois de 1900 foi influenciado pela arte de Lautrec e do desenvolvimento artístico que atingiu a Europa. Seus trabalhos refletiram essas influências assim como uma maior consciência social.

Picasso não demonstrava o verdadeiro significado dos seus quadros. Durante 1901 e 1904, em seus trabalhos havia a predominância de tons azuis, o que lhe rendeu o nome de "período azul".

Em 1905, Picasso mudou um pouco o seu estilo, seus traços se tornaram menos grosseiros e menos melancólicos. Seu principal tema se tornou o circo e o azul foi substituído pelo rosa como podemos ver em "Família de Saltimbancos".

Durante o inverno de 1906-07, interessado na Escultura Negra Primitiva, Iberiana e outros estilos, provocaram uma nova mudança. Vemos esta transformação em "Les Demoiselles D'Avignon". Essa nova fase não foi conhecida pelo público até 1927, e mesmo depois de conhecida, não foi compreendida. Picasso começou a simplificar sua forma, conduziu o conceito melhor do que a imagem visual. As figuras forma simplificadas para uma série de planos e ângulos, a representação do espaço se tornou virtualmente desprezada.

Esses foram os estilos e influências que prepararam Picasso para desenvolver o Cubismo. De 1909 até o início da I Grande Guerra, Picasso e Braque trabalharam juntos no desenvolvimento dessa nova pintura.

Nos trabalhos mais recentes, no Cubismo, Picasso foi muito influenciado por Cézzane, ele tomava os objetos naturais como seu ponto de partida, mas analisava e reconstruía em elementos de formas simples que se adequassem melhor a face da figura. As cores forma suavizadas para um tom monocromático, abandonando a ênfase na estrutura.

Nos próximos dois anos, seus arranjos se tornaram complexos e difíceis de compreender, as imagens se tornaram cada vez menores, as relações entre elas e o fundo da tela se tornaram confusas.

Durante a I Guerra, trabalhou sozinho, desenvolvendo o Cubismo, dando mais qualidades decorativas. Usava espaços padrão, cores mais brilhantes e figuras com curvas mais soltas. Da mesma forma que retornou ao estilo mais natural, o quadro "Retrato de Ambroise Vollard", 1915, mostrava sua nova admiração pelo oculto.

Em 1917, foi para Roma e começou a pintar figuras monumentais, calmas, com uma característica clássica. Em "Camponês Dormindo", 1919, ou "Mãe e Filho", 1921, o tema clássico e as figuras do Centauro e Faunos entraram em seu repertório. A partir de então, a figura se tornou o principal tema.

Em meados de 1920, Picasso se aproximou do Surrealismo. As formas apresentavam características metamorficas e emocionalmente distorcidas mais do que razões formais, como em "Os Três Dançarinos", 1928. A pintura de Picasso não mudou muito desde então, sua imaginação fértil não o permitiu repetir muitas idéias. Uma vez comentou, "as várias maneiras que usei em minha arte não devem ser consideradas como uma evolução mas como variações".

Depois de uma série de figuras femininas, em 1932, utilizando curvas sensuais, Picasso parou de pintar temporariamente. Entre 1935 e 1937 trabalhou em projetos gráficos e em poesias Surrealistas.

Fonte: www.paralerepensar.com.br

Pablo Picasso

Pablo Picasso
Pablo Picasso

Pablo Picasso (1881-1973) foi um dos mais influentes artistas do século XX. Criador de mais de 22.000 obras de arte em diversos meios, incluindo cerâmicas, esculturas, litografias, mosaicos e outras formas de arte, ele trabalhou com temas e estilos diferentes.

A vida e arte de Picasso estão completamente interligadas, já que sua vida pessoal esteve sempre presente em seu trabalho. Quanto tinha um novo amor, este constantemente era retratado em suas telas, e quando este amor acabava, a figura de uma adoração do passado era distorcida e algumas vezes aparecia em suas pinturas como um monstro. As mulheres na vida de Picasso sabiam quando estavam sendo trocadas, simplesmente através da observação de seu trabalho.

Picasso nasceu em Málaga, na Espanha, e posteriormente adotou o sobrenome de solteira de sua mãe, Maria Picasso Lopez; seu pai, José Ruiz Blasco também era um artista. Picasso estudou em escolas de arte de Barcelona e Madri, e após visitar Paris em outubro de 1900, ele passou a viajar entre a Espanha e a França, até 1904, quando se estabeleceu na capital francesa.

Os trabalhos de Pablo Picasso são freqüentemente descritos através de uma série de períodos de transição.

O Período Azul de Picasso ocorreu entre 1901 e 1904. Nesta fase o artista retratou pessoas infelizes pintadas em tons de azul, evocando sentimentos de tristeza e alienação. Acredita-se que este momento tenha sido influenciado pelo suicídio de seu amigo Casagemas, ocorrido em 1901.

Em 1904, Picasso iniciou seu Período Rosa. Em abril do mesmo ano ele conheceu Fernande Olivier, e este novo romance refletiu-se em seu trabalho. Logo após se conhecerem, Picasso deu início à sua nova fase. Fernande Olivier foi o primeiro de muitos amores de Picasso, que serviram de inspiração para a sua arte. De fato, os traços de Olivier aparecem em muitas das figuras femininas de seus quadros durante vários anos. Picasso havia se estabelecido em Paris e seu Período Rosa transmitia mais otimismo.

Em 1906, Picasso conheceu Henri Matisse, um artista renomado que se tornou seu melhor amigo. Durante as décadas seguintes Picasso competia com Matisse e tentava impressioná-lo.

O ano de 1907 foi muito importante na carreira de Picasso: ele pintou Les Demoiselles d’Avignon (MOMA, em Nova Iorque) considerado o trabalho mais importante em direção ao desenvolvimento do cubismo e da abstração moderna. Esta tela revolucionou a arte e é uma de suas obras mais admiradas.

Les Demoiselles d’Avignon
Les Demoiselles d’Avignon

Pouco após o término de Les Demoiselles d’Avignon, Picasso e Georges Braque co-inventaram o cubismo, a arte de fazer figuras a partir de formas como triângulos e cubos. Na primeira fase deste movimento, conhecida como cubismo analítico, os artistas fragmentaram o objeto/pessoa em múltiplas formas geométricas. Na segunda fase, conhecida como cubismo sintético, os artistas uniram diversas formas geométricas para representar uma pessoa, objeto ou outra forma, invertendo o processo da primeira fase.

Em 1911 Picasso conheceu outra das importantes mulheres de sua vida, Marcelle Humbert, vindo a se separar de Olivier, com quem estava na época. Picasso passou a chamar Marcelle de Eva, para mostrar que ela era seu primeiro amor. Marcelle também apareceu em suas pinturas, mas morreu repentinamente em 1917.

Em 1918, Picasso casou-se com Olga Koklova, uma dançarina russa com quem teve um filho chamado Paulo. O artista criou diversos quadros de Olga com seu filho, porém, em 1935, o casal se divorciou. Com o passar dos anos, ele começou a retratar Olga como uma terrível fera.

No início da década de 1930, Picasso conheceu Marie Thérèse Walter, a nova musa para suas obras e com quem ele teve uma filha, Maia (1935). Apesar de estar envolvido com Marie, Picasso conheceu Dora Maar em 1936, outro de seus amores que ele retratou em suas pinturas.

Pablo Picasso
Guernica

Em 1937, Picasso criou sua obra-prima, Guernica. Guernica é uma cidade espanhola que foi bombardeada pelos nazistas como sinal de apoio ao general espanhol Francisco Franco, que lutava contra a República Espanhola. Neste quadro, Picasso retrata os horrores da guerra.

Apesar de representar os males do conflito armado em Guernica, e de ser um opositor declarado do General Franco, Picasso permaneceu em Paris durante a Segunda Guerra Mundial, apesar da ocupação alemã. Durante a guerra, Picasso uniu-se ao partido comunista e quando o conflito chegou ao fim, ele foi a Moscou para demonstrar seu apoio a Stalin.

A vida pessoal de Picasso passou por tumultos na década de 1940, quando conheceu a artista Françoise Gilot. Gilot foi uma artista com quem Picasso teve dois filhos – Claude e Paloma. Ela foi a única mulher a deixá-lo (1953) e a única que ele não distorceu em suas pinturas. Ao contrário, com o fim do romance, o artista desfigurou sua própria imagem.

Em 1961, Picasso casou-se com Jacqueline Roque.

Ao longo dos anos, Pablo Picasso aventurou-se por estilos diversos. Ele revolucionou a escultura, utilizando objetos do dia-a-dia como matéria-prima, ampliando a definição entre o artístico e o não-artístico. Em suas pinturas, Picasso experimentou diferentes formas e cores, e também diferentes movimentos artísticos, como o surrealismo.

Picasso foi um artista ativo até o fim de sua vida. Trabalhando sistematicamente na escultura, cerâmica, pintura e nas artes gráficas, ele continuou explorando seu talento até a sua morte, ocorrida em 1973. Picasso faleceu em casa, em Notre-Dame-de-Vie, na França no dia 8 de abril, aos 91 anos.

Fonte: www.10emtudo.com.br

voltar 123456avançar

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal