Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Paco Rabanne  Voltar

Paco Rabanne

Na história da moda, Paco Rabanne ficou famoso por suas roupas futuristas, que fizeram o guarda-roupa das modernas da década de 1960.

Paco Rabanne

Ele foi um dos estilistas pioneiros a usar matérias como plástico e metais em suas peças e provocou uma revolução na criação da moda.

A diva Coco Chanel chamava-o de o “metalúrgico”.

Após 40 anos de seus looks futuristas, porém, Rabanne decidiu fechar sua marca por motivos financeiros.

As vendas das coleções da grife despencaram no mercado de moda que, desde 2005, era assinada pelo estilista Patrick Robinson.

Paco Rabanne nasceu em San Sebastian,na Espanha, e seu verdadeiro nome é Francisco Rabaneda-Cuervo. Guiado por um fio de prata, o “homem de ferro da costura”, lançou em 1964 os seus primeiros vestidos experimentais, feitos de materiais contemporâneos.

Dos modelos em metal aos vestidos de papel,o inventor da armadura dos anos 1.960 é uma referência para muitos estilistas.

É ele o responsável pelo figurino da heroína Barbarella, interpretada por Jane Fonda que entrou para historia da moda e do cinema dos anos 60 por seus looks futuristas.

Paco Rabanne

Fonte: www.fashionbubbles.com

Paco Rabanne

Ele nasceu em San Sebastian, na Espanha, e seu verdadeiro nome é Francisco Rabaneda-Cuervo. Coco Chanel chamava-o de o "metalúrgico".

Guiado por um fio de prata, esse homem de ferro da costura lançou em 1964 seus primeiros vestidos "experimentais e impossíveis de se usar, feitos de materiais contemporâneos".

Dos modelos em metal aos vestidos de papel, o inventor da armadura dos anos 60 é uma referência para muitos estilistas.

Cerca de trinta anos mais tarde, o figurinista de Barbarella, o personagem de história em quadrinhos de Jean-Claude Forrest interpretado no cinema por Jane Fonda, continua o mesmo.

Em seu ateliê-laboratório, ele continua fiel ao plástico, ao metal e à sua fé no futuro. Seus melhores instrumentos são, além do lápis, as pinças e as soldas...

Sua musa não é outra senão a Joana d’Arc do ano 2000: "uma batalhadora, urna briguenta que domina os homens de maneira espantosa."

Coberto de honras e reconhecimento, tendo desfilado no mundo inteiro, de Berlim a Sevilha, ele pertence à linhagem dos costureiros-criadores: o importante para ele é criar volumes, modelos únicos concebidos como móbiles no espaço: vestidos "piquenique" enfeitados com talheres de plástico, boleros feitos de tampas de garrafas, túnicas de plaquetas articuladas Seu nome brilha em letras de prata no mundo inteiro com 140 contratos de licença.

Na França, sua fábrica de cosméticos, que emprega 150 pessoas, despacha 5.000 toneladas de produtos (do perfume Calandre ao recém-lançado XS) todos os anos.

"O mais belo adorno de um homem ou uma mulher é a inocência", diz ele.

Fonte: www.ambafrance.org.br

voltar 123456avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal