Facebook do Portal São Francisco
Google+
+ circle
Home  Pedagogia  Voltar

Pedagogia

PERFIL PROFISSIONAL

O processo de formação do profissional do curso de Licenciatura emPedagogiadeverá se circunscrever em torno da problemática pedagógica e do conhecimento da escola como uma organização complexa que tem a função social e formativa.

A formação do licenciado emPedagogiafundamenta-se no trabalho pedagógico realizado em espaços escolares e não-escolares, que têm a docência como base.

O perfil pretendido refere-se a um profissional que se caracterize por:

Atuar na docência na Educação Infantil

Atuar na docência das séries iniciais do Ensino Fundamental

Planejar ações educativas

Implementar projetos sócio-educativos

Integrar equipes multidisciplinares, visando o desenvolvimento de ações educacionais

Analisar e planejar projetos que atinjam crianças, jovens ou adultos

Promover avaliações individuais e institucionais

Atuar como educador em espaços escolares e não-escolares

Intervir em contextos diversificados promovendo ações educativas não-formais e informais

Atuar com indivíduos de diferentes faixas etárias e características sócio-econômico-culturais e de desenvolvimento

Identificar pressupostos político-filosóficos em projetos pedagógicos que ocorrem nas instituições escolares e não-escolares.

MERCADO DE TRABALHO

O campo de atuação do licenciado em Pedagogia deve ser composto pelas seguintes dimensões:

Docência na Educação Infantil, nos anos iniciais do Ensino Fundamental, nas disciplinas pedagógicas do curso de Ensino Médio, na modalidade Normal, assim como em Educação Profissional, na área de serviços e apoio escolar, e em outras áreas nas quais sejam previstos conhecimentos pedagógicos

Gestão educacional, numa perspectiva democrática, que compreenda a participação na organização e gestão de sistemas e instituições de ensino, englobando o planejamento, execução, coordenação, acompanhamento e avaliação de tarefas próprias da Educação e de projetos e experiências educativas não-escolares; análise, formulação, implementação, acompanhamento e avaliação de políticas públicas e institucionais na área de educação

Produção e difusão do conhecimento científico-tecnológico do campo educacional, em contextos escolares e não-escolares.

O Curso dePedagogiado Centro Universitário Central Paulista, com o trabalho de um corpo docente competente e ético, com um currículo estruturado e atualizado, vem formando, há mais de uma década, profissionais, que hoje se destacam no mercado de trabalho da cidade e da região, quer como professores, pesquisadores, gestores, supervisores etc.

Fonte: www.unicep.com.br

Pedagogia

Pedagogiaé uma ciência ou disciplina do ensino que, na sua feição moderna, começou a se desenvolver no século XIX, mas desde o princípio da civilização a questão da educação tem sido trabalhada, discutida e teorizada conforme o contexto de cada cultura. A pedagogia estuda diversos temas relacionados à educação, tanto no aspecto teórico quanto no prático.

Apedagogiatem como objetivo principal a melhoria no processo de aprendizagem dos indivíduos, através da reflexão, sistematização e produção de conhecimentos. Como ciência social, a pedagogia esta conectada com os aspectos da sociedade e também com as normas educacionais do país.

Temas abordados pela pedagogia

  • Aprendizado de conhecimentos
  • Métodos e sistemas pedagógicos
  • Dificuldades de aprendizado
  • Didáticas e práticas pedagógicas
  • Conteúdos educacionais
  • O aluno no processo educativo
  • O papel do professor no processo educacional
  • O pedagogo é o profissional formado para atuar na área pedagógica. Porém, todos aqueles que atuam no processo educativos (professores, pais, monitores, orientadores, psicólogos, etc) também devem conhecer os princípios básicos de pedagogia.

    Para atuar como Pedagogo, é indispensável que o profissional possua o Ensino Superior emPedagogiaque tem duração de quatro anos.

    Para se especializar na área de Educação/Ensino, o profissional pode optar por cursos como:

  • Especialização em Administração Escolar
  • Especialização em Formação de Recursos para Educação Infantil
  • Especialização em Educação Especial-Deficiência
  • Mestrado em Educação Escolar
  • Atualmente, além da formação comprovada e do domínio das tecnologias de informação e educação, uma das características mais importantes para o pedagogo é a capacidade de gerenciamento da formação continuada.

    Principais atividades de um pedagogo

    Dentre as atividades do pedagogo destaca-se a administração escolar, onde realiza estudos e pesquisas nas áreas pertinentes á educação e coordenação de cursos visando ao aperfeiçoamento do ensino e suas técnicas; o magistério pré-primário, onde tem como responsabilidade o planejamento, orientação e coordenação de atividades técnico-pedagógicas e administrativas do ensino pré-primário; a educação de deficientes da áudio-comunicação, lecionando, planejando, organizando e coordenando cursos; a orientação educacional a fim de ajudar o aluno a ajustar-se ao ambiente escolar e ao meio social em que vive, através do desenvolvimento da personalidade e do encaminhamento vocacional.

    O pedagogo atua também na supervisão de ensino em empresas, na área de Recursos Humanos (organização e coordenação de cursos).

    Áreas de atuação e especialidades

    Administração escolar

    Gerenciar estabelecimentos de ensino, supervisionando recursos humanos, materiais e recursos financeiros necessários ao funcionamento.

    Ensino

    Lecionar no ensino fundamental ou médio e, com pós-graduação no ensino universitário.

    Educação Especial

    Desenvolver material didático e lecionar para crianças e adultos portadores de alguma deficiência.

    Orientação Educacional

    Orientar e ajudar estudantes no processo de aprendizagem com uso de métodos pedagógicos e psicológicos.

    Supervisão educacional

    Orientar e avaliar professores e educadores
    visando à qualidade do ensino.

    Treinamento de recursos humanos

    Desenvolver programas de treinamento para funcionários de uma empresa.

    Assessoria pedagógica em serviços de difusão cultural (museus, centros culturais) e de comunicação de massa (jornais, revistas, televisão, editoras, rádios, agências de publicidade)

    Terceiro Setor (ONGs)

    Na coordenação de programas e projetos de natureza educativa nas áreas da saúde, meio-ambiente, trânsito, promoção social, lazer e recreação, etc.

    Mercado de trabalho

    Este é um mercado de trabalho bastante concorrido, mas que está sempre em expansão tanto no setor público como no privado, devido à demanda da escola gerada pelo crescimento demográfico. Uma garantia disso é que a educação é o único setor que tem desde a constituição de 1998, recursos públicos obrigatoriamente vinculados que devem ser destinados para a educação.

    Os mais bem preparados têm o seu lugar assegurado no mercado de trabalho. Aí está a grande importância em escolher a escola que cursará Pedagogia.

    Curiosidades

    A história da educação e da formação de profissionais habilitados para ensinar, no Brasil, começou com os jesuítas, ordem religiosa que veio juntamente com os colonizadores na tentativa de catequizar os índios. Em 1759 os jesuítas foram expulsos do território brasileiro, na época eles mantinham 36 missões, 17 colégios e seminários, além de inúmeras escolas de primeiras letras. Depois da saída da Cia de Jesus a educação ficou durante quase um século estagnada, só então no Império foram fundadas as primeiras escolas de formação de professores.

    Em 1934, Anísio Teixeira fundou o primeiro curso de nível superior para professores e fundou o Instituto da Educação, no Rio de Janeiro, então capital do Império.

    A maior contribuição brasileira àpedagogiainternacional foi a invenção de um sistema de alfabetização de adultos aplicado no Rio Grande do Norte, em Sergipe e em Pernambuco, por Paulo Freire em 1950.

    Fonte: upe.br

    Pedagogia

    O que é o curso

    O currículo do curso dePedagogiaé voltado para a formação de profissionais capazes de se posicionarem de maneira crítica e consciente diante dos desafios contemporâneos da educação brasileira. O objetivo é colocar no mercado de trabalho pedagogos(as) com sólida fundamentação teórica e uma visão contextualizada de todo o processo educativo, a fim de que possam trabalhar efetivamente pela melhoria da qualidade do ensino.

    O curso, recentemente reformulado, atende à Resolução nº 1 do CNE de maio/2006, e está estruturado em 8 períodos letivos, apresentando uma estrutura curricular inovadora e integrada. Assim, concede simultaneamente as formações de Orientador Educacional, Supervisor Pedagógico, Administrador Escolar, Professor das matérias pedagógicas do Curso de Formação de Professores em Nível Médio, professor das séries iniciais do Ensino Fundamental e professor de Educação Infantil.

    Durante o curso, os alunos podem receber bolsas de iniciação científica e participar de projetos de pesquisa desenvolvidos pelos professores da pós-graduação do Departamento de Educação. Também têm a chance de fazer estágios supervisionados em escolas públicas, conveniadas com a Secretaria Municipal de Educação /RJ e escolas da rede privada de ensino. Podem participar de estágio no Núcleo de Orientação e Aconselhamento Psicopedagógico (NOAP), onde é desenvolvido um trabalho pioneiro com alunos da rede pública que apresentam dificuldades de aprendizagem. Podem participar também dos subprojetos de Educação de Jovens e Adultos que integram o Programa Raízes Comunitárias.

    Quem é o profissional

    Assegurar e aprimorar a qualidade da Educação, o principal instrumento contra a desigualdade social. Essa é a função do pedagogo, um profissional que, na sociedade atual, não vê mais seu mercado de trabalho restrito apenas à escola. Hoje, ele também encontra espaço em instituições educacionais, empresas, organizações não governamentais, mídia educativa, órgãos de pesquisa, assessorias educacionais e órgãos do governo relacionados à educação. Pois onde houver uma prática educativa, uma ação pedagógica se faz necessária.

    Apesar da mudança na concepção do conceito de educação e da ampliação do mercado de trabalho, um dos principais campos de atuação do pedagogo continua sendo a escola.

    O profissional dePedagogiapoderá exercer funções de Orientação Educacional, Coordenação Pedagógica, Supervisão Pedagógica e Direção de Escola, bem como atuar como professor tanto em Escolas de Formação de Professores, como na Educação Infantil e nas Séries Iniciais do Ensino Fundamental. Esse profissional deverá ser um elemento capaz de promover o aprimoramento constante da prática pedagógica desenvolvida no interior da escola, atuando junto aos professores no sentido de favorecer a reflexão conjunta sobre a própria prática e a construção coletiva da equipe.

    Fonte: www.puc-rio.br

    Pedagogia

    A profissão de educador conseguiu, pelo menos no Brasil, obter unanimidade em duas questões que parecem paradoxais: é uma das carreiras mais nobres e respeitadas, mas também uma das que oferecem pior remuneração. Só entra nesse mercado de trabalho, portanto, quem tem muita vocação e poucas ambições financeiras. Especialmente no setor público, os professores enfrentam muitos desafios não apenas nas questões salariais, mas também em relação à qualidade e ás condições do ensino.

    Em contrapartida, precisam estar sempre atualizados, em dia com as novas tecnologias, a par das principais tendências pedagógicas. Precisam ler, navegar na Internet, ir ao cinema, frequentar exposições, participar de seminários, além de ter tempo para preparar e dar aulas, corrigir provas e fazer o planejamento do curso.

    Nos primeiros semestres do curso, o aluno recebe formação básica, com aulas de sociologia, história, psicologia, filosofia da educação, entre outras. Depois, estuda métodos de administração escolar, legislação e didática, educação pré-escolar, supervisão e gerenciamento de métodos de ensino.

    Ao sair da faculdade, o bacharel em Educação está apto a se dedicar ao magistério, caso tenha optado pela licenciatura, que tem duração de três anos. Com mais um ano dePedagogia, pode seguir carreira na área de administração escolar. Formados em licenciatura são habilitados a dar aulas no ensino fundamental e médio, lecionando a matéria de sua preferência - história, português matemática ou qualquer outra que faça parte do currículo das quatro últimas séries do ensino fundamental e nas três do ensino médio. Caso queira estender sua esfera de ação à universidade, terá que se formar na disciplina escolhida.

    A Pedagogia oferece, além do magistério, outras alternativas de trabalho, com aprofundamento em questões de didática e administração escolar. Trabalhando na supervisão escolar, o pedagogo acompanha o processo didático e define critérios para a organização de classes e equipes de professores. Como supervisor, também tem chance de encontrar colocação em delegacias de ensino. Como inspetor, além de supervisionar as aulas, gerencia a administração das escolas.

    Outro campo que tem contratado muitos profissionais é a psicopedagogia, área que faz tanto o acompanhamento de estudantes com dificuldade de aprendizado quanto programas de orientação profissional. Há lugar para educadores também na criação de material didático, na produção de brinquedos educativos, nas editoras, em brinquedotecas e em bibliotecas. Com a valorização da reciclagem profissional, as empresas estão investindo cada vez mais na capacitação de seus empregados, o que pode ampliar o mercado para os profissionais da Educação. A Internet também popularizou os cursos de educação à distância, que são elaborados por equipes multidisciplinares, para as quais o conhecimento e a didática dos professores e pedagogos são valores inestimáveis.

    A disputa pelos profissionais mais bem preparados acirra a concorrência entre as escolas privadas e valoriza mestres e pedagogos, que costumam receber salários mais atraentes do que os pagos por estabelecimentos estaduais e municipais. O salário inicial na rede pública oscila entre R$ 600 e R$ 800, enquanto nas escolas privadas o salário médio é de R$ 1,8 mil. Em São Paulo, o piso salarial na rede pública é de R$ 488.

    A profissão

    O pedagogo preocupa-se em garantir e melhorar a qualidade da educação. Ele pode se especializar em dois grandes campos de atuação: o magistério e a administração, onde gerencia e supervisiona o sistema de ensino e orienta educacionalmente os alunos. O pedagogo trabalha em escolas ou em órgãos do governo, estabelecendo e fiscalizando a legislação de ensino em todo o país. Em escolas, orienta e dirige os professores, assegurando o cumprimento dos currículos para manter a qualidade do ensino. Acompanha e avalia o processo de aprendizagem e as aptidões de cada aluno, individualmente. Cresce a procura por esse profissional para treinamento de funcionários de grandes empresas e organização de sites de educação a distância.
    Características que ajudam na profissão:

    Facilidade para transmitir idéias, ponderação, liderança, iniciativa, criatividade, habilidade para comunicar-se e lidar com pessoas.

    Duração média do curso

    Quatro anos.

    Fonte: www1.uol.com.br

    Pedagogia

    Perfil do profissional

    Apedagogiaé a área do saber que investiga os fundamentos e as realidades educacionais, visando nortear ações voltadas para a formação e o aperfeiçoamento do homem e da sociedade. O campo de ação da pedagogia é amplo, exigindo de seus profissionais qualificação adequada para atender às demandas da sociedade por educação, seja em estabelecimentos de ensino ou em instituições não-escolares.

    Mercado de trabalho

    Organizações escolares: instituições educacionais de diferentes níveis e modalidades de ensino, como escolas de educação infantil, ensino fundamental e ensino médio. Organizações não-escolares: em ambiências educativas de instituições empresariais e de organismos públicos ou privados, e em organizações do terceiro setor (ONGs e demais organizações da sociedade civil), em especial, nos setores ligados às atividades de planejamento, coordenação, avaliação e gestão de projetos educacionais.

    Fonte: estacio.br

    Pedagogia

    "O pedagogo leva ao professor o olhar de fora e o faz avaliar e melhorar sua prática, com o objetivo de concretizar as metas de ensino estabelecidas pela escola. Para cumprir essa função, porém, é importante ter passado por experiências em sala de aula", explica Patrícia Diaz, coordenadora pedagógica do Centro de Educação e Documentação para a Ação Comunitária, em São Paulo. Na coordenação de uma escola, o pedagogo verifica o cumprimento dos currículos e se eles condizem com as leis educacionais. O profissional também atua em equipes multidisciplinares, com psicopedagogos, psicólogos e fonoaudiólogos. Sua rotina é planejar reuniões de formação, observar a sala de aula, ler relatórios e dialogar com os docentes, sistematizar currículos e planos de trabalho anuais e zelar para que a equipe seja unida e tenha objetivos comuns.

    "A função burocrática, porém, só faz sentido se ele dá subsídios à equipe para que a aprendizagem ocorra. Para isso, o profissional pode propor mudanças de rumo e ajustes", diz a coordenadora. Além de lecionar e atuar na administração escolar, o pedagogo está capacitado para trabalhar em órgãos do governo (estabelecendo e fiscalizando a legislação), na inclusão de crianças com deficiência em escolas regulares ou na educação a distância. "A formação continuada é um campo que tem crescido muito nos últimos anos. Por isso, uma alternativa é trabalhar em organizações não-governamentais voltadas a esse segmento", sugere Patrícia. Outra possibilidade é dar aulas para as séries iniciais, mas, essencialmente, ele atua na área administrativa, formando professores de uma escola ou de uma rede de ensino.

    O acréscimo de um ano no ensino fundamental - que passou a incluir o que antes era o último ano do ensino infantil - mexe com a estrutura dos cursos dePedagogia. Com isso, as escolas estão tendo de rever a grade curricular do curso, porque agora elas têm, obrigatoriamente, de incluir a formação de professores para as séries iniciais, o que exige o aumento da carga horária. Ainda assim, a partir de agora, o graduado sai sem nenhuma habilitação específica. A carga maior do curso, que dura em média quatro anos, é na área de ciências humanas e sociais aplicadas. Além de metodologias específicas, você estuda a estrutura e o funcionamento do sistema de ensino, princípios e métodos de administração escolar e novas tecnologias educacionais. Para orientação educacional, há aulas de psicologia e metodologia. O currículo inclui, ainda, disciplinas optativas, que permitem ao aluno complementar sua formação em filosofia, história ou artes. Algumas instituições mantêm cursos com um foco específico, como educacão infantil, em educação especial e licenciatura indígena. Além disso, outras escolas oferecem cursos como comércio e administração, construção civil e eletrônica que formam professores. O estágio é obrigatório.

    O mercado de trabalho

    Existem oportunidades em escolas públicas e particulares, da educação infantil ao ensino superior (para quem tiver pós-graduação). Prefeituras e governos estaduais de todo o Brasil abrem regularmente concurso público para contratar pedagogos, mas é comum que boa parte dos aprovados não seja efetivada. Eles podem atuar como temporários ou substitutos, sem os direitos de um contrato permanente. Uma área bastante estável é a de treinamento de recursos humanos: empresas públicas, privadas e ONGs têm chamado pedagogos para trabalhar na capacitação de funcionários. Editoras também contratam profissionais experientes para coordenar ou acompanhar a edição e a publicação de suas obras didáticas e paradidáticas. "A rede hospitalar, na qual já é obrigatória a existência de brinquedotecas, é outra grande recrutadora de pedagogos", destaca a coordenadora do curso de Pedagogia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Maria Stela Santos Graciani. Esses especialistas são chamados para desenvolver atividades que proporcionem o bem-estar de crianças doentes, além de atuar como arte-educadores, ou seja, utilizando técnicas artísticas, como colagens e esculturas, no ensino. Os professores não têm piso nacional para os salários, que variam muito, dependendo da região e da escola em que trabalham.

    O curso

    O acréscimo de um ano no ensino fundamental - que passou a incluir o que antes era o último ano do ensino infantil - mexe com a estrutura dos cursos dePedagogia. Com isso, as escolas estão tendo de rever a grade curricular do curso, porque agora elas têm, obrigatoriamente, de incluir a formação de professores para as séries iniciais, o que exige o aumento da carga horária. Ainda assim, a partir de agora, o graduado sai sem nenhuma habilitação específica. A carga maior do curso, que dura em média quatro anos, é na área de ciências humanas e sociais aplicadas. Além de metodologias específicas, você estuda a estrutura e o funcionamento do sistema de ensino, princípios e métodos de administração escolar e novas tecnologias educacionais. Para orientação educacional, há aulas de psicologia e metodologia. O currículo inclui, ainda, disciplinas optativas, que permitem ao aluno complementar sua formação em filosofia, história ou artes. Algumas instituições mantêm cursos com um foco específico, como educacão infantil, em educação especial e licenciatura indígena. Além disso, outras escolas oferecem cursos como comércio e administração, construção civil e eletrônica que formam professores. O estágio é obrigatório.

    O que você pode fazer

    Administração escolar

    Gerenciar estabelecimentos de ensino, supervisionando o uso e a manutenção das instalações, além dos recursos humanos, materiais e financeiros necessários ao funcionamento.

    Ensino

    Lecionar nas quatro primeiras séries do ensino fundamental.

    Educação especial

    Desenvolver material didático e ministrar aulas para crianças e adultos portadores de deficiência mental, visual, auditiva ou que apresentem outros problemas de comunicação.

    Orientação educacional

    Dar assistência aos estudantes, orientando-os e ajudando-os no processo de aprendizado, com o uso de métodos pedagógicos e psicológicos.

    Pedagogia empresarial

    Desenvolver projetos educacionais, sociais e culturais para empresas, ONGs e outras instituições privadas.

    Supervisão educacional

    Orientar professores e educadores e avaliar seu trabalho, para melhorar e garantir a qualidade do ensino.

    Treinamento de recursos humanos

    Desenvolver programas de treinamento para os funcionários de uma empresa.

    Fonte: guiadoestudante.abril.com.br

    Pedagogia

    Você enfileirava suas bonecas para ensinar o alfabeto? Tentava convencer a turma de que era muito mais divertido brincar de escolinha do que jogar bola? Então, a Pedagogiapode ser pra você. Hoje, para dar aulas para crianças, não é mais suficiente fazer o antigo curso Normal, aquele Ensino Médio especial para professores que também era chamado de Magistério. É necessário fazer o curso superior de Pedagogia.

    Mercado

    "O curso se destina à formação de professores para exercer funções de magistério nas áreas de Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, o que inclui crianças, jovens e adultos", explica Cecilia Broilo, coordenadora do curso de Pedagogiada Universidade do Vale do Sinos (Unisinos), no Rio Grande do Sul. Com a nova regra, que exige professores formados, o número de vagas para pedagogos cresceu. "Considerando que temos um bom percentual dos alunos inseridos no mercado de trabalho e tendo em vista o acompanhamento periodicamente realizado junto aos egressos, estima-se que 95% dos(as) acadêmicos(as) estejam inseridos no mercado de trabalho", garante a professora.

    É pra você?

    É importante que o aluno tenha vocação para dar aulas. O curso dePedagogiaé uma boa opção para quem gosta de trabalhar com pessoas, com criatividade e sensibilidade", ensina Cecilia.

    O que vem por aí

    A principal frente de trabalho ainda são as escolas, que deverão ter somente pedagogos à frente das salas de aula em breve. "As escolas de Educação Infantil - de zero a seis anos -, deverão estar legalizadas até 2010 e por isso, terão de cumprir a exigência de contratar um pedagogo titulado para atuar no campo da infância", lembra a coordenadora do curso da Unisinos. Ou seja, emprego à vista.

    Além de ser professor, o pedagogo é habilitado a planejar, coordenador e avaliar processos educacionais, escolares e não-escolares. Por isso, nem só de dar aulas em escolas vive o pedagogo. "Realizar projetos educativos nas empresas, em cooperativas, em organizações não-governamentais também são funções do pedagogo", comenta Cecilia.

    Diferencial

    "Uma idéia pré-concebida entre os alunos tem sido de que o curso dePedagogiaé uma graduação fácil e de poucas exigências", reclama a professora da Unisinos. No entanto, ela conta que, assim que começam as aulas, os estudantes percebem que não é bem assim. "Os acadêmicos descobrem que, como qualquer outra profissão, a graduação em Pedagogia exige estudos e dedicação, além de atividades diferenciadas de constante planejamento e avaliação voltadas ao ensino e à aprendizagem."

    Cecilia ainda sugere que os alunos participem dos processos ofertados pela universidade, tais como monitoria, Bolsas de Iniciação Científica, estágios voluntários e projetos educativos para se qualificar.

    Fonte: noticias.terra.com.br

    Pedagogia

    Curso de Graduação em Pedagogia

    O licenciado emPedagogiaserá habilitado a trabalhar em instituições educativas para atuar no Magistério, na Educação Infantil, anos iniciais do Ensino Fundamental, e na gestão pedagógica e educacional, no âmbito escolar e institucional.

    O profissional também estará qualificado para desenvolver trabalho em instituições não-escolares e não-formais.

    Sua trajetória acadêmica qualifica sua atuação profissional que leva em consideração a experiência investigativa fundamentada em reflexões acerca de aspectos políticos e culturais da ação educativa.

    Fonte: www.ufvjm.edu.br

    Pedagogia

    Descrição

    É o conjunto de artes que se manifesta por meio de elementos táteis e visuais: volumes, cores e linhas. O Artista Plástico revela o engenho e a criatividade na criação artística de formas reais ou imaginárias, na representação do que existe na natureza, na utilização dos mais diversos materiais para confecção das suas obras. O Artista deve dominar as mais variadas técnicas para se comunicar com o público e transmitir as suas mensagens, refletir o meio em que vive e expressar sua criatividade.

    Currículo Básico

    História da Arte, Estética, Cultura Brasileira, Filosofia da Arte, Desenho Artístico, Desenho Geométrico e Descritivo.

    Aptidões Desejáveis

    Para o profissional de artes plásticas é fundamental ter habilidade manual, sensibilidade, imaginação fértil, autenticidade, gosto por materiais físicos e humanos.

    Especializações possíveis

    Sem registros.

    Campos de Atuação

    Magistério, Restauração de Obras, Produção de Obras artísticas, instalações artísticas, Galerias de Arte, Museus.

    Fonte: www.guiadasprofissoes.com.br

    Pedagogia

    Perfil do curso

    Formar professores para o ensino fundamental de crianças, jovens e adultos, com atenção para a inclusão dos alunos portadores de necessidades educativas especiais; atuar em atividades específicas de educação infantil de zero a seis anos e em empresas, conselhos, instituições governamentais e movimentos sociais.

    Perfil do profissional

    Interesse por problemas educacionais, científicos e culturais, aptidão verbal desenvolvida, senso de observação, interesse por pesquisa e capacidade para lidar com pessoas.

    Área de Atuação

    Instituições e organizações do sistema de ensino público e privado, nos níveis de ensino fundamental e médio. Trabalha também em institutos de pesquisa, empresas e organizações que demandem programas de treinamento e desenvolvimento de pessoal.

    Fonte: www.uerj.br

    Pedagogia

    O QUE FAZ

    É o profissional responsável pela administração e pela condução dos assuntos referentes à educação. Pode se especializar em duas áreas: Magistério e Administração. O Pedagogo estuda, desenvolve e aplica métodos didáticos que visam garantir a eficácia do processo ensino/aprendizagem. Acompanha o cumprimento das normas legais nos estabelecimentos de ensino. Visa a formação do aluno.

    CAMPO DE TRABALHO

    Administração Escolar

    Planejamento, organização e controle do ensino em escolas de ensino fundamental e ensino médio. Atua também no gerenciamento das instalações e dos recursos humanos, materiais e financeiros, além da orientação de professores, aperfeiçoamento do ensino e elaboração do currículo e do calendário escolar.

    Educação Especial

    Atua junto a alunos excepcionais, deficientes físicos e mentais. Seu objetivo é desenvolver habilidades básicas da comunicação. Trabalha com fisioterapeutas, linguistas, neurologistas e psicólogos.

    Ensino

    Alfabetização de crianças na pré-escola ou de adultos em programas especiais. Pode ser professor de turmas iniciais do ensino fundamental ou lecionar matérias específicas do ensino fundamental e ensino médio.

    Orientação Educacional

    É responsável pela assistência ao estudante de ensinos fundamental e médio no desenvolvimento da personalidade.

    Supervisão Escolar

    Planejamento das etapas do processo de ensino; orientação de professores. Pode também trabalhar em secretarias de Educação.

    REGULAMENTAÇÃO

    Lei 9.394 de 20/12/1996 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação). O registro profissional varia de acordo com a habilitação: o Orientador Educacional deve comprovar um ano de experiência como professor; o Administrador, Inspetor e Supervisor Escolar deve comprovar experiência de seis meses e o especialista em Magistério pode obter o registro para ministrar até três disciplinas no ensino médio e mais uma no ensino fundamental.

    DURAÇÃO

    4 anos, incluindo um estágio supervisionado obrigatório de 110 horas ou 5% da carga horária plena.

    CONTEÚDO

    Filosofia, Sociologia e História da Educação fazem parte do currículo básico. O aluno estuda também a estrutura do sistema escolar, métodos de atuação no primeiro e segundo grau, além de alfabetização pré-escolar. Orientação Vocacional para adolescentes também faz parte do aprendizado.

    TITULAÇÃO

    Licenciado emPedagogiacom habilitação em Administração Escolar, Inspeção Escolar, Educação de Deficientes Visuais, de Audiocomunicação e Mentais, Magistério – pré-primário, classes de alfabetização, séries iniciais do ensino fundamental, Matérias Pedagógicas do ensino médio, Orientação Vocacional, Supervisão Escolar.

    Fonte: www.10emtudo.com.br

    Pedagogia

    Pedagogo

    "Individuo que se ocupa dos métodos de educação e ensino"

    O que é ser pedagogo?

    O pedagogo é o profissional especialista em educação, sua função é produzir e difundir conhecimentos no campo educacional. Ele precisa ser capaz de atuar em diversas áreas educativas e compreender a educação como um fenômeno cultural, social e psíquico complexo e capaz de produzir e difundir conhecimentos no campo educacional.

    Quais as características necessárias para ser pedagogo?

    É preciso ter capacidade de planejamento e execução de planos, dinamismo, além de saber comunicar e transmitir idéias. Este profissional precisa estar preparado para enfrentar, com criatividade e competência, os problemas do cotidiano, ser flexível, tolerante e atento às questões decorrentes da diversidade cultural que caracteriza nossa sociedade.

    Características desejáveis

  • equilíbrio emocional
  • trabalhar bem em equipe
  • objetividade
  • criatividade
  • gostar de lidar com público
  • capacidade de comunicar-se
  • ter iniciativa
  • gostar de ensino
  • desembaraço
  • Qual a formação necessária para ser pedagogo?

    Para atuar como Pedagogo, é indispensável que o profissional possua o Ensino Superior em Pedagogiaque tem duração de quatro anos.

    Para se especializar na área de Educação/Ensino, o profissional pode optar por cursos como:

  • Especialização em Administração Escolar
  • Especialização em Formação de Recursos para Educação Infantil
  • Especialização em Educação Especial-Deficiência
  • Mestrado em Educação Escolar.
  • Atualmente, além da formação comprovada e do domínio das tecnologias de informação e educação, uma das características mais importantes para o pedagogo é a capacidade de gerenciamento da formação continuada.

    Principais atividades de um pedagogo

    Dentre as atividades do pedagogo destaca-se a administração escolar, onde realiza estudos e pesquisas nas áreas pertinentes á educação e coordenação de cursos visando ao aperfeiçoamento do ensino e suas técnicas; o magistério pré-primário, onde tem como responsabilidade o planejamento, orientação e coordenação de atividades técnico-pedagógicas e administrativas do ensino pré-primário; a educação de deficientes da áudio-comunicação, lecionando, planejando, organizando e coordenando cursos; a orientação educacional a fim de ajudar o aluno a ajustar-se ao ambiente escolar e ao meio social em que vive, através do desenvolvimento da personalidade e do encaminhamento vocacional.

    O pedagogo atua também na supervisão de ensino em empresas, na área de Recursos Humanos (organização e coordenação de cursos).

    Áreas de atuação e especialidades

    Administração escolar

    Gerenciar estabelecimentos de ensino, supervisionando recursos humanos, materiais e recursos financeiros necessários ao funcionamento.

    Ensino: lecionar no ensino fundamental ou médio e, com pós-graduação no ensino universitário.

    Educação Especial

    Desenvolver material didático e lecionar para crianças e adultos portadores de alguma deficiência.

    Orientação Educacional

    Orientar e ajudar estudantes no processo de aprendizagem com uso de métodos pedagógicos e psicológicos.

    Supervisão educacional

    Orientar e avaliar professores e educadores
    visando à qualidade do ensino.

    Treinamento de recursos humanos

    Desenvolver programas de treinamento para funcionários de uma empresa.

    Assessoria pedagógica em serviços de difusão cultural (museus, centros culturais) e de comunicação de massa (jornais, revistas, televisão, editoras, rádios, agências de publicidade)

    Terceiro Setor (ONGs)

    Na coordenação de programas e projetos de natureza educativa nas áreas da saúde, meio-ambiente, trânsito, promoção social, lazer e recreação, etc.

    Mercado de trabalho

    Este é um mercado de trabalho bastante concorrido, mas que está sempre em expansão tanto no setor público como no privado, devido à demanda da escola gerada pelo crescimento demográfico. Uma garantia disso é que a educação é o único setor que tem desde a constituição de 1998, recursos públicos obrigatoriamente vinculados que devem ser destinados para a educação.

    Os mais bem preparados têm o seu lugar assegurado no mercado de trabalho. Aí está a grande importância em escolher a escola que cursaráPedagogia.

    Curiosidades

    A história da educação e da formação de profissionais habilitados para ensinar, no Brasil, começou com os jesuítas, ordem religiosa que veio juntamente com os colonizadores na tentativa de catequizar os índios. Em 1759 os jesuítas foram expulsos do território brasileiro, na época eles mantinham 36 missões, 17 colégios e seminários, além de inúmeras escolas de primeiras letras. Depois da saída da Cia de Jesus a educação ficou durante quase um século estagnada, só então no Império foram fundadas as primeiras escolas de formação de professores.

    Em 1934, Anísio Teixeira fundou o primeiro curso de nível superior para professores e fundou o Instituto da Educação, no Rio de Janeiro, então capital do Império.

    A maior contribuição brasileira àpedagogiainternacional foi a invenção de um sistema de alfabetização de adultos aplicado no Rio Grande do Norte, em Sergipe e em Pernambuco, por Paulo Freire em 1950.

    Fonte: www.brasilprofissoes.com.br

    Pedagogia

    O PROFISSIONAL

    Cabe ao profissional melhorar o ensino. Apedagogiaé a ciência da educação, um conjunto de métodos utilizados no ensino. O pedagogo pode se especializar no magistério (até 2004) e na administração, quando vai gerenciar e supervisionar os sistemas de ensino.

    Ao pedagogo cabe a orientação educacional dos estudantes, a aplicação de métodos didáticos que apresentem maior eficácia de aprendizagem. Esse profissional é dos que mais se utiliza da psicologia no seu dia-a-dia.

    O MERCADO DE TRABALHO

    “A demanda da escola, gerada pelo crescimento demográfico, faz com que o mercado de trabalho da educação esteja sempre em expansão. Tanto que a educação é o único setor que tem, desde a constituição de 1998, recursos obrigatoriamente vinculados que lhes devem ser destinados.

    Os mais bem preparados têm o seu lugar assegurado no mercado de trabalho. Aí está a grande importância que deve se dar na hora de escolher a escola em que se vai cursar a Pedagogia.”

    Prof. Odécio Rocha Campos – Mackenzie.

    A profissão é regulamentada pela Lei 5692, de 11/08/1971. Os profissionais são representados pela Federação Nacional dos Orientadores Educacionais e Associação Estadual dos Orientadores Educacionais.

    O CURSO

    Esse estudante precisa estar consciente da importância dessa profissão. Além de transmitir o conhecimento, ele é responsável pela melhoria do ensino. Por isso , precisa ser muito informado, pois suas idéias vão servir de referência para futuras gerações.

    O curso tem a duração média de quatro anos. Os currículos desses cursos estão passando por um período de revisão, mas dentre as disciplinas: psicologia, didática, português,psicopedagogia, etc.

    Fonte: educaterra.terra.com.br

    Pedagogia

    O Curso dePedagogiada FUMEC, atendendo a Resolução CNE/CP n. 01 de 15 de maio de 2006, destina-se à formação de professores para atuar na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Ainda com base nessa Resolução, a matriz curricular contempla uma formação docente ampla, possibilitando ao profissional participar da gestão de instituições escolares e não-escolares, planejar, executar, acompanhar e avaliar projetos e programas educacionais. Os estágios supervisionados e a prática pedagógica realizados ao longo do curso permitem uma formação teórico-prática consistente, competência no fazer pedagógico e capacidade investigativa. Trata-se de um profissional qualificado para educar crianças de 0 a 10 anos, atuar na Educação de Jovens e Adultos e promover a Educação Inclusiva.

    Fonte: ww.fumec.br

    Pedagogia

    Conhecer tudo o que se refere à Educação em seus aspectos filosóficos, metodológicos e administrativos - da pré-escola à universidade é o objetivo da Pedagogia.

    O Pedagogo

    Planeja, organiza, coordena e controla o processo educacional em escolas de 1º e 2º graus, garantindo condições legais técnicas, pedagógicas, materiais e ambientais adequadas à formação dos alunos. É a área de Administração Escolar, que ainda orienta professores, elabora currículos e o calendário escolar.

    Pode fazer carreira de professor, lecionando em escolas de 1º e 2º graus.

    Na área de Educação Especial, atua com alunos excepcionais, deficientes físicos e mentais, procurando desenvolver as habilidades básicas de comunicação. São atividades multidisciplinares compostos por psicólogos, neurologistas, fonoaudiólogos e fisioterapeutas.

    Atuando como Orientador Educacional dá assistência aos alunos orientando-os sobre métodos de estudo e em programas de recuperação quando há rendimento insatisfatório. Participa e coopera com a direção da escola e com os professores de todas as atividades escolares. Faz orientações de pais quando necessário.

    Na Supervisão Escolar faz o planejamento de todas as etapas do processo de ensino, definindo critérios para a organização de classe e de equipes docentes. Faz a análise, com os professores, dos conteúdos programáticos e da metodologia utilizada. Planeja, coordena e executa programas de treinamento e atualização de professores.

    Pode atuar em unidades escolares ou em Secretarias de Educação fazendo sindicâncias e processos administrativos.

    Onde Pode Trabalhar

    Estabelecimento de ensino de 1.º e 2.º graus.

    Órgãos de administração das Secretarias de Educação; Setores de treinamento em empresas.

    Meios de comunicação.

    Assessoria Pedagógica.

    O Curso

    O currículo é composto de uma formação básica em conteúdos que se constituem a fundamentação teórica do educador e que são distribuídos nos dois primeiros anos do curso: Supervisão da Escola de 2.º grau, Supervisão da Escola de 1.º grau, Sociologia, História da Educação, Didática, Currículos e Programas no Ensino de 1.º e 2.º graus, Legislação do Ensino e Ética Profissional, Psicologia da Educação, Estrutura e Funcionamento do Ensino de 1.º, 2.º e 3.º graus, Biologia Educacional, Antropologia e várias outras.

    Nessa fase, tem a formação profissional para a prática docente do futuro professor. Na etapa seguinte, o aluno pode fazer sua opção em uma das habilitações ofertadas pela sua faculdade: Administração Escolar, Orientação Educacional, Supervisão Escolar, Magistério para Pré-Escola.

    DURAÇÃO

    04 anos.

    Fonte: www.cfh.ufsc.br

    Pedagogia

    Sobre a profissão

    É a ciência da metodologia de ensino. O pedagogo é o profissional que domina todas as técnicas e métodos úteis à transmissão do conhecimento. Ele trabalha na administração de escolas e centros de ensino e no planejamento de políticas públicas de educação.

    Fica sob a incumbência do pedagogo a garantia da qualidade da educação. Os principais campos de atuação são a administração de instituições escolares e o magistério. Esse profissional está apto para gerenciar e supervisionar o sistema de ensino, assim como também pode trabalhar na orientação educacional dos alunos.

    Além de dar aulas, o pedagogo pode exercer a função de supervisor de professores, pode trabalhar na elaboração de projetos pedagógicos e na articulação das grades curriculares. Como ele é um especialista em ensino, pode trabalhar também na criação e fiscalização das leis que regem a educação no país, verificando a adequação dos currículos, o desenvolvimento dos alunos, avaliando estatísticas de ensino.

    Tipos de Curso

    a) Nível Superior

    Bacharelado

    Duração Média de 4 anos. Alguns cursos oferecem habilitações específicas como gestão escolar ou gestão do trabalho pedagógico. A maioria das disciplinas é da área de Ciências Humanas e Ciências Sociais Aplicadas, como língua portuguesa, leitura, produção e interpretação de textos, sociologia, psicologia e filosofia. O currículo também traz as disciplinas específicas como metodologia de ensino, metodologia científica, política e planejamento educacional, supervisão escolar, administração escolar. Em algumas escolas as disciplinas são optativas, aumentando ainda mais a possibilidade de se especializar em áreas específicas.

    b) Nível Superior

    Licenciatura

    Duração média de 4 anos. Existem diversas habilitações para a licenciatura empedagogia, a mais comum é a de magistério para as séries iniciais do ensino fundamental, que habilita o professor para das aulas para crianças até a quarta série, mas outras como psicopedagogia também são oferecidas. Existem várias disciplinas em comum com o bacharelado, diferenciando-se nas que reforçam a metodologia de ensino, ou as que são específicas em cada habilitação.

    Mercado de Trabalho

    O mercado de trabalho para pedagogos é estável, principalmente porque o número de alunos tende a aumentar e o Brasil ainda não alcançou as metas mundiais de educação. Será preciso muito esforço do governo para erradicar o analfabetismo e melhorar o desempenho do ensino, exigindo para isso investimentos, inclusive na contratação de novos profissionais. O aumento no número de escolas privadas também reforçou o mercado de trabalho para os professores e administradores de ensino.

    Outro campo importante de trabalho para o pedagogo é o desenvolvimento de projetos pedagógicos para instituições de ensino e reabilitação. Esse é o profissional que desenvolve ações sócio-educativas com menores infratores e crianças com distúrbios de comportamento. O ensino para crianças com necessidades especiais de aprendizagem também está em alta, as novas leis de inclusão desses alunos abrem um forte campo de trabalho para quem é especialista em educação especial.

    E nem só de aulas vive o pedagogo, ele também trabalha na aprovação de produtos pedagógicos como brinquedos e livros. Pode acompanhar a produção de programas infantis para televisão e rádio. Participa de projetos de jogos eletrônicos e sites para crianças.

    Ofertas de Emprego

    Todas as regiões do país oferecem vagas de trabalho para professores. Prefeituras e governos de estado fazem concursos regulares para completar ou ampliar o quadro de docentes. As regiões mais desenvolvidas e as grandes cidades concentram as maiores ofertas para a rede privada de ensino.

    As cidades do eixo Rio-São Paulo concentram o maior número de editoras e produtoras de rádio e televisão, apresentando mais de ofertas de trabalho para o pedagogo na avaliação de produtos e projetos voltados para criança.

    A educação especial também é um ótimo nicho para os profissionais especializados, principalmente depois das novas leis de inclusão de crianças portadoras de necessidades especiais. As melhores oportunidades estão nas escolas especializadas e também no ensino público e privado, hoje obrigado a se preparar para receber crianças com qualquer deficiência de aprendizado.

    O ensino especializado como educação indígena também aparece como uma oportunidade de ingresso no trabalho e, modernamente, uma área que apresenta expansão de vagas é o setor empresarial, que vem contratando profissionais para atuar no treinamento e na capacitação de seus funcionários.

    As regiões mais industrializadas também oferecem vagas para os pedagogos que atuam no setor de avaliação de produtos pedagógicos, como brinquedos e jogos para crianças. Ong’s e creches contratam esses profissionais no país todo.

    Fonte: www.cursocerto.com.br

    Pedagogia

    APedagogiaé a ciência ou disciplina cujo objetivo é a reflexão, ordenação, a sistematização e a crítica do processo educativo.

    Origem

    A palavraPedagogiatem origem na Grécia antiga, paidós (criança) e agogé (condução).

    Atualmente, denomina-se pedagogo o profissional cuja formação é aPedagogia, que no Brasil é uma graduação da categoria Licenciatura ou Gestão Escolar (administração escolar, orientação pedagógica e coordenação educacional). Devido a sua abrangência, a Pedagogia engloba diversas disciplinas, que podem ser reunidas em três grupos básicos: Disciplinas filosóficas, Disciplinas científicas e Disciplinas técnico-pedagógicas.

    Fundamentos da Educação

    Disciplinas

  • História da Educação
  • Filosofia da Educação
  • Sociologia da Educação
  • Psicologia da Educação
  • Política da Educação
  • Metodologia de Pesquisa Educacional
  • Didática
  • Disciplinas Técnico-pedagógicas

    Disciplinas:

  • Estatística aplicada à educação
  • Estrutura e Funcionamento da Educação Básica
  • Gestão de Sistemas Educacionais
  • Disciplinas sobre Modalidades de Ensino e Diversidade

    Disciplinas

  • Educação e Diversidade etno-racial
  • Educação do Campo
  • Educação Especial e Inclusão Educacional
  • Educação Indígena
  • Educação de Jovens e Adultos
  • Educação a Distância
  • Educação Organizacional
  • Tecnologia Educacional
  • Fonte: pt.wikipedia.org

    Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal