Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Pernambuco  Voltar

Pernambuco

 

 

Lutas e Conquistas

Pernambuco foi uma das primeiras áreas brasileiras ocupadas pelos portugueses. Em 1535, Duarte Coelho torna-se o donatário da Capitania, fundando a vila de Olinda e espalhando os primeiros engenhos da região.

No período colonial, Pernambuco torna-se um grande produtor de açúcar e durante muitos anos é responsável por mais da metade das exportações brasileiras. Essa riqueza atrai novos colonos europeus que constroem no estado um dos mais ricos patrimônios arquitetônicos da América Colonial.

A riqueza de Pernambuco foi alvo do interesse de outras nações. No século XVII, os holandeses se estabelecem no estado. Entre 1630 e 1654, Pernambuco é administrado pela Companhia das Índias Ocidentais.

Um dos seus representantes, o príncipe João Maurício de Nassau, traz para Pernambuco uma forma de administrar renovadora e tolerante. Realiza inúmeras obras de urbanização no Recife, amplia a lavoura da cana, assegura a liberdade de culto.

No período holandês, é fundada no Recife a primeira sinagoga das Américas. Amante das artes, Nassau tem na sua equipe inúmeros artistas, como Frans Post e Albert Eckhrout, pioneiros na documentação visual da paisagem brasileira e do cotidiano dos seus habitantes.

Pernambuco

Os pernambucanos se orgulham de sua participação altiva na História do Brasil, sempre mantendo altos ideais libertários, como na Guerra dos Mascates, entre 1710 e 1712; a Revolução Pernambucana, em 1817; a Confederação do Equador, em 1824; a Revolta Praieira, em 1848.

Com o advento da República, Pernambuco procura ampliar sua rede industrial, mas continua marcado pela tradicional exploração do açúcar. O Estado moderniza suas relações trabalhistas e lidera movimentos para o desenvolvimento do Nordeste, como no momento da criação da Sudene.

A partir de meados da década de 60, Pernambuco começa a reestruturar sua economia, ampliando a rede rodoviária até o sertão e investindo em pólos de investimento no interior do estado. Na última década, consolidam-se os setores de ponta da economia pernambucana, sobretudos aqueles atrelados ao setor de serviços (turismo, informática, medicina) e estabelece-se uma tendência constante de modernização da administração pública.

Dados

Localização geográfica: Centro-leste da região Nordeste do Brasil
Área do estado: 98.938 km²

Relevo: Planície litorânea, Planalto Central, Depressões à Oeste e à Leste

Principais bacias hidrográficas: São Francisco, Capibaribe, Ipojuca, Una, Pajeú, Jaboatão

Vegetação característica: Mangue (litoral), Floresta tropical (zona da mata), Caatinga (agreste e sertão)

Clima: Tropical atlântico (litoral), semi-árido (agreste e sertão)

Número de municípios: 184 e o território de Fernando de Noronha

Capital: Recife

Principais produtos agrícolas: Mandioca, feijão, cana-de-açúcar e milho

Principais produtos minerais: Calcário e gipsita

Maiores indústrias: Transformação de minerais não metálicos, confecções, mobiliário e curtume

Setores de ponta: Pólo médico, pólo gesseiro, pólo de informática e pólo turístico

Bandeira de Pernambuco

Pernambuco

Nossa bandeira foi idealizada pelos revolucionários de 1817 e oficializada, anos depois, pelo governador Manoel Antonio Pereira Borba.

A cor azul do retângulo superior simboliza a grandeza do céu pernambucano; a cor branca representa a paz; o arco-íris em três cores (verde, amarelo, vermelho) representa a união de todos os pernambucanos; a estrela caracteriza o nosso estado no conjunto da Federação; o sol é a força e a energia de Pernambuco; finalmente, a cruz representa a fé na justiça e no entendimento.

Brasão de Pernambuco

Pernambuco

O brasão de Pernambuco foi oficializado pelo governador Alexandre Barbosa Lima, em 1895.

O leão representa a bravura do povo pernambucano; os ramos de algodão e de cana-de-açúcar simbolizam nossas riquezas; o sol é a luz cintilante do equador; as estrelas são os municípios. Ainda estão no brasão o mar e o farol de Olinda. Na faixa, aparecem as datas históricas mais importantes do estado: 1710 (guerra dos Mascates), 1817 (Revolução Pernambucana), 1824 (Confederação do Equador) e 1889

Hino do Estado de Pernambuco

O hino pernambucano é uma poesia acompanhada de música em honra aos bravos guerreiros do nosso estado.

A letra foi escrita por Oscar Brandão e a música é de autoria de Nicolino Milano.

"Salve! Oh terra dos altos coqueiros!
De belezas soberbo estendal!
Nova Roma de bravos guerreiros
Pernambuco, imortal! Imortal!

Coração do Brasil! em teu seio
Corre o sangue de heróis - rubro veio
Que há de sempre o valor traduzir
És a fonte da vida e da história
Desse povo coberto de glória,
O primeiro, talvez, no porvir.

Esses montes e vales e rios,
Proclamando o valor de teus brios,
Reproduzem batalhas cruéis.
No presente és a guarda avançada,
Sentinela indormida e sagrada
Que defende da Pátria os lauréis.

Do futuro és a crença, a esperança,
Desse povo que altivo descansa
Como o atleta depois de lutar...
No passado o teu nome era um mito,
Era o sol a brilhar no infinito
Era a glória na terra a brilhar!

A República é filha de Olinda,
Alva estrela que fulge e não finda
De esplender com seus raios de luz.
Liberdade! Um teu filho proclama!
Dos escravos o peito se inflama
Ante o Sol dessa terra da Cruz!"

Fonte: www.pe.gov.br

Pernambuco

Formação Histórica

A origem do Estado de Pernambuco encontra-se nas terras doadas como capitania hereditária pelo Rei de Portugal a Duarte Coelho, que chegou a Pernambuco, então denominado Nova Luzitânia, em 1535, estabelecendo-se em Olinda.

Em 1537 foram fundadas as vilas de Igarassu e de Olinda, a primeira capital do Estado. A prosperidade de Pernambuco, que teve início com o cultivo da cana-de-açúcar e do algodão, atraiu grande número de europeus para a região. Entre 1630 e 1654 a região foi ocupada pelos holandeses, que incendiaram Olinda e fizeram de Recife a capital de seu domínio brasileiro.

Durante esse período, o Conde Maurício de Nassau governou o Brasil holandês, administração que foi marcada por mudanças de natureza econômica, social e cultural. A forte resistência dos portugueses e brasileiros de origem luzitana, africana e índia, já cristianizados, acabou resultando na expulsão dos holandeses.

A história do Estado de Pernambuco é permeada por conflitos e revoltas de vários tipos. Em 1710 explodiu a Guerra dos Mascates, conflito que opôs os comerciantes portugueses instalados em Recife aos senhores de engenho de Olinda, muito influentes na capitania, uma vez que em Olinda encontrava-se a sede do poder público na época. A partir desse episódio a região passou por uma fase de declínio que durou quase um século.

Em 1811, ocorreram várias revoltas de cunho separatistas. Em 1817, o descontentamento com a administração portuguesa provocou a chamada Revolução Pernambucana, que resultou no surgimento da Confederação do Equador, movimento separatista de inspiração republicana. Vinte anos mais tarde, explode a Rebelião Praieira, trazendo de volta os ideais republicanos. O movimento foi sufocado quatro anos mais tarde, em 1848.

Origem do nome

Pernambuco

Do tupi, para'nã, rio caudaloso, e pu'ka, gerúndio de pug., rebentar, estourar. Relativo ao furo ou entrada formado pela junção dos rios Beberibe e Capibaribe.

Localização:

Situado na parte centro-leste da Região Nordeste brasileira.

Limites:

Norte :Estados da Paraíba e do Ceará
Leste :Oceano Atlântico
Sul :Estados de Alagoas e Bahia
Oeste :Estado do Piauí.

Clima / Temperatura

O clima é tropical e úmido na região litorânea, tornando-se menos quente à medida que se avança para o interior, na direção do Planalto Brasileiro. A temperatura média na maior parte do Estado varia de 26º a 31º C.

Relevo

Seu relevo caracteriza-se pela existência de uma planície costeira, de origem sedimentar, com praias e manguezais, e planalto no restante do Estado.

Hidrografia

O principal rio que banha o Estado de Pernambuco é o São Francisco, que corta a região sudoeste do Estado e recebe muitos afluentes, como o Pajeú e o Moxotó.

Em sua parte oriental o Estado é banhado pelos rios Capibaribe, Ipojuca e Una.

Vegetação

Podem ainda ser observadas três paisagens botânicas distintas no Estado: (1) a Zona da Mata, na região litorânea e úmida, onde são abundantes os coqueirais; (2) o Agreste, área de transição para a região semi-árida do interior; e (3) o Sertão, onde predomina a vegetação de caatingas.

Fonte: www.citybrasil.com.br

Pernambuco

Pernambuco de Mil Encantos

Localizado no Nordeste brasileiro, Pernambuco é um destino plural. Do litoral ao sertão, oferece uma variedade singular de paisagens. Praias com águas mornas e areias brancas. Cenários exuberantes com espécies da Floresta Tropical, na Zona da Mata, e da Caatinga, no agreste e sertão.O nome do Estado vem da palavra indígena Paranampuka, que quer dizer onde mar arrebenta. Uma referência aos arrecifes que também batizaram a capital, a cidade do Recife.

Resultado da influência de diversas etnias e nações, Pernambuco possui um grande diferencial: a sua diversidade cultural. A culinária, o artesanato, a música, a dança, a literatura e a arquitetura traduzem a alma criativa do povo. Carnaval, São João e as demais festas profanas e religiosas são momentos em que todos os elementos culturais misturam-se em uma alegre ebulição.

Para receber os visitantes, Pernambuco possui ainda uma das mais modernas infra-estruturas aeroportuárias, rodoviárias e hoteleiras do País. E um setor de serviços que está se aprimorando a cada dia. O Estado tem o segundo pólo médico e o terceiro pólo gastronômico do Brasil. Já o Porto Digital está consolidado como um dos mais importantes pólos de tecnologia e informática da América Latina. Recife, a capital, é um das poucas da região a possuir um Centro de Convenções público totalmente estruturado. São 20 mil metros quadrados de área, pavilhão para feira climatizado, heliponto e estacionamento para 2 mil veículos.

Pernambuco, Nação Cultural

Pernambuco possui uma forte vitalidade cultural que pode ser presenciada durante os principais eventos. Carnaval, São João, Natal, Reveillon e Semana Santa. Reflexo da riqueza cultural pernambucana, as festividades unem diferentes matrizes em torno de uma mesma Comemoração. São os elementos africanos, europeus e indígenas misturados que produzem eventos únicos.

Assim, as festas profanas e religiosas mostram toda a criatividade e misticidade do povo pernambucano. E se espalham pelos quatro cantos do Estado. As comemorações acontecem nas ruas, nas praças, nas ladeiras, nas praias. Democraticamente. Além das grandes festividades, o calendário de Pernambuco inclui alguns eventos como: a Missa do Vaqueiro, o Cine PE, a Fenearte, o Festival de Inverno de Garanhuns e Janeiro de Grandes Espetáculos, entre outros.

Praias de Pernambuco

O litoral de Pernambuco, com 187 km de extensão, tem muitas praias bonitas, embora algumas não sejam adequadas para banho. De norte a sul, turistas e pernambucanos encontram uma terra rica em belezas naturais com sol quase o ano inteiro.

No litoral sul, onde concentram-se os resorts e hotéis de luxo, o turista pode praticar mergulho, pesca submarina e surf, ou passear de catamarã, jangada pelo mar ou pelos rios, em meio aos manguezais. A praia mais famosa é Porto de Galinhas.
No litoral norte, maior pólo de esportes náuticos e de lazer do Estado, estão localizadas várias marinas, um parque aquático, pousadas e restaurantes.

Além disso, o estado possui o arquipélago de Fernando de Noronha, considerado pela Unesco, Patrimônio Natural da Humanidade. A ilha, distante a 545 km do Recife, é composta por 16 praias de areia branca e água cristalina e sua extensão é de 17 Km2.

LITORAL NORTE

Pernambuco
Carne de vaca

Quem vai a Pontas de Pedras, olhando para o norte vê ao longe Carne de Vaca. Por isso, dê um pulinho em Ponta de Pedras, Catuama e Carne de Vaca. Tudo pertinho. Acesso pela BR 101 norte. 70km do Recife. Basta acompanhar a sinalização.
 

Pernambuco
Catuama

Praia sinuosa, com arrecifes, águas calmas e extensos coqueiros. É tranquila e possui belas vistas. Quem quiser um pouco mais de agito, pode caminhar até a a Barra de Catuama, uma pequena extensão de praia com bares e uma vila de pescadores. As ilhas do Celeiro e de Itamaracá ficam em frente da praia. Dista 63 km do Recife, pela BR-101-Norte. Pegue o acesso à Ponta de Pedras.

Pernambuco
Ponta de Pedras

Uma praia ideal para banho, apesar da grande quantidade de sargaço. Águas tranquilas com ondas fracas. Dista 70 km do Recife, pela BR-101-Norte, pegando depois a PE-49.

Atapuz

A ilha de Atapuz fica no Canal de Santa Cruz e se caracteriza por sua beleza ambiental. É uma praia boa para esportes náuticos e propícia para camping.

Pernambuco
Praia do Sossego

Localizada na parte norte da ilha de Itamaracá, possui bares e restaurantes.

Pernambuco
Praia de Jaguaribe

Localizada na parte norte da ilha de Itamaracá, possui bares e restaurantes.

Pernambuco
Forte Orange

Pernambuco
Forte Orange

Localizada na parte sul da ilha de Itamaracá, foi construído após a invasão da ilha pelos holandeses em 1631, é aberto à visitação. Tem uma estrutura moderna de bares e restantes ao seu lado.

Pernambuco
Coroa do Avião

Pernambuco
Coroa do Avião

Formada pela erosão do rio Igarassu e do Rio Timbó, fica em frente ao forte Orange. O acesso é pela praia do forte. Na Coroa tem vários bares.

Pernambuco
Praia da Gavoa

É uma praia de mar calmo e areia fofa, localizada em Igarassu entre a ilha de Itamaracá e Maria Farinha. Dela saem passeios de barcos tanto para as praias vizinhas como para a Coroa do Avião. Dista 49 km do Recife, pela BR-101 Norte e PE-35.Tem a opção de travessia pela balsa, saindo do centro do Recife em direção à Paulista, pegando a PE-1. Dista 27 km.
 

Pernambuco
Maria Farinha

Fica ao norte de Paulista. Durante a maré seca, pode-se andar centenas de metros pela areia ou pela cintura quando a maré está cheia. Ideal para a prática de esportes náuticos. Dista 25 km do Recife, pela PE-1.

Pernambuco
Nossa Senhora do Ó

Tem 1,5 km de extensão, repleta de bares. Muita boa para banho. Dista 20 km pela PE-01.

Pernambuco
Conceição

Pernambuco
Conceição

Uma praia pequena, areia clara e limpas, arrecifes, coqueiros e água tranquilas. Dista 18 km do Recife, pela PE-01.

Pernambuco
Pau Amarelo

Pernambuco
Pau Amarelo

Repleta coqueiros, possui piscinas naturais em alto mar, tem vários quiosques na orla. Nesta praia fica o Forte de Pau Amarelo, construído em 1719. Dista 17 km do Recife, pela PE-01.

Pernambuco
Praia do Janga

Pernambuco
Praia do Janga

Uma praia mas urbana, que fica no começo do litoral de Paulista, tem badalação certa. Não é muita boa para banho.

Pernambuco
Rio Doce

Não boa para banho, entretanto possui vários ambientes para admirar os barcos pesqueiros. Os diques foram impropriamente construído, provocando a poluição das praias. Fica na área urbana de Olinda.

Pernambuco
Casa Caiada

Mesma situação da praia de Rio Doce, com vários diques. Fica na área urbana de Olinda.

Pernambuco
Bairro Novo

Pernambuco
Bairro Novo

Olinda não é feliz em praias. Todas tem um certo grau de poluição, por causa dos esgotos dos prédios e casas indevidamente conectados à rede pluvial que deságua nas praias. Incompetência do estado em resolver. Mas são praias bonitas. Os pontões estão urbanizadas e são ótimos locais para tomar uma cervejinha, petiscos do mar, namorar vendo o mar.

Pernambuco
Praia del Chifre

Uma praia quase no centro da cidade.Tem esse nome por que fica ao lado de um quartel marinha e das residências militares. Contam que quando os maridos, marinheiros e oficiais viajavam, as esposas os traiam (colocando chifres, no jargão popular). Acesso perigoso, pois passa pela favela do Maruim. Não recomendo visitar. Uma pena, é uma praia muito bonita e limpa.

LITORAL SUL

Pernambuco
Pina

A primeira praia do litoral sul. Tem bares e muita badalação. Fica a 5 minutos do centro da cidade do Recife. Tem uma estrutura de quadras poliesportivas.

Pernambuco
Boa Viagem

Pernambuco
Boa Viagem

A mais famosa praia do Recife, seus arrecifes transformam a praia num local ideal para quem quer curtir o mar com as piscinas naturais, hoje o local menos perigoso, por causa dos ataques dos tubarões. Tem um calçadão com pista de cooper.

Pernambuco
Piedade

Fica depois da Praia de Viagem, já no município de Jaboatão. As mesmas características de Boa Viagem. Cautela ao tomar banho de mar. Não se aventure para águas profundas por causa dos ataques de tubarão.

Depois de Piedade, a última de Jaboatão. Tem 3 km de extensão. Ela acaba no Rio Jaboatão.

Pernambuco
Paiva

Semi-deserta e tem mar aberto. O acesso é complicado por causa do Rio Jaboatão. Quem quiser pode fazer a travessia de barco. Dista 46km do Recife, por causa do desvio. Acesso pela BR-101 sul, PE-60 e PE-29. Não vale pena fazer esse percurso.

Pernambuco
Itapuama

Com ondas fortes, é muito frequentada pelo público jovem. Ideal para aventureiros que encaram acampar. Dista 45 km do Recife, pela BR-101 Sul, PE-60 e PE-29.

Pernambuco
Pedra do Xaréu

Com pedras e piscinas naturais, possui alguns quiosques na orla. Dista 47 km do Recife, pela BR-101 Sul, PE-60 e PE-29.

Pernambuco
Enseada dos Corais

Cercada por arrecifes que tornam o mar tranquilo e cheio de piscinas naturais. Dista 47km, acesso pela BR-101 Sul, PE-60 e PE-29.

Pernambuco
Gaibu

Tem o mar calmo e verde, mas cheia de bares e restaurantes, muito badalada. É a segunda opção para quem vai para Porto de Galinhas. Dista 47km, acesso pela BR-101 Sul, PE-60 e PE-29.

Pernambuco
Calhetas

Uma das praias mais belas de Pernambuco, cheia de coqueiros e com mar calmo, cristalino e cercado por arrecifes. Muito procurada para a prática de mergulho e pesca submarina. Conhecida como praia dos "malucos".

Pernambuco
Cabo de Santo Agostinho

Segundo alguns historiadores, o Brasil foi descoberto aqui, por Vicente Pizon, fato que causa polêmica. A praia é inóspita. Mas que é bonito de ver, é. O porto de Suape fica ao lado.

Pernambuco
Paraíso

A menor praia do litoral pernambucano, com uma faixa de areia de apenas 30 metros no meio de um paredão de pedras, onde nascem árvores e coqueiros que se debruçam sobre o mar. Há bares e pousadas rústicas e uma trilha de 2 km que leva às ruínas de um forte, vestígios de um farol e uma igreja construída em 1728. Dista 30 km do Recife.

Pernambuco
Suape

Decididamente não é uma praia. Foi uma praia. É onde se encontra o Porto de Suape. Ocorre também o encontro das águas do rio Massangana com o mar.

Pernambuco
Muro Alto

Pernambuco
Muro Alto

É uma praia deslumbrante. As águas, limitadas por arrecifes, formam belíssimas piscinas naturais por toda a extensão de 2,5km de praia. Dista 60 km do Recife, pela BR-101 Sul, PE-60 e PE-09 (a que leva a Porto de Galinhas).

Pernambuco
Camboa

Areia clara, coqueiros e barulho do mar são as características desta praia deserta. Quando a maré está baixa, o bom é aproveitar as piscinas naturais. Para quem gosta de sossego. Dista 49 km do Recife, pela BR-101 Sul, PE-60 e PE-29.

Pernambuco
Cupe

Mar aberto com muitos coqueiros. Água esverdeada, ondas fortes e arrecifes que completam a belíssima paisagem. Fica no acesso à Porto de Galinhas. No trevo, pegar à esquerda. Dista 60 Km do Recife, pela BR-101 Sul, PE-60 e PE-09.

Pernambuco
Porto de Galinhas

A praia mais badalada de Pernambuco, conhecida internacionalmente. Com 18 km de extensão, é belíssima, com águas azuis, mornas, quase sem ondas e com piscinas naturais na área do vilarejo. Possui a melhor estrutura de praias de Pernambuco, contando com hotéis, pousadas, restaurantes, pequenos shoppings. Dista 60 km do Recife, pela BR-101 Sul, PE-60 e PE-09.

Pernambuco
Maracaípe

Pernambuco
Maracaípe

Pernambuco
Maracaípe

Local ideal para surf. Uma praia de mar aberto, com ondas fortes, sedia uma das etapas nacionais do esporte. Possui pousadas e bares simples. Na maré baixa, os arrecifes foram piscinas naturais. Dista 68 km do Recife, pela BR-101 Sul, PE-60 e PE-09. O acesso é por Porto de Galinhas.

Pernambuco
Serrambi

Águas azuis com arrecifes em boa parte da extensão. Tem uma estreita faixa de areia batida. Dista 68 km do Recife, pela BR-101 Sul, PE-60. O acesso é por Porto de Galinhas.

Pernambuco
Cacimbas

Pernambuco
Cacimbas

Praia de mar forte, com uma larga faixa de areia, tem uma formação rochosa com cerca de 50m de largura, que abriga uma deslumbrante piscina natural. Dista 68 km do Recife, pela BR-101 Sul, PE-60, PE-61.

Pernambuco
Toquinho

É praticamente uma praia particular. Possui vários condomínios luxuosos e casas de veraneiro. O mar tem ondas fortes. A areia é bem branca e fina. Dista 80 km do Recife, pela BR-101 Sul, PE-60, PE-61.

Barra de Serinhaém

É parte da mesma enseada que Gamela. Existem bares e pousadas na região. A ilha de Santo Aleixo localiza-se na foz do rio Serinhaém. Dista 75km do Recife, pela BR-101 Sul, PE-60, PE-61.

Pernambuco
Ilha de Santo Aleixo

Paradisíaca ilha na foz do rio Serinhaém. Tem uma mansão que pode ser alugada para eventos. Agências de turismo tem pacotes de visita à ilha, de barco.

Pernambuco
Gamela

É parte da mesma enseada que Barra de Serinhaém. Existem bares e pousadas na região. A ilha de Santo Aleixo localiza-se na foz do rio Serinhaém. Dista 75km do Recife, pela BR-101 Sul, PE-60, PE-61.

Pernambuco
Guadalupe

Enseada de mar calmo, falésias e pedras à beira mar. Um cenário maravilhoso. Condomínios de luxo dificultam o acesso. Dista 80km do Recife, pela BR-101 Sul, PE-60, PE-61.

Pernambuco
Praia dos Carneiros

Uma das praias mais bonitas do litoral pernambucano. Localiza-se no encontro das águas escuras do rio Formoso, com as águas cristalinas do mar. Alguns manguezais cercam a praia de areais brancas. O acesso é feito pela praia vindo de Tamandaré ou de barco. Dista 103 km do Recife pela BR-101 sul e PE-60.

Pernambuco
Tamandaré

Outra praia muita bonita. Já foi muita badalada. Formada por duas baías e com ondas fracas. Muito bom para banho de mar. Procurada para a prática de esportes náuticos, é bem agitada no verão. Dista 100 km do Recife pela BR-101 sul e PE-60 e PE-76.

Pernambuco
Praia do Porto

De acesso muito difícil, porém, para aquelas pessoas determinadas a superar dificuldades, o cenário maravilhoso compensa. São pedras que se estendem até o mar, formando piscinas naturais protegidas do vento e das ondas. É lá que se encontra a famosa ilha com um coqueiro solitário. A praia pode ser alcançada de buggy, a partir da cidade de Barreiros (7 km).

Pernambuco
Várzea do Una

É uma grande baía com uma larga faixa de areia e mar de ondas fortes. Ótima para pesca submarina e surf. Tem um acesso difícil, geralmente feito atravessando o rio Una de barco. Dista 120 km do Recife, pela BR-101 sul e PE-60.

A última praia de Pernambuco, ao sul. Águas mornas e tranquilas, muito boas para a prática de camping e caça submarina. Tem bares na orla e restaurantes. Dista 120 km do Recife, pela BR-101 sul.

Fonte:www.braziliantourism.com.br

Pernambuco

Guia Turístico

O Estado de Pernambuco está situado no centro leste da Região Nordeste do Brasil, limitado por Paraíba e Ceará ao norte, Bahia e Alagoas ao sul, o Oceano Atlântico a leste e Piauí a oeste. É conhecido por seu belo litoral cheio de praias de extrema beleza, algumas delas localizadas na famosa 'Costa dos Corais', onde caracterizam-se por suas piscinas naturais formadas por recifes de corais e cheias de peixes coloridos. Sua cidade mais histórica e mais importante é a capital, Recife, principal centro cultural e de lazer do nordeste brasileiro e uma das cidades mais visitadas do país.

Outro dos seus grandes pontos turísticos é o arquipélago de Fernando de Noronha que localiza-se a 545 Km de Recife e foi declarado Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO, no ano de 2001, é considerado um verdadeiro paraíso natural e ecológico com algumas das praias mais paradisíacas do Mundo.

Goiana

Goiana é um município do Estado de Pernambuco localizado 65 km ao norte da capital, Recife, na divisa com o Estado da Paraíba às margens do Oceano Atlântico. Na nossa visita não podemos deixar de visitar seu Centro Histórico declarado Patrimônio Histórico Nacional, lugar onde estão concentrados os monumentos civis e religiosos mais importantes da cidade, entre os quais merece especial destaque a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, a Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Homens Brancos e a Igreja de Nossa Senhora dos Homens Pardos, sede do Museu de Arte Sacra de Goiana.

HISTÓRIA

O município de Goiana foi habitado pela tribo indígena dos Caetés e Potiguares. Sua fundação como município foi anterior ao ano de 1570, no ano de 1568 o povoado já havia sido elevado a categoria de freguesia. Foram as primeiras pessoas do Estado de Pernambuco em abolir o regime de escravidão.

No século XVII teve lugar um dos seus acontecimentos históricos mais importantes com a façanha das Heroínas de Tejucupapo, que unindo-se aos homens e graças a sua luta e valentia conseguiram expulsar aos invasores holandeses. Este famoso episódio marcou a história brasileira como uma das poucas batalhas onde o maior contingente era feminino. Todos os anos, no último domingo de abril, realiza-se uma apresentação teatral onde mais de 200 mulheres lembram o famoso acontecimento, na conhecida Festa das Heroínas de Tejucupapo.

No ano de 1685 o povoado foi elevado a categoria de Vila e suas principais fontes de renda eram a agricultura, especialmente a cana-de-açúcar e a pesca.
No século XIX, no ano de 1840 foi elevada a categoria de Cidade e no ano de 1892 converteu-se em Município Independente.

Atualmente o município de Goiana dedica-se na sua maior parte à cana-de-açúcar embora o turismo está ganhando grande importância nos últimos anos, pois os turistas encontram nas suas praias tranquilas e com sua boa infra-estrutura hoteleira um lugar ideal para relaxar e descansar às margens do Oceano Atlântico.

PASSEIO TURÍSTICO

Centro Histórico de Goiana - Goiana

O Centro Histórico de Goiana caracteriza-se pela grande quantidade de monumentos civis e religiosos, declarados Patrimônio Histórico Nacional no ano de 1938. Entre os mais visitados destacam-se as numerosas igrejas barrocas de grande valor histórico.

Prefeitura Municipal - Goiana

A Administração Municipal de Goiana está localizada em um belo edifício situado na Rua Marechal Deodoro da Fonseca.

Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos - Goiana

A Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos está localizada na Rua Marechal Deodoro da Fonseca, Centro Histórico de Goiana. Foi construída em estilo barroco no ano de 1835 e declarada Patrimônio Histórico Nacional no ano de 1938, igual a maioria de seus edifícios e Igrejas da redondeza.

Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Homens Brancos - Goiana

A Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Homens Brancos está localizada na Rua Marechal Deodoro. É uma igreja em estilo barroco construída no século XVIII e declarada como Patrimônio Histórico Nacional, no ano de 1938.

Igreja de Nossa Senhora do Amparo dos Homens Pardos - Goiana

A Igreja de Nossa Senhora do Amparo dos Homens Pardos foi construída no século XVIII, de estilo barroco e localizada na Rua do Amparo, Praça da Bandeira. Nas suas dependências encontra-se o Museu de Arte Sacra de Goiana.

Museu de Arte Sacra de Goiana - Goiana

O Museu de Arte Sacra de Goiana encontra-se dentro das instalações da Igreja de Nossa Senhora do Amparo dos Homens Pardos. Com numerosas exposições de diferentes estilos, destacando o acervo de cerâmicas de Santos realizadas pelos artistas pernambucanos e as de Arte Sacra colecionadas entre os séculos XVII e XX.

Convento de Santo Alberto dos Carmelitas - Goiana

O Convento de Santo Alberto dos Carmelitas foi construído em estilo barroco no século XVII na atual Praça Frei Caneca. Forma conjunto com a Igreja de Nossa Senhora do Carmo e em seu interior encontramos uma importante coleção de imagens sacras dos séculos XVI e XVII.

Igreja de Nossa Senhora do Carmo do Carmo - Goiana

A Igreja de Nossa Senhora do Carmo pertence ao convento de Santo Alberto dos Carmelitas e foi construída no século XVII, no mesmo século do Convento.

Igreja de Santa Teresa da Ordem Terceira do Carmo - Goiana

A Igreja de Santa Teresa da Ordem Terceira do Carmo, situada na Praça Frei Caneca, foi construída a meados do século XVIII em estilo barroco.

Igreja de São Lourenço - Tejucupapo

A Igreja de São Lourenço de Tejucupapo, um das cidades mais importantes do município de Goiana, foi construída a meados do século XVI e é considerada uma das Igrejas mais antigas do Estado de Pernambuco. Merece especial destaque em seu interior, uma bela capela, um exemplar com grande valor histórico e arquitetônico.

PRAIAS

O litoral do município de Goiana encontra-se localizado a leste da capital. Suas praias caracterizam-se por suas areia fina e águas tranquilas ideais para o banho e a prática de esportes náuticos. As mais visitadas são: A Praia de Catuama, a Praia de Barra de Caruama e a Praia de Atapuz.

Praia da Carne de Vaca

Localiza-se nas proximidades da desembocadura do Rio Goiana.

Pontas de Pedra

Caracteriza-se por sua areia fina e sua água tranquila com poucas ondas. Ideal para o banho, apesar de possuir grande quantidade de sargaços.

Praia de Catuama Bela

Praia com extensos coqueiros, areia fina e água tranquila com recifes de coral. Nas marés baixas observam-se os sargaços, algas marinhas que habitam nas marés cálidas e mornas de todo o mundo.

Praia da Barra de Catuama

Praia pequena com água tranquila e recifes de coral, localizada frente às Ilhas de Celeiro e de Itamaracá.

Praia de Atapuz

Praia situada em frente a Ilha do Celeiro, no Canal de Santa Cruz. Suas águas calmas são especialmente indicadas para a prática de esportes náuticos.

Itamaracá

A Ilha de Itamaracá é um dos municípios brasileiros mais bonitos do Estado de Pernambuco, separado do continente pelo Canal de Santa Cruz e situado aproximadamente a 40 km de Recife.

Suas belas praias repletas de coqueiros e com águas tranquilas, piscinas naturais e recifes, são os maiores pontos turísticos para milhares de turistas que à visitam durante todo o ano, que encontram em seu litoral uma zona ideal para descansar e praticar todo tipo de esportes náuticos. Uma das mais freqüentadas é a Praia de Forte Orange, onde localiza-se um dos monumentos mais visitados pelos turistas, o Forte Orange. Além disso, esta ilha conta com uma das sedes do Centro de Preservação do Peixe-Boi.

HISTÓRIA

Itamaracá é uma palavra indígena que significa 'Pedra que canta' a ilha de Itamaracá é famosa pelo seu título de 'Capital de Ciranda', localiza-se ao norte do Estado de Pernambuco. A origem da cidade remonta-se ao ano de 1508 quando pertencia ao município de Igarassu.

No ano de 1631, século XVII, toda a ilha foi conquistada pelos holandeses que iniciaram sua conquista na praia do Forte Orange construindo o conhecido Forte Orange, um dos monumentos mais importantes e visitados da Ilha de Itamaracá.

No ano de 1763 a Ilha de Itamaracá foi adquirida para a coroa portuguesa por D. João V e a sua sede municipal localizava-se em Pilar, declarada Vila no ano de 1831. Anos mais tarde, em 1866, fundou-se o distrito.

Já no século XX, ano 1958, fundou-se o atual município desvinculando-se do município de Igarassu. No ano de 1962 a sede do município da Ilha de Itamaracá, Pilar, foi elevada a categoria de Cidade e anos mais tarde em 1968 foi premiada pela empresa de turismo de Pernambuco, EMPETUR, com o título de Município de Interesse Turístico do Estado de Pernambuco.

Atualmente a Ilha de Itamaracá possui uma das costas mais bonitas e visitada de todo o Estado de Pernambuco, onde o turismo é sua principal fonte de ingressos. Seus pontos turísticos mais importantes são o Pilar, Vila Velha e a Ilha Coroa do Avião, onde os turistas encontram nas suas excelentes praias, cheias de coqueiros, com águas tranquilas, areia fina e branca, e o Canal de Santa Cruz, o lugar ideal para passar umas merecidas férias e praticar todo o tipo de esportes náuticos.

PASSEIO TURÍSTICO

Carnaval O Carnaval da Ilha de Itamaracá é o 3º mais importante do Estado de Pernambuco, depois dos carnavais de Recife e Olinda. Realiza-se no mês de fevereiro e toda a Ilha transforma-se em um dos principais pontos de animação do Brasil, onde as orquestras de frevo, os desfiles de carroças, o baile e a diversão estão garantidos durante todos os dias que dura a festa. No mês de novembro realiza-se a Ilha Folia, o melhor carnaval marítimo do país, onde um dos seus atrativos mais visitados é a bela procissão marítima.

Prefeitura Municipal - Pilar

A Administração Municipal do município de Itamaracá encontra-se situada na Avenida João Pessoa Guerra.

Igreja de Nossa Senhora do Pilar - Pilar

A Igreja de Nossa Senhora do Pilar, situada na Praça Papa João XXIII, é uma Igreja que não se sabe com exatidão a data da sua construção. No ano de 1831 converteu-se na igreja paroquial e anos mais tarde, em 1839, foi reconstruída. Seu estilo barroco sofreu grandes reformas na década de 60 do século XX. Em seu interior está a imagem de Nossa Senhora do Pilar, padroeira do município. No último domingo de janeiro celebra-se a Festa de Nossa Senhora do Pilar, os fiéis realizam uma procissão marítima com a imagem da santa, é conhecida como 'Buscada'

Igreja Bom Jesus dos Passos - Jaguaribe

A Igreja Bom Jesus dos Passos está localizada em Jaguaribe, Rua Benigno Cordeiro Galvão, ponto de partida da conhecida procissão que da o nome a Igreja. No ano de 1893 foi construída pelos padres capuchinos sobre os restos da antiga Igreja e destaca-se por sua torre campanário de estrutura quadrada situada em um dos lados da sua fachada principal. Em seu interior está o Santo de Roca, miniatura encontrada por um pescador no interior de um tronco no lugar onde está situada a Igreja.

Vila Velha - Vila Velha

Vila Velha é uma das cidades turísticas mais visitadas do município de Itamaracá, lugar onde encontram-se algumas das Igrejas mais importantes de toda a ilha, entre as quais merece destacar a Igreja de Nossa Senhora da Conceição e as ruínas da Igreja do Rosário dos Pretos.

Igreja de Nossa Senhora da Conceição - Vila Velha

A Igreja de Nossa Senhora da Conceição está localizada na cidade de Vila Velha, ao sul da Ilha de Itamaracá, próxima a um belo mirante natural. Foi construída no final do século XIX, sobre os restos de um forte construído pelos franceses durante sua ocupação no século XVI. Sua arquitetura combina os estilos barroco e renascentista e em seu interior, situada no seu altar principal está a imagem portuguesa de Nossa Senhora da Conceição, doada por Dona Maria I 'A Louca'.

Ruínas da Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos - Vila Velha

As ruínas da Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos está localizada na Rua João Paulo II, formando parte do conjunto histórico da cidade de Vila Velha. Sua origem é anterior ao século XVII e em suas imediações está situado o cemitério da cidade, construído no ano de 1917. Atualmente encontra-se em estado de ruínas conservando parte dos muros e do frontal, as paredes de seu altar principal possui maravilhosas vistas da desembocadura sul do Canal de Santa Cruz e da ilha conhecida como Coroa do Avião.

Forte Orange

O Forte Orange é um dos monumentos mais importantes e visitados da Ilha de Itamaracá. Foi construído pelos holandeses no ano de 1631, depois de sua invasão e está localizado às margens do Oceano Atlântico na entrada sul do Canal de Santa Cruz, em um dos lados da praia do Forte Orange. No final do século XVII foi ocupado pelos portugueses e era conhecido como Fortaleza de Santa Cruz. Na sua entrada destaca sua capela e o Museu da Fundação que leva seu nome.

Museu da Fundação Forte Orange

O Museu da Fundação Forte Orange está instalado dentro das dependências do Forte que da o mesmo nome a fundação. Neste museu encontramos numerosas coleções, merecendo especial destaque as dedicadas a construção e história da fortaleza. Foi inaugurado no ano de 1994.

Igreja de São Paulo A Igreja de São Paulo

Está localizada a aproximadamente 500 metros do Forte Orange. Foi construída a meados do século XIX e no começo pertencia às propriedades de Exploração do Coco. É uma Igreja em estilo maneirista com fachada composta por uma porta central e duas janelas na sua parte superior.

O Peixe-Boi

O Peixe-Boi, único mamífero aquático herbívoro do mundo e com mais de 45 milhões de anos, vive nas costas do Brasil e é um peixe grande, pesado e robusto que pode alcançar os 4 metros de longitude e pesar mais de 800 kg. Seu habitat é os rios, seus estuários e o mar, é um animal bastante tranquilo que alimenta-se de vegetais e pode chegar a viver mais de 50 anos.

Existem dois tipos de espécies, o Peixe-Boi amazônico, de menor tamanho que vive no Brasil habitando os rios amazonas e Orinoco; e o Peixe-Boi Marinho, atualmente um dos mamíferos aquáticos mais ameaçados de extinção no Brasil, está protegido pelas leis desde o ano de 1967. Sua caça e comercialização estão penalizadas com prisão.

No ano 1998 o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente, o IBAMA, fundou na Praia do Forno da Cal o Centro de Preservação do Peixe-Boi Marinho, onde a principal atividade é o estudo e conservação destes magníficos seres. Graças ao Projeto Peixe-Boi os animais doentes são transladados a uma Unidade de Resgate e Reabilitação do próprio projeto, onde curam-se até serem levados ao mar e aí instalarem um chip para poder controlá-los com um sistema de rádio.

Atualmente estão em suas mãos aproximadamente 20 exemplares, e a grande maioria habitam nos aquários da Ilha de Itamaracá, onde podem ser visitados. Ademais existem várias companhias marítimas que levam os turistas a conhecê-los estando em seu habitat natural, embora encontrá-los costuma ser uma tarefa complicada.

Canal de Santa Cruz

O Canal de Santa Cruz divide os municípios de Igarassu, Itapissuma e Goiana com a Ilha de Itamaracá. Possui duas desembocaduras, a norte às margens da Praia do Pontal da Ilha e ao sul onde localiza-se a Coroa do Avião. É um lugar tranquilo com águas cristalinas ideal para pratica de todos os tipos de esportes náuticos, em especial a Vela e a Pesca, sua profundidade média não supera os 8 metros.

Rio Jaguaribe

Jaguaribe é um rio que nasce no interior da Ilha de Itamaracá e desemboca na costa leste da ilha, formando um belíssimo estuário entre a praia de Jaguaribe e a praia do Sossego.

Coroa do Avião

Coroa do Avião é uma Ilha pequena localizada ao sul da Ilha de Itamaracá, na desembocadura sul do Canal de Santa Cruz, formada na década dos 80 século XX pelas forças das correntes marinhas. É uma das zonas mais bonitas e apreciadas do Estado, sede do Centro de Estudo e Conservação das Aves Migratórias da Universidade de Pernambuco. Nesta pequena ilha encontramos barraquinhas onde podemos refrescar-nos e apreciar a deliciosa gastronomia da zona. Existem várias companhias marítimas que fazem o transporte até a ilha, um dos principais pontos de partida é a Praia do Forte Orange.

PRAIAS

As Praias da Ilha de Itamaracá estão localizadas em uma das zonas mais bonitas do litoral brasileiro, ao norte de Pernambuco. Caracterizam-se na sua maioria pelas águas tranquilas, ideais para o banho e a pratica de esportes náuticos, repletas de coqueiros, piscinas naturais e recifes de coral. Uma das mais visitadas pelos turistas é a Praia do Forte Orange, um dos pontos de partida até a Corôa do Avião.

Praia do Pontal da Ilha

Praia localizada em frente da Ilha do Celeiro e a Barra de Catuama, no norte do município de Itamaracá e da desembocadura do Canal de Santa Cruz. Estende-se por 2,5 km e é ideal para o banho por ser pouco profunda.

Praia do Fortinho / Enseada dos golfinhos

A Praia do Fortinho também conhecida como praia da Enseada dos Golfinhos, está localizada entre a praia de Pontal da Ilha e a Praia do Sossego. Tem uma longitude de aproximadamente 1,5 km e sua tranquila enseada é o lugar ideal para a prática de esportes náuticos, especialmente a pesca e o esqui aquático.

Praia do Sossego / Lance dos Cações

Praia situada entre a Enseada dos Golfinhos e a desembocadura do Rio Jaguaribe com uma extensão aproximadamente de 1.000 metros. É ideal para o banho e destaca seus areais que formam-se a 300 metros da Costa nas marés baixas, com suas piscinas naturais entre os recifes de coral.

Praia do Pontal de Jaguaribe

Pequena praia de areia fina e água pouco profunda situadas ao norte da Praia do Jaguaribe, na desembocadura do rio Jaguaribe. Perigosa na maré alta, devido a proximidade do rio.

Praia de Jaguaribe

Praia urbana localizada no Bairro de Jaguaribe. Tem uma extensão de aproximadamente 2km e caracteriza-se pela areia fina e branca e suas águas tranquilas. Nas suas proximidades realizam-se no mês de agosto o popular Festival de Pesca da Agulha.

Praia de Quatro Cantos

Pequena praia urbana localizada entre a Praia de Jaguaribe e a Praia do Pilar. Ideal para o banho pela pouca profundidade de suas águas.

Pilar

É a praia urbana mais visitada da Ilha de Itamaracá, localizada em Pilar, capital do município. Tem uma extensão de 2km e caracteriza-se por sua areia fina e branca, suas águas verdes e tranquilas ideais para o banho e a pratica de todo o tipo de esportes náuticos. Merece especial destaque o Cruzeiro de Nossa Senhora de Pilar, situado no mar a 200 metros da Costa.

Baixa Verde / do Currupio

Praia de água tranquila e areia fina e branca situada entre a praia do Pilar e a Praia do Rio Âmbar. Nas suas imediações destacam as casas de veraneio e as de pescadores com suas típicas barcas.

Praia do Rio Âmbar

Praia localizada na desembocadura do Rio Âmbar, entre a Praia de baixa Verde e a Praia do Forno da Cal. Caracteriza-se por suas casas de veraneio e seus amplos coqueiros.

Forno da Cal

Praia situada ao norte da Praia do Forte Orange. Tem uma extensão de 3 quilômetros, de areia fina e branca, caracteriza-se por suas águas tranquilas ideais para o banho. Nas suas imediações encontra-se o Centro de Preservação do Peixe-boi Marinho, um dos principais pontos turísticos da Ilha.

Praia do Forte Orange / de São Paulo

A Praia do Forte Orange, também conhecida como Praia de São Paulo, é uma das praias mais visitadas do município de Itamaracá, por contar com um dos monumentos mais importantes da ilha, o Forte Orange, e por ser um dos principais pontos de partida para Ilha da Coroa do Avião. Situa-se entre a praia de Forno da Cal e a desembocadura sul do Canal de Santa Cruz.

Igarassu

O município de Igarassu está localizado a aproximadamente 30 km de Recife, no litoral norte da região metropolitana do Estado de Pernambuco. Um dos seus principais atrativos, além das suas belas praias de areia fina e águas tranquilas, é seu Sítio Histórico, considerado um dos Patrimônios Civis e religiosos mais importantes do país, onde destacam a Igreja Matriz dos Santos Cosme e Damião, uma das mais antigas do Brasil, e o Convento de Santo Antônio, onde está o Museu Pinacoteca de Igarassu.

HISTÓRIA

Quando originou-se, até o século XVI, o município de Igarassu foi habitado pelos índios Caetés, onde sua principal atividade era a pesca e a agricultura.

No ano de 1535 todo o território foi conquistado pelos portugueses e Duarte Coelho é proclamado Governador da Capitania de Pernambuco.

Dois anos mais tarde, em 1537, funda-se a Vila de Igarassu, primeiro povoado do Brasil, e adota-se a localidade de autonomia política, administrativa e econômica. No final deste século cria-se a freguesia dos Santos Cosme e Damião.

Os anos posteriores caracterizaram-se pelo auge e crescimento do povoado, foram construídos os monumentos mais importantes espalhadas por seu Sítio Histórico, até o ano de 1632 quando a foi atacado e saqueado pelos holandeses.

No ano de 1893 constituiu-se como município independente e dois anos mais tarde, em 1895, a Vila é elevada a categoria de Cidade.

Atualmente a principal fonte de ingressos do município de Igarassu é o turismo.
Suas belas praias de areia fina e águas tranquilas, seu rico patrimônio arquitetônico localizado em boa parte em seu Sítio Histórico, seu agradável clima e sua saborosa gastronomia, são o maior pedido para os milhares de turistas que visitam o município no decorrer de todo o ano.

PASSEIO TURÍSTICO

Sítio Histórico de Igarassu - Sítio dos Marcos - Igarassu

O Sítio Histórico de Igarassu, também conhecido como Sítio dos Marcos, tem uma área de aproximadamente meio quilômetro quadrado e está localizado no alto da colina conhecida como Outeiro dos Santos Cosme e Damião. É um dos conjuntos arquitetônicos civil e religioso mais antigos e mais bem conservado do Estado de Pernambuco, lugar onde encontram-se os monumentos mais importantes da cidade. Merece destaque a Igreja Matriz dos Santos Cosme e Damião, Igreja católica mais antiga do Brasil.

Igreja Matriz dos Santos Cosme e Damião - Igarassu

A Igreja Matriz dos Santos Cosme e Damião foi construída mediante ordem do Capitão Afonso Gonçalves no ano de 1535 e é a Igreja católica mais antiga de todo o país. Está localizada no Largo dos Santos Cosme e Damião, Sítio Histórico de Igarassu, e está dedicada aos padroeiros da cidade. Todos os anos no dia 27 de setembro realiza-se nas suas imediações uma popular romaria, considerada uma das festas populares mais antigas e tradicionais do Brasil, conhecida como Festa dos Padroeiros. No ano de 1951 foi declarada Patrimônio Histórico Artístico Nacional.

Convento do Sagrado Coração de Jesus - Igarassu

O Convento do Sagrado Coração de Jesus está localizado no Sítio Histórico de Igarassu, Largo dos Santos Cosme e Damião, perto da Igreja Matriz. É um convento de estilo barroco que destaca pelas cinco belas janelas do andar superior de sua Igreja, cujo interior encontram-se guardadas quatro belas imagens de tamanho natural.

Museu Histórico de Igarassu - Igarassu

O Museu Histórico de Igarassu está localizado no interior de três belas casas do século XIX situadas no Largo dos Santos Cosme e Damião, entre a Igreja Matriz e a Igreja do Sagrado Coração de Jesus. Foi fundado no ano de 1954 e no seu interior se expõem várias coleções de restos arqueológicos, arte sacra, móveis, selos e documentos, entre outras coisas, que nos ensinam um pouco da história deste município.

Casa de Câmara e Cadeia - Igarassu

A Casa de Câmara e Cadeia de Igarassu foi construída a meados do século XVIII e foi a de maiores dimensões até a construção no século XIX da Casa de Detenção do Recife. Está localizada no Sítio Histórico, Outeiro do Largo dos Santos Cosme e Damião.

Marco de Pedra - Igarassu

O Marco de Pedra é um monumento situado em frente do pátio da Casa de Câmera e Cadeia. Está formado por uma estrutura quadrangular sobre a qual está situada uma coluna cilíndrica decorada com um escudo. Era o ponto que delimitava nas suas origens as capitanias de Pernambuco e Itamaracá.

Convento de Santo Antônio - Igarassu

O Convento de Santo Antônio foi construído a finais do século XVI, Terceiro convento construído no Brasil pelos padres franciscanos. Situado à Rua Marechal Hermes da Fonseca, em estilo barroco que no século XVII foi ampliado e transformado na Escola de Noviços e mais tarde no ano de 1848, durante a Revolução Praieira, foi utilizado como quartel-general pelas tropas revolucionárias. Destaca-se a cúpula de sua Igreja e sua sacristia decorada com belos azulejos. Atualmente é a sede do Museu Pinacoteca de Igarassu.

Museu Pinacoteca de Igarassu - Igarassu

O Museu Pinacoteca de Igarassu está localizado na Rua Barbosa Lima, no Convento de Santo Antônio. Foi inaugurado no ano de 1957 e no seu interior está uma das mais importantes coleções da América Latina, composta de 24 quadros e painéis dos séculos XVII e XVIII, destacando os que pertencem à Igreja Matriz dos Santos Cosme e Damião, que nos mostram os momentos históricos mais importantes do Estado de Pernambuco.

Prefeitura Municipal - Igarassu

A Administração Municipal de Igarassu está situada na Praça da Bandeira.

Capela de Nossa Senhora do Livramento - Igarassu

A Capela de Nossa Senhora do Livramento está situada ao lado da Prefeitura Municipal, Praça da Bandeira. Possui uma só cúpula em estilo barroco, construída no século XVIII pelos habitantes da Vila de Igarassu.

Capela de São Sebastião - Igarassu

A Capela de São Sebastião está localizada no Largo de São Sebastião, Sítio Histórico de Igarassu. Em estilo barroco com influência maneirista, construído no século XVIII é muito parecida a Igreja Matriz dos Santos Cosme e Damião. Destaca sua única torre campanário situada a um dos lados da sua fachada principal.

Refúgio Ecológico Charles Darwin O Refúgio Charles Darwin é uma instituição particular localizada no município de Igarassu com mais de 40 anos. Tem uma extensão de 60 hectares e está situado no interior de uma reserva de mata atlântica, a 8 km do Sítio Histórico. Sua principal função é a de realizar um trabalho de educação ambiental e conservação da natureza. No decorrer de todo o ano é visitada por numerosas escolas e universidades que, acompanhados de monitores especializados, recebem informações sobre a flora e fauna da região e a importância da conservação da Mata Atlântica.

Relógio Solar O Relógio solar localiza-se na cidade de Araripe a 14km de Igarassu, na frente da Companhia Agroindustrial de Igarassu. Foi construído a meados do século XIX e é considerado um dos poucos relógios solares que existem no Brasil.

PRAIAS

No município de Igarassu destacam-se suas três praias, a Praia dos Marcos, a Praia do Capitão e a Praia da Gavoa. Caracterizam-se por sua areia fina e águas tranquilas, especialmente indicadas para o banho e a prática de todo o tipo de esportes náuticos. As mais freqüentadas são a Praia do Capitão e a Praia dos Marcos.

Praia dos Marcos

Praia pequena localizada na desembocadura sul do Canal de Santa Cruz, em frente da ilha de Itamaracá. É uma das praias mais visitadas do município de Igarassu, ao encontrar-se próximo ao Sítio Histórico.

Praia do Capitão

A Praia do Capitão, conhecida popularmente como Mango Seco, é uma praia com águas tranquilas cheias de coqueiros e boa infra-estrutura hoteleira. Ao longo de seus 2 km de passeio encontramos hotéis, restaurantes, bares onde podemos degustar a deliciosa gastronomia da zona.

Praia da Gavoa

A praia da Gavoa é uma praia tranquila localizada entre a Ilha de Itamaracá e Maria Farinha. Um dos seus principais atrativos é o passeio que realiza várias companhias marítimas até a Coroa do Avião, pequena ilha do município de Itamaracá.

Paulista

Município Pernambucano localizado a escassos quilômetros ao norte da capital, Recife, fazendo fronteira ao sul com o município de Olinda e ao norte com o município de Igarassu. Uma das suas principais atrações turísticas é o Park Aquático Temático Veneza Walter Parque, sem esquecer de suas excelentes praias repletas de coqueiros com areia fina e águas tranquilas ideais para o banho e a pratica de todos os esportes náuticos. Como monumento civil mais importante merece especial destaque o Forte do Pau Amarelo, situado na praia que possui o mesmo nome.

HISTÓRIA

No começo Paulista era uma Vila com duas freguesias, Paratibe e Maranguape, e formava parte do município de Olinda. Suas principais fontes de renda eram a indústria, a pesca e a agricultura, em especial a cana-de-açúcar.

A meados do século XVI as terras de Paratibe e Maranguape foram doadas por Duarte Coelho a Jerônimo de Albuquerque pelos serviços prestados a colônia.

Anos mais tarde, Jerônimo de Albuquerque cedeu as terras de Paratibe a Gonsalo Mendes Leitão, no momento de contraer matrimônio com sua filha. Posteriormente com a morte de Mendes Leitão seus herdeiros venderam as propriedades, dividindo-se a partir deste momento em Paratibe de Cima e Paratibe de Baixo.

No ano 1656 a freguesia de Maranguape foi adquirida por João Fernandes Vieira e a finais deste século, no ano 1689, as duas freguesias, Paratibe e Maranguape, foram vendidas a Manoel Alves Morais Navarro, conhecido como Paulista, dando origem ao atual nome da cidade.

Os séculos posteriores caracterizaram-se pelo crescimento tanto político como econômico para a cidade. Paulista foi o segundo distrito de Olinda até o ano de 1935, o qual se converteu em município independente e atualmente está formado pelos distritos de Paratibe, Navarro, Conceição, Janga, Pau Amarelo, Nobre e Maranguape.

Atualmente suas principais fonte de ingresso são a indústria, o comércio e o turismo. Durante todo o ano é visitado por turistas de todas as partes do mundo, que encontram em seus monumentos, Igrejas e excelentes praias, destacando a Praia de Maria Farinha onde encontra-se um dos Parques Aquáticos mais importantes e visitados de todo o Brasil, Veneza Walter Parque , o lugar ideal para descansar e relaxar no período de férias.

PASSEIO TURÍSTICO

Centro Histórico Consolidado - Paulista

O Centro Histórico consolidado de Paulista construiu-se nos primeiros anos do século XX. Está formado pelas fábricas da Companhia de Tecidos Paulista, as Vilas Operárias, o Jardim dos Coronéis e a Igreja de Santa Isabel, um dos seus monumentos religiosos mais importantes.

Prefeitura Municipal - Paulista

A Administração Municipal de Paulista está localizada na Praça Agamenon Magalhães.

Igreja de Santa Isabel Rainha de Portugal - Paulista

Igreja de Santa Isabel Rainha de Portugal é uma das mais importantes do Centro Histórico de Paulista. Está localizado na Praça Agamenon Magalhães, junto a Prefeitura Municipal, e foi construída pela família Lundgren em homenagem a sua matriarca, Elizabeth Lundegren.

Igreja de São João da Barra Mansa - Maria Farinha

A Igreja de São João da Barra Mansa está localizada na Rua Afonso Pena na localidade de Maria Farinha, em frente ao canal de Santa Cruz e o Rio Timbó. Foi construída pelos nativos do lugar no ano 1888.

Rio Timbó - Passeios em Barca - Maria Farinha

O Rio Timbó é o principal rio do município de Paulista e sua desembocadura está localizada entre a Praia de Maria Farinha e a localidade de Nova Cruz em Igarassu. Existem várias empresas marítimas que realizam passeios em barcos ou catamarãs pelo rio, onde é possível observar a beleza dos mangues e conhecer um pouco mais da história desta cidade. Em seu percurso destacamos as ruínas do antigo porto, conhecido como Porto Arthur, e as belas casas de veraneio situadas à beira do rio.

Parque Aquático Temático Veneza Water Park - Maria Farinha

O Parque Aquático Temático Veneza Walter Park está localizado na Avenida Cláudio José Gueiros Leite a beira mar da praia de Maria Farinha, a 20 km de Recife e 10 km de Olinda. É uma das atrações turísticas mais visitadas do município um dos parques aquáticos mais importantes da América Latina. Possui todas as atrações típicas destes parques, tobogãs, piscinas com ondas, rios, saunas, além de amplas zonas verdes onde se pode descansar, restaurantes e bares nos quais podemos apreciar a deliciosa gastronomia da região. É um lugar ideal para passar uma longa jornada de diversão acompanhado de toda a família.

Igreja Nossa Senhora do Ó - Maria Farinha

A Igreja Nossa Senhora do Ó, está localizada na Praia de Maria Farinha, Avenida Cláudio Gueiros Leite, e foi construída nos primeiros anos do século XIX.

Igreja Nossa Senhora da Conceição - Conceição

A Igreja de Nossa Senhora da Conceição, localizada na Rua João Sérgio de Farias de la Praia de Conceição, foi construída no ano de 1842 com pedra de pedreiras. Destaca em frente de sua fachada principal um belo cruzeiro construído com o mesmo material da Igreja.

Forte do Pau Amarelo - Pau Amarelo

O Forte do Pau Amarelo,também conhecido como Fortaleza Nossa Senhora dos Prazeres, está localizado na praia de Pau Amarelo, município de Paulista. Foi construído pelos portugueses, entre o século XVIII e o século XIX, e utilizado para defesa da praia e de toda a zona. Atualmente é propriedade do Estado e pode ser visitado.

Igreja de Nossa Senhora da Conceição dos Médicos - Capela do Janga - Janga

A Igreja de Nossa Senhora da Conceição dos Médicos, conhecida popularmente como Capela do Janga, está localizada na praia do Janga, a beira mar do oceano Atlântico. Não se sabe com exatidão a data de sua construção, mas existem documentos que falam deste tempo já nos primeiros anos do século XIX.

Parque Ecológico do Janga - Janga

O Parque Ecológico do Janga é uma das maiores reservas florestais do Estado de Pernambuco. Com cerca de 700 hectares foi declarado de Utilidade Pública e está composto da Mata Atlântica, mangues, colinas e várzeas. É um lugar bastante frequentado pelos amantes do turismo ecológico e em seu interior destacamos a Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres, atualmente em estado de ruínas.

Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres

A Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres está localizada no alto de uma colina do Parque ecológico do Janga. Foi construída a mediados do século XVII por João Fernandes Vieira, sendo a primeira paróquia em constituir-se no município de paulista. A mediados do século XX um incêndio fatal destruiu a Igreja completamente e atualmente se encontra em estado de ruínas

Reserva Ecológica do Jaguaribe

A Reserva Ecológica de Jaguaribe foi plantada no ano de 1987 e conta com uma grande variedade de exemplares de mata Atlântica. Está localizada a 12 km da capital do município.

PRAIAS

As praias de Paulista são praias de areias finas e águas tranquilas especialmente indicadas para o banho e a prática de todas os esportes náuticos. Uma das mais visitadas é a praia de Maria Farinha lugar onde encontram-se alguns dos monumentos e atrações mais visitadas pelos turistas, destacando a Igreja de Nossa Senhora do Ó e o Parque Aquático Temático Veneza Walter Park.

Praia de Maria Farinha

Praia com areias finas, águas tranquilas, coqueiros e grande quantidade de sargaços. Localizada entre o rio e o mar, é bastante conhecida pelos amantes dos esportes náuticos. Nas suas proximidades ademais de numerosos bares e restaurantes onde podemos apreciar a rica gastronomia da região, também pode-se realizar passeios em ultraleves. É o principal ponto turístico de todo a cidade e em suas imediações destacam a Igreja de Nossa Senhora do Ó e o Veneza Walter Park, um dos parques aquáticos mais importantes do Brasil.

Praia da Conceição

Praia pequena e urbana com 500 metros de longitude. Conta com tudo que o turista necessita, areias finas, águas tranquilas, coqueiros e recifes de coral com piscinas naturais.

Praia do Ó

A praia do Ó, caracteriza-se pela grande quantidade de bares que enchem os quase 2 km de longitude.

Praia de Pau Amarelo

A praia de Pau Amarelo está localizada no bairro de seu mesmo nome, lugar onde merece especial destaque um dos monumentos civiles mais importantes do município, o Forte de Pau Amarelo. Em alto mar quando baixa a maré formam-se as maravilhosas piscinas naturais.

Praia do Janga

Praia urbana localizada no bairro do Janga. É conhecida pelas numerosas atuações de grupos de dança que realizam por todo o seu passeio, dançando a tradicional 'Ciranada' . Conta com numerosos bares.

Olinda

Olinda está localizada a 6 km da capital do Estado de Pernambuco, Recife. Foi declarada pela UNESCO no ano de 1982 Patrimônio Histórico Cultural da Humanidade por sua grande quantidade de monumentos que existem por toda a cidade e por ser um dos Centros Culturais mais importantes do País. No ano de 2005 foi eleita primeira capital Cultural do Brasil e seu Carnaval é um dos mais visitados. Não podemos deixar de passear pelo seu Centro Histórico, lugar onde estão os monumentos mais importantes da cidade.

HISTÓRIA

A História de Olinda remonta-se ao século XVI, ano 1535, momento em que o português Duarte Coelho Pereira funda o povoado, ao encontrar um lugar ideal e lindo situado entre uma colina, o mar e um porto natural protegido por recifes de coral. Por sua beleza recebe seu nome.

A partir de sua fundação o povoado prosperou comercialmente e enriqueceu-se, elevando-se a categoria de Vila no ano de 1537. Neste século construíram-se grande parte dos monumentos mais importantes da cidade, que motivaram sua declaração de Patrimônio Histórico da Humanidade, e pouco mais tarde converteu-se na Capital do Estado de Pernambuco.

Graças à cana-de-açúcar, a cidade foi um dos centros mais importantes do período colonial brasileiro. No ano 1630 os holandeses conquistaram a cidade, incendiaram e mudaram a capital para Recife. Sua capitania não recuperou-se até meados do século XVII momento em que Olinda foi elevada a categoria de cidade.

Esta rivalidade das duas cidades teve seu auge com a Guerra dos Mascates no ano de 1710, intervindo a Coroa Portuguesa e favorecendo a capitania de Recife.

Atualmente Olinda é uma das cidades brasileiras mais visitadas e belas do país, os turistas encontram no seu rico patrimônio, suas belas praias e o conhecido Carnaval, um dos mais autênticos do Brasil, o lugar ideal para passar umas merecidas férias. Passear por suas belas ruas e admirar seu centro histórico declarado Patrimônio da Humanidade é um de seus grandes atrativos.

PASSEIO TURÍSTICO

Carnaval de Olinda

O Carnaval de Olinda é a festa mais importante da cidade é um dos Carnavais mais importantes do Brasil. Acontece todos os anos no mês de Fevereiro as Festas Prévias antes dos atos oficiais.

Ao longo de todo o mês a música e a dança tomam conta das ruas da cidade realizando-se numerosos desfiles multitudinários, um dos mais importantes é o conhecido encontro dos Bonecos Gigantes.

O encontro dos Bonecos Gigantes é um dos espetáculos mais importantes do Carnaval de Olinda. Todos os anos, no último dia de festa celebra-se este popular desfile pelas ruas da cidade no qual numerosos bonecos gigantes, que alcançam os 3,6 metros de altura e pesam cerca de 50 kg, vão passeando pela cidade acompanhados de milhares de pessoas, tudo isso ao som de várias orquestras de 'Frevo'.

Atualmente o Carnaval de Olinda é um dos maiores pedidos turísticos dos milhares de turistas que visitam a cidade durante todo o ano.

Centro Histórico de Olinda - Olinda

No Centro Histórico de Olinda encontramos os monumentos mais importantes da cidade, entre os que podemos destacar a Catedral de Olinda conhecida como Igreja de São Salvador do Mundo, o Convento de São Francisco, a Basílica e o Mosteiro de São Bento e a Igreja de Nossa Senhora do Carmo, entre outras. Foi declarado Monumento Nacional no ano de 1980 e Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1982.

Igreja de São Salvador do Mundo - Igreja da Sé - Olinda - A Igreja da Sé, também conhecida como a Igreja de São Salvador do Mundo, está localizada no Largo da Sé. Foi fundada no ano 1540, sendo a primeira paróquia em constituir-se no Brasil, e nas suas origens era uma pequena Capela que no final do século XVI foi construída e ampliada até converter-se no ano de 1676 na Catedral do Arcebispo de Olinda e Recife. É uma Igreja de estrutura retangular com 3 cúpulas e várias capelas a seu redor, que destacam-se por suas duas torres campanários situadas a cada um dos dos lados de sua fachada principal em estilo colonial renascentista e barroca. Desde suas proximidades podemos obter umas fantásticas vistas panorâmicas da cidade, chegando inclusive a capital do Estado pernambucano, Recife.

Mirante do Alto da Sé - Olinda

O Mirante do Alto da Sé está localizado na Rua Bispo Coutinho, Largo da Igreja, nas imediações da Igreja de São Salvador do Mundo. Possui magníficas vistas panorâmicas da cidade que alcançam até a capital do Estado.

Observatório Meteorológico - Olinda

O Observatório Meteorológico de Olinda está situado em um dos pontos mais altos da cidade, Rua Bispo Coutinho, Alto da Sé. Foi o lugar onde o astrônomo francês Emmanuel Liais descobriu no ano de 1860 o primeiro cometa do Brasil.

Museu de Arte Sacra - Olinda

O Museu de Arte Sacra de Pernambuco, MASP, está situado na Rua Bispo Coutinho, Alto da Sé, instalado no primeiro palácio do Bispo de Pernambuco. Em seu interior um acervo de peças religiosas desde o século XVI até hoje em dia, além de painéis fotográficos que mostram a história da cidade. Merece especial destaque na sua fachada principal o escudo episcopal e a placa da UNESCO que declara Olinda como Patrimônio Histórico da Humanidade.

Igreja e Convento de Nossa Senhora da Conceição - Olinda

A Igreja e o Convento de Nossa Senhora da Conceição estão localizados no Alto da Sé, Largo da Misericórdia, e é um dos Conventos mais antigos do Brasil construído no século XVI. Foi arrasado na invasão holandesa e posteriormente reconstruído por João Fernandes Vieira e utilizado para acolher as mulheres abandonadas. No interior da Igreja está uma bela imagem barroca de Nossa Senhora da Conceição.

Horto del Rey - Olinda

O Horto do Rey, conhecido no começo como jardim Botânico de Olinda, está localizado nas imediações do Convento de Nossa Senhora da Conceição. Não se sabe com exatidão a data de sua fundação mas acredita-se que foi entre o final do século XVIII e princípio do século XIX. Atualmente é de propriedade privada.

Seminario de Olinda e Igreja de Nossa Senhora da Graça - Olinda

O Seminário de Olinda é um conjunto arquitetônico de século XVI, constituído pela Igreja de Nossa Senhora da Graça e o antigo Seminário da cidade. Está localizado na Rua Bispo Coutinho, Alto da Sé, um dos pontos mais altos da cidade, e nas suas origens foi utilizado como Colégio Real dos Jesuítas. No pátio do Seminário destaca o belo mirante, desde onde pode-se ter umas fantásticas vistas da cidade.

Farol de Olinda - Olinda

O Farol de Olinda está localizado no alto do Morro de Serapião, bairro de Amaro Branco. Foi inaugurado no ano de 1941 e construído sobre os restos de um antigo farol do Fortim Montenegro.

Convento de São Francisco - Olinda

O Convento de São Francisco, situado na Ladeira de São Francisco, bairro do Carmo, é um conjunto monumental formado pela Igreja de Nossa Senhora das Neves, a Capela de São Roque, e o Claustro de Azulejos e sua excelente Sacristia. Foi construído no final do século XVI e é o Convento Franciscano mais antigo do Brasil. Destacam-se os azulejos portugueses que decoram o Convento e as pinturas do século XVIII de sua Igreja.

Forte de São Francisco - Fortim do Queijo - Olinda

O Forte de São Francisco, conhecido popularmente como Fortim do Queijo, está localizado na Rua do Sol, bairro do Carmo, a pouquíssimos metros do Convento de São Francisco e às margens do Oceano Atlântico. Sua construção teve início no final do século XVI e foi finalizada nas primeiras décadas do século XVII. Posteriormente foi arrasado e não recuperou-se até o último quarto do século XX, momento em que foi mandado reconstruir pelo Alcade Aredo Sodré da Mota. Atualmente é sede do Ministério do Exército.

Igreja Santo Antônio do Carmo - Olinda

A Igreja Santo Antônio do Carmo foi construída entre os anos de 1580 e 1620 e reconstruída posteriormente no século XVIII. Está localizada na Praça do Carmo e é uma bela Igreja de estilo colonial renascentista, com colunas, janelas e portas muito trabalhadas, considerada a Igreja da Ordem dos Carmelitas mais antigas do Brasil. No seu interior destacamos no seu altar principal as tumbas de seu padroeiro e dos fundadores da Ordem dos Carmelitas, Santo Elías e Santo Eliseu.

Igreja de São Pedro Apóstolo - Olinda

A Igreja de São Pedro Apóstolo foi construída na segunda metade do século XVII. Está na Praça João Alfredo, bairro do Carmo.

Basílica e Mosteiro de São Bento - Olinda

A Basílica e o Mosteiro de São Bento estão localizados na Rua de São Bento, bairro do Varadouro. Foram construídos no século XVI e sua Igreja é uma das mais importantes de Olinda. Destaca-se pelo imponente escudo de sua fachada principal e pela torre campanário situada em um dos seus lados, construída no século XVIII. Seu interior está ricamente decorado com madeira revestida de ouro, talhas douradas e diferentes painéis, e em seu altar principal está a imagem do santo. Destacamos também sua sacristia, uma das mais ricas e belas da cidade.

Palácio dos Governadores - Olinda

O Palácio dos Governadores foi construído no século XVII na Rua de São Bento, Bairro de Varadouro, e no começo foi utilizado como Paço da Assembléia Constituinte e Legislativa da Confederação do Equador. Posteriormente, a meados do século XIX, foi utilizado como lugar onde se realizavam os cursos jurídicos, além de Teatro, Fórum e Colégio, atualmente é sede do Poder Executivo de Olinda.

Igreja de São Sebastião - Olinda

A Igreja de São Sebastião situa-se à Rua 15 de Novembro, Bairro do Varadouro. Foi fundada no ano de 1686 e seu estilo predominante é o colonial português. A meados do século XIX, depois de um processo de restauração, foi cedida a irmandade de Nossa Senhora do Bom Parto. No seu interior, no altar principal destaca a imagem de São Sebastião, santo protetor da cidade.

Mercado Eufrásio Barbosa - Olinda

O Mercado Eufrásio Barbosa encontra-se instalado na antiga fábrica de doces Amorim Costa, fundada no ano de 1865 e está situada na Praça do Varadouro. Foi inaugurado no final do século XX, e no seu interior destacamos os postos de artesanatos e antiguidades.

Mercado da Ribeira - Olinda

O Mercado da Ribeira situado na Rua Bernardo Vieira de Melo, Bairro da Ribeira. Foi construído entre o final do século XVII e o princípio do século XVIII, no começo foi utilizado como mercado de escravos. Atualmente é sede de várias galerias de artesanato e da Oficina Guaianases de Gravura, entre outras coisas.

Museu de Arte Contemporânea - Olinda

O Museu de Arte Contemporâneo de Olinda encontra-se instalado em um belo edifício do século XVIII situado à rua 13 de Maio e utilizado nas suas origens como prisão da Dioceses. Foi inaugurado como Museu no ano de 1966, este que expõe um grande acervo dos artistas contemporâneos mais importantes. Merece especial destaque as obras doadas por Assis Chateaubriand e o extenso acervo 'Abelardo Rodrigues' com aproximadamente 1.000 peças entre cartas, fotografias e impressos.

Igreja de Nossa Senhora da Misericórdia - Olinda

A Igreja de Nossa Senhora da Misericórdia, situada no Alto da Misericórdia, foi fundada no ano de 1540. No ano 1630 foi arrasada pelos holandeses e a meados desse século foi reconstruída em estilo barroco conservando sua fachada principal.

Museu Regional de Olinda - Olinda

O Museu Regional de Olinda, situado na Rua do Amparo, foi inaugurado no ano de 1935 e conta com um acervo de peças de grande valor histórico dos séculos XVII, XVIII e XIX, entre as quais merece especial destaque o escudo do senador da Câmara de Olinda e o altar que pertenceu a antiga Sé de Olinda, antes de ser reconstruída.

Museu do Mamulengo - Olinda

O Museu do Mamulengo está situa-se na Rua do Amparo e foi inaugurado no ano de 1994. Seu interior está destinado a conservação das máscaras, bonecos e enfeites utilizados no Carnaval de Olinda, entre outras coisas, destaca-se o Espaço Tiridá, único museu de marionetes da América Latina.

Igreja do Rosário dos Homens Pretos de Olinda - Olinda

A Igreja do Rosário dos Homens Pretos de Olinda está situada no Largo do Bonsucesso, bairro do mesmo nome. Foi construída na segunda metade do século XVII e foi a primeira Igreja em Pernambuco a possuir a irmandade formada por negros. Interiormente no seu altar principal está a imagem da virgem padroeira da cidade.

Mosteiro de Nossa Senhora do Monte - Olinda

O Mosteiro de Nossa Senhora do Monte é um dos monumentos mais antigos de Olinda. Foi construído a meados do século XVI na Praça Nossa Senhora do Monte. Atualmente está ocupado pelas freiras beneditinas, que fazem bolos artesanais e diferentes tipos de licores, por dentro em estilo rústico, está guardada a imagem da padroeira da igreja.

Espaço Ciência - Olinda

O Espaço Ciências é um dos principais museus interativos de tecnologia, meio ambiente e divulgação científica do país. Situa-se às beiras do Oceano Atlântico no complexo de Salgadinho, entre as cidades de Olinda e Recife, e é considerado o maior museu interativo ao ar livre do Brasil, localizado em uma área de mais de 120.000 m2. Seu ponto de entrada é o Pavilhão de Exposições e também possui dois observatórios astronômicos situados fora da sua sede, uma na Torre de Malakoff de Recife e outro no Alto da Sé em Olinda.

Mirabilândia Pernambuco - Olinda

Mirabilândia é um dos parques de atrações mais importantes do Brasil. Situa-se entre duas das cidades mais bonitas do Estado de Pernambuco, Olinda e Recife, no complexo de Salgadinho. Possui todas as instalações típicas destes parques e é um lugar ideal para passar um dia inteiro acompanhado de toda a família.

PRAIAS

As praias de Olinda estendem-se por 11 km de litoral. Caracterizam-se por sua areia dourada e águas cristalinas, a maioria são adequadas para o banho e para a prática de todos os tipos de esportes náuticos. Entre as mais freqüentadas por sua boa infra-estrutura é a praia de Bairro Novo, com cerca de 3km de longitude, e a Praia do Carmo, situada próximo ao Sítio Histórico.

Praia do Rio Doce

Praia Urbana que se destaca pelos diques situados à beira mar, em um dos quais merece especial destaque a imagem de Iemanjá olhando para o Oceano Atlântico.

Casa Caiada

Praia de 1,5km de longitude, ideal para passeios românticos. Caracteriza-se por sua areia dourada e a profundidade das suas águas, frequentadas pelos amantes dos esportes náuticos.

Bairro Novo

Praia urbana com cerca de 3km de longitude, uma das mais frequentadas pelos seus habitantes e pelos turistas que visitam a cidade.

Praia do Farol / de São Francisco

É a menor praia de Olinda, com apenas 300 metros de longitude.

Carmo

Praia pequena porém muito freqüentada, ao encontrar-se perto do Sítio Histórico da cidade.

Praia dos Milagres

Praia frequentada pelos amantes do passeio, não está especialmente indicada para o banho devido ao perigoso avanço do mar.

Recife

Recife, capital do Estado de Pernambuco, é o centro cultural de lazer e serviços mais importantes do nordeste do Brasil. É uma das cidades mais visitadas de todo o país, onde os turistas encontram um rico patrimônio arquitetônico e cultural, em suas belas praias e em sua boa infra-estrutura, um lugar para passar férias inesquecíveis. Alem disso é considerado a Veneza brasileira pela grande quantidade de canais e pontes que cruzam os dois rios que dividem a cidade, o Rio Capibaribe e o Rio Beberibe, dando-lhe um encanto especial. Não podemos deixar de mencionar o seu conhecido Carnaval, um dos mais importantes de todo o Brasil, que todos os anos atrai a milhões de pessoas de todas as partes do mundo.

HISTÓRIA

No século XVI, quando se originou Recife era um pequeno núcleo de pescadores fundado pelos portugueses, que instalaram-se na desembocadura dos Rios Capibaribe e Beberibe que cruzam a cidade, funcionava como porto da Vila de Olinda, naquela época capital do Estado de Pernambuco.

Durante a invasão holandesa no século XVII construíram o Forte de Brum e o Forte das Cinco Pontas propiciando um desenvolvimento importante para a cidade, arredor das quais se foram construindo numerosas casas.

Neste mesmo século transladou-se a sede da capital para a cidade de Recife, transformando-se na sede do Governo Holandês do Brasil, que manteve-se até princípios de século XVIII.

No ano de 1710 os holandeses foram expulsos da zona e Recife foi elevada a categoria de Vila. Foi um momento de desentendimento com a aristocracia de Olinda que desencadeou a conhecida Guerra dos Mascates, na qual interferiu a Coroa portuguesa.

No ano de 1823 foi elevada a categoria de Cidade e no ano de 1827 proclamou-se capital do Estado de Pernambuco.

Atualmente Recife é uma das cidades turística, de cultura e lazer mais importantes do Brasil. Onde suas maravilhosas praias, seu rico patrimônio, sua boa infra-estrutura hoteleira, e como não o Carnaval, são o maior pedido para os milhares de turistas que a visitam todos os anos.

PASSEIO TURÍSTICO

Carnaval de Recife O Carnaval de Recife é o mais democrático do mundo e é a festa popular mais importante e autêntica do Brasil. Realiza-se todos os anos no mês de fevereiro, mas em Janeiro já começam os preparativos.

O acontecimento que dá início a famosa festa é o tradicional 'Galo da Madrugada', o maior desfile carnavalesco do mundo. Está registrado no livro dos Records 'Guiness book' e atualmente é um dos desfiles deste estilo mais importantes e visitados do Brasil, atraindo todos os anos a mais de um milhão de pessoas, que passeiam e dançam por todas as ruas da cidade. Seu ponto de partida é o bairro de São José, localizado no centro de Recife.

Posteriormente no mês de Outubro realiza-se o pequeno carnaval fora de época conhecido como Recifolia nas proximidades da Praia de Boa Viagem. Tem uma duração de três dias onde a dança e a música estão garantidos.

Recife Antigo - Barrio do Recife - Recife

O Bairro do Recife, também conhecido como Recife Antigo, está localizado na zona portuária, limitado pelo Rio Capiberibe e o Oceano Atlântico. É o lugar onde originou-se a atual cidade. Neste bairro destacamos vários monumentos importantes da cidade, entre os que merece destaque, a Torre Malakoff, o Forte do Brum e o Teatro Apolo.

Torre Malakoff - Recife

A Torre Malakoff é um dos monumentos mais importantes e visitados de Recife, símbolo da Cidade. Foi construído entre os anos de 1835 e de 1855 na Praça do Arsenal da Marinha, Recife Antigo, e nas suas origens foi utilizado como observatório. Está formado por um corpo principal sobre o qual se sobressai uma torre de prata retangular coroada por uma cúpula e adornos nos seus quatro cantos. Atualmente é um Espaço Cultural, sede do Centro de Manifestações populares de Recife e do Museu Interativo de Ciências. Nas suas instalações realizam ao longo de todo a ano numerosas exposições de todo o tipo de arte.

Museu Interativo de Ciências - Espaço Ciência - Recife

O Museu interativo de Ciências, conhecido como Espaço Ciência, está instalado na Praça do Arsenal da Marinha, Bairro do Recife, no interior da Torre Malakoff. Possui um interessante Planetário e no seu interior realizam experimentos lúdicos de matemática, física e química.

Festival Internacional de Humor - Recife

O Festival Internacional de Humor e Quadrinhos de Pernambuco, FIHQ-PE, realiza-se todos os anos no mês de Junho no interior da Torre Malakoff. Foi inaugurado no ano de 1986.

Forte do Brum - Recife

O Forte do Brum, um dos monumentos mais importantes de Pernambuco, é uma fortaleza militar iniciada pelos portugueses no ano de 1629 e finalizada pelos holandeses no ano 1631. Situa-se na Praça Comunidade Luso Brasileira, Recife Antigo, foi utilizado desde o começo para proteger a entrada do Porto. Atualmente é sede do Museu militar da Cidade.

Museu Militar - Recife

O Museu Militar do Recife, fundado no ano de 1985, instalado nas dependências do Forte do Brum, Praça Comunidade Luso Brasileira. No seu interior encontramos exposições de várias coleções de canhões portugueses e ingleses, armas, fotografias e numerosos objetos relacionados com a participação do Brasil na II Guerra Mundial.

Teatro Apolo - Recife

É o teatro mais antigo da cidade. Foi inaugurado no ano de 1839 pela Sociedade Harmônica Teatral de Pernambuco e situa-se na Rua Apolo do Bairro do Recife.

Sinagoga Kahal Zur Israel

Centro Cultural Judaico - Recife - A Sinagoga Kahal Zur Israel foi construída no ano de 1637, sendo a primeira sinagoga que construiu-se na América. É um monumento com grande valor histórico-cultural e está situado no Recife Antigo, Rua do Bom Jesus. Esteve fechada durante vários séculos até o ano 2002, depois de um processo de restauração foi novamente aberta ao público. Atualmente é sede do centro Cultural Judaico de Pernambuco.

Patio de São Pedro - Recife

O Pátio de São Pedro é uma das praças mais importantes e animadas da cidade de Recife, lugar onde encontram-se a Catedral de São Pedro dos Clérigos e a Casa do carnaval, entre outros edifícios e monumentos.

Concatedral de São Pedro dos Clérigos - Recife

A Catedral de São Pedro dos Clérigos, construída no século XVIII, situada na Rua de São Pedro, Pátio de São Pedro. É um monumento em estilo barroco que destaca-se por sua fachada rematada por um belo paredão, onde situa-se a imagem do santo, cujos lados sobressaem duas torres campanários finalizadas por uma bela cúpula da cor branca. Na Catedral encontramos em seu teto o escudo de armas de São Pedro e talhadas em madeira as imagens dos doze Apóstolos e dos quatro Evangelistas.

Casa do Carnaval - Recife

A Casa do Carnaval está localizada no Pátio de São Pedro e é um centro de informação ao público, relacionada com o Carnaval de Recife. No seu interior guarda-se todo o material utilizado pelas distintas agrupações carnavalescas da cidade.

Museu de Arte Popular - Recife

O Museu de Arte Popular de Recife está situado no Pátio de São Pedro, bairro do mesmo nome. No seu interior encontramos um acervo de artistas populares, destacando as esculturas de barro e cerâmicas relacionadas com a cidade de Caruaru e Tracunhaém.

Forte das Cinco Pontas - Recife

O Forte das Cinco Pontas foi construído pelos holandeses no século XVII e reconstruído pelos portugueses no final do mesmo século. Localizado no Largo das Cinco Pontas, Bairro de São José, no seu interior está a sede do Museu da Cidade de Recife e do Teatro do Forte.

Museu da Cidade do Recife - Recife

O Museu da cidade do Recife está instalado nas dependências do Forte das Cinco pontas, Praça das Cinco Pontas. No seu interior encontramos numerosas coleções de fotografias, mapas e objetos achados nas escavações realizadas no Forte onde aloja-se, ademais de canhões, maquetes, documentos e peças arqueológicas.

Museu do Trem - Recife

O Museu do Trem está situado na Praça Visconde de Mauá, bairro de São José. No seu interior existe uma exposição permanente relacionada com a história da ferrovia no Estado de Pernambuco, além de outras exposições temporárias de Artes Plásticas. Merece destaque especial o belo acervo de antigas locomotivas utilizadas na cidade.

Mercado de São José - Recife

O Mercado de São José é um dos principais mercados públicos do país. Situa-se na Praça Dom Vital, bairro de São José, e foi inaugurado no ano de 1875.

Parque Dois Irmãos - Recife

O Parque Dois Irmãos, situado perto da Praça Farias Neves, é um dos lugares mais visitados da cidade, possui uma área de 387 hectares de Mata Atlântica e 14 de Horta Botânica onde habitam mais de 600 espécies de animais silvestres. No seu interior encontra-se o Museu de Ciências Naturais e o Zoológico

Museu de Ciências Naturais - Recife

O Museu de Ciências Naturais de Recife está localizado no interior do Parque Dois Irmãos. É um Museu muito freqüentado pelos amantes da natureza e dos animais, que encontram no seu interior numerosas coleções de répteis, insetos e mamíferos, entre outras espécies.

Zoológico - Recife

O Zoológico do Recife está instalado no interior do Parque Dois Irmãos. Possui cerca de 850 animais selvagens entre aves, répteis e mamíferos, distribuídos em mais de 120 espécies diferentes. É um lugar ideal para passar um dia inesquecível acompanhado de toda a família.

Capela Dourada - Recife

A Capela Dourada situada na Rua do Imperador, Bairro de Santo Antônio. Foi construída entre os séculos XVII e XVIII, é considerada a maior expressão de arte barroca da cidade. É um belo monumento de uma única cúpula revestida de madeira trabalhada, que destaca por seu maravilhoso altar e o revestimento de ouro de suas paredes. Nas suas proximidades encontra-se o Convento de Santo Antônio, A Igreja de São Francisco e o Museu de Arte Sacra.

Casa da Cultura de Pernambuco - Recife

A Casa da Cultura de Pernambuco foi nas suas origens o antigo presídio da cidade e situa-se à beira do Rio Capibaribe, Rua Floriano Peixoto. Foi inaugurado como Centro Cultural no ano de 1975 e no seu interior é a sede do Museu do Frevo.

Basílica de Nossa Senhora do Carmo - Recife

A Basílica de Nossa Senhora do Carmo foi construída entre os séculos XVII e XVIII. Situa-se na Avenida Dantas Barreto, Bairro de Santo Antônio, é um monumento de estilo barroco que merece especial destaque pelo seu altar principal onde está a imagem de tamanho natural de Nossa Senhora do Carmo, padroeira da cidade de Recife.

Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos - Recife

A Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos situa-se na Rua do Rosário, Bairro de Santo Antônio. Foi fundada pela Irmandade dos Homens Pretos da Vitória no século XVIII e no seu interior existem várias imagens da Virgem e de São Benedito.

Igreja do Santíssimo Sacramento - Matriz de Santo Antônio - Recife

A Igreja do Santíssimo Sacramento, Matriz de Santo Antônio, situada na Praça da Independência, Bairro de Santo Antônio, foi construída no século XVIII e sua arquitetura combina com o estilo barroco e neoclássico.

Teatro Santa Isabel - Recife

O Teatro Santa Isabel, situado na Praça da República no Bairro de Santo Antônio, foi construído em estilo neoclássico pelo engenheiro francês Louis Vauthier em homenagem à princesa que lhe dá o nome. Foi inaugurado no ano 1850.

Palácio Campo das Princesas - Recife

O Palácio Campo das Princesas está situado na Praça da República. É um edifício em estilo neoclássico construído por Mauricio de Nassau no ano de 1841, seu nome deve-se as filhas do Imperador Dom Pedro II e da imperatriz Teresa Cristina, que visitaram o palácio no ano de 1859.

Museu de Arte Moderna - Recife

O Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães, MAMAM, situado na Rua Aurora, Bairro de Boa Vista, em uma das margens do Rio Capibaribe. No seu interior encontramos diversas exposições de pinturas, esculturas, gravuras, fotografias e cerâmicas, entre outras artes, dos mais importantes artistas da história, tanto brasileiros como internacionais. Entre os que merece destaque Picasso, Goya, Basquiat e Rodin.

Museu da Imagem e do Som - Recife

O Museu da Imagem e do Som de Pernambuco, MISP, está dedicado a exibir a evolução da tecnologia, da imagem e do som no decorrer de toda a sua história. Situa-se na Rua da Aurora, a poucos metros do Museu de Arte Moderna, com um acervo de 4.0000 peças, livros, pinturas, fotografias, revistas e discos, entre outras coisas. Em uma de suas salas destacamos a exposição permanente de Luiz Gonzaga, um dos maiores compositores do Brasil.

Espaço Paságarda - Recife

O Espaço Pasárgada é o Museu dedicado ao poeta Manuel Bandeira. Instalado na casa de seus avós, situado na Rua da União, lugar onde viveu durante sua infância. Guarda uma importante coleção de obras, fotografias e artigos do Itinerário Pasárgada, doados pelo famoso autor.

Museu do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico de Pernambuco - Recife

O Museu do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico de Pernambuco situa-se na Rua do hospício, Bairro da Boa Vista. Merece especial destaque as coleções de armas utilizadas nas batalhas sofridas no Estado de Pernambuco e as numerosas peças de grande valor histórico pertencentes a época do Imperador Dom Pedro II.

Teatro do Parque - Recife

O Teatro do Parque está situado na Rua do Hospício e é utilizado ao longo de todo o ano para a realização de diferentes espetáculos culturais. Ressaltamos a sua variada programação.

Parque 13 de Maio - Recife

O Parque 13 de Maio foi construído no ano de 1939, sendo o primeiro parque urbano construído na cidade. Está limitado pelas ruas Princesa Isabel, João Lira, Hospício e Saudade e no seu interior possui uma rica variedade de árvores e está decorado com bancos de pedras, bustos de bronze e esculturas de Aberlado da Hora.

Pontes de Recife - Recife

A Cidade do Recife é conhecida como a Veneza Brasileira pela grande quantidade de canais e pontes que cruzam os dois rios que dividem a cidade. O Rio Capibaribe e o Rio Beberibe, formando um maravilhoso cartão postal. Entre as mais importantes por suas dimensões destacamos a Ponte Paulo Guerra, Agamenón Magalhães, José B. Lima Seis de Março, Boa Vista, Duarte Coelho, Princesa Isabel, Buarque de Macedo, Maurício de Nassau e Ponte Giratória.

Ponte Maurício de Nassau - Recife

A Ponte Maurício de Nassau foi construída no ano 1643, unindo o bairro do Recife com o bairro de Santo Antônio

Ponte Princesa Isabel - Recife

A Ponte Princesa Isabel foi realizada pelo arquiteto francês Louis Léger Vauthier e inaugurada no ano 1863. Une a rua Princesa Isabel com a Praça da República e foi a primeira ponte a utilizar o ferro como principal material.

Festival de Cinema de Recife - Recife

O Festival de Cinema de Recife foi inaugurado no ano de 1997 e atualmente é considerado um dos mais importantes do Brasil.

Abril Pro Rock - Recife

O Abril Pro Rock é o Festival mais importante do estilo que realiza-se em todo o país. Foi inaugurado no ano 1993.

Festival da Seresta - Recife

O Festival da Seresta realiza-se todos os anos no mês de Maio na cidade do Recife, reunindo os mais importantes autores da música romântica brasileira.

Festival de Dança do Recife - Recife

O Festival de Dança do Recife é um dos mais importantes deste gênero realizado em todo o Brasil. Acontece todos os anos no mês de Julho e toda a cidade é um verdadeiro palco onde milhares de bailarinos e dançarinos mostram sua arte.

PRAIAS

As praias do Recife caracterizam-se por serem extremamente urbanizadas, rodeadas de coqueiros e barzinhos, com águas tranquilas e cristalinas ideais para o banho. Entre as mais frequentadas estão as de Boa Viagem com mais de 7 km de comprimento e lugar onde nas marés baixas pode-se desfrutar das famosas piscinas naturais.

Praia do Pina

Praias urbanas destacam-se os quiosques e bares onde podemos degustar os produtos típicos desta terra, especialmente os frutos do mar. Possui zonas de jogos dedicados às crianças e também com quadras de tênis, futebol e vôlei.

Praia de Boa Viagem

É a praia mais conhecida e visitada do Recife, possui bons serviços e infra-estrutura hoteleira e está situada no centro urbano da cidade. Mede mais de 7 km de comprimento e seu principal atrativo são as numerosas piscinas naturais que formam-se nas marés baixas, perto da costa, lugar com os principais bares, quiosques e restaurantes da zona.

Jaboatão dos Guararapes

Jaboatão dos Guararapes é um município costeiro do Estado de Pernambuco, localizado ao sul do Recife e ao norte do município de Cabo de Santo Agostinho, um dos mais importantes da Região Metropolitana. Graças a sua excelente infra-estrutura hoteleira, monumentos maravilhosos, belas praias, áreas de lazer e por ser um importante centro econômico e comercial converteu-se em um dos principais núcleos turísticos de Pernambuco. Na nossa visita não podemos esquecer de visitar o Santuário Basílica de Nossa Senhora Auxiliadora e o Parque Histórico Nacional dos Guararapes.

HISTÓRIA

O início de Jaboatão dos Guararapes remonta-se ao século XVI, no ano 1593 a cidade foi fundada por Bento Luiz de Figueroa e pertencia ao território de Olinda, primeira capital do Estado de Pernambuco.

No século XVII Jaboatão dos Guararapes foi palco da vitória contra os holandeses na Guerra de Restauração Pernambucana e a cidade foi proclamada 'Berço da Pátria'. No Monte dos Guararapes ocorreram vários enfrentamentos da famosa batalha, que é encenada todos os anos no atual Parque Nacional dos Guararapes.

No ano de 1884 a cidade foi elevado a categoria de município de Olinda e anos depois, em 1892, constituiu-se como município independente, desvinculando-se do município de Olinda o qual pertencia.

Atualmente possui uma das costas mais visitadas do Estado de Pernambuco onde o turismo é sua principal fonte de ingressos. Seus mais de 8 quilômetros de praias para todos os gostos, é o principal pedido para os turistas.

PASSEIO TURÍSTICO

Santuário Basílica de Nossa Senhora Auxiliadora - Jaboatão dos Guararapes

O Santuário Basílica de Nossa Senhora Auxiliadora foi construído no ano de 1915 pelo padre italiano Antônio Villar e situa-se nas proximidades do centro de Jaboatão, sobre uma pedra no alto de uma colina. É um monumento de estilo romântico com características bizantinas em seu exterior, que vincula-se a Basílica de San Pedro no Vaticano concedendo as mesmas indulgências aos seus visitantes. Na sua fachada (frontispício), coroando o templo, destaca a imagem de grande tamanho de Nossa Senhora Auxiliadora, bastante venerada pelos habitantes da cidade e com altura de 4 metros. Na parte de baixo do Santuário, localizada na rocha, merece especial destaque a Gruta de Nossa Senhora de Lourdes.

Gruta de Nossa Senhora de Lourdes - Jaboatão dos Guararapes

A Gruta de Nossa Senhora de Lourdes está localizada de baixo de uma grande rocha de pedra onde situa-se o Santuário de Nossa Senhora Auxiliadora. No ano de 1918 foi inaugurada a escada com 52 degraus da famosa gruta, onde se vê uma bela imagem da Santa.

Igreja de Nossa Senhora do Rosário - Jaboatão dos Guararapes

A Igreja de Nossa Senhora do Rosário está situada no centro de Jaboatão, Praça Nossa Senhora do Rosário e foi inaugurada no ano de 1960. É um monumento com uma única cúpula com dois altares laterais e um altar principal onde está a imagem da padroeira da Igreja.

Igreja de Nossa Senhora do Livramento - Jaboatão dos Guararapes

A Igreja de Nossa Senhora do Livramento situada na Rua de Santo Amaro, centro da cidade, foi construída nos últimos anos do século XVIII, possui uma cúpula com um corredor lateral decorado com falsas janelas.

Prefeitura Municipal - Jaboatão dos Guararapes

A Administração Municipal de Jaboatão dos Guararapes situa-se na Avenida Barreto de Menezes.

Parque Histórico Nacional dos Guararapes - Jaboatão dos Guararapes

O Parque Histórico Nacional dos Guararapes é um dos lugares históricos mais importantes do Brasil, declarado no ano de 1971 está localizado no Bairro de Prazeres. No século XVII era conhecido como Monte dos Guararapes e foi o lugar onde aconteceu a Guerra da Restauração Pernambucana onde os habitantes da população venceram os ataques dos holandeses, motivo pelo qual o povoado foi declarado 'Berço da Pátria'. Nas suas proximidades merece especial destaque a Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres, além de belos mirantes e um espaço cultural com maquetes e painéis alusivos as batalhas.

Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres - Jaboatão dos Guararapes

A construção da Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres foi ordenada pelo Genaral Francisco Barreto de Menezes no ano de 1656, em agradecimento aos habitantes do local por vencer aos holandeses na Guerra da Restauração Pernambucana. Situa-se em um marco incomparável, no Parque Histórico Nacional dos Guararapes, palco da famosa batalha, no seu interior estão guardados os restos dos heróis João Fernandez Vieira e André Vidal de Negreiros, além de várias imagens barrocas de grande valor histórico, destacando a da padroeira da igreja e obras de arte dos séculos XVII e XVIII.

Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário de Muribeca - Muribeca

A Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário de Muribeca situada na Rua da Matriz, foi construída durante a invasão holandesa no século XVIII por Felipe Campelo, foi utilizada como fortaleza e destaca-se por suas dimensões.

Igreja de Nossa Senhora da Piedade - Piedade

A Igreja de Nossa Senhora da Piedade está situada à beira do Oceano Atlântico na praia de seu mesmo nome. Foi fundada por Francisco Gomes Salgueiro no final do século XVII, e doada à Ordem Carmelitas, sofreu várias reconstruções no decorrer de sua história. É um templo do estilo manierista.

Museu Lula Cardoso Ayres - Piedade

O Museu Lula Cardoso Ayres está situado na Rua Hermínio Alves Queiroz localizada em Piedade. Com um importante acervo de quadros, entre outras coisas, doadas pelo artista que dá o nome ao Museu.

Igreja de Nossa Senhora do Loreto - Piedade

A Igreja de Nossa Senhora do Loreto situa-se na Rua com o mesmo nome da igreja em Piedade. Em estilo maneirista construído a meados do século XVII. Se destaca o belo jardim que a rodeia.

PRAIAS

O litoral de Jaboatão dos Guararapes estende-se desde a Praia de Piedade, uma das mais urbanizadas, passando pela praia de Candeias até a praia da Barra de Jangada. São praias urbanas de grande extensão, cheias de quiosques, bares e restaurantes. Caracterizadas por sua areia fina e branca, águas cristalinas e tranquilas, ideais para o banho e a prática de esportes náuticos.

Praia da Piedade

A praia de Piedade é a praia urbana mais frequentada do município de Jaboatão dos Guararapes, um dos seus principais símbolos para o resto do mundo. Todo o seu calçadão está cheio de hotéis, bares, quiosques e restaurantes onde podemos degustar a deliciosa gastronomia da zona, especializada em frutos do mar.

Praia de Candeias

Praia urbana com 3 quilômetros de longitude, é a segunda mais extensa e importante do município depois da Praia de Piedade. Ideal para o banho por suas águas cristalinas e pouco profundas.

Praia da Barra da Jangada

A Praia da Barra da Jangada é uma praia tranquila e pouco freqüentada, ideal para os amantes do descanso e da tranqüilidade, localizada entre as praias de Cadeiras e a desembocadura do Rio Jaboatão. Conta com bares e restaurantes e é um dos pontos de partida dos barcos que fazem o trajeto até a Ilha do Amor, situada perto da costa.

Ipojuca

Ipojuca, Município brasileiro do Estado de Pernambucano conhecido por suas belas piscinas naturais localizadas na extensão de todo o seu litoral e por suas belas e extensas praias ideais para prática de todos os esportes náuticos, especialmente o surf e o mergulho. Além disso se realizam os passeios de buggy por todo seu entorno e todo o tipo de esportes de terra e ar. Ao sul do município localiza-se seu núcleo turístico mais importante, Porto de Galinhas, autêntico paraíso de águas cristalinas e numerosas Piscinas Naturais a poucos metros da praia.

HISTÓRIA

O início de Jaboatão dos Guararapes remonta-se ao século XVI, no ano 1593 a cidade foi fundada por Bento Luiz de Figueroa e pertencia ao território de Olinda, primeira capital do Estado de Pernambuco.

No século XVII Jaboatão dos Guararapes foi palco da vitória contra os holandeses na Guerra de Restauração Pernambucana e a cidade foi proclamada 'Berço da Pátria'. No Monte dos Guararapes ocorreram vários enfrentamentos da famosa batalha, que é encenada todos os anos no atual Parque Nacional dos Guararapes.

No ano de 1884 a cidade foi elevado a categoria de município de Olinda e anos depois, em 1892, constituiu-se como município independente, desvinculando-se do município de Olinda o qual pertencia.

Atualmente possui uma das costas mais visitadas do Estado de Pernambuco onde o turismo é sua principal fonte de ingressos. Seus mais de 8 quilômetros de praias para todos os gostos, é o principal pedido para os turistas.

PASSEIO TURÍSTICO

Santuário Basílica de Nossa Senhora Auxiliadora - Jaboatão dos Guararapes

O Santuário Basílica de Nossa Senhora Auxiliadora foi construído no ano de 1915 pelo padre italiano Antônio Villar e situa-se nas proximidades do centro de Jaboatão, sobre uma pedra no alto de uma colina. É um monumento de estilo romântico com características bizantinas em seu exterior, que vincula-se a Basílica de San Pedro no Vaticano concedendo as mesmas indulgências aos seus visitantes. Na sua fachada (frontispício), coroando o templo, destaca a imagem de grande tamanho de Nossa Senhora Auxiliadora, bastante venerada pelos habitantes da cidade e com altura de 4 metros. Na parte de baixo do Santuário, localizada na rocha, merece especial destaque a Gruta de Nossa Senhora de Lourdes.

Gruta de Nossa Senhora de Lourdes - Jaboatão dos Guararapes

A Gruta de Nossa Senhora de Lourdes está localizada de baixo de uma grande rocha de pedra onde situa-se o Santuário de Nossa Senhora Auxiliadora. No ano de 1918 foi inaugurada a escada com 52 degraus da famosa gruta, onde se vê uma bela imagem da Santa.

Igreja de Nossa Senhora do Rosário - Jaboatão dos Guararapes

A Igreja de Nossa Senhora do Rosário está situada no centro de Jaboatão, Praça Nossa Senhora do Rosário e foi inaugurada no ano de 1960. É um monumento com uma única cúpula com dois altares laterais e um altar principal onde está a imagem da padroeira da Igreja.

Igreja de Nossa Senhora do Livramento - Jaboatão dos Guararapes

A Igreja de Nossa Senhora do Livramento situada na Rua de Santo Amaro, centro da cidade, foi construída nos últimos anos do século XVIII, possui uma cúpula com um corredor lateral decorado com falsas janelas.

Prefeitura Municipal - Jaboatão dos Guararapes

A Administração Municipal de Jaboatão dos Guararapes situa-se na Avenida Barreto de Menezes.

Parque Histórico Nacional dos Guararapes - Jaboatão dos Guararapes

O Parque Histórico Nacional dos Guararapes é um dos lugares históricos mais importantes do Brasil, declarado no ano de 1971 está localizado no Bairro de Prazeres. No século XVII era conhecido como Monte dos Guararapes e foi o lugar onde aconteceu a Guerra da Restauração Pernambucana onde os habitantes da população venceram os ataques dos holandeses, motivo pelo qual o povoado foi declarado 'Berço da Pátria'. Nas suas proximidades merece especial destaque a Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres, além de belos mirantes e um espaço cultural com maquetes e painéis alusivos as batalhas.

Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres - Jaboatão dos Guararapes

A construção da Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres foi ordenada pelo Genaral Francisco Barreto de Menezes no ano de 1656, em agradecimento aos habitantes do local por vencer aos holandeses na Guerra da Restauração Pernambucana. Situa-se em um marco incomparável, no Parque Histórico Nacional dos Guararapes, palco da famosa batalha, no seu interior estão guardados os restos dos heróis João Fernandez Vieira e André Vidal de Negreiros, além de várias imagens barrocas de grande valor histórico, destacando a da padroeira da igreja e obras de arte dos séculos XVII e XVIII.

Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário de Muribeca - Muribeca

A Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário de Muribeca situada na Rua da Matriz, foi construída durante a invasão holandesa no século XVIII por Felipe Campelo, foi utilizada como fortaleza e destaca-se por suas dimensões.

Igreja de Nossa Senhora da Piedade - Piedade

A Igreja de Nossa Senhora da Piedade está situada à beira do Oceano Atlântico na praia de seu mesmo nome. Foi fundada por Francisco Gomes Salgueiro no final do século XVII, e doada à Ordem Carmelitas, sofreu várias reconstruções no decorrer de sua história. É um templo do estilo manierista.

Museu Lula Cardoso Ayres - Piedade

O Museu Lula Cardoso Ayres está situado na Rua Hermínio Alves Queiroz localizada em Piedade. Com um importante acervo de quadros, entre outras coisas, doadas pelo artista que dá o nome ao Museu.

Igreja de Nossa Senhora do Loreto - Piedade

A Igreja de Nossa Senhora do Loreto situa-se na Rua com o mesmo nome da igreja em Piedade. Em estilo maneirista construído a meados do século XVII. Se destaca o belo jardim que a rodeia.

PRAIAS

O litoral de Jaboatão dos Guararapes estende-se desde a Praia de Piedade, uma das mais urbanizadas, passando pela praia de Candeias até a praia da Barra de Jangada. São praias urbanas de grande extensão, cheias de quiosques, bares e restaurantes. Caracterizadas por sua areia fina e branca, águas cristalinas e tranquilas, ideais para o banho e a prática de esportes náuticos.

Praia da Piedade

A praia de Piedade é a praia urbana mais frequentada do município de Jaboatão dos Guararapes, um dos seus principais símbolos para o resto do mundo. Todo o seu calçadão está cheio de hotéis, bares, quiosques e restaurantes onde podemos degustar a deliciosa gastronomia da zona, especializada em frutos do mar.

Praia de Candeias

Praia urbana com 3 quilômetros de longitude, é a segunda mais extensa e importante do município depois da Praia de Piedade. Ideal para o banho por suas águas cristalinas e pouco profundas.

Praia da Barra da Jangada

A Praia da Barra da Jangada é uma praia tranquila e pouco freqüentada, ideal para os amantes do descanso e da tranqüilidade, localizada entre as praias de Cadeiras e a desembocadura do Rio Jaboatão. Conta com bares e restaurantes e é um dos pontos de partida dos barcos que fazem o trajeto até a Ilha do Amor, situada perto da costa.

Ipojuca

Ipojuca, Município brasileiro do Estado de Pernambucano conhecido por suas belas piscinas naturais localizadas na extensão de todo o seu litoral e por suas belas e extensas praias ideais para prática de todos os esportes náuticos, especialmente o surf e o mergulho. Além disso se realizam os passeios de buggy por todo seu entorno e todo o tipo de esportes de terra e ar. Ao sul do município localiza-se seu núcleo turístico mais importante, Porto de Galinhas, autêntico paraíso de águas cristalinas e numerosas Piscinas Naturais a poucos metros da praia.

HISTÓRIA

A conquista de Ipojuca teve lugar a meados do século XVI, depois da expulsão dos índios Caetés e outras tribos do litoral sul do Estado de Pernambuco. A partir de então foi ocupada por numerosas colônias que encontraram em toda a zona um lugar ideal para o cultivo da cana-de-açúcar, por possuir terras ricas e férteis.

O Município de Ipojuca foi fundado no século XIX tendo sua sede administrativa na cidade de Nossa Senhora do Ó, que posteriormente se mudaria para a Vila de Ipojuca, onde está situada atualmente.

Os séculos posteriores consolidaram o município como uma das zonas mais importantes do Sistema Colonial, nas que se destacavam seus dois portos, Suape e Porto de Galinhas.

A meados do século XIX Porto de Galinhas, conhecida como Porto ou Praia do Porto, converte-se em um porto clandestino de venda de escravos, a grande maioria transportados desde Angola, nos porões dos barcos, enquanto na superfície a mercadoria que servia de tapadeira eram as galinhas. Naquela época a palavra Porto de Galinhas era usada como código pelos contrabandistas para avisar da chegada de escravos ao porto.

No ano 1890 a sede foi recuperada por Nossa Senhora do Ó e seis anos mais tarde seria transferida de novo a São Miguel de Ipojuca, ficando definitivamente em seu atual lugar.

Atualmente os principais núcleos turísticos do município de Ipojuca são Camela, Nossa Senhora do Ó, Suape, Praia do Toquinho e Porto de Galinhas, sendo este último o lugar onde concentram as atrações mais importantes e visitadas do município, destacando as belas Piscinas Naturais formadas entre os recifes de coral e localizados a poucos metros da sua praia. Hoje em dia a principal fonte de renda em todo o município é o turismo.

PASSEIO TURÍSTICO

Prefeitura Municipal - Ipojuca

A Administração Municipal de Ipojuca está situada na Rua Coronel João de Souza Leão.

Convento de Santo Cristo - Ipojuca

O Convento de Santo Cristo é um dos monumentos mais importantes de Ipojuca e um dos conventos mais belos e antigos do Brasil. Sua construção foi ordenada pelo frade franciscano Antônio da Ilha no ano de 1606 e utilizado durante a ocupação holandesa como quartel militar. Junto ao convento merece destacar sua belíssima igreja

Igreja de Santo Cristo - Ipojuca

A Igreja de Santo Cristo foi construída no ano de 1663, formando conjunto com o Convento do mesmo nome. No seu interior encontramos a imagem de Santo Cristo de Ipojuca, Cristo crucificado com as mãos para cima.

Baobá - Nossa Senhora da Ó

O Baobá é uma árvore gigante com mais de 400 anos situada no distrito de Nossa Senhora do Ó. Seu tronco é tão grosso que necessitam mais de 20 pessoas para rodeá-lo. Foi plantado pelos escravos trazidos de África e é considerado pelos povos africanos e de Oceania como a 'árvore da vida', chegando a superar os 1.000 anos.

Porto de Galinhas - Porto de Galinhas

Porto de Galinhas é a cidade turística mais importante do Estado de Pernambuco, antiga vila de pescadores que a partir da década de 80 do séculoXX começou o seu auge turístico com a construção dos primeiros hotéis. Situada aproximadamente a 70 km da capital do Estado, Recife, é conhecida mundialmente pela sua praia, uma das mais apreciadas do litoral pernambucano, famosa por suas belas piscinas naturais formadas entre os recifes de corais a escassos metros da praia. Além disso, possui numerosas atrações de grande procura turística, os quais a visitam a cada ano, entre as quais destacam-se o mergulho nas Piscinas Naturais, os passeios de jangada, buggy e os passeios noturnos pelos arrecifes.

Piscinas Naturais - Porto de Galinhas

As piscinas naturais são as principais atrações turísticas de Porto de Galinhas. Localizam-se a poucos metros da orla e sobretudo nas marés baixas quando realmente podemos desfrutar destas magníficas piscinas rodeadas de corais e de grande quantidade de peixes coloridos que as habitam.

Mergulho - Porto de Galinhas

O mergulho é um dos esportes aquáticos mais praticados em todo o litoral do município de Ipojuca. Existem dois tipos de mergulho, o snorkel, no qual utilizam-se os óculos e o tubo de mergulho para respirar e o autônomo, com os típicos botijões de oxigênio e utilizado para submergir a grandes profundidades.

Mergulho nas Piscinas Naturais - Porto de Galinhas

O mergulho nas piscinas naturais de Porto de Galinhas é uma das atrações turísticas mais freqüentadas pelos visitantes. Suas piscinas naturais formadas entre os recifes de coral, localizadas a poucos metros da orla e cheia de peixes coloridos, são a maior procura para numerosos turistas que visitam este litoral do Brasil.

Passeios em Jangada - Porto de Galinhas

Os passeios em jangada, típica balsa brasileira, são uma das atrações turísticas mais visitadas do Porto de Galinhas. Seu percurso dura mais ou menos uma hora e meia e realiza-se por todo o litoral visitando as numerosas piscinas naturais que existem, podendo observar a grande variedade de fauna marinha que habita por toda a zona.

Passeios em Buggy - Porto de Galinhas

O passeio em buggy é outro atrativo que podemos encontrar em Porto de Galinhas. A excursão tem uma duração aproximada de duas horas, nas quais faz-se um percurso por todo o litoral.

Passeios Nocturnos pelos Arrecifes - Porto de Galinhas

Outra atração muito apreciada de Porto de Galinhas são os Passeios Noturnos aos recifes de corais, onde podemos observar a vida noturna dos peixes e animais que vivem em toda a costa.

Parque Manguezal - Porto de Galinhas

O Parque Manguezal de Porto de Galinhas é uma das zonas verdes mais freqüentadas pelos turistas amantes da natureza que visitam a zona. São aproximadamente 60 quilômetros de extensa vegetação, acentuadas nas praias do Pontal de Maracaípe e de Camboa, onde os turistas desfrutam dos seus belos recorridos sinalizados (trilhas) e passeios ecológicas por toda a região.

Ultraligero - Porto de Galinhas

Para os amantes das alturas também existe sua atração, uma viagem em ultraleve entre a praia de Cupe e o Pontal de Maracaípe, é outra atração que pode-se fazer em toda a costa de Ipojuca. A duração do trajeto é de 20 minutos aproximadamente e merece a pena pelas maravilhosas vistas aéreas da zona que observa-se no seu recorrido.

Tartarugas Marinhas - Porto de Galinhas

Todos os anos Porto de Galinhas transforma-se no berço mundial das tartarugas marinhas. Entre Setembro e Março milhares de tartarugas depositam seus ovos pela noite nas areias situadas entre Pontal de Maracaípe e a Praia de Muro Alto. Cinco das sete espécies do mundo vivem na costa do Brasil.

Igreja de Maracaípe - Maracaípe

A Igreja de Maracaípe foi construída a meados do século XIX. Atualmente está em estado de ruína.

Projeto Hipocampo - Cavalinhos de Mar - Maracaípe

O Projeto Hipocampo de Cavalos do Mar está dedicado ao estudo e conservação destes belos animais. Está localizado nas imediações das praias de Maracaípe, na desembocadura do Río Maracaípe, e os turistas podem conhecer estes maravilhosos seres realizando um passeio pelo rio nas típicas jangadas e acompanhados por um guia local que mostrará seu impressionante mundo.

PRAIAS

O litoral do município de Ipojuca caracteriza-se pelas suas belas praias na maioria de águas tranquilas e cristalinas ideais para o banho e para a prática de todos os tipos de esportes náuticos. São conhecidas pelas belas formações de Piscinas Naturais situadas a poucos metros da orla e cheias de peixes coloridos.

Uma das mais importantes e visitadas é a Praia de Porto de Galinhas, onde destaca-se a grande quantidade de piscinas naturais formadas nas marés baixas entre os recifes de corais e a praia de Maracaípe, ideal para a prática do surf e o kite surf, por suas boas ondas e fortes ventos, conhecida por ser uma das sedes do Circuito Brasileiro de Surf, e a praia de Muro Alto onde pratica-se o esqui aquático, o wakeboard e o jet-ski, entre outras modalidades esportiva.

Praia da Gamboa - Porto de Galinhas

Praia com piscinas naturais e pântanos. Podemos chegar até ela em buggy ou a pé através da praia de Muro Alto.

Praia de Muro Alto - Porto de Galinhas

Bela praia que destaca-se pelos seus recifes de corais, que formam uma piscina natural de 2,5 quilômetros de longitude. Acesso em buggy através da Praia do Cupe. Lugar ideal para a prática de esportes aquáticos, em especial o esqui aquático, o wakeboard e o jet-ski.

Praia do Cupe - Porto de Galinhas

Praia com aproximadamente 5 quilômetros de longitude, rodeada de coqueiros e com piscinas naturais. Destacam suas ondas, ideais para os amantes do surf.

Praia de Porto de Galinhas - Porto de Galinhas

É uma das praias mais conhecidas e visitadas do Estado de Pernambuco, famosa pelas suas piscinas naturais que formam-se nas marés baixas entre os recifes de corais, a poucos metros da orla. Caracteriza-se pela sua areia fina e douradas e por suas águas cristalinas e de agradável temperatura. Possui boa infra-estrutura e numerosas atrações turísticas, destacando o mergulho como uma das mais solicitadas.

Praia de Maracaípe - Porto de Galinhas

É uma praia perigosa para o banho por suas fortes ondas e ideal para os amantes do surf e do kite-surf, conhecida por ser a sede de uma das provas que pontuam no Circuito Brasileiro de Surf. Possui bares e restaurantes e nas marés baixas formam-se interessantes piscinas naturais entre os recifes de corais.

Enseadinha - Porto de Galinhas

Praia situada na Barra do Rio Maracaípe rodeada de coqueiros, com mar tranquilo e recifes de corais.

Praia Serrambi - Porto de Galinhas

Praia com águas azuis, areia fina e recifes de corais na grande parte de sua extensão. É muito freqüentada pelos mergulhadores.

Praia das Cacimbas - Porto de Galinhas

É uma bela praia cheia de recifes de corais, rodeada de coqueiros, onde sua principal atração é uma formação rochosa com mais de 50 metros de comprimento perto da orla, em cujo interior destaca-se uma impressionante piscina natural e numerosas grutas.

Praia Toquinho - Porto de Galinhas

Localizada entre a praia de Cacimbas e a Barra de Sirinhaém, é uma praia de areia fina e fortes ondas, com recifes de corais e piscinas naturais.

Sirinhaém

O município de Sirinhaém está localizado no litoral sul do Estado de Pernambuco, faz fronteira com os municípios de Ipojuca e Rio Formoso. Seus principais pedidos turísticos são suas belas e extensas praias de águas tranquilas e cristalinas, especialmente indicadas para a prática de esportes aquáticos, como o mergulho e a pesca. Uma de suas atrações mais visitadas pelos turistas são os passeios em barco que realizam até a Ilha de Santo Aleixo.

HISTÓRIA

As origens de Sirinhaém remontam-se ao século XVII, época na qual, depois de vencer os índios Caetés que ocupavam toda a região, começa a povoar-se toda a zona sul do Estado de Pernambuco

No ano de 1614 os habitantes construíram a primeira Igreja, a Capela de São Roque, a partir daí cresce o povoado. Suas principais atividades eram a pesca e a agricultura, especialmente dedicada a cana-de-açúcar.

No ano de 1627 o povoado foi elevado a categoria de Vila pelo bispo do Brasil, Don Marcos de Noronha, recebendo o nome de Vila Formosa de Sirinhaém. Anos mais tarde, foi invadida pelos holandeses, que a saquearam e incendiaram motivando um período de crises no qual só recuperou-se no século XIX

No final do século XIX, ano de 1892, a Vila constituiu-se como Município Independente passando a denominar-se Sirinhaém. Mais tarde, no ano de 1895, foi elevado a categoria de cidade.

Hoje em dia o município de Sirinhaém é visitado por milhares de turistas durante todo o ano, que encontram em seus extensos areais de água tépida e tranquila, um lugar para praticar todo o tipo de esportes náuticos. Com um excelente clima e uma saborosa gastronomia, típica em frutos do mar, que são os seus maiores atrativos.

PASSEIO TURÍSTICO

Prefeitura Municipal - Sirinhaém

A administração municipal de Sirinhaém está localizada no interior de um belo edifício situado na rua Sebastião Chaves.

Convento de Santo Antônio - Sirinhaém

O Convento de Santo Antônio é o monumento mais importante do município de Sirinhaém. Foi construído no ano de 1630.

Capela de São Roque - Sirinhaém

A Capela de São Roque foi construída no início do século XVII, sendo a primeira Igreja que construíram no povoado. Merece especial destaque seu alpendre, pouco habitual nas Igrejas do Brasil.

Capela de Santo Amaro - Sirinhaém

A Capela de Santo Amaro foi construída no final do século XVIII.

Ilha de Santo Aleixo

A Ilha de Santo Aleixo está localizada a 15 minutos em barco, da Praia de Barra de Sirinhaém. É um dos lugares mais frequentados pelos amantes do mergulho, em toda a zona é possível encontrar numerosas embarcações naufragadas. Tem uma extensão de 2.000 metros quadrados e ainda que pareça mentira esta ilha pode ser alugada.

Passeios em Barco

Os passeios em barco são uma das atrações turísticas mais visitadas de todo o município de Sirinhaém. A praia da Barra de Sirinhaém é um dos lugares onde podemos desfrutar destes maravilhosos percursos marítimos, sendo um dos mais solicitados o que vai a bela Ilha de Santo Aleixo.

PRAIAS

O litoral de Sirinhaém estende-se ao longo de vários quilômetros, desde a Praia da Barra de Sirinhaém, ao sul da desembocadura do Rio Sirinhaém até a Praia de Guadalupe, a norte da desembocadura do Rio Formoso. São extensas praias repletas de coqueiros, caracterizadas por suas águas tranquilas e cristalinas, especialmente indicadas para a prática de esportes náuticos. Uma das mais freqüentadas por seus bons serviços é a praia da Barra de Sirinhaém.

Praia da Barra de Sirinhaém

A praia de Sirinhaém é a mais urbanizada do município, principal ponto de partida até a Ilha de Santo Aleixo. Localizada na desembocadura do Rio Sirinhaém, caracteriza-se por suas águas tranquilas ideais para a prática de todo o tipo de esporte náutico. Na extensão do seu calçadão destacamos os bares e restaurantes onde podemos apreciar a deliciosa gastronomia da zona, especializada em produtos do mar.

Praia de Guaiamum

A Praia de Guaiamum está localizada ao sul da Barra de Sirinhaém. Destacam-se as casas de veraneio situadas ao longo de sua enseada.

Praia da Gemela / A Ver o Mar

A Praia da Gamela

Conhecida também como 'A Ver o Mar', está situada ao sul da Praia de Guaiamum, no interior de sua enseada. Destacam as casas de veraneio.

Praia de Guadalupe

A Praia de Guadalupe está localizada mais ao sul do município de Sirinhaém, a norte da desembocadura do Rio Formoso. Rodeada de coqueiros e com águas tranquilas ideais para os esportes náuticos, em especial o mergulho.

Rio Formoso

O município de Rio Formoso está situado no litoral sul do Estado de Pernambuco e caracteriza-se por sua beleza natural, onde destaca o Parque Ecológico Rio Formoso. Um de seus grandes atrativos turísticos, além de suas belas e extensas praias, são os passeios em barco que realizam por dentro da área do rio que dá nome ao município, onde pode-se observar os antigos engenhos de cana-de-açúcar, um dos mais visitados é o Engenho Pedra de Amolar.

HISTORIA

No começo o município de Rio Formoso esteve ocupado pela tribo indígena dos tupis, que dedicavam-se na sua maior parte à agricultura. Instalaram-se às margens do rio, zona de grande fertilidade e abundante vegetação.

Ao longo de sua história suas principais fontes de ingressos foram a pesca e a agricultura, especialmente a cana-de-açúcar. Nas margens do Rio Formoso pode-se observar os restos dos antigos engenhos.

Todo o município de Rio Formoso foi palco de numerosas batalhas, destacamos a Batalha do Reduto do século XVII, a Guerra dos Mascates no século XVIII e a campanha contra a abolição dos escravos no século XIX

Hoje em dia sua principal fonte de renda é o turismo que se encontra por todo o seu litoral, praias de grande beleza e amplitude com areia fina e águas tranquilas e transparentes ideais para os esportes náuticos, especialmente a pesca e o mergulho.

PASSEIO TURÍSTICO

Prefeitura Municipal - Rio Formoso

A Administração municipal de Rio Formoso está localizada em um edifício na Rua Barão do Rio Branco.

Igreja Matriz de São José - Rio Formoso

A Igreja Matriz de São José foi construída no século XVII. É a principal Igreja da cidade.

Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos - Rio Formoso

A Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos foi construída a meados do século XVII. Destaque especial as romarias populares que se realizam nas suas proximidades.

Rio Formoso

Parque Ecológico O Rio Formoso é um dos principais do Estado de Pernambuco. Toda sua extensão foi declarada Parque Ecológico e localiza-se ao longo de todo o percurso. Existem caminhos por toda a zona que destacam-se por sua abundante vegetação, de grande valor e beleza para os amantes do senderismo. Um dos monumentos que podemos encontrar no nosso recorrido são as ruínas do Forte do Rio Formoso.

Forte do Rio Formoso

O Forte do Rio Formoso está situado entre os povoados de Barra do Rio Formoso e Pedra, a margem direita do rio Formoso, foi atacada por tropas holandesas no ano de 1633 e atualmente encontra-se em estado de ruína.

Passeios em barco

Outra grande atração do Rio Formoso são os passeios em barco realizados em seu entorno, destacando os numerosos engenhos de cana-de-açúcar que podemos encontrar ao longo do seu percurso. Um dos mais visitados pela sua importância é o engenho Pedra de Amolar.

Engenho Pedra de Amolar

O Engenho Pedra de Amolar é um dos mais antigos da região. Foi construído no século XVI e na atualidade conserva-se em bom estado. É uma das grandes atrações para os que fazem os passeios em barco pelo Rio Formoso.

PRAIAS

O município do Rio Formoso é conhecido por suas belas e extensas praias, como a grande maioria do litoral pernambucano, caracterizam-se por seus extensos coqueiros, areia fina, águas tranquilas e transparentes ideais para banhar-se e praticar esportes náuticos. Uma das praias mais visitadas é a Praia de Carneiros, localizada na desembocadura do Rio Formoso.

Praia Mamocambinhas

Inabe

Praia de Campas A praia de Campas é pouco freqüentada, ideal para os amantes da paz e tranqüilidade. Possui areia fina e águas tranquilas.

Perua Preta

Praia da Pedra Praia com extensos coqueiros e recifes de corais.

Praia de Carneiros A Praia dos Carneiros está localizada a norte de Tamandaré, na desembocadura do Rio Formoso e é considerada uma das mais belas do litoral pernambucano. É uma das praias mais frequentadas do município e caracteriza-se por seus extensos coqueirais, sua areia branca e águas verdes de agradável temperatura.

Tamandaré

O município de Tamandaré está localizado a 100 km ao sul de Recife. É conhecido por suas exuberantes praias com piscinas naturais e águas tranquilas ideais para a prática de esportes náuticos. Seus pontos mais importantes de interesse turístico são: A Reserva biológica de Saltinho, onde destaca a Cachoeira do Bulha e o Museu da Árvore, além do Mirante do Oitizeiro e o Forte de Santo Inácio, localizado na Praia Boca da Barra junto ao Farol de seu mesmo nome.

HISTÓRIA

Nas suas origens o território onde está localizado o município de Tamandaré esteve ocupado pelos índios Tupis, dedicados na sua maior parte a pesca e a agricultura. A palavra Tamandaré é de origem indígena e significa repovoador.

No século XVI toda a zona foi conquistada por portugueses que encontraram um lugar ideal para instalar-se. A região foi desde suas origens um importante centro econômico dedicado na sua maior parte ao cultivo da cana-de-açúcar.

No século XVII foi levantado o Forte de Santo Inácio de Loyola para proteção contra os ataques dos holandeses. Foi um dos marcos mais importantes da história do Estado de Pernambuco, lugar onde ocorreram numerosas batalhas. No ano 1654 os habitantes do povoado derrotaram aos holandeses, que um mês mais tarde regressaram com mais reforços e conseguiram conquistar a zona.

O município de Tamandaré foi fundado no dia 28 de setembro de 1997, desvinculando-se do Estado do território do Rio Formoso ao que pertencia até o momento

Hoje em dia as principais atividades econômicas do município são a pesca e o turismo. Suas belas praias e águas tranquilas, seus monumentos, destacando o Forte de Santo Inácio de Loyola, e a Reserva Biológica de Saltinho, onde encontra-se o Museu da Árvore e a Cachoeira do Bulha, são o maior pedido para milhares de turistas que visitam a zona no decorrer de todo o ano.

PASSEIO TURÍSTICO

Prefeitura Municipal - Tamandaré

A Administração Municipal de Tamandaré encontra-se no interior de um edifício situado na Rua Cleto Campelo.

Casa do Artesão - Tamandaré

A Casa do Artesão, situada na Praça Almirante Tamandaré, foi inaugurada no ano de 2001 durante a Festa de Emancipação do município. É o principal ponto de apoio para os artistas da região, um dos centros culturais mais importantes do município, e em seu interior fazem exposições durante o ano.

Mirante do Oitizeiro - Tamandaré

O Mirante de Oitizeiro localiza-se no ponto mais alto da cidade. Destacamos as vistas impressionantes de toda a zona e foi utilizado como observatório durante a segunda Guerra Mundial.

Igreja de São Pedro - Tamandaré

A Igreja de São Pedro foi construída no século XIX às margens do Oceano Atlântico. No seu interior merece destaque especial seu coro e seu altar principal, lugar onde guardam a imagem do padroeiro da Igreja.

Igreja de São José - Tamandaré

A Igreja de São José foi construída no século XIX nas proximidades da praia de Tamandaré. Possui uma única cúpula com corredores laterais e conserva um escudo na parte superior de sua fachada principal.

Forte de Santo Inácio de Loyola - Tamandaré

O Forte de Santo Inácio de Loyola, conhecido popularmente como Forte de Tamandaré, foi construído a finais do século XVII pelo engenheiro Francisco Correia Pinto para a defesa da população e de seu porto, dos contínuos ataques dos holandeses. Situado a poucos metros das margens da Praia Boca da Barra, junto ao Farol de Tamandaré, é considerado um dos cenários mais importantes da história do Estado de Pernambuco, lugar de numerosas batalhas. No século XIX também foi palco da Guerra dos Cabanos e tinha a função de prisão, antes de sua transferência para Fernando de Noronha em Recife. Destacamos a grande similitude com o Forte das Cinco Pontas de Recife e desde 1978 é administrado pela Marinha. Foi declarado Patrimônio Cultural do Estado.

Farol de Tamandaré - Tamandaré

O Farol de Tamandaré está localizado junto ao Forte de Santo Inácio de Loyola. Foi inaugurado no ano de 1902 e atualmente continua em funcionamento.

Recifes de Corais - Tamandaré

Os recifes de corais são uma das formações mais extraordinárias da natureza, privilégio dos mares tropicais e patrimônio de poucos países em todo o mundo. Em todo o litoral de Tamandaré são freqüentes estas belas formações com milhares de anos de existência, lugar onde formam-se as conhecidas piscinas naturais. Estão protegidas pelas leis brasileiras.

Piscinas Naturais - Buceo - Tamandaré

As piscinas naturais de Tamandaré são uma das grandes atrações que podemos encontrar na nossa visita pelo município. Está localizada a poucos metros das margens da praia e suas águas cristalinas são ideais para a prática do mergulho, um dos esportes mais praticados por toda a costa graças à beleza de seus recifes de coral, onde vivem numerosas espécies de peixes coloridos.

APA Costa dos Corais - Tamandaré

A área de proteção ambiental Costa dos Corais foi fundada no ano de 1977 pelo governo federal, para proteção de uma das formações mais extraordinárias da natureza, os recifes de corais. Na atualidade é uma das maiores unidades de conservação do Brasil e protege os recifes costeiros da exuberante Costa dos Corais, situados entre o litoral sul do Estado de Pernambuco e o litoral norte do Estado de Alagoas.

Reserva Biológica de Saltinho - Tamandaré

A Reserva Biológica de Saltinho é uma das poucas áreas de Mata Atlântica que conserva-se no Brasil. Nos seus mais de 500 hectares convivem uma grande variedade de espécies de animais e plantas, e em seu interior encontra-se a barragem que abastece de água todo o município, a cachoeira do Bulha e o Museu da Árvore.

Museu da Árvore - Tamandaré

O Museu da árvore está localizado no interior da Reserva Biológica de Saltinho. Para sua visita é imprescindível uma autorização do IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis.

Cachoeira do Bulha - Tamandaré

A Cachoeira do Bulha possui 7 metros de altura está localizada no interior da Reserva Biológica do Saltinho. É conhecida popularmente como Bica de Tamandaré e são famosos os banhos frios de água doce que podemos desfrutar em seu interior.

Passeio de Barco

Uma das atrações mais freqüentadas pelos turistas que visitam o município de Tamandaré, são os famosos passeios de barco que podemos desfrutar pelas proximidades de suas praias e rios. As rotas mais solicitadas são as que vão até a Ilha de Santo Aleixo, a Ilha de Coqueiro solitário e os mangues do Rio Arinquindá.

PRAIAS

O litoral de Tamandaré está repleto de belas praias, típicas dos mares do Brasil com água limpa e de excelente temperatura, ideais para o banho e o mergulho. São famosas as piscinas naturais que formam-se perto da costa entre os recifes de coral, onde habitam numerosas espécies de peixes coloridos.

Praia de Tamandaré

A Praia de Tamandaré está formada por duas baías, rodeadas de coqueiros e com águas tranquilas e cristalinas ideais para o mergulho. Localiza-se ao sul da Praia de Campas.

Praia Boca da Barra / Mamocabinha

A praia Boca da Barra, também conhecida como praia Mamocabinha, está localizada ao sul da Praia de Tamandaré. É uma praia urbanizada e bastante freqüentada, com mar tranquilo e recifes de coral. Nas suas imediações encontramos o Forte de Tamandaré e o Farol de Tamandaré.

Barreiros

O município de Barreiros está localizado ao sul do litoral pernambucano, a 110 km da capital, Recife, limitado ao norte pelo município de Tamandaré e ao sul com o município de São José da Coroa Grande. Suas praias são de grande beleza, rodeadas de coqueiros, com areia fina e dourada, porém de difícil acesso, dentre as quais merece especial destaque a Praia do Porto. Outras das suas atrações turísticas é o Rio Una, uma de suas maiores atrações são os passeios em barco e a ilha do coqueiro, sem esquecer de sua saborosa gastronomia, especializada em frutos do mar.

HISTÓRIA

Até princípios do século XVIII, Barreiros era uma aldeia habitada pelos índios, que dedicavam-se em sua maior parte a agricultura e a pesca. Foi neste século quando se começou a povoar a zona de portugueses que invadiram todo o território expulsando as tribos indígenas

Foi somente no final do século XVIII, ano 1786, quando foi fundada a paróquia de São Miguel dos Barreiros, desvinculando-se do município de Sirinhaém ao que havia pertencido desde suas origens. Seguia dedicando-se a pesca e a agricultura onde seus principais produtos, além dos típicos do mar, eram a cana-de-açúcar, o coco e as bananas.

O século XIX foi um período de grande impulso para a população que foi declarada Vila no ano 1853. Anos mais tarde, em 1892, foi elevado a categoria de cidade.

Hoje em dia, além da agricultura, dedicada a cana-de-açúcar, e a pesca, uma de suas principais fontes de renda é o turismo, graças a estar localizada às margens do Oceano Atlântico, onde podemos destacar uma de suas principais praias, conhecida como Praia do Porto, um dos grandes pedidos para milhares de turistas que visitam a zona no decorrer de todo o ano.

PASSEIO TURÍSTICO

Prefeitura Municipal - Barreiros

A Administração Municipal do município de Barreiros está localizado em um edifício da Rua Aires Belo.

Igreja Matriz de São Miguel - Barreiros

A Igreja Matriz de São Miguel é a principal do município de Barreiros. Foi construída no século XIX e está localizada entre as ruas de Hidalgo Araujo e Pedro Bunn. Destacam-se nas laterais do seu teto um espaço por onde entram os raios do sol, utilizados para a sua iluminação.

Rio Una

Passeios em Barco O Rio Una é um belíssimo atrativo turístico do município, cheio de maravilhosos manguezais e lugares onde pode-se praticar diversos tipos de esportes náuticos. Existem empresas marítimas que realizam os famosos passeios de barco por todo o rio, visitando suas ilhotas e sua frondosa vegetação de Mata Atlântica de suas margens, é sem dúvida uma atração imperdível para os turistas.

Ilha do Coqueiro

A ilha do coqueiro, conhecida pela última palmeira que possui, está localizada nas redondezas da Praia do Porto. É muito visitada pelos amantes do mergulho por seus excelentes fundos do mar.

PRAIAS

O litoral do município de Barreiros estende-se ao longo de vários km. Suas praias caracterizam-se por sua areia fina e dourada, águas tranquilas e cristalinas, ideais para o banho e a prática de diversos esportes náuticos. Uma das mais conhecidas por sua beleza é a Praia do Porto, com belas piscinas naturais.

Praia do Porto

Belíssima praia de difícil acesso, somente pode-se chegar até ela em veículos todo terreno ou pelo mar. Tem uma extensão de vários quilômetros de areia fina e mar tranquilo ideal para o banho e o mergulho, destacamos as numerosas rochas que entram mar adentro formando maravilhosas piscinas naturais, protegidas do vento e das ondas. No seu redor destaca a Ilha do Coqueiro.

São José da Coroa Grande

São José da Coroa Grande está localizado ao sul do Estado Pernambucano, a pouco mais de 120 km de sua capital, Recife, faz fronteira com o Estado de Alagoas. É considerado um dos núcleos turísticos mais importantes do Estado onde seus atrativos são suas belas praias e piscinas naturais que formam-se nas marés baixas ao longo de todo o seu litoral, bancos de areia e rochas conhecidas como 'Coroas'. Toda a sua costa está repleta de recifes de coral, forma parte da área de Proteção Ambiental da Costa dos Corais.

HISTÓRIA

Nas suas origens o Município de São José da Coroa Grande esteve habitado pelos índios Caetés, que dedicavam-se a pesca e a agricultura, e era conhecido como Puirassú, 'Coroa Grande'. Encontraram em toda a zona um lugar ideal para instalar-se, com belas praias cheias de recifes de coral, rios e espessa vegetação.

No século XVI toda a zona foi conquistada pelos portugueses, que proporcionaram um período de resplendor em todo o território onde suas principais atividades continuavam sendo a agricultura e a pesca. Posteriormente foi invadido pelos holandeses

A princípios do século XX, ano de 1901, foi fundado o distrito de São José da Coroa Grande, que estava integrado ao município de Barreiros. No ano 1938 era conhecido como Puiraçu e não foi até meados do século XX, ano de 1958, quando estabeleceu-se como município independente, recebendo definitivamente sua atual denominação.

Hoje em dia, além da pesca e da agricultura, sua principal fonte de renda é o turismo, no decorrer de todo o ano o município de São José da Coroa Grande é visitado por milhares de turistas que encontram em sua boa infra-estrutura hoteleira e suas belas praias, de areia fina e águas tranquilas ideais para o banho, o lugar ideal para descansar e praticar seu esporte marítimo favorito.

Graças a estar localizado na encantadora Costa dos Corais, um dos esportes preferidos pelos turistas é o mergulho, uma vez que toda a costa está repleta de recifes de coral cheia de peixes coloridos que é sem dúvida uma das grandes atrações.

PASSEIO TURÍSTICO

Prefeitura Municipal - São José da Coroa Grande

A Administração Municipal de São José da Coroa Grande está localizada na Praça Constantino Gomes.

Igreja Matriz de São José da Coroa Grande - São José da Coroa Grande

A Igreja Matriz de São José da Coroa Grande é a mais importante da cidade. Foi construída no século XIX e está localizada na principal praça da cidade, a Praça Constantino Gomes, ao lado da Administração Municipal. É uma Igreja de estrutura retangular com uma cúpula, duas portas principais, capela-mor e coro, que destaca-se por sua bonita torre campanário de estrutura quadrada situada em um dos lados da fachada principal.

Museu do Una - Várzea do Una

O Museu do Una

Está localizado na Vila de Várzea do Una, Avenida Beira Rio, a 7 km da capital do município. Tem uma extensão de 600 m2, dos quais 200 m2 são de área construída. Seu interior tem um grande acervo de objetos, mapas, cartas náuticas, animais e artesanatos locais, entre outras coisas, que ensinam um pouco da cultura e da história de toda a região. Foi inaugurado no ano de 2000 e desde o ano 2003 é sede do Instituto do Museu do Una, empresa sem fins lucrativos cuja principal atividade é o estudo e conservação dos patrimônios históricos, artísticos e culturais do município.

Área Estuarina do Rio Una

O município de São José da Coroa Grande está situado na área Estuaria do Rio Una, Reserva Biológica e Área de Preservação do Estado de Pernambuco. Umas de suas principais atrações turísticas são os passeios pelos manguezais do Rio Una.

Passeios pelos Manglares del Río Una

Os passeios pelos mangues do Rio Una são um grande atrativo para os turistas que visitam São José da Coroa Grande. Existem várias empresas marítimas que fazem os passeios através do leito do rio em barco ou canoas, podendo contemplar a primeira vista a grandiosidade da espessa vegetação cheia de mangues as margens do rio. Suas águas são mais frescas que as do oceano e existe a possibilidade de refrescar-se com agradáveis banhos nas zonas especialmente indicadas por eles.

APA Costa dos Corais

APA Costas dos Corais é a Área de Proteção Ambiental de Recifes de Corais, a mais importante unidade de conservação marinha do Brasil e uma das mais importantes do Oceano Atlântico, na que encontra-se integrado o município de São José da Coroa Grande.

PRAIAS

As praias do município de São José da Coroa Grande estão localizadas na conhecida costa dos corais. São extensas praias cheias de recifes, onde formam-se as famosas piscinas naturais visitadas por milhares de turistas no decorrer do ano. Um dos principais atrativos de todo o município são as praias de areia fina e águas tranquilas, ideais para o banho e a prática de todo o tipo de esportes náuticos. Uma das mais conhecidas é a Praia da Coroa Grande, principal praia do município, sem esquecer da Praia de Várzea do Una, sede do Circuito Pernambucano de Surf, além de numerosas competições locais.

Praia da Várzea do Una

A praia da Várzea do Una é conhecida por suas excelentes ondas e é freqüentada pelos amantes do Surf. Um dos seus maiores inconvenientes é seu difícil acesso, por uma pista arenosa entre coqueiros. É sede do Circuito Pernambucano de Surf e de diferentes competições locais.

Praia de Gravatá

Praia de areia branca, águas calmas e coqueiros. Seu acesso é feito através dum caminho que parte do povoado de Abreu do Una.

Praia da Coroa Grande

É a principal praia do município, seu nome provêm das famosas 'Coroas', formações rochosas que aparecem nas marés baixas formando maravilhosas piscinas naturais. Também destacamos os bancos de areia que formam lagunas de pouca profundidade. Nesta praia são típicos os passeios de jangadas que realizam algumas empresas até as piscinas naturais situadas aproximadamente a 500 metros de suas margens.

Fernando de Noronha - Guía Turística

Fernando de Noronha é um arquipélago formado por 21 ilhas e ilhotas com uma área de 26 km2, declarado Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO no ano de 2001.

Pertence ao Estado de Pernambuco e está a 545 km de Recife, sua capital, lugar de onde saem a maioria dos vôos. É considerado pelos turistas de todo o mundo o melhor ponto turístico do Brasil, verdadeiro paraíso natural e ecológico cheio de praias paradisíacas e com uma maravilhosa flora e fauna, tanto terrestre como aquática. Sua principal ilha que tem o mesmo nome do arquipélago, é a maior com 17 km2 e a única habitada, e parte dela encontra-se integrada desde o ano de 1988 no Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha.

É sem sombra de dúvidas um dos lugares mais belos e espetaculares do mundo.

HISTÓRIA

O Arquipélago de Fernando de Noronha foi uma das primeiras terras localizadas do Novo mundo, já registrada no ano de 1500 nas cartas náuticas de Juan de La Cosa. No ano de 1503 foi descoberto por Américo Vespúcio, em uma expedição financiada pelo fidalgo português Fernão de Noronha, do qual recebe o nome. Ao longo de sua história estas terras foram disputadas entre portugueses, holandeses e franceses.

No século XVI, ano de 1629, teve lugar um dos acontecimentos mais importante da história de Fernando de Noronha, quando as tropas portuguesas desembarcaram na Baía sudeste para expulsar os holandeses da ilha. Anos mais tarde foi invadida pelos franceses.

No ano 1737, os portugueses expulsaram os franceses e levantaram numerosas fortalezas por todo seu litoral, algumas destas utilizadas como prisão como o Forte Nossa Senhora dos Remédios.

Até o ano de 1938 todo o arquipélago tinha a função de estabelecimento penitenciário comum, onde cumpria condena os processados, posteriormente foi utilizada como presídio político. No ano de 1942 converteu-se em território Federal e anos mais tarde, em 1988, foi integrado ao Estado de Pernambuco.

Atualmente Fernando de Noronha é considerada pelos turistas que a visitam como um dos lugares mais bonito do mundo, declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO no ano 2001. Todo seu litoral cheio de praias paradisíacas, de areia branca e água cristalinas, são o principal reclamo para os turistas que visitam o arquipélago ao longo de todo o ano, além da sua fauna e flora, tanto terrestre como aquática, integradas no Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha e protegidos pelas leis.

Toda sua costa é ideal para a prática de todos os tipos de esportes náuticos, sendo mais praticado o mergulho. Lugar de extrema beleza para os amantes do submarinismo, e o Surf, por suas excelentes ondas na zona de mar de dentro.

A entrada dos turistas está controlada e só está permitido a visita a um grupo reduzido de pessoas. Todo aquele que visite o arquipélago de Fernando de Noronha tem que pagar um imposto, a taxa de Preservação Ambiental utilizada para conservar seu meio ambiente, e deve respeitar as normas impostas pelas autoridades. A pesca está proibida em todo o arquipélago e as praias estão controladas ao banho por serem áreas de desova de tartarugas, viveiros de golfinhos e santuário de corais.

PASSEIO TURÍSTICO

O Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha está formado pelas seis maiores ilhas do arquipélago, Fernando de Noronha, Rata, do Meio, Lucena, Sela Gineta e Rasa, e ainda por numerosas ilhotas praticamente inacessível. Foi declarado Parque Nacional no ano de 1988 e integrado a APA, Área de Proteção Ambiental administrada pelo IBAMA, Instituto Brasileiro de Meio Ambiente. Um dos seus lugares mais protegidos é a maravilha Baía dos Golfinhos.

Mergulho em Fernando de Noronha

Fernando de Noronha é um dos lugares do mundo mais cobiçados pelos mergulhadores, graças a suas águas quentes, profundas e cristalinas visíveis até 50 metros de profundidade. Em toda costa convivem numerosas espécies de animais, especialmente os peixes coloridos, raias, tubarões, tartarugas e golfinhos, no meio de formações rochosas, recifes de coral e vários naufrágios. Existem empresas na ilha que oferecem a possibilidade de realizar um maravilhoso passeio submarino por diferentes zonas acompanhados de mergulhadores especializados, sem dúvida uma experiência inesquecível. Em todo o arquipélago está proibida a pesca submarina.

Igreja Nossa Senhora dos Remédios - Vila dos Remédios

A Igreja de Nossa Senhora dos Remédios é a mais importante do arquipélago de Fernando de Noronha e situa-se na Vila dos Remédios, centro histórico de sua ilha principal. Foi construída no século XVIII e restaurada em várias ocasiões ao longo de sua história. No ano de 1981 foi declarada Patrimônio Histórico Artístico.

Palácio São Miguel - Vila dos Remédios

Nas proximidades da Igreja De Nossa Senhora dos Remédios, na Vila dos Remédios encontramos o Palácio São Miguel, construído a meados do século XX, sobre as ruínas de uma antiga prisão. Foi sede do governo territorial e na atualidade é sede da Administração de Fernando de Noronha. Em seu interior destacamos além do seu mobiliário de meados do século XX e das telas de grande valor pintadas por Wash Rodriguez, a imagem em tamanho natural do arcanjo São Miguel, obra de Aurora Lima.

Forte Nossa Senhora dos Remédios - Vila dos Remédios

O Forte Nossa Senhora dos Remédios, conhecido também como Forte de Noronha, foi construído no século XVIII sobre os restos de uma antiga fortaleza holandesa, é considerada a fortaleza mais importante de todo o arquipélago e foi utilizada ao longo de sua história como presídio e quartel militar. Está localizada na Vila dos Remédios, sobre uma colina entre o Porto de Santo Antônio e a Praia do Cachorro, em seus arredores podemos desfrutar de uma vista panorâmica da costa e do Morro do Pico.

Baía de Santo Antônio

A Baía de Santo Antônio é conhecida por seus importantes restos de naufrágios, lugar admirado e visitado pelos amantes do sub marinismo. Em dos lados da Bahia está localizado o Porto de Santo Antônio.

Porto de Santo Antônio

O Porto de Santo Antônio é o principal Porto de carga e descarga de todas as mercadorias que chegam ao arquipélago de Fernando de Noronha, usado desde seu descobrimento. Um de seus monumentos mais importantes localizado nas suas cercanias é o Forte Santo Antônio.

Forte Santo Antônio

O Forte Santo Antônio está situado na Rua Joaquim Ferreira do Porto de Santo Antônio. Foi construído no século XVII e originalmente contava com 10 peças de artilharia utilizadas para defender toda a enseada.

Capela de São Pedro dos Pescadores

A Capela de São Pedro dos Pescadores situa-se na parte mais alta da região de Air France. Merece especial destaque a Festa de São Pedro que realiza-se nas suas proximidades, de onde parte a procissão marítima conhecida como 'Buscada Marítima' onde faz-se um percorrido com o padroeiro dos pescadores. Destacamos suas maravilhosas vistas panorâmicas.

Enseada da Caieira

A Enseada da Caieira caracteriza-se por suas belas piscinas naturais e suas grutas escavadas pela força do mar nas rochas. Está integrada no Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha e controlada permanentemente.

Baía Sueste

A Baía Sueste destaca pelos seus recifes de coral e por ser um dos lugares históricos mais importantes de Fernando de Noronha, lugar onde desembarcaram os portugueses no ano 1629 para expulsar os holandeses da ilha. Nas suas proximidades encontra-se o Forte de São Joaquim do Sueste e destacam as duas ilhotas, Ilha Chapéu e Ilha Cabeluda, que protegem a entrada da baía.

Forte São Joaquim do Sueste

O Forte de São Joaquim do Sueste foi construído no século XVIII nas proximidades da Baía Sueste e utilizado para sua defesa.

Casa Grande do Sueste

A Casa Grande do Sueste é a casa mais antiga construída em Fernando de Noronha. Foi utilizada como residência de veraneio dos comandantes e nas suas proximidades encontra-se a Barragem da Pedreira.

Baía dos Golfinhos

A Baía dos Golfinhos é uma das maiores atrações turísticas que podemos encontrar na nossa visita ao arquipélago de Fernando de Noronha. Em toda a zona habitam várias famílias de golfinhos e sem dúvida é um lugar digno de ser visitado, onde podemos observar o extraordinário espetáculo de saltos e piruetas que fazem os golfinhos, conhecidos como Golfinhos Roteadores, se exibem a todos aqueles que vão à visita-los. Toda a Baía é um lugar de cria destes maravilhosos e inteligentes animais e estão proibidos os banhos e acessos a praia. Na costa existe um belo mirante conhecido como Observação de Golfinhos, principal ponto para observá-los.

Forte São Pedro do Boldró

O Forte de São Pedro do Boldró está localizada nos arredores da Praia do Boldró. Foi levantado para defender a costa conhecida como 'Mar de Dentro', entre o Morro do Pico e o Morro dos Dois Irmãos, lugar com umas maravilhosas vistas.

Forte Nossa Senhora da Conceição

O Forte Nossa Senhora da Conceição foi construído no século XVIII e nas proximidades da Praia do Meio e da Conceição. No final do século XIX foi levantado sobre suas ruínas um hospital.

Piscinas Naturais

Em todo o litoral do arquipélago de Fernando de Noronha existem numerosas piscinas naturais criadas pela natureza e o mar, entre as rochas e os recifes de coral. Suas águas estão cheias de peixes coloridos, esponjas, algas, moluscos e belas formações de diferentes tipos de corais. Uma das zonas de piscinas mais famosas são as que formam na Praia da Atalaia, uma barreira de corais a poucos metros das margens habitadas por peixes coloridos, o melhor lugar da ilha para praticar o Snorkel.

Passeios de Barco

Uma das atrações turísticas mais procuradas pelos turistas que visitam o arquipélago são os passeios em barco. Existem várias empresas que realizam rotas aos lugares mais maravilhosos desta Ilha, um dos mais cobiçados é o que percorre as praias de Mar de Dentro, cujo principal pedido turístico é a parada enfrente à Baía dos Golfinhos por poder observá-los mais de perto. Seu principal ponto de partida é o Porto de Santo Antônio.

Passeios em Buggy

Os passeios em buggy é outra atração turísticas com que podemos desfrutar na nossa visita a Fernando de Noronha. Suas rotas percorrem todo o território da ilha, suas praias, piscinas naturais, mirantes, com guias especializados que nos ensinam também sua maravilhosa fauna e flora. Também são utilizados como táxi para levar o turista por toda a ilha.

Passeios Ecuestres

O passeio a cavalo é uma maneira diferente de conhecer Fernando de Noronha. Existem empresas que realizam rotas aos lugares mais maravilhosos deste paraíso natural.

Mirantes

Na extensão de todas as ilhas e praias de Fernando de Noronha existem belos mirantes onde podemos observar as vistas panorâmicas mais fantásticas de todo o arquipélago. Entre os mais importantes por sua extraordinária beleza destacamos os que estão localizados na Baía dos Golfinhos, do Sancho e dos Porcos, além de Ponta das Caracas, Boldró, Buraco da Raquel e Leão.

Tartarugas

Marinas As Tartarugas Marinhas de Fernando de Noronha são uma espécie protegida em todo o arquipélago. Suas duas principais praias de desova são a praia do Leão e a Praia do Sancho, integradas e protegidas pelo Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha.

PRAIAS

Todo o arquipélago de Fernando de Noronha é conhecido pelas suas excelentes praias, todas elas em excelente estado de conservação. Caracterizam-se por seu mar azul verdoso e suas águas cristalinas, algumas delas com impressionantes formações rochosas e recifes de coral formando piscinas naturais.

Divide-se em duas costas, Mar de Dentro a norte, com boas ondas para os surfistas, e Mar de Fora ao sul, ideais para o sub marinismo. Uma das mais freqüentadas é a Praia do Cachorro situada nas imediações da Vila dos Remédios, mas sem dúvidas se visitamos a ilha não podemos esquecer da Praia do Leão, a mais extensa do arquipélago e uma das mais belas do Brasil.

Ilha Rasa

Ilha do Meio

Ilha da Rata

Air France

A Praia Air France está localizada a norte de Fernando de Noronha, na ponta que faz divisa entre o Mar de Dentro e o Mar de Fora, possui um bonito mirante com boas panorâmicas das ilhas de São José, Rasa e Sela Ginete. É perigosa para o banho.

Buraco da Raquel Praia pequena porém com uma beleza exuberante, possui um mirante e numerosas piscinas naturais entre recifes de coral. Está protegida pelas Leis e não está permitido o banho.

Enseada da Caieira

Pontinha

Ponta da Pedra Alta

Praia de Atalaia

A Praia da Atalaia caracteriza-se por seus maravilhosos aquários naturais que se formam nas marés baixas, repletos de peixes coloridos. Seu acesso é limitado a um reduzido número de pessoas por dia e é preciso tirar uma licença no Centro de Visitantes do Parque Nacional para poder visitar.

Ponta do Espinhaço

Praia do Sueste

Praia localizada no interior da belíssima Baía do Sueste. Destaca por seus recifes de corais e nas suas proximidades encontra-se as ruínas do Forte de São Joaquim do Sueste.

Ponta das Caracas

Ponta das Caracas é uma ponta rochosa localizada ao sul da ilha de Fernando de Noronha, entre a Baía do Sueste e a praia do Leão. No meio das rochas formam-se piscinas naturais de grande beleza. Está proibido o banho, seu mirante é a principal atração.

Praia do Leão

A Praia do Leão é uma das praias mais bonitas do Brasil e a mais extensa do arquipélago de Fernando de Noronha, com belas piscinas naturais e águas cristalinas. É um dos lugares de desova das tartarugas marinhas que habitam toda a zona e está controlado pelas leis. Protegendo a praia destaca a ilha do Morro do Leão, chamada assim por parecer a um leão-marinho, e a Ilha do Morro da Viuvinha, povoada por ninhos de aves.

Ponta Capim Açu

Ponta do Barro Vermelho

Ponta de Sapata

A Ponta de Sapata é a ponta que situa-se mais ao sul da ilha de Fernando de Noronha. Zona especialmente indicada para os amantes do mergulho.

Enseada do Portão

Baía dos Golfinhos

A Baía dos Golfinhos é uma das maiores atrações do arquipélago. Não está permitido nem o acesso a sua praia nem o banho, por ser um lugar protegido, no qual habitam várias famílias de golfinhos. Possui um mirante espetacular onde podemos observar estes maravilhosos seres.

Enseada do Carreiro da Pedra

Baía do Sancho

A Baía do Sancho é um lugar ideal para a prática do sub marinismo e o banho, com águas de boa visibilidade e grande quantidade de fauna marinha. Sua praia está coberta por uma extensa vegetação povoada por ninhos de aves. Toda a Baía está protegida pelas leis do Brasil e somente pode ser visitada alguns meses do ano.

Baía dos Porcos

A Baía dos Porcos é uma das mais bonitas do Brasil e caracteriza-se por sua escassa areia e suas numerosas rochas, lugar onde forma-se as fantásticas piscinas naturais cheias de peixes coloridos, sem dúvida seu grande atrativo. Ideal para o banho e o mergulho.

Praia de Cacimba

do Padre A Praia de Cacimba do Padre é uma das mais extensas de todo o arquipélago. Localiza-se em frente à Ilha Dois Irmãos. Entre Novembro e Março suas excelentes ondas fazem desta praia uma das preferidas pelos amantes do surf.

Praia do Quixabinha

Praia pequena localizada entre a Cacimba do Padre e a Praia do Bode. É uma das praias mais primitivas de Fernando de Noronha.

Praia do Bode

Praia com piscinas naturais e um bonito mirante conhecido como Pedra do Bode. É conhecida por seu mar agitado nos meses de inverno, com boas ondas para o surf.

Praia do Americano

Praia pequena de 150 metros de areias e pouco freqüentada, situada entre a praia do Bode e a praia do Boldró. Recebe seu nome devido a um acampamento militar americano que esteve instalado na praia durante a 2ª Guerra Mundial.

Praia do Boldró

A praia do Boldró é conhecida pelas piscinas naturais que formam-se nas marés baixas entre os recifes de coral e por suas excelentes ondas nos meses de inverno para prática do surf. Nos seus arredores destacamos o Forte São Pedro do Boldró.

Praia da Conceição

A Praia da Conceição encontra-se situada na base do Morro do Pico e caracteriza-se por sua areia fina e clara, e pelas suas belas piscinas naturais. Chega-se através da praia do Boldró e Cachorro e é conhecida por uma rocha de base fina chamada 'Pião' situada nos seus arredores. Excelente para prática do surf.

Praia do Meio

Pequena praia com formato de baía, localizada entre a Praia da Conceição e a Praia do Cachorro. Caracteriza-se por suas piscinas naturais e suas águas cristalinas, tranquilas e ideais para o banho nas marés baixas entretanto perigosa, com fortes ondas ideais para o surf nas marés altas. Nas suas proximidades destacamos as ruínas do antigo Forte Nossa Senhora da Conceição.

Praia do Cachorro

A Praia do Cachorro é a praia urbana mais freqüentada da Vila dos Remédios. É uma praia de grande beleza, com águas tranquilas, areia fina e piscinas naturais entre recifes de coral. Nas suas imediações destacamos as ruínas do forte Nossa Senhora dos Remédios.

Praia de Biboça

Pequena praia situada ao norte da Praia do Cachorro formada por pedras vulcânicas. Não é apropriada ao banho. Merece especial destaque em seus arredores o conhecido 'Urro do Leão', ruído provocado pela força do mar ao quebrar-se entre as fissuras das rochas.

Praia do Porto / Bahía de Santo Antônio

A Praia do Porto está localizada na baía com seu mesmo nome, formando um bonito porto natural, onde podemos encontrar numerosas embarcações fundeadas, utilizadas desde seu descobrimento para abastecer a ilha. De areia clara e fina, mar calmo, com boas ondas para a prática do surf nos meses de inverno. É ideal para os amantes do sub marinismo pelos numerosos restos de naufrágios que podemos encontrar.

Caruaru

O município de Caruaru está situado na Região do Agreste do Estado de Pernambuco, no interior do Vale do Ipojuca. 'Capital do Forró' é conhecida também como 'Princesa do Agreste', sua capital do mesmo nome é palco de uma das festas populares mais importantes do Brasil, o famoso São João, onde durante 30 dias mais de um milhão de pessoas visitam a cidade.

Além disso, conta com uma das maiores feiras de Caruaru, onde se pode adquirir qualquer produto que deseje. Não deixe de visitar o Alto do Moura, comunidade de artistas elegida pela UNESCO como o maior centro de arte figurativa das Américas, onde encontra-se cento de artesãos, modelando todo tipo de objetos, especialmente o barro, transformando suas casas em ateliê que podem ser visitados.

HISTÓRIA

Todo o município de Caruaru foi habitado por tribos indígenas até os primeiros anos do século XVI, momento em que os portugueses conquistaram suas terras. Nelas encontraram o pau-brasil, uma excelente madeira de cor vermelha da família das leguminosas, que encontra-se principalmente na Mata Atlântica brasileira. Mais tarde, devido a sua excelente terra, dedicaram-se ao cultivo da cana-de-açúcar.

O núcleo populacional começou a tomar forma a partir do ano de 1681, quando o governador Aires de Souza de Castro concedeu à família Rodrigues de Sá a maior parte das terras situadas à margem esquerda do rio Ipojuca. Foi no final deste século quando realmente instalaram-se na zona e o povoado começou a desenvolver-se.

A meados do século XIX, ano de 1857, graças ao projeto do Deputado Francisco de Paula Baptista foi elevada a categoria de cidade, sendo a primeira na região do Agreste, anos mais tarde, em 1895, a chegada da ferrovia daria um forte impulso ao povoado.

Hoje em dia a capital do Agreste é mundialmente conhecida pelo seu artesanato, mercados e festas. A comunidade de artistas localizada no Alto do Moura foi eleita pela UNESCO como o maior centro de arte figurativa das Américas, sem dúvida é um dos lugares que não podemos deixar de visitar. A Festa de São João e a Feira de Caruaru são uma das mais importantes e multitudinárias de todo o país.

PASSEIO TURÍSTICO

Prefeitura Municipal - Caruaru

A Administração Municipal de Caruaru está localizada em um edifício da Praça Senador Teotônio Vilela.

Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores - Caruaru

A Igreja Matriz de Nossa Senhora é a principal da cidade. Foi o Frei Eusébio de Sales quem ordenou a sua construção no século XIX e ao longo de sua história sofreu várias reformas. Destaca-se pelas duas torres campanário de estrutura quadrada situadas a cada um dos lados da sua fachada principal.

Palácio Episcopal - Caruaru

O Palácio Episcopal está localizado na Praça Henrique Pinto. Finalizado no ano de 1922, nas suas origens foi sede da administração municipal. Hoje em dia é a residência do 1º Bispo de Caruaru.

Igreja Nossa Senhora da Conceição - Caruaru

A Igreja de Nossa Senhora da Conceição foi construída a finais do século XVIII e é a mais antiga da cidade. Está localizada na Praça Cel João Guilherme, conhecida também como Praça da Conceição.

Parque 18 de Maio - Parque das Feiras de Caruaru - Caruaru

O Parque 18 de maio, conhecido popularmente como Parque das Feiras de Caruaru, é o lugar onde realizam-se as conhecidas feiras da cidade, a Feira de Caruaru, a Feira de Artesanato, a Feira da Sulanca e a Feira livre. Seus mais de 40.000m2 estão dedicados integralmente aos comerciantes, fabricantes e feirantes. É um dos símbolos mais conhecidos da cidade, sem dúvida um lugar digno de ser visitado, onde podemos encontrar-nos com algo jamais buscado

Feira de Caruaru - Caruaru

A Feira de Caruaru é a mais importante, completa e multitudinária que realiza-se em Caruaru e uma das maiores atrações do nordeste do Brasil. Todas as quartas e sábados o Parque 18 de maio enche-se de postos de venda de todas as cores que inundam as ruas do Parque, onde podemos adquirir todo o tipo de produtos, especialmente os de artesanato popular: barro, cerâmica, cestas, coro, tecidos e calçados, entre outros, típicos da região. Foi declarado Patrimônio Cultural.

Feira do Artesanato - Caruaru

A Feira do Artesanato, chamada também Feira dos Artistas, realiza-se todos os dias no Parque 18 de maio. Nela os visitantes podem adquirir todo o tipo de objetos artesanais típicos de toda a região.

Feira da Sulanca - Caruaru

A Feira da Sulanca é conhecida por suas mais de 10.000 barracas de roupas, calçados e complementos de segunda mão. Realiza-se todas as terças-feiras e é visitada por milhares de pessoas.

Feira Livre - Caruaru

A Feira Livre é uma das mais populares de Caruaru, onde pode-se comprar, vender e trocar todo o tipo de produtos, desde flores, plantas, panelas, sapatos, roupas, até raízes, ervas, condimentos, aves e animais.

Casa de Cultura José Condé - Caruaru

A casa de cultura José Condé encontra-se no interior do Parque 18 de maio. É um dos espaços culturais mais importantes da cidade, sede da Biblioteca Pública Municipal Álvaro Lins, a Biblioteca Infantil, Ateliê de Pintura da Fundação de Cultura, a Associação dos Artistas, O Teatro Joel Pontes e a Sala José Condé, que guarda um interessante acervo de Obras do famoso autor nascido na cidade.

Memorial da Feira - Caruaru

O Memorial da Feira, antigo Mercado de Farinha, está situado na rua Duque de Caxias, centro da cidade, no interior de um edifício em estilo neoclássico construído a princípios do século XX. Atualmente promove numerosas exposições de fotografias, pinturas e objetos que ensinam um pouco da história da cidade e de suas festas, destacando as relacionadas com a Feira de Caruaru, declarada Patrimônio Cultural Brasileiro.

Espaço Cultural Tancredo Neves - Caruaru

O Espaço Cultural Tancredo Neves foi construído no ano de 1935 em uma área de mais de 49.000 m2. É um dos espaços culturais mais notáveis de Caruaru e em seu interior encontra-se o Pavilhão de Exposições de Feiras, a sede da Fundação e Cultura, a Secretaria de Turismo, salas culturais e vários museus, destacando o Museu do Barro. Fora do Espaço Cultural também é digno de ser visitado o Pátio de Eventos Luiz Gonzaga, com a Vila do Forró, réplica de uma aldeia típica do interior do Brasil, lugar onde concentram-se os principais atos que realizam na cidade, destacando as Festas de São João e as comemorações Natalinas.

Museu do Barro - Espaço Zé Caboclo - Caruaru

O Museu de Barro, Espaço Zé Cabloco, está localizado na Praça Coronel José Vasconcelos, no interior do Espaço Cultural Tancredo Neves. É considerada a coleção mais importante de artesanato exposta em toda região, onde seu principal tema é a história da cerâmica no nordeste do Brasil. No seu interior várias exposições de coleções de artistas de novas gerações bem como dos artistas já consagrados.

Museu Fábrica Caroá - Caruaru

O Museu Fábrica Caroá encontra-se alojado no interior do Espaço Cultural Tancredo Neves, Bloco A. Conserva maquinarias, documentos, fotografias e mobiliários, entre outras coisas da antiga Fabrica Caroá.

Museu do Cordel - Caruaru

O Museu do Cordel é mantido por um dos cordelistas ativos mais importantes do mundo, conhecido como Ollegário Fernandes. Possui numerosos poemas de vários autores deste estilo literário.

Morro do Bom Jesus - Caruaru

O Morro do Bom Jesus, conhecido também como Morro do Socorro, está situado a 630 metros de altura, ponto mais alto da cidade e lugar com umas vistas panorâmicas maravilhosas de toda a zona. Nas suas proximidades encontram-se várias capelas e Igrejas, destacando a Capela do Socorro e a Igreja de Santa Luzia. Existe a possibilidade de subir ao monte através de uma escadaria decorada com as estações da Via Sacra.

Igreja de Santa Luzia - Caruaru

A Igreja de Santa Luzia está localizada no Morro do Bom Jesus. Foi construída a princípios do século XX, ano 1902 e também é conhecida como a Igreja dos Romeiros. Destaca o cruzeiro situado em frente da Igreja, que pertencia originalmente a Igreja da Conceição. Nas suas proximidades realiza-se todos os anos a popular festa de Santa Luzia, bastante popular entre os habitantes da cidade.

Cerámica Figurativa

A cidade de Caruaru é a referência mundial da cerâmica figurativa, cidade mais popular do Agreste Pernambucano e um dos mais importantes lugares comerciais do Estado. O Alto do Moura foi declarado pela UNESCO como o maior centro de artes figurativas da América Latina.

Alto do Moura

O Alto do Moura, situado a 7 quilômetros do centro de Caruaru, é uma comunidade de artistas considerada pela UNESCO o maior centro de arte figurativa das Américas. Nesta comunidade centenas de artistas modelam todo o tipo de objetos e figuras em barro, suas casas são autênticos ateliês onde podemos adquirir seus apreciados produtos. Destacamos especialmente a Casa Museu Mestre Vitalino e a Casa Museu Mestre Galdino.

Casa Museu Mestre Vitalino

A Casa Museu Mestre Vitalino, situada no Alto do Moura, na rua que tem o seu nome, foi residência do conhecido ceramista e de sua família. Foi inaugurada como Museu no ano de 1971 e no seu interior guardam-se as recordações e objetos pessoais do maestro.

Casa Museu Mestre Galdino

A Casa Museu Mestre Galdino está localizada no Alto do Moura, rua São sebastião, famoso poeta e ceramista. Possui numerosas peças de cerâmica, fotografias e poesias, que mostram um pouco da história deste conhecido artista.

Serra dos Cavalos

Parque Ecológico Professor João Vasconcelos Sobrinho A Serra dos Cavalos, conhecida por ser o único meio de transporte nos meses de inverno, foi declarada pela UNESCO Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. Estende-se por uma área de 360 hectares, lugar onde habitam numerosas espécies de animais e plantas e a sua altitude máxima é de 900 metros. Conta com belos mirantes e há a possibilidade de realizar preciosas rotas por suas proximidades. No seu interior encontra-se o Parque ecológico Professor João Vasconcelos Sobrinho, com cinco represas que ajudam a abastecer a cidade.

Autódromo Ayrton Senna

O Autódromo Airton Senna é um dos circuitos de velocidade mais importantes do Brasil, no seu interior realizam-se famosas corridas de carros e motos, entre as quais destacamos a Fórmula Truck Brasil, a Copa BR Petrobrás de Pick-UP Racing e os campeonatos de Jipe Cross e de Arrancadas, além dos desfiles de carros antigos, Campeonatos de Ciclismo e vários cursos de Super Bike, entre outras coisas. Durante as provas a cidade converte-se em uma das sedes do Circuito de Automobilismo e Motociclismo Nacional.

Foi inaugurado em 13 de dezembro de 1992 em homenagem ao mundialmente conhecido e admirado piloto de Formula 1, Ayrton Senna, pouco antes de sua morte, considerado um dos melhores pilotos de todos os tempos. Morreu em um fatal acidente em Imola, no dia 1 de maio de 1994 no Grande Prêmio de San Marino seu carro chocou contra a famosa curva Tamburello.

Seus mais de 45.000 m2 de extensão possui toda a infra-estrutura necessária para abrigar os campeonatos nacionais, 3.170 metros de pista, 24 boxes, torre de controle, palcos, tribunas, heliporto, além dos numerosos restaurantes, bares e quiosques donde poder parar para descansar e refrescar-se.

Petrolina

O município de Petrolina é o maior em extensão da região do Sertão. Sua capital do mesmo nome, está localizada às margens do Rio São Francisco, na divisa com o Estado da Bahia, separado somente por uma ponte do vizinho município de Juazeiro.

A cidade é conhecida como a Encruzilhada do Progresso, por ser o maior núcleo agroindustrial do Estado de Pernambuco e também como a cidade das Carrancas, famosas esculturas que possuem somente cabeça e pescoço utilizadas pelos barcos que navegavam pelo Rio São Francisco no século XIX para afugentar os maus espíritos, que podem ser adquiridas em todas as lojas e mercados da cidade.

Uma de suas principais atrações turísticas é a imponente Barragem do Sobradinho, maior lago artificial do mundo, lugar onde se pode praticar todos os tipos de esportes náuticos.

HISTÓRIA

No ano 1840 toda a zona onde atualmente situa-se Petrolina ainda não estava habitada, era conhecida como Passagem de Juazeiro e utilizada como lugar de passagem pelos viajantes em seu percurso desde os estados do norte de Pernambuco, Ceará e Piauí, que ia até Bahia e outros municípios do sul do Brasil. Sua boa situação motivou a partir deste ano a criação de um núcleo populacional que desenvolveu-se rapidamente, dedicado em boa parte a agricultura e a pesca.

Anos mais tarde, em 1862, constituiu-se como freguesia e foi elevada a categoria de Vila com o nome de Petrolina, em homenagem ao imperador Dom Pedro II e sua esposa Dona Leopoldina, possuidores do trono do Brasil naquela época.

No final do século XIX, no ano de 1893, converteu-se em município independente e dois anos depois a capital Petrolina, foi elevada a categoria de cidade.

Nos primeiros anos do século XX aconteceram dois importantes feitos para o desenvolvimento da cidade, no ano 1915 fundou-se o primeiro jornal 'O Pharol', que defendia os interesses do povo, e no ano de 1919 construiu-se a Ferrovia Petrolina-Teresina, de grande interesse comercial para toda a região.

Atualmente o município de Petrolina é um dos pontos de travessia mais importantes do Rio São Francisco, onde destacam-se as ilhas de Massangano, Rodeadouro e Fogo. Ao norte da sua bahia merece especial destaque a Barragem de Sobradinho, um dos lagos artificiais mais importantes do mundo e lugar onde desenvolve-se as principais atividades turísticas do município.

PASSEIO TURÍSTICO

Prefeitura Municipal - Petrolina

A Administração Municipal de Petrolina está localizada à Avenida dos Guararapes.

Igreja Matriz - Petrolina

A Igreja Matriz de Petrolina, conhecida como Igreja de Nossa Senhora Rainha dos Anjos, foi a primeira Igreja a ser construída na cidade e é uma das mais importantes da cidade. A sua construção começou no ano de 1874 e foi finalizada no início do século XX, ano 1906. Em estilo barroco, merece especial destaque a bela imagem de Nossa Senhora Rainha dos Anjos, padroeira de Petrolina.

Catedral de Petrolina - Petrolina

A Catedral de Petrolina foi construída pelo maestro D. Malan nos primeiros anos do século XX. Inaugurada no ano de 1929, é um belo monumento em estilo neogótico com vitrines em estilo francês, que destaca-se por suas duas belas e altas torres campanário situadas uma a cada lado de sua fachada principal, de estrutura quadrada e terminadas em forma de pirâmide pontiaguda. Em seu interior guarda-se o sepulcro de seu criador.

Museu do Sertão - Petrolina

O Museu do Sertão está situado no centro da cidade, Praça Santos Dumont. Guarda no seu interior um rico patrimônio histórico, sacro e artístico, além de uma variada exposição de utensílios de trabalho. Foi Inaugurado oficialmente no ano de 1985 e está mantido pela Fundação Cultural de Petrolina.

Fundação Cultural - Petrolina

A Fundação Cultural de Petrolina no começo estava localizada dentro de um belo edifício em estilo neo renascentista, porém foi derrubado pelo governo no ano de 1985. Atualmente tem sua sede nas dependências do Museu do Sertão, museu administrado pela Fundação.

Centro de Convenções Senador Nilo Coelho - Petrolina

O Centro de Convenções Senador Nilo Coelho de Petrolina é um centro de convenções onde podemos encontrar, além do Memorial Senador Nilo Coelho, auditórios, salas de trabalho, salas de imprensa, restaurantes e locais comerciais.

Memorial Senador Nilo Coelho - Petrolina

O Memorial Senador Nilo Coelho situa-se dentro do Centro de Convenções que leva o mesmo nome. Guarda todo o acervo do conhecido senador.

Praça do Centenário - Petrolina

A Praça do Centenário foi construída para comemorar os cem anos da construção da Igreja Matriz. Merece especial destaque no centro da Praça a escultura de um barco de vela com um frade sustentando um crucifixo que simboliza a fé cristã.

Oficina do Artesão Mestre Quincas - Petrolina

A Oficina do Artesão Mestre Quincas é o lugar de trabalho da maior parte dos artesãos de Petrolina. No seu interior pode-se adquirir todo tipo de objetos de artesanato típicos da região, sandálias, bolsas, cintos, cerâmicas e peças de madeira, como as típicas carrancas.

Centro de Arte y Cultura Ana das Carrancas - Petrolina

O Centro de Arte e Cultura Ana das Carrancas guarda no seu interior a rica coleção doada pela famosa artesã onde destacam suas primeiras carrancas, famosas esculturas de madeira típicas do município.

Parque Municipal José Coelho - Petrolina

O Parque Municipal José Coelho é uma das zonas verdes mais importantes da cidade, lugar onde realizam numerosos eventos e atividades ao longo de todo o ano. Conta com instalações esportivas onde podemos praticar diferentes tipos de esportes e um parque infantil.

Orla - Petrolina

A Orla é um lugar de lazer com parque infantil, pistas esportivas, restaurantes, bares e um palco de eventos onde realizam-se diferentes tipos de espetáculos.

Concha Acústica - Petrolina

A Concha Acústica é um palco elevado, com capacidade para mais de 5.000 pessoas, lugar onde realizam-se ao longo de todo o ano numerosos espetáculos e representações.

Serra da Santa

A Serra da Santa é conhecida por ser o lugar onde está a imagem de Nossa Senhora de Lourdes dentro de uma gruta. Nas suas imediações realiza-se uma popular romaria em homenagem a virgem, muito venerada pelos habitantes da cidade.

Barragem do Sobradinho

A Barragem de Sobradinho é o maior lago artificial do mundo e uma das atrações turísticas mais importantes de todo o município. Tem uma área de 4.000 km2 e é utilizada para a produção de eletricidade em toda a região nordeste do Brasil. Nela pode-se realizar diferentes tipos de atividades esportivas, especialmente náuticas.

Ilhas do Rio São Francisco

As principais ilhas do Rio São Francisco são a Ilha do Massangano, a Ilha do Fogo e a Ilha do Rodeadouro, além das pequenas ilhotas conhecidas como Maroto, Amélia e Pantanal. Localizadas no Rio São Francisco, em direção a Barragem de Sobradinho, formando uma das paisagens mais pitorescas de todo o município de Petrolina

Ilha do Massangano

A Ilha do Massangano é a maior de todas as ilhas que estão localizadas no Rio São Francisco.

Ilha do Rodeadouro

A Ilha do Rodeadouro possui boa infra-estrutura para o turismo fluvial e praias ideais para o banho com areia fina.

Ilha do Fogo

A Ilha do Fogo está localizada na fronteira do Estado de Pernambuco e Bahia, lugar onde destaca-se a ponte que divide os estados e as regiões norte e sul do nordeste do Brasil, a Ponte Presidente Dutra. É uma das mais belas e destaca por sua frondosa vegetação e suas praias.

Fonte: www.a-brasil.com

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal