Facebook do Portal São Francisco
Google+
+ circle
Home  Pontilismo  Voltar

Pontilismo

Pontilhismo é um estilo de pintura na qual as cores não primárias, são geradas pelo efeito visual produzido pela proximidade dos pontos pintados na tela com as cores primárias.

Originalmente desenvolvido pelo Neo-Impressionista Georges Seurat, o movimento também está associada com Paul Signac e Henri-Edmond Cross.

Quando as obras são vistas de longe, a certa distancia, os pontos com os quais as pinturas são feitos, não se conseguem distinguir, em lugar disso, produz-se um efeito visual que nos leva a perceber outras cores.

Pontilismo

Isto significa que, com o mesmo conjunto de primárias, os pontilhistas podem gerar uma gama de cores diferentes quando comparados com artistas usando as cores tradicionais ou técnicas de mistura de cores.

O resultado é por vezes descrito como brilhante ou benéfico uma vez que é o olho do observador quem faz a mistura, e não o pincel.

Pontilismo

Este efeito pode ser explicado a traves do conhecimento da teoria das cores e nos efeitos das cores aditivas e subtractivas.

Geralmente quando as cores são produzidas por pigmentos misturados fisicamente, falamos da teoria da cor subtractiva no trabalho.

Aqui, a mistura dos pigmentos das cores primárias produzem menos luz, por isso, se nós misturarmos pigmentos vermelho, azul e amarelo (cores primárias subtractivas), obtemos uma cor negra.

Quando as cores, no entanto, são produzidas pela mistura da cor luz, então falamos da teoria aditiva da cor no trabalho.

Aqui, a mistura das luzes das três cores primárias produzem mais luz; por isso, se nós misturarmos vermelho, azul e verde luz (aditivos primários) obtemos algo que se assemelha a luz branca.

O efeito brilhante no pontilhismo aumenta a partir do fato de que a mistura subtractiva é evitada e produz-se uma mistura mais próxima do efeito aditivo é obtida através do mesmo pigmentos.

O tipo de pincelada utilizada para a realização de pontilhismo é feita à custa dos tradicionais pinceladas que poderiam ser utilizadas para delinear textura.

Para esclarecer mais um pouco este estilo de pintura e só desde um ponto de vista ilustrativo, podemos fazer uma semelhança do pontilhismo com os receptores de televisão ou ecrãs de computadores tanto CRT e LCD, os quais se baseiam em minúsculos pontos primárias vermelho, verde e azul que se misturam entre si para formar uma grande diversidade de cores.

Fonte: www.amopintar.com

Pontilismo

O pontilhismo é uma técnica que como o nome diz usa pontos para formar a imagem. Com eles definimos sombras, luz, escala de tons, profundidade e etc.

Há duas variantes desta técnica na língua inglesa: a stripple, onde usa pontos apenas na coloração preta normalmente com caneta naquim e o pontilism onde é permitido usar pontos coloridos. Na língua portuguesa as duas são chamadas de pontilhismo.

Esta técnica utiliza muito dos conceitos ópticos provenientes desde a época impressionista. E não foi a toa que neste período que ele surgiu como uma vertente Neo-impressionista, seu principal artista e representante foi Georges Seurat. Utilizando os estudos das cores complementares onde deveriam ser justapostas e não mescladas deixando a retina completar a imagem e voltando com o quadro para o ateliê onde trabalhava ponto por ponto foi dado inicio a essa técnica.

Uma observação interessante é que o pontilhismo é a versão manual da impressão que conhecemos hoje padrão CMYK.

Pontilismo
Breakfast, Paul Signac, 1886-1887.

Pontilismo
Portrait of Félix Fénéon, Paul Signac, 1890.

Pontilismo
New York, Georges Seurat, 1888.

Pontilismo
M.Ramos

Fonte: www.importzehdesign.com

voltar 123avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal