Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Na Penumbra - Raimundo Correia  Voltar

Na Penumbra - Raimundo Correia

Raimundo Correia

Raiava, ao longe, em fogo a lua nova,
Lembras-te?... apenas reluzia a medo,
Na escuridão crepuscular da alcova
O diamante que ardia-te no dedo...

Nesse ambiente tépido, enervante,
Os meus desejos quentes, irritados,
Circulavam-te a carne palpitante,
Como um bando de lobos esfaimados...

Como que estava sobre nós suspensa
A pomba da volúpia; a treva densa
Do teu olhar tinha tamanho brilho!

E os teus seios que as roupas comprimiam,
Tanto sob elas, túmidos, batiam,
Que estalavam-te o flácido espartilho!

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal