Facebook do Portal São Francisco
Google+
+ circle
Home  Romã - Página 5  Voltar

Romã

Romã

Punica granatum

Dizem que esta fruta, originária da África e bem adaptada ao Brasil, afasta inveja e raiva.

Plantar um pé no quintal, colocar uma semente no bolso e em alguns pontos da casa deixam o mau-olhado longe. Também dizem que, comidas na noite de Ano-novo, elas trazem prosperidade. Talvez. O certo, porém, é que a romã contém açúcares, tanino, ácidos orgânicos e vitamina C.

Partes utilizadas

Casca do caule e do fruto, flor e semente.

Propriedades medicinais da romã

A romanzeira é um arbusto, ornamental e medicinal, da família das Puniáceas, originário da África setentrional e aclimatado no Brasil.

Ajuda a tratar de

Utilidades Medicinais

Angina da garganta

Xarope do suco de romã. Extrair o suco de romã misturar com mel meio a meio e deixar cozer por uma hora. Tomar uma colher de sopa de três em três horas.

Carbúnculo

Cataplasmas com as folhas frescas trituradas. Renovar frequentemente.

Doenças da garganta

Proceder como indicado em angina da garganta. Gargarejo com o decocto das flores secas e pulverizadas. Gargarejo com o suco da romã.

Teníase

Tomar um copo pequeno de decocto da casca antes de dormir.

Bibliografia

As Frutas na Medicina Natural
Alfons Balbach
Daniel S. F. Boarim
Edição Vida Plena

Fonte: www.frutas.radar-rs.com.br

Romã

Romã

A romãzeira ( Punica granatum, L.), é uma planta de muitas utilidades, seja para a produção de frutos ou como ornamental em parques e jardins.

É também uma planta de atributos medicinais da qual se utilizam suas folhas, casca da raiz e dos frutos. É um arbusto ereto, que atinge de 2 a 5 m, muito ramoso, de casca avermelhada nos ramos novos, que adquirem coloração acinzentada nos ramos maiores e no tronco.

O fruto é esférico, com casca coriácea, amarela ou avermelhada manchada de escuro. O seu interior é composto de muitas sementes angulosas, cobertas por um tegumento espesso, polposo de cor rósea ou avermelhado, de sabor levemente ácido. São as sementes a parte comestível do fruto.

Cultivo

Solo

Qualquer tipo

Propagação

Através de sementes

Época de plantio

A partir de setembro

Espaçamento

3m x 3m

Número de plantas por hectare

1100 pés

Cova

60 cm x 40 cm

Adubação na cova

1 lata de esterco, complementando com ½ quilo de adubo químico.

Início da produção

Terceiro ano após o plantio.

Duração da produção

Acima de 15 anos. Produção por planta: acima de 30 frutos.

Época da colheita

A partir de novembro, recomendando-se colher os frutos, quando ainda não estiverem totalmente maduros.

Bibliografia

Guia Rural Abril - 1986. 450 páginas Murayama, S. Fruticultura, Campinas: Instituto Campineiro de Ensino Agrícola.

Fonte: www.agrov.com

voltar 1234567avançar

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal