Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  moda e estilo de roupas  Voltar

Moda e Estilo de Roupas

Agite & use

Misturar, descombinar, ousar. Está difícil andar na moda, mas ainda bem que Gloria Kalil veio aqui para ajudar. E tem para todas: das mais clássicas às dispostas a arriscar

Basta correr o olhos pelas vitrines mais caprichadas ou ler qualquer reportagem sobre moda e as instruções estão todas lá: não use nada que saia prontinho da loja, misture um grande e variado número de peças, quebre a uniformidade do visual com acessórios ousados, nem pensar em combinar sapato com bolsa. Aliás, nem pensar em combinar nada com coisa alguma. Dá até saudade do tempo do terninho, do preto total e outros recursos simples para facilitar o confronto diário com o guarda-roupa... Pensando melhor, não dá saudade, não. O visual do momento é mais trabalhoso, mas exige mais da imaginação. Para desvendar alguns de seus truques, a consultora de moda Gloria Kalil ("Liberte-se do conjuntinho", conclama ela no artigo da última página desta revista) associou-se ao stylist Daniel Ueda num exercício de estilo. Primeiro, escolheram peças-chave dos desfiles de inverno, como a bermuda, a saia rodada ou o casaco curto e justo. Depois, cada uma dessas peças foi "traduzida" para dois tipos de personalidade: a mulher de gosto mais clássico, mas sem nada de conservadora (a modelo de cabelos lisos, claro), e a mais ousada, quase radical, disposta a empurrar um pouco os limites.

"Nada mais moderno e criativo do que misturar tudo com quase tudo e recusar os visuais muito certinhos, muito combinados", diz Gloria. Ela adverte, porém, que o estilo "agite e use" não cai pronto do céu nem significa que o velho clichê – "hoje em dia cada um usa o que quiser e pronto" – tenha virado realidade: "É um enorme engano achar que a moda entrou no reino do vale-tudo. Não vale. Cada grupo, cada tribo, tem seus parâmetros estéticos que distinguem com muita clareza os malvestidos dos bem-vestidos". Quem se dispõe a aprimorar o próprio estilo vai entrar num jogo divertido e democrático, mas cheio de perigos, pois não tem regras claras, nem manual. Para entrar nele é preciso ter "cabeça aberta, olho vivo e muita informação", recomenda Gloria. Os visuais mostrados nestas páginas são um convite, justamente, a que se abra a cabeça e se agucem os olhos.

ESPIÃS MODERNAS

Espiãs Modernas

Espiãs Modernas outras modelos

Saltando dos filmes de espionagem para as passarelas, o trench coat ganhou vida nova – estampas e babadinhos também. Para a mulher de estilo mais clássico, complementam-no calça ajustada, sapato cheio de personalidade e echarpe não convencional. Para a arrojada, uma estampa só é bobagem: as flores do desenho vão descombinar cuidadosamente com as do bordado da saia, com o grafismo da camiseta e as listras da blusa.

FESTA NA SAVANA

Festa na Savana

Festa na savana outras opções

Bermuda com estampa de onça exige, para a clássica, ser domada com muita disciplina: trench de gabardine cáqui, meias pretas e sapatos sem salto algum. A fashionista, ao contrário, dobra a temperatura e parte para o exagero: túnica com animal diferente (girafas) e o paletozinho mais curto, no xadrez mais escandalosamente colorido e mais rigorosamente urbano – para se contrapor ao clima selvagem do resto.

FOLCLÓRICAS E FELIZES

Folclóricas e raizes

Folclóricas e raizes outras opções

A saia não pode ser mais difícil: rodada e ainda por cima com fitas no sentido horizontal. A clássica fica na zona de segurança com complementos escuros e botas baixas – mas tudo com uma evocação folclórica, alpina, uma simpática tendência do momento. A saia centraliza as atenções. Na contramão, a ousada põe mais colorido e estampa na fórmula, criando múltiplos focos de atenção. Nem a sandália plataforma escapa.

PONTO, CONTRAPONTO

Ponto

ContraPonto

Cheio de babados e ultrafeminino, o paletó que lembra uma pelerine desfilou na passarela com minivestido de pois nos mesmos tons. Para não passar por patricinha, a garota esperta apela para o contraponto da irreverência: short jeans, camiseta grafitada, chapéu, gravatinha e inacreditáveis sapatos abotinados. Na versão mais serena, a fluidez é quebrada por um toque masculino nas calças retas e na camiseta lisa por baixo – tudo simples e sofisticado.

QUASE CERTINHAS

Quase Certinhas

Quase Certinhas Outras opções

Curto e justo é o diktat universal para o paletó deste inverno. O modelo da foto ainda tem uns babadinhos atrevidos atrás. Fica graciosamente comportado com calça abaixo dos joelhos, camiseta, colete e sapatos baixos (com soquetes escuras, para sair um pouco da linha). Os broches ainda têm fôlego para mais uma estação. Com vestido de bolinhas, a arrojada quase parece uma garota boazinha. Salvam-na as botas caubói: quem quer ser moderna deve usá-las com tudo nesse inverno, inclusive micros e shorts. Menos por cima da calça.

ESPORTE FINO

Esporte Fino

Esporte Fino outras Opções

O correto seria usar um vestido sofisticado como este à noite, tal como foi mostrado no desfile. Mas, no dicionário da moda contemporânea, o correto tem de ser desafiado, quebrado, corrompido. Nos nossos dois exemplos, entraram elementos esportivos para cumprir esse papel, acoplados a peças com cara de roupa de brechó. O colete, sob casaco com capuz, no caso do estilo mais clássico. Ou o cardigã, que migrou da cadeira de balanço das vovós de antigamente para dar um ar de modernidade saída diretamente das ruas. Com essas botinhas, a usuária jamais será chamada de vovozinha.

Fonte: veja.abril.com.br

Moda e estilo

A diferença entre estilo e moda

A questão não é estar na moda mas, sentir-se bem

É sempre possível encontrar pessoas vestidas com as melhores roupas de costureiros famosos e assim mesmo não parecem bonitas e elegantes. Falta alguma coisa: estilo!

Estilo é diferente de moda: vem de dentro para fora. A moda passa e o estilo não. O caminho para encontrar o seu próprio estilo é conhecer e aprender a combinar a sua personalidade com o seu visual.

Lembre-se: um estilo não se compra como a moda, é adquirido através dos anos. E jamais copie o estilo de alguém. É muito importante cada pessoa encontrar o seu.

Eleja uma - ou mais - qualidades em você que lhe agradam e procure valorizá-la sempre. Acrescente a isso um ou dois itens como determinada cor ou acessório e torne-os obrigatórios em sua forma de vestir-se no dia a dia.

Uma vez produzido(a) faça o teste do espelho e do sofá. Se você gostar do que viu no espelho vá em frente e sente-se no sofá: se estiver confortável e você se sentir bem, está no caminho certo.

Se ainda tiver dúvidas, procure enxergar-se através dos olhos dos outros. De preferência a opinião de alguém da família ou um super amigo (a) que lhe conheça bem e fale a verdade !

O essencial de uma pessoa que tem estilo é ser fiel a si mesma. É por isso que ela tem estilo e quem tem assume tudo. Até os seus pontos fracos. Faça dos seus pontos fracos o seu charme - não tente disfarçá-los.

Se dentro da sua personalidade e do seu estilo a preferência é por calça jeans rasgada ou camiseta branca básica, os detalhes farão a diferença entre a elegância casual e um visual desleixado: use sapatos sempre bons e atenção na escolha das bolsas.

Para ser monocromático é preciso muito estilo: tudo de preto pode parecer o zorro e tudo branco baiano em festas de final do ano. Não se esqueça que o estilo é uma espécie de marca registrada. Quem o adota, deve ser fiel a ele por muito tempo. Assim, adote elementos que não "cansem".

Gravatas borboletas, suspensórios e correntes de ouro só se você quiser realmente deixar registrada a sua presença. Por serem muito marcantes é preciso prestar mais atenção a escolha.

A definição das peças é fundamental para acertar qualquer figurino. Portanto é melhor comprar poucas peças boas do que uma porção de saldos na baciada.

Xales, botas e calças de couro de cobra... Enfim, dos pés a cabeça com peças da moda e de grife nem mesmo com muito estilo. Combine algumas peças da moda com o seu próprio guarda-roupa. É o seu estilo !

Paciência: é preciso tempo e autoconhecimento para criar o seu estilo. Finalmente, você não é obrigado (a) a adotar um estilo marcante. Esse pode ser o seu estilo: uma pessoa de personalidade suave que se adapta ao momento e a moda com facilidade.

Fonte: www2.uol.com.br

Moda e estilo

O chic está à venda; o elegante, só você faz.

Seu guarda-roupas mais formal e umas dicas

Se você não faz uso dos serviços de assessoria de moda, umas dicas para manter o guarda-roupas sempre pronto para que você não precise rejeitar um bom convite e assim perder uma boa oportunidade para conhecer pessoas novas e fazer amizades que teriam valido a pena.

Tenha sempre acessórios para que você possa compor com outras peças. Acessórios que irão ajudar muito a fazer a roupa existente há muito, parecer um novo modelo. Principalmente roupas de noite, mais para formalidades, que também podem ser usados com passeio completo. Não misturar ou confundir os trajes exigidos em convites.

Atenção: As peças devem estar em harmonia de cores e tecidos, principalmente com outras peças já existentes no seu guarda-roupa. Laços em tafetá italiano ou seda pura para usar em ou como composições.

Faixas drapeadas e lisas, no mesmo tecido dos laços para usar em ou como composições.

02 pelerines curtas em tecido de lã Muito frio, use a pelerine quente. Se o vestido tiver mangas compridas, e ficou muito mais frio, neste caso você usa a pelerine de tecido mais quente.

02 pelerines curtas e transparentes se você tem um básico pretinho de mangas curtas de repente o tempo ficou meio fechado com a temperatura em baixa, é só usar gola falsa fria e a pelerine transparente por cima. Ou o que a composição que a roupa permitir.

03 sobre-saias transparente de cores lisas para usar em ou como composições.

03 tops de tecido nobre, lisos para usar em ou como composições.

02 casacos longos Está chovendo, acrescente ou apenas componha com um dos casacos longos.

03 vestidos lisos e secos para usar em ou como composições.

03 golas falsas em veludo, seda pura e/ou em tafetá para ocasiões mais fechadas, que pedem um pouco mais de formalidade.

02 golas falsas em algodão, linho se você tem um básico na cor preta, de mangas curtas de repente o tempo ficou meio fechado com a temperatura em baixa, é só usar gola falsa fria e a pelerine transparente por cima.

02 golas falsas em tecido de lã para usar em ou como composições em dias frios.

Fonte: www.dominiofeminino.com.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal