Facebook do Portal São Francisco
Google+
+ circle
Home  Sete Pecados Capitais - Página 3  Voltar

Sete Pecados Capitais

OS "SETE PECADOS CAPITAIS" À LUZ DA BÍBLIA

Sete Pecados Capitais

Os sete pecados capitais são uma classificação de vícios usada nos primeiros ensinamentos do catolicismo para educar e proteger os seguidores crentes, de forma a compreender e controlar os instintos básicos.

NÃO HÁ REGISTRO DOS SETE PECADOS CAPITAIS NA BÍBLIA SAGRADA

Assim, a Igreja Católica classificou e selecionou os pecados em dois tipos: os pecados que são perdoáveis sem a necessidade do sacramento da confissão, e os pecados capitais, merecedores de condenação.

A partir de inícios do século XIV a popularidade dos sete pecados capitais entre artistas da época resultou numa popularização e mistura com a cultura humana no mundo inteiro.

ORIGENS SAGRADAS DE COISAS PROFUNDAS

De acordo com o livro "Sacred Origins of Profound Things" ("Origens Sagradas de Coisas Profundas"), de Charles Panati, o teólogo e monge grego Evágrio do Ponto (345 – 399) terá escrito uma lista de sete crimes e "paixões" humanas, em ordem crescente de importância (ou gravidade): Gula, Luxúria, Avareza, Ira, Soberba, Vaidade, Preguiça.

EVAGRIUS

Para Evagrius, os pecados tornavam-se piores à medida em que tornassem a pessoa mais egocêntrica, com o orgulho sendo o supra-sumo dessa fixação do ser humano em relação a si mesmo.

No final do século VI, o Papa Gregório reduziu a lista a sete itens, juntando "vaidade" ao "orgulho" e trocando "acedia" por "melancolia" e adicionando "inveja".

Para fazer sua própria hierarquia, o pontífice colocou em ordem decrescente os pecados que mais ofendiam ao amor: - Orgulho; Inveja; Ira; Melancolia; Avareza; Gula; Luxúria.

SÃO TOMÁS DE AQUINO

Mais tarde, outros teólogos, entre eles, Tomás de Aquino analisaram novamente a gravidade dos pecados e fizeram mais uma lista.

No século XVII, a igreja substituiu "melancolia" – considerado um pecado demasiado vago – por "preguiça".

Assim, atualmente aceita-se a seguinte lista dos sete pecados capitais:

VAIDADE

INVEJA

IRA

PREGUIÇA

AVAREZA

GULA

LUXÚRIA.

Os pecados são diretamente opostos às Sete Virtudes, que pregam o exato oposto dos Sete Pecados capitais inclusive servindo como salvação aos pecadores.

SERÁ QUE A BÍBLIA CONFIRMA OS PECADOS CAPITAIS? VERIFIQUEMOS:

VAIDADE

“A vaidade consiste em uma estima exagerada de si mesmo, uma afirmação esnobe da própria identidade. Para a Igreja Católica é um dos sete pecados capitais, sendo o mesmo pecado associado à orgulho excessivo e arrogância. A vaidade é mais utilizada hoje para estética, visual e aparência da própria pessoa. A imagem de uma pessoa vaidosa estará geralmente em frente a um espelho...”

Sete Pecados Capitais

"Não sejas sábio aos teus próprios olhos: teme ao SENHOR e aparta-te do mal; será isto saúde para o teu corpo, e refrigério para os teus ossos” (Provérbios 3:7-8);

“O temor do SENHOR consiste em aborrecer o mal; a soberba, a arrogância, o mau caminho, e a boca perversa, eu os aborreço" (Provérbios 8:13);

“Da soberba só resulta a contenda, mas com os que se aconselham se acha a sabedoria” (Provérbios 13:10);

“Abominável é ao SENHOR todo arrogante de coração; é evidente que não ficará impune” (Provérbios 16:5);

“A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito, a queda” (Provérbios 16:18);

“Olhar altivo e coração orgulhoso, lâmpada dos perversos, são pecado” (Provérbios 21:4);

“O galardão da humildade e o temor do SENHOR são riquezas e honra e vida” (Provérbios 22:4);

“Comer muito mel, não é bom; assim procurar a própria honra não é honra” (Provérbios 25:27);

“Seja outro o que te louve, e não a tua boca, o estrangeiro, e não os teus lábios” (Provérbios 27:2);

“Como o crisol prova a prata, e o forno o ouro, assim o homem é provado pelos louvores que recebe” (Provérbios 27:21);

“A soberba do homem o abaterá, mas o humilde de espírito obterá honra” (Provérbios 29:23);

"Da mesma sorte, que as mulheres, em traje decente, se ataviem com modéstia e bom senso, não com cabeleira frisada e com ouro, ou pérolas, ou vestuário dispendioso, porém com boas obras (como é próprio às mulheres que professam ser piedosas)” (1ª Timóteo 2:9-10).

INVEJA

“Inveja é o desejo por atributos, posses, status, habilidades de outra pessoa gerando um sentimento tão grande de egocentrismo que renegue as virtudes alheias, somente acentuando os defeitos. Não é necessariamente associada à um objeto: sua característica mais típica é a comparação desfavorável do status de uma pessoa em relação à outra. A inveja é um dos sete pecados capitais na tradição Católica... A inveja na forma de ciúme é proibida nos Dez mandamentos da Bíblia...”

Sete Pecados Capitais

“O ânimo sereno é a vida do corpo, mas a inveja é a podridão dos ossos” (Provérbios 14:30); “Não tenha o teu coração inveja dos pecadores; antes no temor do SENHOR perseverarás todo dia” (Provérbios 23:17); “Cruel é o furor e impetuosa a ira, mas quem pode resistir à inveja?” (Provérbios 27:4; Vejam ainda Provérbios 3:31; Mateus 27:18; Gálatas 5:26; Filipenses 1:15; 1ª Timóteo 3:4; Tito 3:3).

IRA

“Ira é um intenso sentimento de raiva, ódio, rancor, um conjunto de fortes emoções e vontade de agressão geralmente derivada de causas acumuladas ou traumas. Pode ser visto como uma cólera e um sentimento de vingança, ou seja, uma vontade freqüentemente tida como incontrolável dirigida a uma ou mais pessoas por qualquer tipo de ofensa ou insulto. Ira é considerada um dos sete pecados capitais e a palavra em si é proveniente do latim iram...a ira pode refletir-se tanto contra os outros quanto contra si próprio, dependendo de como se desenha o ocorrido. Quando surge a ira, somos tomados pelas emoções de tal forma que perdemos a racionalidade, deixando-nos fora de nosso juízo normal, podendo nos levar a cometer erros da qual nos arrependeremos posteriormente...”

Sete Pecados Capitais

"...todo homem, pois, seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar. Porque a ira do homem não produz a justiça de Deus” (Tiago 1:19b-20); “...o bater do leite produz manteiga, e o torcer do nariz produz sangue, e o açular a ira produz contendas” (Provérbios 30:33; Vejam ainda Efésios 4:26-27; Salmos 4:4-5).

PREGUIÇA

“Preguiça é a inatividade de uma pessoa, aversão a qualquer tipo de trabalho ou esforço físico. Também é um tipo de procrastinação...A Igreja Católica apresenta a preguiça como um dos Sete Pecados Capitais, caracterizado pela pessoa que vive em estado de falta de capricho, de esmero, de empenho, em negligência, desleixo, morosidade, lentidão e moleza, de causa orgânica ou psíquica, que a leva à inatividade acentuada. Aversão ao trabalho, freqüentemente associada ao ócio, vadiagem”

Sete Pecados Capitais

"Preguiçoso, aprenda uma lição com as formigas! Elas não têm líder, nem chefe, nem governador, mas guardam comida no verão, preparando-se para o inverno. Preguiçoso, até quando você vai ficar deitado? Quando vai se levantar? Então o preguiçoso diz: 'Eu vou dormir somente um pouquinho, vou cruzar os braços e descansar mais um pouco'. Mas, enquanto dorme, a pobreza o atacará como um ladrão armado” (Provérbios 6:6-11); “Por mais que o preguiçoso deseje alguma coisa, ele não conseguirá, mas a pessoa esforçada consegue o que deseja” (Provérbios 13:4); “Quem é preguiçoso e dorminhoco acaba passando fome” (Provérbios 19:15); “Existe gente que tem preguiça até de pôr a comida na própria boca” (Provérbios 19:24); “O lavrador preguiçoso, que não ara as suas terras no tempo certo, não terá nada para colher" (Provérbios 20:4); “O preguiçoso morre desejando muitas coisas porque se nega a trabalhar; ele passa o dia inteiro pensando no que gostaria de ter"(Provérbios 21:25-26b) - [NTLH: Nova Tradução na Língua de Hoje]

AVAREZA

“Avareza é o apego sórdido, uma vontade exagerada de possuir qualquer coisa. Mais caracteristicamente é um desejo descontrolado, uma cobiça à bens materiais e ao dinheiro, ganância. Mas existe também avareza por informação ou por indivíduos, por exemplo...Na concepção cristã a avareza é considerada um pecado pois o avarento prefere os bens materiais do que o convívio com Deus. Neste sentido, o pecado da avareza conduz à idolatria [Efésios 5:5; Colossenses 3:5] que significa tratar algo, que não é Deus, como se fosse deus. A avareza é o mais tolo dos pecados, pois nasce de uma possibilidade, de um poder, que nunca se realiza. O acúmulo de dinheiro pelo avaro tem o poder de adquirir tudo que puder dentro de seus limites, mas esse poder não pode ser exercido (compra), porque nesse caso o poder se esvai junto com o dinheiro gasto”

Sete Pecados Capitais

“Então lhes recomendou: Tende cuidado e guardai-vos de toda e qualquer avareza; porque a vida de um homem não consiste na abundância dos bens que ele possui. E lhes proferiu ainda uma parábola, dizendo: O campo de um homem rico produziu com abundância. E arrazoava consigo mesmo, dizendo: Que farei? Pois não tenho onde recolher os meus frutos. E disse: Farei isto: Destruirei os meus celeiros, reconstruí-los-ei maiores e aí recolherei todo o meu produto e todos os meus bens. Então direi à minha alma: Tens em depósito muitos bens para muitos anos: descansa, come e bebe, e regala-te. Mas Deus lhe disse: Louco, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? Assim é o que entesoura para si mesmo e não é rico para com Deus” (Lucas 12:15-21); “Melhor é o pouco havendo o temor do Senhor, do que grande tesouro, onde há inquietação” (Provérbios 15:16); “Seja a vossa vida sem avareza. Contentai-vos com as coisas que tendes; porque ele tem dito: De maneira alguma te deixarei nunca jamais te abandonarei” (Hebreus 13:5); “Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição. Porque o amor do dinheiro é raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé, e a si mesmos se atormentaram com muitas dores. Tu, porém, ó homem de Deus, foge destas cousas; antes, segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a constância, a mansidão” (1ª Timóteo 6:9-11; Vejam ainda Provérbios 27:20; 28:16; Efésios 5:5; Colossenses 3:5).

GULA

“Gula é, em seu sentido mais usual, o desejo incontrolável por comida. Porém, este termo dá margem a outras interpretações, como a gula por comprar, gula por usar, etc..A gula é controlada pela virtude da Temperança”

Sete Pecados Capitais

“Não estejas entre os bebedores de vinho, nem entre os comilões de carne. Porque o beberrão e o comilão caem em pobreza; e a sonolência vestirá de trapos o homem” (Provérbios 23:20-21; Vejam ainda Provérbios 23:2; Gálatas 5:19-21).

LUXÚRIA

“A luxúria, segundo a Doutrina Católica, é um dos sete pecados capitais e consiste no apego aos prazeres carnais, corrupção de costumes; sexualidade extrema, lascívia e sensualidade”

Sete Pecados Capitais

“Receio que, indo outra vez, o meu Deus me humilhe no meio de vós, e eu venha a chorar por muitos que outrora pecaram e não se arrependeram da impureza, prostituição e lascívia que cometeram” (2ª Coríntios 12:21); “Fazei, pois, morrer a vossa natureza terrena: prostituição, impureza, paixão lasciva, desejo maligno, e a avareza, que é idolatria; por estas coisas é que vem a ira de Deus [sobre os filhos da desobediência]” (Colossenses 3:1-7; Vejam ainda Gálatas 5:19-21; 1º João 2:16).

Fonte: aprendei.blogspot.com

voltar 123456avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal