Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Síndrome do Duplo Y  Voltar

Síndrome do Duplo Y

 

DISTÚRBIOS DOS CROMOSSOMOS SEXUAIS - Síndrome 47, XYY

É um dos cariótipos mais frequentemente observados.

Despertou grande interesse após observar-se que a proporção era bem maior entre os detentos de uma prisão de segurança máxima, sobretudo entre os mais altos, do que na população em geral.

Síndrome do Duplo Y

Fonte: www.biologiaviva.xpg.com.br

Síndrome do Duplo Y

A Síndrome do duplo Y é uma anomalia viável na espécie humana.

Estas pessoas são homens, a exceção de serem mais altos, não apresentam um conjunto de características que permite associá-los num único quadro clínico.

Isto significa que você pode topar com um portador desta síndrome sem que realmente perceba.

Apresentam cariótipo 47, XYY, e em geral, são normais, embora tenha se descrito que alguns homens afetados apresentem um acentuado temperamento comportamental, o que os torna mais agressivos e impulsivos.

Antigamente a síndrome era associada a um comportamento anti-social, já que também são relatados alguns problemas comportamentais como distração, hiperatividade e crises de fúria.

Fonte: Bio Interativa

Síndrome do Duplo Y

Aberração cromossômica encontrada em homens que têm dois cromossomos Y e um cromossomo X (47, XYY).

Os indivíduos são fenotipicamente normais e férteis, geralmente com elevada estatura.

Há autores que suspeitam que esse quadro esteja associado com aumento da agressividade e tendência à criminalidade.

Fonte: www.sitedojubi.com.br

Síndrome do Duplo Y

O que é o 47, a síndrome XYY ?

47, síndrome XYY é caracterizada por uma cópia extra do cromossoma Y, em cada uma das células de um macho. Embora os homens com essa condição pode ser mais alto do que a média, esta mudança cromossômica normalmente não causa características físicas incomuns.

Indivíduos com cariótipo 47,XYY ocorrem com a freqüência de 1 caso por 1.000 nascimentos masculinos.

47, síndrome XYY é associado com um risco aumentado de dificuldades de aprendizagem e atraso no desenvolvimento da fala e habilidades de linguagem. Atraso no desenvolvimento de habilidades motoras (como sentar e caminhar), tônus ??muscular fraco (hipotonia), tremores nas mãos ou outros movimentos involuntários (tiques motores) e dificuldades comportamentais e emocionais também são possíveis. Estas características variam muito entre os meninos e homens afetados.

Uma pequena porcentagem de homens com 47 anos, síndrome XYY são diagnosticadas com transtornos do espectro autístico, que são as condições de desenvolvimento que afetam a comunicação ea interação social.

Embora sejam, na maioria, homens normais, os primeiros estudos sugeriam que entre eles ocorria uma freqüência extremamente alta de pacientes retardados mentalmente e com antecedentes criminais; tais estudos revelaram que cerca de 2% dos pacientes Internados em instituições penais e hospícios tinha este cariótipo, o que mostrava serem os indivíduos XYY internados 20 vezes mais numerosos (em lugar de 1 por mil, 2% corresponde a 20 por mil) do que na população livre.

No entanto, os mesmos dados revelaram que 96% dos indivíduos XYY são normais. Deste modo, tornam-se necessárias pesquisas mais amplas antes de se relacionar essa constituição cromossômica particular com determinados traços anormais de comportamento; é especialmente importante evitar uma interpretação Ingênua relacionada com um “cromossomo do crime”.

Uma característica física bem evidente dos XYY é a estatura elevada, pois eles geralmente têm mais de 180 cm, ou seja. são 15cm mais altos do que a média dos indivíduos masculinos cromossomicamente normais.

Podemos sugerir que genes localizados no cromossomo Y elevam a estatura e predispõem seus portadores para comportamentos inesperados; de fato, o perfil psicológico do indivíduo XYY inclui imaturidade no desenvolvimento emocional e menor inteligência verbal, fatos que podem dificultar seu relacionamento interpessoal. Um fato digno de nota é que os pacientes institucionalizados, tanto XY como XYY, exibem uma taxa de testosterona aumentada, o que pode ser um fator contribuinte para a inclinação anti-social e aumento de agressividade.

Fonte: www.geneticalliance.org.uk

Síndrome do Duplo Y

A síndrome do duplo Y é uma aneuploidia dos cromossomas sexuais, onde um humano do sexo masculino recebe um cromossomo Y extra em cada célula, ficando assim com um cariótipo 47,XYY. Devido a não disjunção durante a meiose II paterna, o cromossomo Y transporta relativamente poucos genes, os portadores de um Y suplementar não apresentam anomalias físicas relevantes ou produz um fenótipo discernível. Também é designada como: Trissomia XYY, Aneuploidia 47,XYY ou Síndrome do super-macho.

A síndrome foi descoberta em 1961 por Sandberg, nos EUA. O paciente tinha 44 anos, inteligência não inferior a média, constituição robusta e nenhuma anomalia física.

Em 1965 a sindrome despertou interesse quando publicados dados referentes a um estudo realizado em um manicômio criminal, por Patrícia Jacobs. De 197 com QI abaixo do normal, sete eram portadores de XYY, e de 119 doentes mentais, dois eram portadores.

Em 1968, um jovem francês (Daniel Hugon) é, condenado por homicídio não premeditado porem sua pena foi diminuida, a trissomia XYY entrava pela primeira vez em um tribunal.

Em 1968 encerra-se o processo contra L. E. Hannel, acusado tambem de assassinato, foi inocentado por apresentar no cariótipo um Y suplementar.

ASPECTOS CLÍNICOS

Desenvolvimento e crescimento

Ao nascimento, em geral, não apresentam anormalidades maiores, podendo haver apenas um leve aumento na ocorrência de malformações. A estatura e o peso ao nascimento são inalterados.

Síndrome do Duplo Y

Durante o primeiro ano de vida, os bebês desenvolvem-se normalmente, no início da infância, alguns meninos apresentam um crescimento acelerado, na adolescência o início da puberdade dá-se com um atraso de 6 meses em média ,porém o desenvolvimento dos caracteres sexuais transcorre normalmente.

Inteligência

Podem apresentar um déficit de inteligência, com grande variação de QI menor que nos homens XY, dificuldades de linguagem, aprendizagem e educação, 50% requer educação especial, a maioria envolvendo problemas persistentes de leitura, hiperatividade, distração e crises de fúria.

Personalidade e aspectos psicológicos: Infantilismo, pouco controle emocional, aumento da impulsividade, agressividade e distúrbios psicológicos.

Fertilidade

Regular , os filhos geralmente são normais

Diagnóstico

É confirmado por análise cromossômica, revelando um cariótipo
47,XYY.

Doenças observadas

Leucemia, linfomas, criptorquidia e hipospádias.

Tratamento

Não existe tratamento para esta anomalia genética. No entanto, indivíduos portadores de 47-XYY com distúrbios psicológicos podem receber apoio psicológico durante o seu desenvolvimento

CARACTERÍSTICAS

Apresentam altura média de 1,80m.
Grande número de acne facial durante a adolescência.
Anomalias nas genitálias.
Distúrbios motores e na fala.
Taxa de testosterona aumentada, o que pode ser um fator contribuinte para a inclinação anti-social e aumento de agressividade.
Imaturidade no desenvolvimento emocional e menor inteligência verbal, fatos que podem dificultar seu relacionamento interpessoal.
Crescimento ligeiramente acelerado na infância.
QI ligeiramente abaixo do normal.
Problemas no aprendizado e na leitura.
Volume cerebral reduzido.
Dentes grandes.
Glabela saliente;
Orelhas mais longas que o normal.
Mãos e pés mais compridos.

Fonte: duploy.blogspot.com.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal