Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Bandeira da Suíça  Voltar

Bandeira da Suíça

A Bandeira da Suíça é um dos símbolos nacionais da Suíça, uma república federal situada na Europa Central.

A Bandeira Nacional da Suíça foi adotada oficialmente em 12 de dezembro de 1889.

A bandeira da Suíça é baseada na bandeira do cantão de Schwyz, que é um dos três primeiros cantões do país.

A imagem da bandeira Suíça reflete um estilo bandeira comum desde os tempos medievais, como ele é composto por um quadrado vermelho com um visual arrojado, e uma cruz branca no centro e que não se expande para as bordas da bandeira.

A Bandeira Nacional da Suíça e a bandeira da Cidade do Vaticano são semelhantes. A Bandeira Nacional da Suíça representa a liberdade, a honra, e fidelidade.

A bandeira suíça tradicionalmente representa a liberdade, honra e lealdade. (Honra e Fidelitas "foi inscrito nas bandeiras cruzadas de vários mercenários suíços no século 18).

Nos tempos modernos, e em relação à consistência da política suíça, esta bandeira passou a representar a neutralidade, paz, democracia e asilo.

Bandeira da Suíça
Bandeira da Suíça

Bandeira da Suíça

A bandeira vermelha com a cruz branca está mais na moda do que nunca.

Impressa numa infinidade de objetos, as vendas aumentaram ainda mais às vésperas do 1° de agosto, festa nacional suíça.

Com a seca deste verão, os tradicionais fogos de artificio do 1° de agosto foram proibidos em quase todo o país, devido o risco de provocar incêndios.

Todo tipo de objeto

Primeiro de agosto é a festa nacional suíça, o equivalente ao 25 de abril em Portugal ou o 7 de setembro no Brasil.

No entanto, o que não falta é a bandeira suíça.

Ela está mais na moda do que nunca, impressa em todo tipo de objeto: panelas, bolsas, velas, tapetes, abotoaduras etc. etc.

O precursor foi um seleiro do cantão do Valais que começou a fazer bolsas com cobertores usados do exército suíço, com o emblema nacional.

Dois anos atrás, surgiram as primeiras camisetas vermelhas com a cruz branca no peito. Eram vistas com certa ironia e até críticas de uma parte da população, avessa a qualquer manifestação de patriotismo.

É que, geralmente, os suíços são, primeiro, do lugar onde nascem, depois do cantão (estado) e, por último, do país. Isso é devido à história do país, que é uma confederação de estados, daí o nome oficial de Confederação Helvética.

Não é patriotismo

Daí que a moda da bandeira é ainda mais surpreendente. Uma grande rede de lojas (Globus), por exemplo, lançou recentemente uma campanha de venda de objetos com a bandeira suíça durante um mês.

Uma empresa que fabrica bonés e camisetas e entrega em 300 lojas, diz que não está conseguindo manter os prazos de produção, tamanha a demanda. Os turistas também tem comprado muito esses produtos.

“A cruz federal cola muito bem à moda atual em que o retro virou chique”, afirmou ao jornal Le Matin a conservadora do Museu do Design e Artes Aplicadas Contemporâneas de Lausanne, Claire Favre Maxwell.

Ela não acredita que esteja ocorrendo uma volta do patriotismo. “Com exceção de objetos tradicionais como as bandeirinhas e as lanternas de 1° de agosto, a atitude do consumidor é de ironia”, afirma.

De símbolo gerreiro ao de consumo

“Quando alguém compra uma bolsa feita com um cobertor do exército ou uma caixa de preservativo vermelha com uma cruz branca, os símbolos são completamente deturpados”, acrescenta.

Uma pesquisa recente revelou que apenas 4% dos suíços conhecem o hino nacional, o que tenderia a demonstrar também que não se trata de uma onda de patriotismo.

Historicamente, a cruz branca da bandeira suíça vem do século XIV quando era colocada na farda dos soldados como identificação.

A forma simples e quadrada facilita a impressão sem deformar a bandeira que, de um símbolo guerreiro tornou-se um fenômeno de moda, mais de 700 anos depois.

Bandeira da Suíça

O símbolo da cruz branca sobre fundo vermelho aparece pela primeira vez na história suíça como emblema do cantão de Schwytz, um dos cantões fundadores da Confederação Suíça, em 1291. A bandeira deste cantão ainda hoje tem a cruz branca no ângulo superior direito do seu fundo vermelho. O símbolo do crucifixo simbolizava a liberdade concedida pelo império aos habitantes daquele cantão.

Mais tarde, durante o século XV, as tropas de diversos cantões da antiga confederação combateram sob os seus estandartes cantonais respectivos, nos quais figurava todavia a cruz branca sobre fundo vermelho, signo da sua aliança e promessa de vitória. A partir da guerra da Suábia e ao longo do século XVI, as tropas compostas por regimentos de diferentes cantões combateram no estrangeiro sob a bandeira vermelha com a cruz branca.

Durante os séculos XVII e XVIII, os diferentes emblemas comunais e cantonais foram substituídos por bandeiras com as cores cantonais em forma de labaredas que rodeavam a cruz branca.

Todavia, só no século XIX, após a criação do Estado federal em 1848, a atual bandeira suíça se tornou o estandarte oficial da Confederação.

Quanto à bandeira do movimento internacional da Cruz Vermelha, criada em fins do século XIX por iniciativa do genebrino Henri Dunant, é uma transposição da bandeira suíça, traduzindo assim tanto a origem do fundador do movimento como as tradições humanitárias do país.

Brasão de armas da Suíça

Bandeira da Suíça
Brasão de armas da Suíça

O brasão de armas da Suíça mostra o mesmo branco cruz grega como a bandeira da Suíça , mas em um escudo vermelho.

A aparência do brasão de armas ou escudo varia muito, mas a resolução federal de 12 de dezembro de 1889 sobre o brasão de armas decreta que os quatro braços têm comprimentos iguais, em relação à sua largura de 7:6, e inclui um desenho de o brasão de armas.

Como a bandeira suíça, o brasão é utilizado em muitos artigos, como de francos suíços, chapas de matrícula suíça de carros, e suíço da marca exportações, como canivetes suíços.

O brasão de armas da Suíça é uma cruz branca grego sobre um escudo vermelho e rodeada por uma coroa de flores e amarrado com uma bandeira.

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal
-