Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Cisto Tireoglosso  Voltar

Cisto Tireoglosso

 


REMANESCENTES DO DUCTO TIREOGLOSSO

Cisto Tireoglosso

Conceito

São resultado de falha no desenvolvimento normal da tireóide, podendo ser representados por cistos ou fístulas situados na linha mediana do pescoço. Sua incidência é igual nos dois sexos, sendo três vezes mais freqüentes que os remanescentes branquiais.

Embriologia

A tireóide se desenvolve na base do "V" lingual, migrando anteriormente, passando por dentro do osso hióide, até se localizar anterior-mente à traquéia.

Os remanescentes do ducto tireoglosso mantêm íntima relação com o corpo do osso hióide, ficando em geral ligeiramente abaixo deste ou, raramente, na base da língua.

Os cistos podem sofrer infecção e formarem abscessos, com conseqüente drenagem espontânea ou cirúrgica, resultando na formação de uma fístula.

Esta pode apresentar episódios de fechamento e recidiva, com drenagem de líquido que varia de mucinoso a purulento.

Quadro Clínico

Tumor palpável na linha mediana cervical, aumentando de tamanho com a protrusão da língua, arredondados, não-dolorosos. Orifício fistuloso na linha mediana cervical.

Tumoração cística na linha média do pescoço.

Diagnóstico Clínico

Cintilografia da tireóide para excluir tireóide ectópica.

Tratamento

Excisão da fístula ou do cisto conjuntamente com o corpo do osso hióide, (operação de Sistrunk).

Prognóstico

Bom, quando a cirurgia é realizada corretamente. As recidivas ocorrem quando não há ressecção do corpo do osso hióide juntamente com o cisto e com a fístula.

São complicações descritas na literatura a infecção e a malignização para adenocarcinoma (rara).

Fonte: www.fmtm.br

Cisto Tireoglosso

O que é o cisto do ducto tireoglosso?

É uma doença associada a um defeito na formação de tireóide. A tireóide, que se origina no 2º mês da gestação, na base da língua, a partir de um pequeno grupo de células ( chamado tubérculo ímpar ), mergulha para o meio do pescoço, formando um tubo ou ducto tireoglosso, que vai desde a língua (glosso) até a posição final da tireóide (tireo), próxima ao tórax.

Geralmente, essa estrutura tubular desaparece, mas podem persisitr os restos da mesma. O grupo de células preso no meio do pescoço pode produzir líquidos, aumentando seu tamanho, formando um nódulo, que é chamado cisto do ducto tireoglosso. Por esta razão, a doença se manifesta por um aumento de volume na parte anteior e central do pescoço, em geral antes dos 20 anos de idade, mas que também pode aparecer em faixas etárias mais elavadas.

O nódulo se move para cima ao se colocar a língua para fora, e pode sofrer inflamação, quando se torna doloroso.

Raramente, pode ser abrir a pela, dando saída a um líquido viscoso como uma clara de ovo.

Muito raramente, pode dar origem a umor maligno, o carcinoma do ducto tireoglosso. O tratamente do cisto tireoglosso é cirúrgico, sob anestesia geral, e deve ser efetuado por um especialista em Cirurgia de Cabeça e Pescoço.

Fonte: www.geocities.com

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal