Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Toranja  Voltar

Toranja

 

A árvore de pomelo ( Citrus x paradisi ), às vezes chamado pomelero, é uma árvore da família das Rutaceae, cultivada por sua fruta, o pomelo, Toranja.

No curto período desde sua descoberta, porém ganhou grande favor e é consumido fresco, cozido, ou em sucos e outras preparações, e é uma cultura importante em vários estados dos Estados Unidos, na América do Sul ( Argentina ) e Israel.

Conservação da fruta

Toranja
Toranja

Toranja
Toranja

Tal como em outras espécies de frutos de origem tropical ou subtropical, exige a exposição a temperaturas de 10-15 ° C, Toranja, com uma humidade relativa de 85-90% para a preservação industriais novos.

Nestas condições, vida pós-colheita pode durar de 6 a 8 semanas. três exposição a temperaturas mais baixas pode causar danos causados pelo frio e perda de suculência.

Toranja é um fruto não-climatérico, e produção de etileno é muito baixo. duas frutas sensibilidade à presença de etileno é classificada como moderada.

As respostas à aplicação de atmosfera controlada ( O 2 10,03%; CO 2 3-10%) eram pobres, e existe uma resposta tecnológica de 1-metilciclopropeno , um inibidor da ação do etileno.

Produção

Estados Unidos é o maior produtor de uva do mundo, seguido por China e África do Sul .

Uso

A toranja é principalmente consumida fresca. Ele ganhou popularidade a partir do final do século XIX, quando os agricultores da América Central e da Flórida começou a exportar seus produtos para os Estados Unidos.

Às vezes, se prepara cozido ou ligeiramente refogado , ou se combina com outras frutas e vegetais em saladas. A casca é rica em pectina , por isso é usado em conservas outras frutas.

O óleo essencial obtido a partir da casca é rica em limoneno (até 90%), obtido por press ou destilação, e uma vez reduzido o seu elevado teor de monoterpenos, é utilizado como aromatizante para bebidas carbonatadas.

Seu ingrediente principal é o nookatona e contém compostos oxigenados e sesquiterpenos. De dentro parte branca pode ser extraído naringina , um tônico amargo utilizado em alimentos.

Na Costa Rica , especialmente na área de Atenas , toranjas são cozidos para eliminar a azia.

Em 2007, um estudo realizado por cientistas norte-americanos associados consumo diário de grapefruit trimestre para 30% a mais de chance de desenvolver câncer de mama em mulheres na pós-menopausa. O estudo sugere que esta fruta pode aumentar os níveis de estrogênio no sangue através da inibição da molécula P450 3A4 ( CYP3A4 ), que metaboliza a hormona. Foi estabelecido que o estrogénio está relacionado com o risco de cancro da mama, mas esta é a primeira vez que um alimento consumido é vulgarmente associado ao cancro da mama em mulheres mais velhas.

Contrariamente ao trabalho de Monroe et ai , cinco foram realizados estudos em que foi observado que nenhum consumo de toranja ou sumo de toranja favorece o cancro da mama e também uma redução significativa no risco de cancro do presente em mulheres com maior ingestão de grapefruit e nunca fez terapia hormonal.

Um estudo indicou o risco potencial de tomar certos medicamentos com simultaneidade de Toranja.

Toranja
Toranja

Referências

Jan de Vries: Nederlands etymologisch Woordenboek , 1997.
a b Kader, Adel A., ed (2002). tecnologia pós-colheita de hortaliças (3 ª edição). Oakland, Califórnia: Universidade da Califórnia, Agricultura e Recursos Naturais, Publicação 3311. p. 513. ISBN 1-879906-51-1 .
a b c d Sozzi, GO (2007). árvores de fruto. Ecofisiologia, cultivo e uso . Buenos Aires: Faculdade de Agronomia. p. 781. ISBN 950-29-0974-7 .
news.bbc.co.uk (notícia sobre o câncer de produtos de toranja).
Nature.com (papel de Monroe et al.).
Nature.com (outro artigo).
HealthDay. " Estudo revela que mais e mais drogas que não se misturam com grapefruit ". MedlinePlus (A serviço da National Library of Medicine. Página visitada em 05 de fevereiro de 2013.

Fonte: es.wikipedia.org

Toranja

Nome científico: Citrus paradisi.

O Toranja foi criado no século 18 como um cruzamento entre um pomelo e uma laranja.

Eles receberam o nome de Toranja devido à forma como eles cresceram em aglomerados semelhantes a uvas.

As Toranja variam em tonalidade de branco ou amarelo ao rosa e vermelho e pode variar no sabor muito ácido e até mesmo amargo ou doce e açucarado.

Toranja refrescante e delicioso é rico em fitonutrientes como o licopeno, vitamina A e beta-caroteno.

O fruto é conhecido como "fruto do paraíso" por suas propriedades únicas da doença, bem como de promoção da saúde que impedem, em especial entre os entusiastas do fitness, preocupados com a saúde.

A planta é uma árvore de citrino subtropical.

Botanicamente, ele pertence à grande família Rutaceae de citrinos, no género: Citrus, e intimamente relacionado com laranjas.

Benefícios nutricionais

A Grapefruit não só contêm vitamina C, que é comumente conhecido por ser protetor contra resfriado ou gripe.

Não é apenas um nutriente que ajuda a evitar uma determinada doença, mas sim a combinação de vários ingredientes

Esta fruta suculenta contém ácido cítrico, açúcares naturais, óleos essenciais como o limoneno, pineno e citral.

Tem quantidades elevadas de vitamina C, e quantidades menores de vitamina A, complexo B, E e K.

Origem

Originária provavelmente da Jamaica, como híbrido da espécie nativa Citrus grandi, a toranja apresenta teor de vitamina C superior ao de outras frutas cítricas, todas ricas nesse nutriente.

Toranja, ou grapefruit (Citrus paradisi), é um fruto cítrico, de intensa cor amarela, com aproximadamente o dobro do tamanho da laranja.

Sua polpa, amarelada, suculenta e de sabor muito ácido, pode apresentar tons vermelhos ou rosados.

A toranjeira, árvore semelhante à laranjeira, pertence à família das rutáceas e na fase adulta alcança de quatro a seis metros de altura.

Possui tronco vigoroso e apresenta densa copa, com folhas escuras e brilhantes. A

s flores, grandes e brancas, com pétalas similares às da flor da laranjeira, crescem solitárias, ou em cachos nas axilas das folhas.

As toranjeiras dão frutos de melhor qualidade em solos arenosos e requerem tratamentos de fertilização.

Alcançam a fase adulta aos cinco ou seis anos e produzem em média 600kg de frutos por ano.

Os principais países produtores de toranja e de alguns híbridos de toranja com tangerina são Estados Unidos, Brasil, Israel e África do Sul.

Toranja
Toranja

Fonte: www.medicalnewstoday.com/biomania.com

Toranja

Toranja
Toranja

Descrição

Planta da família das Rutaceae. Também conhecida como pelos nomes de pomelo, jamboa, laranja-melancia, pamplemussa, laranja vermelha, laranja-romã entre outras denominações. É um citrino híbrido, resultante do cruzamento do pomelo com a laranja. Essa árvore atinge a altura de 5-6 metros de altura, embora possam atingir 13-15 metros.

As folhas são verde escuro, longas e magras. Produz flores com quatro pétalas.

O fruto é amarelo-alaranjado e esfolado, amplamente oblatas e intervalos de diâmetro de 10/15 cm.

A carne é segmentada e ácida, variando em cores, dependendo do cultivo, que incluem brancos, rosados e tintos e polpas de diferentes doçuras.

Parte utilizada: Frutos, óleo essencial, sementes.

Origem: Ásia.

Plantio: Floração nos meses de abril a maio, prefere solo rico em húmus e teor de humidade moderado.

Princípios Ativos: acetaldeído, ácido ascórbico (vitamina C), ácido cítrico, apigenina, bergaptol, borneol, carvone, cimeno, citral, cumarina, escopoletina, eugenol, felandreno, geraniol, humuleno, limoneno, naringina, neral, quercetina, quercitrina, saponina, terpineol.

Propriedades medicinais: Adstringente, aromática, conservante, estimulante, fungicida, tônica.

Indicações: desintoxicar, sobretudo o fígado, vias urinárias.

Contra-indicações/cuidados: inibem a isoenzima CYP3A4 do citocromo P450, envolvida no metabolismo de cerca 60% dos fármacos. Isto pode ocasionar uma alteração nos perfis de segurança e toxicidade destas drogas. Foi relatado o caso de grave intoxicação por Verapamil associado à ingestão de suco da fruta . Esta isoenzima é fundamental na oxidação de xenobióticos e a sua inibição aumenta a biodisponibilidade da substância podendo levar à intoxicação mesmo em baixas doses.

Modo de usar:

Na elaboração de compotas e doces caseiros;
Em loções tônicas: para devolver o viço à pele ressecada e envelhecida;
Na forma de pomadas: tratamento de herpes labial e eliminar micoses;
Suco ao natural.

Fonte: www.plantasquecuram.com.br

Toranja

Toranja
Toranja

Toranja
Toranja

A Toranja é um fruto muito rico em Vitamina C e em glúcidos redutores (açúcares diretamente assimiláveis).

Possui propriedades semelhantes às de todos os citrinos (laranjas, tangerinas, limões), embora seja mais sumarento e menos ácido que o limão e, tal como estes, é um fruto das estações frias, Outono / Inverno.

A sua produção em Portugal é reduzida, encontrando-se alguma apenas na região do Algarve, sendo a grande maioria proveniente de importação o que faz com que se encontre à venda durante quase todo o ano.

Segundo o Prof. Nicolas Capo, a toranja contém 3,5% de ácido cítrico, 4% de ácido tartárico, 5% de cálcio, entre outros sais minerais orgânicos. À semelhança de todos os citrinos, é rica em flavonóides que são poderosos antioxidantes e é, igualmente, como todos os da sua família, um fruto anti-cancerígeno. Segundo o Dr. Nuno R. C. Melo, N.D., o consumo diário de citrinos e cenouras contribui para taxas mais baixas de cancros (especificamente cancro do estômago e do pâncreas).

Por exemplo, um sumo de toranja, maçã, cenoura e lima (ou limão) é um excelente anti-cancerígeno (bebido três vezes por dia, em jejum e fora das refeições).

A toranja está tradicionalmente indicada em curas de emagrecimento, é diurética e é um excelente drenante do fígado. Para este efeito, problemas de fígado gordo e intoxicado, é indicado um sumo de toranja com gengibre e hortelã que deve ser bebido em jejum.

Ainda segundo o Dr. Nuno R. C. Melo, N.D., o uso diário de toranja, em fruto mas preferencialmente em sumo, permite deslocar os depósitos existentes nas artérias e nos vasos sanguíneos contribuindo, assim, para prevenir a arteriosclerose.

Indicações terapêuticas: Arteriosclerose, artrite, areias, alergias, angina, anorexia, afecções hepáticas, afecções respiratórias, cancro, candidíase, dermatoses (eczemas e outras), gota, indigestões, inflamações diversas, reumatismo, tuberculose, úlceras de estômago. É igualmente indicada para tratar problemas de alcoolismo. Ajuda a diminuir os níveis de colesterol e, não menos importante, fortalece o Sistema Imunitário.

Deve ser consumida em jejum, bem distanciada das refeições. Os tratamentos podem ir de 3 a 15 dias, consoante os casos (aconselhe-se sempre com um profissional de medicina natural). No Outono, é especialmente indicado o seu uso profilático funcionando como “vacina” natural contra as gripes e constipações do Inverno, podendo inclusive ser tomado o seu sumo puro concentrado (Citrobiotic), de forma gradual durante um período de 10 a 15 dias.

Chá de toranja para Outono-Inverno: Num litro de água, ferve durante 10 minutos: casca de toranja, casca de laranja, casca de limão, 4 anis estrelados. No fim junta 2 rodelas de gengibre, desliga e deixa de infusão 15 minutos. Bebe quente 2 a 3 vezes por dia e antes de deitar.

Nota: para que este chá seja terapêutico, utiliza apenas produtos biológicos (as cascas de frutos não biológicos estão carregadas de produtos químicos tóxicos).

Referências

“Compêndio de Ciências do Homem, da Alimentação e Nutrição Humana”, de Dr. Manuel R.C. Melo, N.D., Plátano Editora
“Medicina Popular”, João Ribeiro Nunes, Litexa Editora
“Vitaminas e Minerais – Para Uma Vida Saudável”, Karen Sullivan, ed. Konemann
“Coma e Cure-se”, Dr. Andrei Dracea, ed. Bodywell

Fonte: www.centrovegetariano.org

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal