Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Turismo - Curso  Voltar

Turismo - Curso

O que é

O Turismo é a atividade de pessoas viajam para ficar em locais fora do seu ambiente habitual para lazer, negócios ou outros fins por não mais de um ano consecutivo

O Turismo é uma indústria dinâmica e competitiva, que requer a capacidade de se adaptar constantemente à evolução das necessidades e desejos dos clientes, como a satisfação do cliente, segurança e diversão são particularmente o foco das empresas de turismo.

O Estudo do Turismo reúne conhecimentos e técnicas para a promoção, criação e desenvolvimento da área turística.

O Bacharel em Turismo planeja atividades turísticas de cidades, estados, comunidades.

Também organiza calendários, implanta novas áreas de lazer, atua junto a patrimônios históricos, faz estudos urbanísticos e dirige empresas turísticas.

O Bacharel em Turismo

Estudar e planejar o potencial turístico de um país, uma cidade ou região, auxiliando o aproveitamento de espaços públicos, naturais e de patrimônios históricos, com o objetivo de definir a melhor maneira de atrair visitantes (Planejamento).
Realiza a promoção de eventos como congressos, simpósios, feiras, reuniões culturais e outros, tanto como organizador quanto executor. (Eventos).
Elabora planos de desenvolvimento turístico para municípios. Estimula as atividades de cultura e lazer para a população local. É Área de Planejamento.
Coordena atividades ligadas à criação de áreas de lazer, estudando as alternativas de recreação, esportivas, educacionais e culturais. É a área de Lazer e Recreação.
Na área de Agenciamento de viagens, ajuda o cliente a escolher um plano de viagem ou uma excursão; informa sobre meios de transporte, alojamento, preços e condições de pagamento. Faz reservas em hotéis, emite passagens, enfim, organiza e administra empresas de turismo.
Presta assistência ao turista durante a viagem.Fornece informações sobre a história e os costumes do local. É o acompanhamento de grupos.

A Evolução do Turismo

Estudar a historia de nossa sociedade é entender o desenvolvimento de muitas questões, entre elas o Turismo. No inicio esta atividade era remetida à educação, de jovens aristocrata ingleses com o intuito de vivenciarem o que só conheciam por livros.

A palavra Turismo provém do latim tornare que quer dizer “dar uma volta”, voltar ao ponto inicial, é também derivada da palavra francesa tour que tem o mesmo significado, daí formou-se o termo Grand Tour, usado pela primeira vez por Richard Lassels no ano de 1970 em seu livro “Voyage of Italy”.

As transformações mais importantes que impulsionaram esta atividade na era industrial foram o desenvolvimento da infra-estrutura, baseada principalmente nos transportes, na comunicação e na organização das cidades.

No século XIX dá-se início a comercialização do turismo pelo inglês Thomas Cook, quando em 1841 este organizou uma viagem de trem com o objetivo de levar um grupo para participar de um encontro anti-alcoólico, entre as cidades inglesas Leicester e Loughborough. É nesse momento que acontece a primeira excursão em todo o mundo, desse modo Cook intensifica progressivamente suas relações comerciais com a implantação da pioneira agência de viagens, a “Thomas Cook e Son” e outras empresas do ramo, tomando o turismo um novo rumo em consequência dessa revolução. A parti daí surgem as idéias de criar oportunidades e eventos que chamassem atenção das pessoas despertando o desejo de participarem de promoções, sendo os eventos um importante expositor, já que foram organizadas feiras e exposições de âmbito universal.

A montagem de pavilhões, de cidades efêmeras destinadas aos objetos e a abrir estas festas de povos, grandes eventos de massas, não apenas animaram os deslocamentos e concentração turística, mas geraram alguns sítios e monumentos significativos, como atrativos para o turismo atual. Basta citar a Torre Effel em Paris, que ressemantizou a cidade como um dos centros avançados da sociedade industrial.

Reconhecido como uma das atividades mais dinâmicas e prósperas do mundo, o turismo na segunda metade do século XX mostra-se como um dos principais setores socioeconômicos mundiais.

Perfil do profissional

O mercado de trabalho espera que o profissional da área seja capacitado para planejar, empreender e gerir empresas turísticas, adaptando-se ao cenário competitivo globalizado, atendendo aos padrões técnicos internacionais.

A Profissão

O bacharel em Turismo planeja e organiza viagens de lazer ou de negócios, feiras, congressos e exposições. Em agências , vende passagens de avião, ônibus ou navios, reserva hotéis, planeja excursões e acompanha grupos de turistas. Em prefeituras e órgãos públicos, planeja a exploração turística de uma região, promovendo e divulgando as atrações locais. Também gerencia as atividades de hotéis e parques temáticos. Há oportunidades de trabalho em sites turísticos voltados para a venda de passagens, excursões e passeios.

Características que ajudam na profissão

Organização, habilidade de lidar com o público e de trabalhar em equipe, criatividade, liderança, iniciativa, dinamismo, facilidade de comunicação.

Campos de Atuação

Companhias aéreas
Hotéis, pousadas e campings (ecoturismo)
Operadoras turísticas, agências de viagens e companhias de cruzeiros
Eventos
Transportadoras
Bares, restaurantes e entretenimento
Órgãos públicos
Assessoria
Consultoria em planejamento turístico e do mercado editorial
Empresas especializadas em promoção e publicidade turística
Consultoria em projetos de turismo para os diferentes meios de comunicação
Docência e pesquisa.

Mercado de Trabalho

Agências de viagens e operadoras de turismo, consultorias, desenvolvimento de projetos turísticos para o setor público e privado (secretarias de turismo e empresas diversas), docência, empresas aéreas, cruzeiros marítimos, transportadoras turísticas terrestres, empreendimentos próprios, empresas organizadoras de eventos, meios de hospedagem (hotéis, resorts, pousadas, etc.).

O ramo de turismo tem se expandido no mercado de trabalho mundial.

Encontram-se em alta o turismo ecológico e o setor de hotelaria, graças à melhoria da qualidade de vida das pessoas

As opções de colocação se diversificaram: além de trabalhar na tradicional área de hotelaria, em que ocupa cargos de gerência e coordenação, os profissionais têm sido contratados por operadoras para elaborar propostas de produtos turísticos, pensando o roteiro, os custos e a viabilidade dos projetos. Institutos de pesquisa, que estudam políticas públicas para incentivar o turismo no país, também absorvem o bacharel.

Como empresários em diferentes categorias:

Agência de viagens e turismo
Em instituições como ONGs, associações e entidades.
Empresas de representações comerciais
Empresas de animação turística
Hotelaria urbana e rural
Locadoras de automóveis
Operadoras de turismo
Organizadoras de eventos.

Objetivos do Curso

Preparar o aluno para trabalhar complanejamento turístico, agências de viagens, hotelaria, lazer e eventos.

Este profissional cuida de tudo que se relaciona ao turismo, verificando a qualidade de hotéis, assegurando a pontualidade dos serviços de transportes; além disso, deve estar apto a desenvolver projetos de lazer e de planejamento turístico para contextos específicos, tais como lazer para terceira idade, creches, hospitais, turismo educacional, ecológico e empresarial.

O Curso

O curso de Turismo prepara o aluno para atuar nas áreas de planejamento turístico, agências de viagens, hotelaria, lazer e eventos.

Este profissional cuida de tudo que se relaciona ao turismo, verificando a qualidade de hotéis, assegurando a pontualidade dos serviços de transportes. Além disso, deve estar apto a desenvolver projetos de lazer e de planejamento turístico para contextos específicos, tais como lazer para terceira idade, creches, hospitais, turismo educacional, ecológico e empresarial.

O currículo inclui várias disciplinas da área de Ciências Humanas, como história, geografia e português, além das matérias específi cas, como planejamento turístico. As atividades práticas ganham atenção especial nessa graduação. Nelas, o aluno aprende a organizar passeios e eventos e a implantar e administrar empresas do setor hoteleiro e turístico. O estágio é obrigatório a partir do terceiro ano. O currículo de cada escola pode variar, com relação à ênfase. Alguns se voltam mais para administração; outros, para aspectos específicos dos setores de hotelaria e turismo. Várias escolas oferecem habilitação para uma área específica, como ecoturismo. A carreira de Agências e Eventos possibilita, ao fim do quarto ano, que o aluno faça o curso de guia e seja credenciado pela Embratur com o título de técnico em guia de turismo. Em Turismo Bilíngue, o estudante recebe a formação em língua inglesa de maneira integrada ao contexto do turismo.

Duração média: 4 anos.

Fonte: www.go2hr.ca/www.estacio.br/www.revistaturismo.com.br/www.cesufoz.edu.br

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal