Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Ureaplasma  Voltar

Ureaplasma

Ureaplasma urealyticum

O que é

Ureaplasma e micoplasmas são bactérias que podem ser comumente encontradas no trato reprodutivo de homens e mulheres.

Ele é um pouco mais problemático para rotular essas duas bactérias como agentes patogênicos do trato reprodutivo, porque são muitas vezes encontrados em, pares férteis saudáveis, além dos com infertilidade.

Embora a presença destas duas bactérias foi levantada a hipótese tanto na infertilidade e aborto espontâneo, os mecanismos específicos pelos quais prejudicam a fertilidade permanece obscura.

A questão de se ureaplasma ou mycoplasma podem causar danos no trato reprodutivo ou se a sua presença aumenta a taxa de aborto não foi definitivamente respondidas. Como conseqüência, muitas clínicas não fazem testes para ureaplasma ou mycoplasma rotineiramente.

Se as culturas do colo do útero para ureaplasma e micoplasma são positivos, tanto para o paciente e seu parceiro sexual são geralmente tratadas com antibióticos, como a doxiciclina. Como essas bactérias podem ter estado presentes durante muitos anos sem causar sintomas, o achado de ureaplasma e micoplasma em culturas cervicais não indica de forma alguma infidelidade ou má conduta sexual.

Sinônimos: Uretrite inespecífica, Uretrite não gonocócica.

Conceito

Doença infecto-contagiosa dos órgãos genitais e urinários masculinos ou femininos.
Caracteriza-se pela presença (pode não ocorrer) de secreção (corrimento) uretral escassa, translúcida e geralmente matinal.
Um ardor uretral ou vaginal pode ser a única manifestação.
Quando não tratada, pode permanecer durante anos contaminando as vias genitais dos pacientes.
É importante saber que mesmo a pessoa assintomática (portadora da doença mas sem sintomas) pode transmiti-la.

Agente: Ureaplasma urealyticum.

Complicações/Consequências

Corioamnioite, baixo peso ao nascer.

Forma de contaminação

Relação sexual

Período de Incubação

Aproximandamente de 10 à 60 dias.

Tratamento

Antibiótico oral.

Prevenção

Camisinha, tratamento simultâneo do(a) parceiro(a).

Fonte: www.dstfacil.hpg.ig.com.br

Ureaplasma

Ureaplasma e Infecções por Mycoplasma

O que são as infecções Ureaplasma e Mycoplasma?

Ureaplasma e Mycoplasma estão entre as menores bactérias de vida livre. Ao contrário de outras bactérias no entanto, esses organismos não possuem uma parede celular e vivem dentro das células. No entanto, eles também podem viver em culturas fora das células, semelhante à maneira como os vírus vive. Ao contrário dos vírus, no entanto, eles podem ser mortos por certos antibióticos.

Quais os sintomas que ureaplasma e micoplasma podem causar?

Os sintomas podem ser "silenciosa" ou pode causar sintomas perceptíveis como corrimento, ardor, freqüência urinária, urgência urinária e dor.

Como são diagnosticada a ureaplasma e micoplasma ?

Exames laboratoriais especiais e culturas (um método de multiplicação das bactérias para melhor identificá-los) é necessária.

O diagnóstico e o tratamento de doenças que envolvem estes organismos é particularmente difícil devido às seguintes razões:

Estes organismos necessitam de testes especiais e mesmo quando estes testes especiais são realizadas, ele ainda pode ser muito difícil isolar os organismos e tratar o paciente.
Os testes não são algo feito por um médico de clínica geral típico ou ginecologista.
Apenas poucos antibióticos matam estas bactérias em particular e os antibióticos têm de ser tomadas por muitos dias, semanas ou até mais
Muitos pacientes não tomam seus medicamentos prescritos, não tomar seus medicamentos por tempo suficiente para ser curado, ou entrar em contato próximo com uma pessoa infectada e se tornar infectado.

É importante notar que as doenças causadas por estas bactérias pode ser adquirido em todos os tipos de formas.

Como exemplo, uma das maneiras ureaplasma podem ser adquiridas através de relações sexuais.

No entanto, um diagnóstico de ureaplasma em si mesmo ou o seu parceiro não implica que a infidelidade ocorreu. Não há nenhuma maneira de saber ao certo como ou quando o organismo realmente foi transmitida ao primeiro parceiro. O que se sabe com certeza é que ambos os parceiros são tratados para ajudar a evitar a propagação possível eo desenvolvimento de problemas de bexiga entre os dois indivíduos.

Como são tratada as doenças causadas por ureaplasma e micoplasma ?

Geralmente, o tratamento consiste na utilização de certos antibióticos, a partir de uma família de antibióticos chamados as tetraciclinas ou eritromicinas.

Não se esqueça de informar o médico se você é alérgico ao medicamento antes de tomá-lo.

Não se envolva em atividade sexual, enquanto estiver a tomar a prescrição de antibióticos. Tome o antibiótico prescrito e pelo tempo determinado pelo seu médico. Isto é importante para assegurar que o microrganismo seja totalmente eliminado.

Importante

Se você é sexualmente ativa, o seu parceiro também terá de tomar o antibiótico prescrito e pelo tempo determinado pelo seu médico, para tratar a infecção..

Tratamentos de primeira linha ou são:

Doxiciclina 100 mg, 1 comprimido, tomado por via oral duas vezes ao dia, durante 14 dias, ou
Eritromicina 400 mg, 2 comprimidos, tomados por via oral, quatro vezes ao dia durante 7 dias

Idealmente, o parceiro deve ser colocado sobre o mesmo antibiótico como o paciente. Você deve ser testada novamente para o organismo depois de terminar o curso de antibióticos, o que pode ser feito em seu hospital local, o escritório de seu médico local, ou um laboratório. Naquela época, a urina ou espécime vaginais serão tomadas e recultivadas para determinar se a bactéria é completamente eliminado do seu corpo. Aconselhamos que o seu parceiro ser testada ou testadas novamente para este organismo. Às vezes você pode precisar de mais uma rodada de antibióticos para tratar a infecção novamente.

Importante: Esta informação não se destina a substituir a consulta médica.

Fonte: my.clevelandclinic.org

Ureaplasma

Cervicite por Chlamydia

A uretrite não-gonocócica e cervicite por Chlamydia são doenças sexualmente transmissíveis causadas geralmente pela Chlamydia trachomatis ou, nos homens, pelo Ureaplasma urealyticum, e, algumas vezes, pelo Trichomonas vaginalis ou pelo vírus do herpes simples.

Essas infecções são denominadas “não-gonocócicas” para indicar que não são causadas pela Neisseria gonorrhoeae, a bactéria causadora da blenorragia (gonorréia).

A Chlamydia trachomatis é responsável por aproximadamente 50% das infecções uretrais em homens não causadas pela blenorragia e pela maioria das infecções piogênicas do colo uterino não causadas pela blenorragia.

A maioria dos casos restantes de uretrite é causada pelo Ureaplasma urealyticum, uma bactéria similar aos micoplasmas. As clamídias são pequenas bactérias que somente conseguem se reproduzir no interior das células. Os ureaplasmas são bactérias muito pequenas que não possuem uma parede celular rígida, mas conseguem se reproduzir fora das células.

Sintomas e Diagnóstico

Normalmente, entre 4 e 28 dias após uma relação sexual com uma pessoa infectada, um homem infectado sente uma discreta sensação de queimação na uretra ao urinar. É comum que, ele apresente uma secreção uretral, a qual pode ser clara ou turva, mas geralmente é menos espessa do que a secreção da blenorragia.

Pela manhã, o orifício órgão genital masculino freqüentemente encontra- se hiperemiado e colado pela secreção ressecada.

Ocasionalmente, a doença começa de forma mais dramática.

O homem apresenta dor à micção, necessita urinar com maior freqüência e apresenta uma secreção uretral purulenta.

Embora a maioria das mulheres infectadas pelar Chlamydia seja assintomática, algumas apresentam uma urgência freqüente para urinar, dor à micção, dor na região abdominal inferior, dor durante a relação sexual e secreção vaginal mucopurulenta amarela.

O sexo retal ou oral com um parceiro infectado pode acarretar uma infecção do reto ou da garganta. Essas infecções podem causar dor e uma secreção mucopurulenta amarela.

Na maioria dos casos, uma infecção causada pela Chlamydia trachomatis pode ser diagnosticada através do exame laboratorial da secreção uretral ou cervical.

As infecções causadas pelo Ureaplasma urealyticum não são diagnosticadas especificamente nas instituições clínicas comuns.

Como a cultura desse microrganismo é difícil e as outras técnicas diagnósticas são caras, o médico, em geral, supõe um diagnóstico de infecção por Chlamydia ou por Ureaplasma baseando-se nos sintomas característicos concomitantemente com as evidências contra a presença da blenorragia.

Complicações e Prognóstico

Quando uma infecção causada pela Chlamydia trachomatis não é tratada, os sintomas desaparecem em 4 semanas em aproximadamente 60 a 70% dos indivíduos.

No entanto,uma infecção por Chlamydia pode causar uma série de complicações. Não está claro se o Ureaplasma tem algum papel nessas complicações.

Quando não tratada, uma infecção por Chlamydia em mulheres freqüentemente ascende até as tubas uterinas, onde a inflamação pode causar dor e a cicatrização pode causar infertilidade e gravidez ectópica.

Estas últimas complicações podem ocorrer sem sintomas prévios e acarretar sofrimento e custos médicos consideráveis. Nos homens, a Chlamydia pode causar epididimite, a qual produz um edema doloroso da bolsa escrotal, uni ou bilateral.

Tratamento

Geralmente, as infecções por Chlamydia e por Ureaplasma são tratadas com tetraciclina ou doxiciclina por via oral, durante pelo menos 7 dias, ou com uma dose única de azitromicina.

As mulheres grávidas não devem tomar tetraciclina. Em aproximadamente 20% dos indivíduos, a infecção recorre após o tratamento.

Nestes casos, o tratamento é repetido por um período mais longo.

Os indivíduos infectados que têm relações sexuais antes do término do tratamento podem infectar seus parceiros.

Assim, quando possível, os parceiros sexuais devem ser tratados simultaneamente.

Fonte: www.msd-brazil.com

Ureaplasma

O ureaplasma é uma infecção bacteriana muito comum, causada pela bactéria ureaplasma urealyticum, que afeta até 70% das mulheres e dos homens.

Apesar de na maioria dos casos ser transmitido por contato sexual, o ureaplasma nem sempre é considerado uma DST, podendo por vezes ser classificado como uma simples infecção bacteriana. Esta infecção é muito contagiosa e pode ser transmitida pelo sangue, saliva e até pelo ar. A maioria das pessoas infectadas com esta DST não notam quaisquer sintomas, pelo que não percebem que estão infectadas.

Existem dois tratamentos para o ureaplasma disponíveis na euroClinix, a Azitromicina e a Doxiciclina. Ambos são tratamentos antibióticos clinicamente comprovados eliminar a infecção. Tudo o que precisa fazer é completar uma consulta online connosco. Se o medicamento estiver indicado para si, será enviado diretamente para a morada indicada.

Azitromicina

A azitromicina é um antibiótico altamente eficaz no tratamento da clamídia, do ureaplasma, da uretrite não-específica e do micoplasma. A azitromicina tem uma concentração elevada, o que significa que pode ser tomada como tratamento a curto-prazo, para eliminar a infecção em poucos dias.

Doxiciclina

A Doxiciclina é um antibiótico de largo espectro, o que significa que pode tratar várias infecções, incluindo a clamídia, o ureaplasma e a uretrite não-específica.

A Doxiciclina está disponível numa dose mais baixa que os outros tratamentos, estando indicada para pessoas que não podem tomar medicamentos mais fortes, sem comprometer a sua eficácia. A Doxiciclicina pode tratar as DSTs rapidamente e com eficácia, com efeitos secundários mínimos.

Quais são as causas do ureaplasma?

A infecção por ureaplasma urealyticum é muito contagiosa e pode ser transmitida de várias formas, incluindo o contato sexual, transfusões de sangue, partilha de agulhas, pela saliva e pelo ar.

Fazer sexo desprotegido pode aumentar a probabilidade de contrair a infecção, especialmente no caso do contato com vários parceiros.

Quais são os sintomas do ureaplasma?

Na maioria dos casos, os sintomas do ureaplasma não existem, motivo pelo qual a maioria das pessoas não percebe que está infectada. Por este motivo, é uma boa ideia testar-se contra as DST, de forma a assegurar-se que está livre da doença.

Os sintomas do ureaplasma que ocorrem mais frequentemente incluem dor ao urinar, dor no baixo abdómen, hemorragia na uretra e corrimento anormal. É frequente que as pessoas se apercebam que sofrem desta infecção quando notam sintomas de outras condições como a epididimite, a corioamnionite ou uretrite.

O ureaplasma pode causar complicações?

Pode curar o ureaplasma de forma simples com um ciclo de antibióticos, uma vez que a infecção não tratada pode levar a danos a longo-prazo. Por exemplo, a infertilidade, a uretrite não-específica, a meningite, o parto prematuro, a corioamnionite e a pneumonia podem ser relatadas com consequências possíveis desta infecção. Existe também a possibilidade de a infecção se disseminar pelo corpo, causando danos nos nervos, articulações e músculos.

Posso comprar o tratamento para o ureaplasma online?

Sim, pode encomendar Azitromicina ou Doxiciclina para o tratamento da ureaplasma na euroClinix. Apenas tem de preencher uma consulta online grátis para avaliar a sua adequação ao medicamento. Assim que esta consulta tiver sido avaliada por um dos nossos médicos online, ser-lhe-á prescrita uma receita. O medicamento será posteriormente enviado a partir da nossa farmácia para a sua morada pelo nosso serviço de entrega expresso grátis.

Fonte: www.euroclinix.com.pt

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal