Breaking News
210-060 vce 70-412 vceMicrosoft Real Exam Questions - 100% Free VCE Files 700-501 vce 70-417 vce 200-125 exam Cisco CCENT/CCNA ICND1 100-105 exam Training 210-260 exam 300-075 exam 300-070 exam 200-105 exam 300-101 exam Pass CISCO 300-115 exam - test questions 200-310 exam SY0-401 exam 400-101 exam EX200 exam Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS EX300 exam 400-051 exam 200-355 exam 300-320 exam Download 3I0-012 exam PDF Questions Answers 070-463 exam 300-206 exam 640-916 exam Exam Ref 70-697 exam Configuring Windows 210-451 exam 1Y0-201 exam 070-346 exam 100% Pass Guarantee of Your 640-911 exam
Home / Arte / Tábua Cronológica

Tábua Cronológica

 

Tábua Cronológica: ANTES DE CRISTO

c. (cerca de) 1550 a.C.: No Egipto, Amosis I expulsa os hicsos e invade a Núbia. l Papiro Ebers (medicina). l Segundo apogeu de Cnossos. l Os hebreus estabelecem-se na Palestina. l Os árias estabelecem-se na Índia. l Fundação da dinastia Chang, na China.

c. 1500 a.C.: Expansão do Egipto, sob a regência do faraó Tutmosis III. l Minos, rei de Creta; apogeu da talassocracia minoana. l Composição provável dos Rig-Veda, hinos védicos.

c. 1450 a.C.: Os fenícios na Síria. l Egipto potência imperial. l Iniciada a construção do templo de Luxor.

c. 1400 a.C.: Os aqueus sacodem o jugo de Cnossos (Creta); a lenda de Teseu mitifica esta libertação dos atenienses. l Metalurgia do ferro. l Primeiros indícios da escrita chinesa.

c. 1345 a.C.: O faraó Akhenaton implanta uma religião monoteísta.

c. 1330 a.C.: Tutankamon restabelece o antigo culto no Egipto. l Os árias invadem o vale do Indo.

c. 1300 a.C.: Tratado de aliança entre Ramsés II e os hititas. l Edificação do templo de Karnac l Invenção do alfabeto, pelos Fenícios. l Êxodo dos judeus do Egipto, conduzidos por MOISÉS.

c. 1250 a.C.: Os medos e os persas instalam-se no Irão. l Os dórios invadem a Grécia e as costas da Ásia Menor. l Expansão das armas e utensílios de ferro.

c. 1200 a.C.: Ramsés III reconstrói o império egípcio. l Fim do poder hitita. l Início das dinastias da Babilónia. l Guerra de Tróia entre o Oriente e o Ocidente, visando o domínio do Helesponto. l Os celtas ocupam a Europa central. l Os hebreus instalam-se no sul da Palestina (Canaã).

c. 1150 a.C.: Os filisteus na Síria.

c. 1100 a.C.: Os fenícios fundam Gades (Cádis). l Os celtas na Grã-Bretanha.

c. 1050 a.C.: Saul, rei dos judeus. l Dinastia Chou, na China.

c. 1000 a.C.: Predomínio das cidades fenícias Biblos, Tiro e Sidón l David, rei de Judá e depois de todo o Israel; construção do templo de Jerusalém. l Os povos arianos estabelecem-se na Espanha e na Itália. l Na Índia, domesticação da galinha.

c. 950 a.C.: Separação dos reinos de Judá e de Israel. l XX Dinastia no Egipto.

c. 900 a.C.: Assurbanibal II, rei dos assírios, alarga o seu domínio até ao Mediterrâneo. l Os fenícios fundam Cartago. l Os celtas na Gália. l O profeta Elias, em Israel. l Construção do palácio assírio de Kalach l Os gregos introduzem as vogais no alfabeto.

c. 850 a.C.: Os etruscos na Itália. l Os lídios cunham moeda. l Em Esparta, Licurgo redige as suas Leis. l Poemas de Homero; primeiro a Ilíada e muito depois a Odisseia.

800 a.C.: Os etruscos fixam-se na Toscânia.

790 a.C.: Os etíopes conquistam o Egipto e fundam a XXV dinastia.

776 a.C.: Primeiros jogos olímpicos.

753 a.C.: Fundação lendária de Roma.

c. 750 a.C.: Os Trabalhos e os Dias, do poeta grego Hesíodo.

745 a.C.: Tiglatfalasar conquista a Babilónia e funda o novo império babilónico.

c. 735 a.C.: Primeira guerra entre Esparta e Messénia.

722 a.C.: Feudalismo na China. l Sargon II (sumério) dá aos assírios armas de ferro. l No ano seguinte deportará os israelitas.

c. 682 a.C.: Segunda guerra Messénica.

680 a.C.: Esarhaddon apodera-se de Tebas (Egipto) e derruba a XXV dinastia etíope. l Invenção da moeda pelos gregos.

668 a.C.: Biblioteca de Ninive.

664 a.C.: Psamético I liberta o Egipto dos assírios e funda a XXVI dinastia que durará até 610 a.C.

658 a.C.: Fundação da colónia grega de Bizâncio.

c. 650 a.C.: Tratados teológicos na Índia: Brahmanas, Upanishads e Sutras.

c. 640 a.C.: Os reis etruscos passam a governar Roma. l Deuteronómio, legislação hebraica.

c. 638 a.C.: Abolição da monarquia em Atenas, passando o poder para os arcontes e estrategas.

c. 620 a.C.: Leis de Dracon, em Atenas. l Na Pérsia, apogeu de Zoroastro.

612 a.C.: Destruição de Ninive pelos medas e caldeus, fim do poderio assírio.

608 a.C.: Necau do Egipto bate Josias, rei de Judá. l Tomada de Ninive pelos caldeus e medas; fundação do império caldeu.

604 a.C.: Necau avança até o Eufrates e é derrubado por Nabucodonosor; este leva para Babilónia os judeus prisioneiros.

c. 600 a.C.: Data provável do início da viagem de circum-navegação da África, ordenada por Necau, rei dos fenícios. l Fundação da colónia grega de Massilia (Marselha). l Invenção da soldadura de ferro. l Concluída a composição da maior parte dos livros proféticos do Antigo Testamento: Pentateuco e os Livros de Samuel. l Lesbos: Poesia de Safo. l Começo da escrita, entre os latinos. l Apogeu de Heráclioto, autor de Da Natureza.

594 a.C.: Reformas de Solon, em Atenas.

586 a.C.: Nabucodonosor conquista Jerusalém; cativeiro dos judeus, na Babilónia.

585 a.C.: Tales de Mileto prevê um eclipse.

564 a.C.: Apogeu de Lao Tse, fundador do taoismo.

c. 563 a.C.: Nascimento de BUDA

561 a.C.: Primeiras festas dionísicas, em Atenas.

552 a.C.: Morre Polícrates, tirano de Samos e o poeta Anacreonte muda-se para Atenas

551 a.C.: Nascimento de CONFÚCIO.

c. 550 a.C.: Sob a orientação de Esparta é organizada a Liga do Peloponeso. l Ciro II, rei dos persas. l Inventado o tear manual, na China. l Esopo: Fábulas.

546 a.C.: As cidades gregas da Ásia Menor sob o domínio de Ciro II, rei dos persas.

547 a.C.: Morre o filósofo Anaximandro, autor de Da Natureza.

538 a.C.: Ciro II conquista a Babilónia e funda o império persa.

535 a.C.: Na China, o primeiro dos códigos penais.

c. 532 a.C.: Apogeu de Pitágoras.

525 a.C.: O Egipto conquistado por Cambises, filho de Ciro II.

521 a.C.: Dário, rei dos persas. l A mística de Zoroastro passa a ser a religião do Estado persa.

c. 520 a.C.: Apogeu de BUDA, na Índia.

510 a.C.: Os espartanos em Atenas. l Apogeu de CONFÚCIO, na China.

509 a.C.: Em Roma, revolução patrícia, expulsão dos etruscos, fim da realeza e proclamação da República.

507 a.C.: Sob a orientação de Clístenes, fundação da democracia ateniense. l Em Roma, consagração do Capitólio a Júpiter.

c. 498 a.C.: A cidade persa de Sardes é destruída pelos Gregos.

494 a.C.: Prelúdio das guerras médicas: derrota grega na batalha naval de Lades e destruição de Mileto. l Em Roma é criada a Assembleia da Plebe.

490 a.C.: Primeira guerra médica: Dário I na Grécia, batalha da Maratona.

485 a.C.: Xerxes, rei da Pérsia.

c. 483 a.C.: Morte de BUDA. l Morte de Heraclito, filósofo grego.

482 a.C.: Construção da esquadra ateniense.

480 a.C.: Segunda guerra médica: batalhas de Termópilas e de Salamina.

479 a.C.: Segunda guerra médica: batalhas de Platéa e de Micale; os persas são repelidos da Grécia. l Morte de CONFÚCIO.

478 a.C.: Siracusa, grande centro cultural grego.

477 a.C.: Formação da Liga de Delos; a Pérsia irá reconhecer o mar Egeu como «lago ateniense».

474 a.C.: A frota etrusca é destruída pelos gregos da Sicília.

472 a.C.: Ésquilo: Os Persas.

c. 470 a.C.: Data provável do nascimento de SÓCRATES.

460 a.C.: Data provável do nascimento de HIPÓCRATES.

458 a.C.: Ésquilo: Orestíada (Agamenon, As Coéforas e As Euménides).

450 a.C.: Surge na Grécia o moinho movido por força animal. l No Império Romano, data provável da primeira lei escrita: Lei das XII Tábuas. l Apogeu de Empédocles, autor de Da Natureza e Purificações.

448 a.C.: Fídias: estátua de Zeus.

447 a.C.: Em Atenas é iniciada a construção do Partenon.

c. 445 a.C.: Apogeu de Protágoras, autor de Antilogias e Verdade.

c. 443 a.C.: Apogeu de Péricles, em Atenas. l Heródoto, o historiador grego, muda-se para a Sicília, onde contribui para a fundação de uma colónia.

442 a.C.: Sófocles: Antígona.

432 a.C.: O filósofo Anaxágoras é acusado de impiedade.

431 a.C.: Guerra do Peloponeso que terminará em 404 com a sujeição de Atenas a Esparta. l Eurípedes: Medeia. l Florescem os sofistas em Atenas.

430 a.C.: Peste em Atenas. l Data provável em que o Oráculo de Delfos aponta SÓCRATES como o mais sábio dos homens.

428/27 a.C.: Nascimento de PLATÃO.

425 a.C.: Floresce Tucidides, autor da História da Guerra dos Peleponesos e Atenienses.

423 a.C.: Aristófanes: comédia As Nuvens, na qual faz a caricatura de SÓCRATES.

c. 420 a.C.: Apogeu de Demócrito, filósofo que defende o atomismo.

418 a.C.: Os espartanos derrotam os atenienses na batalha de Mantinea.

413 a.C.: Arquelau inicia a helenização da Macedónia. l Eurípedes: Electra.

411 a.C.: Aristófanes: Lisistrata.

c. 410 a.C.: Apogeu de HIPÓCRATES.

409 a.C.: Os atenienses derrotados em Éfeso. l Cartagineses contra os gregos da Sicília.

405 a.C.: Aniquilamento da frota ateniense.

404 a.C.: Capitulação de Atenas. l Fim da guerra do Peloponeso.

401 a.C.: Retirada dos 10.000 gregos, sob o comando de Xenofonte, e ao serviço dos persas.

c. 400 a.C.: Por esta época é redigido o Livro de Job.

399 a.C.: Julgamento, condenação e morte de SÓCRATES.

396 a.C.: Guerra romano-etrusca.

389 a.C.: Os atenienses reconstroem a sua esquadra.

387 a.C.: PLATÃO abre a sua Academia, em Atenas. l Roma é invadida pelos gauleses.

384 a.C.: Nascimento de ARISTÓTELES.

379 a.C.: Apogeu de Kidinu, astrólogo caldeu.

375 a.C.: Xenofonte: Anabasis.

362 a.C.: Esparta e Atenas, em aliança, são derrotados pelos tebanos na batalha de Mantineia.

c. 360 a.C.: Morte de HIPÓCRATES.

359 a.C.: Filipe I, rei da Macedónia.

356 a.C.: Nascimento de ALEXANDRE (Magno) na Macedónia.

351 a.C.: Demóstenes: Primeira Filípica.

350 a.C.: Primeiros tratados de medicina chinesa.

347 a.C.: Morte de PLATÃO.

343 a.C.: Filipe convida Filipe convida ARISTÓTELES para preceptor de ALEXANDRE.

338 a.C.: Na batalha de Queronéia Filipe II da Macedónia vence os exércitos da aliança Tebas-Atenas.

336 a.C. Filipe é assassinado e ALEXANDRE sucede-lhe no trono da Macedónia.

335 a.C.: ARISTÓTELES abre o Liceu, em Atenas. l Expedição de ALEXANDRE ao Danúbio. l Fundação de Ostia pelos romanos.

334 a.C.: ALEXANDRE derrota um exército persa nas margens do Granique.

333 a.C.: Alexandre vence a batalha de Issus e submete os países mediterrânicos dependentes da Pérsia; é senhor do Egipto; funda Alexandria; por esta época, o pintor Apeles começa a retratá-lo.

331 a.C.: Vitória de ALEXANDRE sobre Dário III, Imperador da Pérsia.

330 a.C.: Viagem de Pítias, de Marselha aos Mares do Norte.

327 a.C.: ALEXANDRE penetra no vale do Indo.

323 a.C.: Morte de ALEXANDRE na Babilónia.

322 a.C.: Morte de ARISTÓTELES.

321 a.C.: Chandragupta firma-se no Pendjab. l Os romanos derrotados pelos Sâmnitas na batalha de Forcas Caudinas.

312 a.C.: Apio Claudio, censor de Roma. l Em Roma, construção da Via Apia e do Aqueduto.

307 a.C.: Epicuro em Atenas.

c. 300 a.C.: Euclides: Elementos de Geometria. l Desenvolvimento da escrita sânscrita. l Escrita pictográfica maia.

c. 294 a.C.: Em Alexandria funcionam o Museu e a Biblioteca.

290 a.C.: Os romanos derrotam os samnitas, aliados dos etruscos e dos gauleses.

288 a.C.: Pirro, rei de Epiro e da Macedónia.

c. 285 a.C.: Construção do Colosso de Rodes (ilha do mar Egeu).

282 a.C.: Os romanos conquistam as cidades gregas no sul da Itália.

281 a.C.: Pirro, rei do Épiro, invade a Itália.

279 a.C.: Invasão da Macedónia e da Grécia pelos celtas. l Batalha de Ausculum.

278 a.C.: Os gauleses invadem a Ásia Menor e estabelecem-se na Galácia.

c. 276 a.C.: Apogeu de Teócrito.

272 a.C.: Queda de Tarento (colónia grega); Pirro abandona a Itália e esta fica sob o domínio dos romanos.

c. 269 a.C.: Na Índia, apogeu da dinastia Mauria.

264 a.C.: A Itália unificada sob o domínio romano. l Primeira guerra púnica. l No Bebar, início do reinado de Asoka que durará até 227.

c. 255 a.C.: Apogeu de Apolónio de Rodes, autor de Argonáutica.

c. 250 a.C.: No reinado de Asoka, difusão do budismo na Índia.

247 a.C.: Arsácio I, rei dos Partos (Pérsia).

c. 240 a.C.: Obras de irrigação na China.

c. 233 a.C.: Crisipo de Solis dirige a escola estóica.

221 a.C.: Aníbal em Espanha. l Na China, dinastia Chin.

218 a.C.: Início da segunda guerra púnica. l Aníbal atravessa os Alpes e derrota os romanos em Trebia. l Tropas romanas desembarcam na Península Ibérica.

216 a.C.: Tcheng-Mo aperfeiçoa os caracteres da escrita chinesa.

214 a.C.: Chi-Huang-Ti inicia a construção da Grande Muralha.

212 a.C.: Marcelo conquista Siracusa; durante o saque da cidade, Arquimedes é morto.

202 a.C.: Na China, dinastia Han que durará 4 séculos.

201 a.C.: Aníbal restaura o poderio de Cartago. l Tribos germânicas chegam ao Mar Negro. l Os hunos na Mongólia e Turquestão.

c. 200 a.C.: Roma, comédias de Plauto. l Redacção do Eclesíastes bíblico. l Mahabharata e Ramayana, epopeias hindus. l Regras Aritméticas de Nove Partes, tratado chinês.

194 a.C.: Na Península Ibérica, combates entre romanos e lusitanos.

192 a.C.: Pedra de Roseta (em grego e egípcio).

181 a.C.: Sublevação em Espanha contra os romanos.

180 a.C.: Grande Altar de Zeus, em Pérgamo.

172 a.C.: Segunda guerra macedónica.

168 a.C.: Em Jerusalém, Antíoco reprime os judeus.

167 a.C.: Revolta dos judeus sob a direcção de Judas Macabeu.

c. 166 a.C.: Os hunos começam a invadir a China. l Em Roma, comédias de Terêncio.

160 a.C.: Derrota e morte de Judas Macabeu.

154/136 a.C.: Viriato em luta contra os romanos.

150 a.C.: Primeira invasão dos germanos, na Gália.

149 a.C.: Terceira guerra púnica; os romanos apoderam-se de todo o Mediterrâneo Central. l Os Lusitanos, comandados por Viriato, revoltam-se contra os romanos.

148 a.C.: A Macedónia é convertida em província romana.

146 a.C.: A Grécia é anexada à província romana da Macedónia. l Destruição de Cartago. l Os romanos traduzem Agricultura do cartaginês Mago.

138 a.C.: O romano Décio Júnio fortifica Olisipo (Lisboa).

133 a.C.: Tibério Graco, tribuno romano, assassinado no mesmo ano. l Átalo lega Pérgamo a Roma.

130 a.C.: Observações astronómicas de Hiparco de Nicea.

125 a.C.: Os romanos iniciam a conquista da Gália meridional.

123 a.C.: Caio Graco, tribuno; renovação da lei agrária.

121 a.C.: Assassinato de Caio Graco; inicia-se a abolição da lei agrária. l Campanha de Wu Ti contra os hunos.

120 a.C.: Os romanos conquistam a Gália Meridional (Provença).

115 a.C.: É estabelecido um regular intercâmbio entre a China e o Oriente Romano.

100 a.C.: Triunfo de Mário. l Nascimento de JÚLIO CÉSAR. l A China conquista o vale de Tarim.

96 a.C.: A Cirenaica passa para Roma, por legado dos Ptolomeus.

89 a.C.: Depois de lutas e revoltas, todos os italianos adquirem a cidadania romana.

87 a.C.: Revolução democrática em Roma, o poder partilhado entre Cinna e Mário. l Sila invade a Grécia.

86 a.C.: Sila saqueia Atenas. l Morte de Mário.

83 a.C.: Sila desembarca e apodera-se da Itália meridional.

82 a.C.: Sila conquista Roma e impõe a sua ditadura vitalícia.

81 a.C.: Reformas constitucionais de Sila; primeiro discurso de Cícero.

80 a.C.: Na Lusitânia, Roma inicia guerra contra Sertório.

79 a.C.: Sila abandona o poder. l Morrerá um ano depois e começará a guerra civil em Roma.

73 a.C.: Revolta de escravos liderada por Espártaco.

72 a.C.: Assassínio de Sertório.

71 a.C.: Derrota e morte de Espártaco.

66 a.C.: Pompeu conduz as legiões romanas até o Cáspio e o Eufrates.

63 a.C.: Cícero diz as suas Catalinárias.

62 a.C.: Catilina tenta apoderar-se do Estado Romano e, no Senado, Cícero intervém com as suas Catilinárias, peça oratória que ficará famosa.

61 a.C.: Os germanos invadem a Gália.

60 a.C.: Primeiro triunvirato romano: Júlio César, Pompeu e Crasso. l Apogeu de Lucrécio, autor de De Natura Rerum. l Apogeu do poeta Catulo.

59 a.C.: Primeiro consulado de Júlio César.

58/51 a.C.: Campanhas de Júlio César na Gália.

55 a.C.: Segundo consulado de Pompeu e Crasso. l Júlio César cruza o Reno.

54 a.C.: Pompeu governador da Espanha, Crasso da Síria e Júlio César administrador das Gálias. l Vercingetorix encabeça uma revolta generalizada na Gália.

52 a.C.: Revoltas em Roma; Pompeu cônsul único.

51 a.C.: Fim da campanha da Gália. l Cleópatra rainha do Egipto. l Júlio César escreve Comentários das Guerras da Gália.

49 a.C.: Ruptura entre Júlio César e Pompeu. l Júlio César cruza o Rubicão e apodera-se da Itália.

48 a.C.: Júlio César bate Pompeu em Farsália.

44 a.C.: Júlio César é proclamado ditador perpétuo; é assassinado em Roma; um dos assassinos é Bruto, seu protegido.. l António domina Roma.

43 a.C.: Segundo triunvirato: Octávio, António e Lépido.

40 a.C.: Herodes, rei de Judá.

39 a.C.: Virgílio: Bucólicas e Éclogas. l Mecenas patrocina Virgílio e Horácio.

37 a.C.: Casamento de António com Cleópatra. l Virgílio: As Geórgicas. l Polion funda em Roma a primeira biblioteca pública.

35 a.C.: Horácio: Sátiras.

31 a.C.: Octávio derrota António.

30 a.C.: Morte de Cleópatra e António; o Egipto passa a ser uma província romana. l Octávio toma a cidade de Alexandria, onde Marco António está refugiado, e este suicida-se. l Virgílio: Eneida.

27 a.C.: O Senado atribui a Octávio o título de Augusto (venerado). l Dividida a Hispânia Ulterior em duas províncias: Lusitânia e Bética. l Tito Lívio: História Romana. l Agripa ordena a construção do Panteão.

25 a.C.: Os romanos fundam Julia Augusta Emerita (Mértola).

14 a.C.: Campanhas de Tibério e Agripa na Panónia. l Vitrúvio: Os Dez Livros de Arquitectura.

12 a.C.: Campanhas de Druso e Tibério na Germânia.

10 a.C.: Verrio Flaco escreve, em forma de dicionário enciclopédico, o Léxico Latino.

7 a.C.: Estrabão: Geografia.

c. 6 a.C.: Nascimento de JESUS CRISTO.

2 a.C.: Ovídio: A Arte de Amar.

Tábua Cronológica: DEPOIS DE CRISTO

1: Ovídio: Metamorfoses.

c. 8: Dinastia Tsin, na China.

14: Morte de Octávio Augusto . l Tibério funda a dinastia dos Augustos.

22: Morre Liu-Hsing, autor de um calendário chinês.

c. 24: O profeta João baptiza JESUS CRISTO.

25: Apogeu de Celso, médico romano. l Nova dinastia Han, na China. l Pôncio Pilatos procurador da Judeia (até 36).

c. 30: Crucifixação de JESUS CRISTO.

37: Calígula, imperador.

40: Os romanos conquistam a Mauritânia.

41: Calígula é assassinado e Cláudio é proclamado imperador. l Desterro de Séneca.

45: Séneca: Consolações.

46: Anexação da Trácia ao império romano. l O Danúbio é convertido em fronteira fortificada.

48: Morte de Messalina. l Agripina, mãe de Nero, imperatriz.

c. 51: S.Paulo: Primeiras Epístolas.

53: A Arménia em poder dos partos.

54: Nero, imperador de Roma.

57: Primeiros contactos entre a China e o Japão.

59: Assassinato de Agripina.

61: Extermínio dos celtas bretões, revoltados contra os romanos.

64: Incêndio de Roma, perseguição aos cristãos.

65: Suicídio de Séneca.

66: Nero concede a liberdade aos gregos. l Sublevação dos judeus. l Campanha de Vespasiano. l Morte de Petrónio, autor do Satiricon.

67: Introdução do budismo na China.

68: Nero, deposto, suicida-se.

69: Guerra civil em Roma; Vespasiano funda a dinastia dos Flávios.

70: Tito conquista Jerusalém, destruição do Templo, fim do estado judeu, diáspora.

74: Restabelece-se a administração romana na Grécia.

77: Plínio, o Velho: História Natural.

79: Erupção do Vesúvio, destruição de Pompeia e Herculano. l Flávio: Guerra dos Judeus.

80: Marcial: Livro dos Espectáculos.

85: Ocupação da Bretanha pelos romanos.

86: Apogeu de Plutarco, autor de Obras Morais e Vidas Paralelas.

94: Flávio Josefo: Antiguidades Judaicas.

98: Trajano, imperador. l Tácito: Germânia.

99: Kaniska, da Índia, manda uma embaixada a Trajano.

100: Plínio, o Jovem: Panegírico de Trajano. l Presença, no México, de Quetzalcoatl, grande reformador religioso.

101: Juvenal: Sátiras.

102: Pan-Tchau chega ao Cáspio.

105: Ts’ai Lun escreve a respeito da fabricação de papel.

106: Arábia, província romana.

108: Dácia, província romana.

114: Campanha de Trajano contra os partos. l Conquista da Arménia.

115: Trajano conquista a Mesopotâmia. l Extensão máxima do império romano.

116: Tácito: Anais.

117: Em Roma, fim do imperialismo trajano; Adriano imperador, organização da burocracia imperial, derrota da insurreição judaica.

120: Tácito: Diálogo dos Oradores. l Suetónio: A Vida dos Césares. l Nicómaco: Aritmética. l Morre Hsu Shen, autor do primeiro dicionário chinês. l Na Índia, apogeu da dinastia Cuxana, durante a qual o império se estende ao Penjab, a Patna e à Caxemira.

122: Adriano ordena a construção das muralhas da Bretanha.

127: Apogeu de Ptolomeu, astrónomo grego e autor de Sintaxe Matemática e de Geografia.

132: Levantamento dos judeus na Palestina.

135: Destruição de Jerusalém; da antiga cidade sobra apenas o Muro das Lamentações.

138: Os indo-citas destroem na Índia os últimos vestígios da presença helénica.

143: Construção das muralhas da Bretanha pelo imperador Antonino.

150: Os godos avançam sobre o Mar Negro.

158: Apuleio, autor do Asno de Ouro, é processado em Roma por prática de artes mágicas.

160: Primeiros missionários budistas na China.

161: Marco Aurélio, imperador.

164/80: Peste, de origem asiática, devasta o império romano.

166: Os bárbaros às portas do império. l Luciano: As Seitas Filosóficas.

174: Marco Aurélio: Meditações.

176: Em Roma, Marco Aurélio funda cátedras de filosofia.

178: Contra os cristãos, Celso escreve Verdadeira Doutrina.

180: Morte de Marco Aurélio, imperador de Roma

193: Septímio Severo, imperador de Roma.

197: Tertuliano: Apologética.

199: Mesopotâmia, província romana.

201: Em Roma, arco de triunfo de Septimio Severo. l Em Edesa, a primeira igreja cristã.

208: O imperador Septimio Severo reconstroi, na Bretanha, a muralha de O imperador Septimio Severo reconstroi, na Bretanha, a muralha de Adriano.

211: Caracala, imperador.

215: Construção das termas de Caracala.

217: Macrino, imperador.

218: Heliogábalo, imperador. l Imposição do culto sírio.

219: Aba Arika el Rabe, funda em Sura (Babilónia) uma academia de estudos rabínicos.

220: Na China, fim da dinastia Han.

222: Severo Alexandre, imperador. l Fim do culto sírio.

224: Artaxerxes I, xá da Pérsia.

235: Maximino, imperador.

238: Primeira invasão dos godos no império romano.

242: Manes (fundador do maniqueísmo) começa a pregar na Pérsia.

244: Plotino chega a Roma.

247: Hordas de godos atravessam o Danúbio.

248: Em Roma festeja-se o milénio da fundação da cidade.

250: O imperador Décio fomenta os antigos cultos e persegue os cristãos. l Os francos penetram na Gália.

251: Décio derrotado e morto pelos godos.

253: Valeriano, imperador de Roma, enfrenta as invasões de alamanos, francos e godos.

255: Plotino: Eneadas.

258: Os godos na Ásia Menor.

260: Sapor I, xá da Pérsia, apodera-se de Antióquia e aprisiona o imperador Valeriano; mas no regresso à Ásia Menor é preso por Ordenato de Palmira.

262/76: Vagas de povos germânicos invadem a Península Ibérica.

265: Dinastia Tsin, na China.

270: Aureliano, imperador, derrota os invasores bárbaros e fortifica Roma.

273: Na China aparecem as primeiras referências ao chá.

274: Restabelecida a unidade do império romano.

277: Na Pérsia, Manes é crucificado.

280: Probo rechaça os bárbaros em todas as frentes. l A dinastia Tsin restabelece a unidade da China.

282: Na Índia: Panchatantra, fábulas.

283: Deocleciano institui a Tetrarquia Imperial Romana, divisão do Império.

287: Os bárbaros franqueiam as fronteiras do Reno.

300: Começo do cristianismo na Bretanha. l Idade de ouro da civilização maia na América central.

303: Deocleciano persegue os cristãos.

306: Constantino, o Grande, monarca absoluto do império romano; protege os cristãos e transfere a capital para Bizâncio.

307: Constantino derrota os alemães e os francos. l Idade de ouro da civilização maia.

309: Sapor II, xá da Pérsia.

312: Constantino, senhor da Espanha, da Itália e de África.

c. 320: Dinastia Gupta, na Índia.

326: Fundação de Constantinopla.

332: Vitória de Constantino sobre os godos.

335: O budismo reconhecido oficialmente na China.

337: Constantino, antes de morrer, pede para ser baptizado.

350: Idade de ouro da cultura hindu e do sânscrito.

355: Juliano é designado César e enviado à Gália para combater os alemães.

357: Vitória de Juliano em Argentoratum (Estrasburgo).

358: O patriarca Hillel II fixa o calendário hebraico.

361: Juliano, o imperador Apóstata, tenta substituir o cristianismo pelo mitraísmo.

370: Os persas conquistam a Arménia.

372: Introdução do budismo na Coreia.

381: Concílio ecuménico de Constantinopla, derrota definitiva do arianismo.

393: Últimos jogos olímpicos.

394: Teodósio, o Grande, imperador do Ocidente e do Oriente, reconhece o cristianismo como religião oficial do Estado Romano e encerra os templos pagãos.

395: Morte de Teodósio. Com este acontecimento, consideram os Historiadores que se encerra a ANTIGUIDADE e se inicia a IDADE MÉDIA.

Fonte: www.vidaslusofonas.pt

Check Also

Correspondência de Machado de Assis

Machado de Assis [1] A QUINTINO BOCAIÚVA [RJ 1862,163.] Meu amigo. / Vou publicar as …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 2 =

1z0-574 dumps 700-039 exam 1Y0-401 examCitrix Real Exam Questions - 100% Free VCE Files 1Y0-201 pdf 200-355 pdf 1z0-047 pdf 70-496 exam Axis AX0-100 Practice Questions Provider 70-533 exam 810-403 exam 300-206 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+ 200-105 pdf 400-051 exam 300-370 70-646 exam 1z0-574 dumps 700-039 exam 1Y0-401 exam 200-105 dumps 100-105 dumps 300-135 dumps 210-060 pdf 400-251 dumps 200-105 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 300-135 dumps 210-060 pdf 400-251 dumps