Breaking News
Home / Biologia / Anaerobismo

Anaerobismo

 

 

A aerobiose está se referindo ao processo de respiração celular é uma forma de vida na presença obrigatória do oxigênio. Para que ocorra liberação de energia, é preciso que a glicose se transforme em dióxido de carbono.

Todos os seres vivos que vivem na presença de oxigênio são chamados de aeróbios. Aqueles seres vivos que sobrevivem na ausência do oxigênio são chamados de anaeróbicos.

O Anaerobismo é um processo de respiração que ocorre sem a presença do oxigênio. Os seres vivos que sobrevivem sem a presença do oxigênio são anaeróbicos. As bactérias anaeróbias não necessitam de oxigênio, dificilmente elas sobrevivem em sua presença.

Fonte: www.colegioweb.com.br

Anaerobismo

Anaeróbico é uma palavra técnica que significa literalmente sem ar e se opõe a aeróbico. A presença ou ausência de ar( oxigénio -O2) ou, mais precisamente, a presença ou ausência de oxigénio no ar, afecta várias reações químicas e biológicas. As que ocorrem na ausência de oxigénio dizem-se que ocorrem em anaerobiose (no Brasil, anaerobismo).

Um exemplo é o da madeira totalmente submersa em água que não apodrece, visto que o apodrecimento é um processo que necessita de água e oxigénio.

A anaerobiose é o processo utilizado por algumas espécies de bactérias e pelas fibras musculares submetidas a esforço intenso. Esta última reação é catalisada pela enzima desidrogenase lática; nestas condições, o aporte sanguíneo de oxigénio torna-se insuficiente e a fibra muscular é submetida a uma anaerobiose relativa. Em vez de o piruvato entrar no ciclo de Krebs, há produção de lactato.

Em outros organismos, como as leveduras, o piruvato é descarboxilado, originando acetaldeído, que, servindo como aceptor dos elétrons do NADH, se reduz a etanol.

Anaerobismo é um processo bioquímico, onde algumas espécies de bactérias utilizam a energia solar, como fonte de energia, realizando assim o processo de fotossíntese, ou seja, a captura desta energia solar, realizando uma ligação química, unindo dois átomos.

Este processo ocorre sem o ar, ou seja, sem a presença do gás oxigênio O2, fundamental para que ocorra as reações químicas e biológicas corretas.

Energia utilizada pelos organismos vivos

Necessidade de energia

Os organismos apresentam uma série contínua de processos físico-químicos. Alguns destes processos são espontâneos, como a difusão. Nesta situação uma molécula flui espontaneamente de um local onde ela é mais concentrada para um local onde ela é menos concentrada. Outros processos não são espontâneos. O sódio, por exemplo, é continuamente bombeado de dentro das células para o interstício, mesmo sendo muito mais concentrado fora do que dentro da célula. Este processo requer energia.

Origem da energia

A energia usada pelos organismos vem, em última análise, quase sempre do sol. O processo de fotossíntese "captura" esta energia solar em uma ligação química, unindo dois átomos. Na molécula de glicose, por exemplo, entre os átomos de carbono existe energia acumulada, potencialmente utilizável.

Utilização da energia

Um organismo vivo rompe uma ligação química para utilizar esta energia. Com isto são "liberados" um ou mais eléctrons. Estes elétrons necessitam ser "recebidos" por alguma outra molécula. Este processo é chamado de respiração celular.

Processos de Respiração Anaeróbica

A respiração anaeróbica é feita principalmente a partir de fermentação, seja ela láctica ou alcoólica.

Fonte: biomania.com.br

Check Also

Félix Emile Taunay

Félix Emile Taunay

Nascimento: 1 de março de 1795, Montmorency, França. Falecimento: 10 de abril de 1881, Rio …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 3 =