Breaking News
Home / Esoterismo / Feng Shui

Feng Shui

 

Feng Shui: o que é e de onde ele vem?

Feng Shui é um método poderoso de experimentar mais equilíbrio, alegria e inspiração em sua vida. A antiga arte chinesa ea ciência de feng shui dá-lhe as ferramentas para criar equilíbrio e harmonia em seu entorno, o que ajuda a avançar com facilidade e inspiração. Um dos princípios básicos do feng shui é que você é influenciado por tudo em seu ambiente externo. Então, se você organizar o seu ambiente de uma forma que circula adequadamente energia vital, você vai florescer.

Feng shui é a antiga arte chinesa de colocação. O princípio básico é que a força vital de energia, conhecido na China como "chi", flui através de suas habitações e tem um efeito poderoso sobre a maneira de sentir e pensar. A paisagem circundante, bem como a objetos, layout e emoções em seu ambiente afeta este fluxo de energia. Quando o espaço é preenchido com energia e símbolos positivo, você se sentir feliz e motivado. Para simplificar, o seu objetivo é maximizar a energia positiva e minimizar os negativos. Algumas pessoas têm medo de que a sua casa não pode ser remediado, mas felizmente 95% dos problemas têm soluções viáveis e de baixo custo. Feng shui dá-lhe uma variedade de técnicas para aumentar, moderada e circulam de energia, o que acaba por criar harmonia e paz.

Na China antiga, Feng Shui foi usado pela primeira vez para localizar os locais mais auspiciosos para enterrar ancestrais e encontrar os locais mais favoráveis para construir palácios, monumentos e prédios do governo. Os chineses focado nas influências invisíveis de energia porque eles sentiram suas vidas estavam intimamente relacionadas ao seu ambiente. Eles identificaram formas através das quais a energia natural ao seu redor se comportavam e como isso afetou-los. Eles experimentaram e descobriram que havia locais favoráveis para construir casas onde a saúde e sorte estava do seu lado.

Muitas escolas diferentes de Feng Shui são praticadas em todo o mundo. Há um forte cruzamento nos princípios básicos, um dos quais é o conceito de Yin e Yang.

A energia Yin é feminino, receptivo, lento e suave, enquanto a energia Yang é masculino, ativo, rápido e forte. A ideia é alcançar o equilíbrio através da criação de um equilíbrio de Yin e Yang em seu ambiente.

As duas escolas principais são a Escola da Bússola ea Escola da Forma, que diferem em sua abordagem e implementação.

O que é

Feng Shui é uma arte e uma ciência antigas desenvolvido mais de 3.000 anos atrás na China. É um complexo corpo de conhecimentos que revela como equilibrar as energias de qualquer dado espaço para garantir saúde e boa sorte para as pessoas que a habitam.

Feng significa vento e Shui significa água. No vento cultura chinesa e água estão associados com boa saúde, assim uma boa feng shui passou a significar boa sorte, enquanto mau feng shui significa má sorte, ou azar.

Não há relatos de quando essa técnica teve início, mas sabe-se que há mais ou menos cinco mil anos os chineses acreditavam que, se você construísse sua casa no lugar certo, teria uma vida de contentamento, felicidade e abundância. E para que vivamos bem, precisamos estimular a entrada da maior quantidade possível de ch´i, a energia vital, nos ambientes da nossa residência ou trabalho.

Ao entrar numa casa, a primeira impressão já nos revela uma série de informações. Num relance já podemos avaliar se ela é clara e luminosa, se os móveis estão dispostos em harmonia, se a limpeza e a organização fazem parte dos hábitos da família. Cheiros e perfumes, tonalidades alegres ou tristes, agitação ou calma traduzem para nós o que chamamos de astral da moradia. Pois os chineses, há 5 000 anos, se detiveram para pensar quais seriam exatamente os elementos que poderiam garantir o bom astral da casa, trazendo equilíbrio, felicidade e bem-estar aos seus habitantes. A esse método de harmonização de ambientes foi dado o nome de Feng Shui.

As palavras feng e shui apontam como poderíamos trabalhar a energia poderosa e vital tão invisível quanto ele. Shui significa água e mostra que essa energia pode ter o comportamento da água, circulando como um rio em um lugar ou estacionando como um lago em outro.

Essa energia é chamada pelos chineses de ch´i (pronuncia-se tchi), ou energia vital.

O Feng Shui orienta o fluxo do ch´i, que circula pela casa, com diversas técnicas, fornecidas pelas suas três escolas principais:a da Forma, a da Bússola e a do Chapéu Negro.

Técnica

Essa técnica milenar chinesa de harmonização da energia da casa invade o Ocidente e modifica radicalmente o nosso olhar em relação às nossas moradias.

Com o Feng Shui, cores, formas e disposição dos objetos passam a ter uma importância jamais imaginada pelos ocidentais.

O Feng Shui é a antiga arte chinesa de criar ambientes harmoniosos. Originou-se há cerca de 5.000 anos, nas planícies agrícolas da China Antiga. Seu desenvolvimento vem sendo desde então, aumentado e evoluído, chegando aos dias de hoje, como uma disciplina capaz de nos oferecer um sistema completo, nos ligando intimamente à natureza e ao Cósmico. Seus diagnósticos e resoluções são capazes de resolver quase todos os problemas envolvendo uma casa e as pessoas que moram nela. São adaptados ao moderno estilo de vida, nos levando a entender e compreender uma sabedoria muito profunda que nos ensina a "viver em harmonia com a natureza". Em outras palavras, o Feng Shui é uma antiga arte chinesa que visa a harmonizar os ambientes em que as pessoas vivem e trabalham, conseguindo-se assim, uma vida mais feliz e cheia de Bênçãos Cósmicas. Suas leis e princípios foram desenvolvidos através dos séculos e transmitidas oralmente de Mestre para discípulo.

FILOSOFIA

É uma antiga ciência chinesa que visa a localização de diferentes tipos de energia em um local. A palavra ciência, aqui, não tem e nem pretende ter a conotação da ciência moderna. Quando dizemos ciência, significa um sistema no qual os princípios e regras foram baseados em observações e dados estatísticos ao longo dos anos.

A tradução literal do termo Feng Shui é Vento-Água. Mas significa muito mais que isso. Os chineses dizem que essa arte é como o vento que não se pode entender, e como a água, que não se pode agarrar. E também é o vento que traz a água das chuvas para nutrir tudo o que está embaixo.

A prática do Feng Shui combina intuição, magia, design interior, bom senso e habilidade artística. Também é considerada uma visão universal que abraça céu, terra, pessoas e energia. Todos esses elementos estão conectados pelo Chi - a força de vida cósmica. Ao maximizar o Chi através do Feng Shui, você pode expandir e melhorar sua vida em todos os aspectos.

A filosofia chinesa favorece uma disposição para a vida em que tudo está interconectado e nada opera isoladamente.

HISTÓRIA

O Feng Shui tem três linhas com diferentes aplicações:a escola da Forma, da Bússola e a do Chapéu Negro. A última é uma das mais populares, por ser de fácil aplicação e é a mais usada da China.

A escola da Forma é a mais antiga e detalhista. Leva em conta o relevo da paisagem, o formato dos móveis e dos objetos.

A escola da Bússola analisa os setores favoráveis e desfavoráveis da casa, através dos pontos cardeais e do grupo energético (Leste e Oeste) das pessoas que moram no lugar. Utiliza uma bússola chamada Lo Pan, dificílima de usar. Essa bússola tem cerca de 64 campos de informação.

A primeira referência a este instrumento no Ocidente aparece em um documento de 1.190, europeu, chamado De Naturis Rerum.

No mundo ocidental, a forma mais utilizada do Feng Shui é a do Chapéu Negro. A escola foi criada há quase trinta anos pelo monge budista Lin Yun e é uma das poucas que pode ser aplicada pelo próprio morador, com a simples ajuda de um Baguá (pah kwa), dividido em oito áreas.

FUNDAMENTO

Suas teorias são baseadas no pensamento máximo chinês, o I Ching, juntamente com as leis do yin yang e cinco elementos - vitais em toda a cultura chinesa.

Portanto, para se estudar mais profundamente o Feng Shui, deve-se ter em mente, que um estudo aprimorado e profundo dos 64 hexagramas do I Ching se faz necessário, e também as leis do yin yang, os opostos complementares e os cinco elementos e seus relacionamentos. Toda esse estudo visa o entendimento do modo chinês de ver e entender o mundo e o universo, com seus eternos ciclos de mudança.

Lembre-se:"Mudança é a Lei da Vida".

EVOLUÇÃO

Tudo na natureza muda e nada é estável, lembrando o símbolo que representa o yin e yang. Seu eterno processo de mudança, de mutação, mostra ao homem que toda a natureza, ou seja, o universo inteiro, sempre muda e evolui, nunca fica estagnado e parado no tempo. Assim, devemos agir desta mesma maneira em relação às nossas vidas.

Negligenciar que as coisas se transformam, é fechar os olhos para eventos que sentimos durante toda a nossa vida.

É importante salientar uma coisa:o fanatismo seja ele em qual nível que se aplique, nunca é benéfico, trazendo resultados que às vezes podem ser destrutivos e nos afastar do caminho da sabedoria. No Feng Shui isso é uma grande regra a se seguir. As pessoas têm uma tendência natural de considerar seja o Feng Shui ou qualquer outro sistema, como uma verdade absoluta, baseando toda a sua rotina nisso, e esquecendo que dentro de nossos relacionamentos, existem outros fatores de responsabilidades. Por isso, não devemos nos afastar da vida em sociedade, e sim, passar a considerar nossa vida e a das pessoas que nos cercam, como um todo em que tudo está relacionado.

MESTRES DE FENG SHUI

Os grandes Mestres de Feng Shui do passado praticavam, juntamente com essa arte, a Medicina Tradicional Chinesa e também o Chi Kun, o Tai Chi e o Nai Kun. Tais práticas sempre estiveram juntas, pois um médico chinês entende que se uma pessoa tem algum problema, isso foi gerado por alguma razão. Assim, ele vai até a casa do paciente olhar o que pode estar errado e o que pode ter gerado a desarmonia, conseguindo, assim, duas formas de diagnóstico e tratamento.

Infelizmente, hoje em dia as coisas são diferentes, e poucas pessoas podem ser chamadas de Mestres de Feng Shui.

PAÍSES ONDE SE PRATICAM

Hoje em dia, o Feng Shui é praticado em todo o mundo. Seu maior desenvolvimento acontece em Hong Kong, Malásia, Cingapura e Taiwan. Embora sua origem seja chinesa, os próprios chineses perderam o conhecimento dessa arte, principalmente pelas consequências da Revolução Cultural. Os valores foram invertidos, e muito da cultura tradicional chinesa foi esquecida e deixada em segundo plano. Aliás, é interessante notar a inversão de valores do ocidente com o oriente. O ocidente procura o oriente, em suas práticas milenares como a acupuntura, as massagens, as lutas marciais, alimentação e modo de se vestir. E o oriente está cada vez mais se ocidentalizando, buscando valores diferentes dos de sua cultura e, podemos até dizer, valores principalmente baseados no materialismo.

Atualmente, além das "capitais" do Feng Shui, a Europa, os Estados Unidos e o Brasil têm tido um grande desenvolvimento desta prática, embora nem sempre preservando a tradição verdadeira. Muitas pessoas e praticantes aderem ao Feng Shui após terem certas idéias formadas, sendo muito difícil andar por um novo caminho.

CONCEITOS ERRADOS

O Feng Shui não oferece cura para todos os problemas da humanidade. Ele deve ser entendido como um dos vários sistemas existentes da filosofia chinesa, e não uma panacéia para todos os males. Ele não traz sucesso da noite para o dia, nem é uma mágica milagrosa. Mas se você aplicar seus conceitos cuidadosamente, ele fará sua vida mudar de rumo.

FUNDAMENTOS

O Feng Shui tem o seu fundamento baseado no pensamento máximo chinês, o I Ching, juntamente com as leis do yin yang e cinco elementos, vitais em toda a cultura chinesa, não deixando de ser usado os princípios da cromoterapia, da numerologia e os pontos cardeais.

CHING

O I Ching também conhecido como O Livro das Mutações, é a mãe de todo o pensamento chinês. É considerado como um dos mais preciosos livros existentes, com uma sabedoria sem igual, e o mais intrigante; seus conselhos valem para nós, do mesmo modo que há mil ou dois mil anos atrás. Considerado por alguns de difícil leitura e entendimento, e logo nas primeiras linhas podemos perceber este significado; ele realmente não é um romance ou qualquer outro livro para lermos do começo ao fim. Kung Fu-Tsé, mais conhecido como Confúcio, disse certa vez que poderia dar sábios conselhos apenas após ter estudado com profundidade o I Ching. Por sinal, ele próprio redigiu algumas partes do livro.

A origem do I Ching é amplamente discutida, mas de qualquer forma, ela é cercada de mistérios e misticismo. Dizem que este oráculo sagrado foi escrito na China há cerca de 3.000 anos por Fu Hsi, conhecido como o pai da civilização. Conta à lenda que um dia, quando em suas diárias meditações, ele avistou uma tartaruga emergindo da água de um rio. Analisando o casco desta tartaruga, Fu Hsi concebeu que todo o universo estava representado em pequenas marcas, dispostas ordenadamente no casco. Estes oito símbolos, (vide explicação na PARTE 3) cada um com certas características, receberam o nome de trigramas.

Com a combinação destes oito trigramas em todas as combinações possíveis, tem se 64 hexagramas, ou seja, todo o I Ching. Segundo a tradição aceita, a atual compilação dos 64 hexagramas teve sua origem com o Rei Wen, antecessor da dinastia Chou. O texto relativo às linhas (uma parte do livro de profundo significado) foi redigido por seu filho, o Duque de Chou. Essa era a forma do livro quando Confúcio o encontrou, adicionando várias passagens. Dizem que Lao-Tsé também contribuiu com sua sabedoria ao I Ching. O I Ching tem o conceito de uma família, cada pessoa representada por um trigrama. Assim, temos o Pai e a Mãe, e mais três filhas e três filhos. O trigrama do Pai, por exemplo, compreende três linhas inteiras. Também chamado O Criativo, e associado com o pai, o líder, o homem. Seu nome chinês é Chien. Simboliza o céu, o firmamento e a perseverança. Todos os outros trigramas têm características próprias.

Interessante notar que a constituição da família chinesa do I Ching nada tem de parecida com a atual, política de um só filho imposta em 1976.

YIN E YANG

Na filosofia taoísta tudo no universo é yin ou yang, ou uma combinação de ambos. Acredita-se que, vinda do Grande Cosmo, a energia gerada para dar origem aos céus é yang, e a terra, yin. O Chi flui de yang para yin e de yin para yang. O universo está em estado de constante mudança, assim como a energia é alterada da matéria (yin) para o espírito (yang) e vice-versa.

Uma vez que o Feng Shui lida com energia, é importante saber como yin e yang operam.

Eles não devem ser vistos como opostos, embora tenham certas características que possam mostrá-los dessa forma:yang é conhecido como princípio masculino; yin como princípio feminino. Entretanto, nada é completamente um ou outro. O símbolo yin/yang reflete isso, no branco do yang há o ponto negro do yin; no preto do yin há o ponto branco do yang.

OS ATRIBUTOS DO YIN: O yin é interno, sua cor é o preto, sua direção o norte, para baixo, sua estação é o inverno, é ligado à matéria e a terra, é caracterizado pela passividade e o negativo, sexo feminino, é receptivo, vive na escuridão, seu período é à noite, prefere o frio e a sombra, é leve e úmido.

OS ATRIBUTOS DO YANG: O yang é externo, sua cor é o branco, sua direção o sul, para cima, sua estação é o verão, é ligado ao espírito e ao céu, é caracterizado pela atividade e o positivo, sexo masculino, é criativo, vive na luz, seu período é o dia, prefere o calor, é pesado e seco.

OS CINCOS ELEMENTOS QUE EQUILIBRAM O SEU LAR:

No Feng Shui, são usados os cinco elementos tradicionais da Astrologia Chinesa, que são:O Fogo, A Terra, O Metal, A Madeira e a Água, muitos utilizados na harmonia das energias de um ambiente. Eles representam as cinco maneiras diferentes pelos quais a energia CHI se manifesta. Através do seu exame, podemos melhorar o CHI e em consequência o nosso destino. A singularidade de tudo depende das proporções dos cinco elementos, incluindo nós mesmos.

Considera-se que temos predominância de um dos cinco elementos, dependendo do ano em que nascemos. Eles interagem com o ambiente físico, proporcionando "boa ou má sorte", que pode ser explicado e entendido, quando analisamos os Ciclos Construtivos e Destrutivos, dos cincos elementos.

No Ciclo Construtivo (ou Produtivo) madeira alimenta fogo; fogo produz terra; terra cria metal; metal gera água; água nutre madeira e, o ciclo se repete infinitamente. No Ciclo Destrutivo a madeira consome a terra; a terra represa água; a água apaga fogo; fogo derrete metal; metal corta madeira. Conhecendo bem os cinco elementos e seus ciclos, podemos harmonizar melhorar as energias de um ambiente.

CONHEÇA CADA UM DESTES ELEMENTOS E SEUS CICLOS VITAIS:

MADEIRA: este elemento simboliza o início do Ciclo Vital, por representar a energia que se expande em todas as direções, que tem o poder de germinação, sua forma é retangular. Nesta fase do ciclo, as coisas emergem e começam a crescer. Pode ser representada pela cor verde e o pelo nascer do sol. Sua direção é Leste e a estação do ano é a Primavera. O Dragão Verde está associado a este elemento. Corresponde aos fluxos de órgãos do fígado e da vesícula biliar; o sabor é o azedo; idéias; energia sem forma; novos começos; o estágio da energia antes de sua manifestação; raiva. O elemento madeira é representado por plantas vivas, flores frescas, fibras de tecido, além de todo e qualquer tipo de madeira, etc.

FOGO: é o auge do Ciclo Vital, pois a energia (a chama) do fogo projeta-se para cima, sua forma é triangular. Pode ser representado pela estação Verão e pela Lua Cheia, brilhante e total. Está associada à Fênix Vermelha e sua direção é o Sul. Corresponde aos fluxos de órgãos do coração e intestino delgado; a cor é o vermelho; o sabor é o amargo. O elemento fogo produz entusiasmo; ação; paixão; fé; abertura para ser guiado pelo poder superior; conhecimento da fonte; espírito; esgotado; intenso; não saber o momento de parar; pretensão e energia. É dinâmico. Esse elemento está associado ao sucesso e à sorte. Entretanto ele deve ser usado com equilíbrio, pois além de aquecer, o fogo pode queimar. Sua representação é feita através de lareiras, cristais, flores vermelhas, candelabros, etc.

TERRA: é a pausa do Ciclo Vital. A energia da terra se move horizontalmente em volta de seu próprio eixo e por este motivo, afeta o período de mudanças entre as estações. Sua forma é quadrada, representada pelas cores amarela ou marrom. É representado pelo amarelo e pela lua antes da fase minguante, grande, dourada e cheia. Corresponde aos fluxos de órgãos do estômago e baço; todas as estações ou o período mais quente do ano; o sabor é o doce; a direção é o centro. O elemento terra proporciona segurança; estabilidade; bom senso; manifestação; forma; simpatia; estrutura; lentidão física; apego; construção; ancoragem; habilidade de manifestar idéias; habilidade de ser firme e consistente; obstinado; rígido; obcecado; preocupação. Esse elemento quando em desequilíbrio, pode gerar rigidez, incapacidade de encarar mudanças e progredir. Sua representação é feita através de objetos de cerâmica, rochas, carvão, areia, objetos quadrados, etc.

ÁGUA: Simboliza o início de um novo ciclo, a simpatia da docilidade, a sabedoria e a comunicação, quando as coisas alcançam o seu ponto máximo, pela forma horizontal e curvilínea. A energia da água de cima para baixo. É representado pela estação inverno e pelas cores preto e azul. Pode ser representada pela Tartaruga Preta. Corresponde aos fluxos de órgãos do rim e bexiga; o sabor é o salgado; a direção é o norte. Esse elemento é essencial à vida. O elemento água proporciona reflexão; receptividade; sentimentos; compaixão; permitir o fluxo dos sentimentos; sem forma própria; apego às emoções; assumir sentimentos ou emoções dos outros; medo. Sua representação é feita através de aquários, fontes, vidros, espelhos, plantas aquáticas, etc.

METAL: esse elemento é também conhecido como o Elemento Ar, é o crepúsculo do Ciclo Vital, é o elemento da personalidade vigorosa e eficaz, corresponde aos fluxos de órgãos do pulmão e intestino grosso; a estação é o outono; a cor é o branco e cores metálicas, sua forma é o redondo; o sabor é o pungente ou picante; a direção é o oeste. É o sucesso financeiro. Representa a capacidade de administração; organização; comunicação; intelecto; pensamento; inspiração; idéias; definir e comunicar para si mesmo ou para os outros aquilo que você deseja; não limitado pela forma; possibilidades infinitas; a semente de uma nova forma; soltar; aéreo; não ancorado; nervoso; pesar, entretanto se usado em excesso, pode induzir às explosões emocionais, podendo inclusive chegar à violência.

Pode ser representado por um Tigre Branco. Por ser produzido pelo movimento interior da energia, é o mais denso de todos os elementos e indica que a energia esta decrescente. E associado ao Sol Poente. Sua representação é feita através de metais, minerais, moedas, objetos redondos, objetos em prata, ouro cobre, etc.

O PODER DAS CORES

Afinal, qual é a melhor cor para um ambiente em nossa casa ou local de trabalho? Que cor nós não devemos possuir em excesso numa decoração? Qual ajudaria nos estudos e no trabalho? Será que existe alguma cor para melhorar nosso relacionamento? Qual a melhor cor para fachada nossa casa afinal?

Para começar a responder estas e outras dúvidas, segue um roteiro bem simplificado, com o efeito das cores nos ambientes na ótica do Feng Shui e da decoração.

BRANCO

Feng Shui: É considerada uma cor neutra e muito usada. Pode ser aplicada em qualquer ambiente. No Feng Shui, está ligada ao elemento Metal. Deve-se tomar muito cuidado quando o branco aparece em demasia em um ambiente, pois representa infinito, deixando em uma pessoa, que passa muito tempo neste ambiente, uma sensação de infinito, frieza, hostilidade e vazio. Deve-se quebrar o branco com quadros e móveis bem coloridos.

Decoração: A cor branca traz, para algumas pessoas, a sensação de paz, calma, tranquilidade e serenidade. Para outras, a sensação é de frieza, tristeza e impessoalidade. O branco é muito usado para dar uma sensação de amplitude em ambientes pequenos e apertados. O branco nos passa também uma sensação de limpeza, até exagerada. O branco só é branco quando recebe uma luz intensa direta. Locais com a cor branca trazem uma sensação de mais claridade.

PRETO

Feng Shui:Pode ser uma cor opressiva e depressiva. Está ligada ao elemento água no Feng Shui, e, por este motivo, deve-se ter muito cuidado na sua aplicação, pois pode passar a sensação de angústia. Pode lembrar luto, perdas e tristezas. Em geral, é usado em pequenos detalhes na casa.

Decoração:Muita atenção e cuidado com o uso desta cor. Ela deve ser usada em pequenos detalhes na decoração, principalmente para termos um "efeito especial", tanto dentro, como fora da casa. Ainda na área interna, é usado para fazer contrastes, principalmente com o branco. Muito usado no teto com pé direito muito alto para a dar sensação de rebaixo.

VERDE

Feng Shui:É uma cor neutra que representa o elemento madeira no Feng Shui. Acalma o sistema nervoso e as pessoas agitadas. Também significa esperança e satisfação. Muito cuidado em usar a cor verde em locais onde predomina o vermelho, pois teremos um local muito quente, verde (madeira) alimenta o vermelho (fogo). Deve-se usar nos banheiros para elevar a energia deste local. Para casas onde existem problemas de saúde, o verde é uma ótima cura.

Decoração:É uma cor muito usada e sempre traz alegria e vida. No piso e detalhes, lembra a natureza. Não incide muita luz, mantendo a cor original. Em locais abertos, complementa madeira e jardins.

LILÁS/VIOLETA

Feng Shui: Traz tranquilidade, sossego e calma. Estimula a espiritualidade e a meditação. Tem efeito purificador, transforma as energias negativas em positivas.

Ótimo para a saúde. Acalma o coração, a mente e os nervos. Nas casas, o melhor ambiente para uso é em locais de meditação e oração. Em excesso, pode trazer depressão e ansiedade.

Decoração:Tons mais claros podem ser usados em todos os ambientes em pequenos detalhes. Se for uma cor monocromática, pode cansar. Evite ter locais com a predominância desta cor.

LARANJA

Feng Shui:Cor do intelecto e mental. Em doses pequenas, estimula os sentidos, a criatividade e a comunicação. Boa para áreas da casa que quer se estimular o diálogo, como sala de visitas, de jantar e cozinhas. Em excesso, pode provocar conversas demais, brincadeiras fora de hora e aumento do apetite.

Decoração:Inconscientemente, lembra sabores agradáveis e nos remete à infância, às brincadeiras e aos doces. Em geral, é muito usado em cozinhas, pois abre e estimula o apetite. Pode ser usado na sala de jantar, em uma só parede, em tons bem suaves (cor pêssego). Em tons mais escuros, sugere estabilidade.

VERMELHO

Feng Shui:No Feng Shui, é uma cor que pode estimular as áreas de relacionamento afetivo, sucesso, auto-estima, fama e prosperidade. Está ligado ao elemento fogo e, por este motivo, deve ser usado com muito cuidado e em pequenas doses, pois é uma cor excitante e estimulante. No quarto de casal, ativa a sexualidade.

Na sala ou cozinha estimula o apetite e a fala. Em excesso, provoca brigas, confusões e explosões de humor.

Decoração:Todo cuidado é pouco na hora de se aplicar esta cor nos ambientes. É uma cor muito energética e vibrante, pode provocar excitação e nervosismo quando aparece em excesso. Em pequenas doses, traz aos ambientes um ar de glamour e ate exótico. Em demasia, pode ser vulgar.

AZUL

Feng Shui:É uma cor que tem um efeito calmante e tranquilizante para as pessoas quando aplicado em um ambiente. Cuidado com o excesso de azul, pois irá provocar sono em excesso. Já, para quem é muito agitado, deve ser usado. Está associada ao elemento água no Feng Shui.

Decoração:Pode ser aplicado em grandes áreas sem tornar-se cansativo, mas deve ser combinado com outras cores para evitar a monotonia e sono. Mais escuro transmite autoridade e poder.

AMARELO

Feng Shui:Outra cor que estimula o intelecto e ajuda muito nos estudos. É a cor da luz, por este motivo deve ser usado em ambientes escuros. Estimula a comunicação, o mental e abre o apetite. Em excesso, provoca muita conversa e pensamentos acelerados e confusos, provocando preocupação.

Decoração:Nos ambientes, é muito usado para esquentar e iluminar áreas escuras e frias. Em pisos, provoca sensação de avanço. Em grandes áreas e superfícies, pode incomodar por causa da incidência de luz.

Arte Chinesa

O Feng Shui é uma antiga arte chinesa de viver em harmonia com o ambiente.

Milhares de anos atrás os chineses acreditavam que:" Que se a nossa casa e os nossos pertences fossem colocados no lugar correto, nossa vida seria cheia de abundância, contentamento, e felicidade.

O nome Feng Shui significa literalmente vento e água , que são duas energias em movimento, que o ser humano depende mas não pode controlar.... O Vento (FENG) energia em movimento que você sente, mas não toca. A água (SHUI),energia em movimento que você; toca, mas não pode segurar.

A essa energia em movimentos chamamos de chi.

E é a manipulação do "chi" que no feng shui usamos fazendo com que todas as energias canalizem para um devido lugar e assim ativa-lo com bastante "chi", retirado todo "sha" (energia negativa) daquele lugar.

Feng Shui faz milagres?

Não, em absoluto, o milagre´e você; quem faz com a ajuda do feng shui.

Se não tiver vontade de realizar uma mudança em sua vida, nada nem ninguém o fará.

Para começar essa mudança, navegue um pouco, conheça a cultura, as lendas e tudo que o FENG SHUI pode fazer por você. Acredite, se você estiver disposto, ele vai fazer uma revolução na sua vida.

Feng Shui não é religião, nem entra em conflito com qualquer religião, trabalha em conjunto.....

O Feng Shui permite através dos ajustes e soluções, utilizando objetos simbólicos, plantas, espelhos, cristais, fontes, cores, etc, buscar a ordem e equilíbrio, restaurando o fluxo natural da energia chi em nossos ambientes e em nossa vida.

O Feng Shui é mais uma ferramenta fornecida a nós pelo universo, e através da correta utilização da energia Chi podemos transformar nossos lares e locais de trabalho em ambientes favoráveis para que possamos atingir a prosperidade, felicidade, harmonia e saúde.

OS CINCO ELEMENTOS

É necessário observar a relação dos 5 elementos entre si, pois existe uma combinação entre si que permite a um gerar ou destruir o outro.

Ciclo Construtivo

Madeira alimenta o Fogo
Fogoque faz a Terra
Água que cria o Metal
Metal que contém Água
Água que nutre a Madeira

Ciclo Destrutivo

Madeira consome a Terra
Terra que detém a Água
Água que apaga o Fogo
Fogo que derrete o Metal
Metal que corta a Madeira

GUAS

Guas ou Cantinhos, são partes do Baguá,uma espécie de bussola chinesa onde localizamos os guas ou cantinhos.

O Baguá representa um mapa. Este mapa foi encontrado no casco de uma tartaruga e foi usado como talismã durante milhares de anos, após anos de estudo foi adaptado a vida do ser humano.

Nessa adaptação, colou-se o homem como centro do universo, traçou sua caminhada na vida, seus desejos e realizações, e ao ser aplicado num projeto arquitetônico, utiliza-se para fazer os ajustes necessário

O Baguá se divide em nove partes iguais:

Feng Shui
Feng Shui

KAN/CARREIRA

Fica sempre na parede de entrada ,onde fica a porta principal do ambiente

SIMBOLIZA: capacidade de gerar sucesso nos negócios, inteligência.
COR:
preto
ELEMENTO:
Água
ORGÃOS QUE REGE:
rins e bexiga
ESTAÇÃO DO ANO:
inverno
FORMAS:
ondulares

KEN/CONHECIMENTO OU ESPIRITUALIDADE

Fica sempre na parede de entrada do ambiente, ao lado esquerdo de quem entra

SIMBOLIZA: busca do conhecimento, sucesso acadêmico, espiritualidade, intelectualidade.
COR:
preto, azul, verde, azul petróleo, verde musgo.
ORGÃOS QUE REGE:
mãos.
FORMAS:
ondulares e retangulares.

CH'IEN/AMIGOS OU VIAGENS

Fica sempre na parede de entrada do ambiente, ao lado direito de quem entra

SIMBOLIZA: auxilio de amigos e aliados, desejo de viagens.
COR:
preto, branco e todos os tons de cinza.
ORGÃOS QUE REGE:
cabeça.
FORMAS:
ondulares e circular

CHEN/FAMÍLIA

Fica sempre no meio da parede da esquerda

SIMBOLIZA: benevolência, segurança ,tudo que a família pode proporcionar.
COR:
verde ou azul.
ELEMENTO:
madeira.
ORGÃOS QUE REGE:
fígado.
ESTAÇÃO DO ANO:
primavera.
FORMAS:
retangular

LI/SUCESSO

Fica na parede em frente a porta , no meio da mesma

SIMBOLIZA: razão, fama e sucesso.
COR:
vermelho, dourado e todos os tons de alaranjado.
ELEMENTO:
fogo.
ORGÃO QUE REGE:
coração.
ESTAÇÃO DO ANO:
verão.
FORMAS :
triangula

SUN/PROSPERIDADE OU RIQUEZA

Fica sempre na parede de frente a porta, no canto esquerdo de quem entra.

SIMBOLIZA: prosperidade em todos os aspectos.
COR:
vermelho, azul, verde, e todos os tons de púrpura.
ORGÃO QUE REGE:
quadris.
FORMAS:
triangulares e retangulares

KUN/RACIONAMENTO OU CASAMENTO

Fica sempre na parede de frente a porta, no canto direito de quem entra

SIMBOLIZA: casamento, relacionamento, associações, maternidade.
COR:
rosa, branco, vermelho.
ORGÃO QUE REGE:
orgãos digestivos.
FORMAS:
triangulares e circulare

CENTRO ESPIRITUAL OU SAÚDE

Fica sempre no meio do ambiente. Este GUA não tem trigrama, por ser a uniã;o, o YIN YAN

SIMBOLIZA: honestidade, lealdade, sintonia.
COR:
todos os tons de terra e amarelo.
ELEMENTO:
terra.
ORGÃO QUE REGE:
baço e pâncreas.
FORMAS:
quadradas.

Significado das cores no Feng Shui

VERMELHO: é a cor da felicidade, do calor do fogo, da força e da fama. As noivas chinesas usam trajes vermelhos, e o pai de um filho recém-nascido distribui ovos vermelhos. Está associado à fonte de energia do universo, é estimulante e utilizado para canalizar e reter o ch'i.

PÚRPURA: como se trata de um vermelho profundo, alguns estudiosos dizem que traz mais sorte que o original. Inspira respeito, e o ch'i está associado à alta nobreza, ao indivíduo poderoso, rico e afortunado.

AMARELO: o amarelo ou dourado representa poder, dá senso de tolerância, paciência e sabedoria obtida através da experiência.

VERDE: representa tranquilidade, esperança e frescor. É a cor do elemento vital madeira, e simboliza a natureza. Indica o ch'i da terra saudável.

AZUL: é uma cor associada com a madeira, e portanto pode simbolizar crescimento e esperança. Por outro lado, para os chineses é a cor fria e secundária da lamentação, e os projetistas evitam a cor nas construções.

AZUL-ESVERDEADO:está muito mais próximo das cores da natureza do que o próprio azul e, em geral, representa os anos verdes da juventude.

PRETO: do lado positivo, o preto dá uma sensação de profundidade, transformando o ambiente em um espaço de contemplação. Negativamente, significa falta de esperança e faz com que nos sintamos abatidos e deprimidos.

CINZA: é mais uma cor com significados opostos. Alguns o vêem como um dia nublado e sombrio, e associa-se à frustração e falta de esperança. Entretanto, pode ser considerado o casamento de opostos: preto e branco - neste caso significa equilíbrio e solução de conflitos.

MARROM: simboliza a profundeza e as raízes da madeira. Dá a sensação de peso, mas pode ser utilizada para sugerir estabilidade. Pessoas idosas tendem a gostar desta cor, pois o marrom é sóbrio e elegante. Podemos nos lembrar de passagem do tempo, pois nos remete ao outono, quando as folhas ficam marrons e caem.

MARROM-AMARELADO: representa um novo começo bem sucedido. Após tudo parecer sem esperanças, surgem novas possibilidades.

LARANJA: por ser uma mistura de vermelho e amarelo, empresta as características destas cores - felicidade e poder.

ROSA: representa o amor e os sentimentos puros, alegria, felicidade e romance.

PÊSSEGO: é uma cor de duplo significado, e representa amor e atração. É uma cor favorável para pessoas solteiras, mas destrutiva para os casais. O solteiro influenciado por esta cor é sociável, faz muitos amigos e possui muitos admiradores. Para os casados, leva ao adultério.

As Escolas

ESCOLA DO CHAPÉU NEGRO

Escola de Feng Shui a partir da perspectiva do Budismo Tântrico da Seita do Chapéu Negro ou simplesmente Escola do Chapéu Negro.

Esta Escola foi fundada Pelo Mestre Thomas Lin Yun, baseado na geomancia combina méritos das outras escolas e com a relação psicológica do homem com seu ambiente. Tem como principal instrumento o Baguá, utilizado para mapear as oito áreas da vida, trabalha com o interno e externo e com o visível e invisível..E a esta escola que eu pertenço.

A Escola da Bússola

Essa escola se utiliza de 3 instrumentos, o Lo pan, bússola chinesa com disco de metal e agulha magnética, o Baguá e o lo shu, quadrado mágico.

Esse método trabalha com fórmulas, considera a astrologia e a numerologia, assim como a disposição da casa e dos móveis.

O quadrado mágico é aplicado juntamente com o Baguá, a soma dos algarismos sempre dá 15 e os números mudam de acordo com a colocação do número pessoal.

A Escola da Forma

A Escola da Forma da maior ênfase à paisagem natural e as formações montanhosas e é conhecido como paisagismo sagrado da China.

Os 5 elementos foram simbolizados e relacionados às cores, às estações do ano e aos animais assim:

Fogo, triângulo, vermelho, verão , fênix
Madeira, cilindro, verde, primavera, dragão
Terra, quadrado, amarelo, começo e final de cada estação, cobra
Água, ondulações, preto, inverno, tartaruga
Metal, círculo, branco, outono, tigre

Outras Escolas: Escolas das Três Harmonias, Escola dos Três Yuans, Escola das Nove Estrelas, Escola Taoista, Escola Cantonesa, Escola Eclética, Escola Budista e a Escola YI

4 9 2
3 5 7
8 1 6

Dicas

Para buscarmos o equilíbrio e harmonia do ambiente e nosso próprio equilíbrio e harmonia ,existem alguns princípios básicos do Feng Shui que devem ser obedecidos.

Toda mudança externa que estamos executando no ambiente proporciona uma mudana interna , portanto precisamos ter certeza dos nossos desejos, buscando o melhor para nós .Mas isso não quer dizer que nossos desejos não possam mudar, nossa vida muda, e o Feng Shui muda também. Pois nunca devemos esquecer que a vida é movimento.....

Antes de ocuparmos uma moradia é importante sabermos sua história, isto é saber quais as condições dos ocupantes anteriores. Investigar se os antigos moradores que desocuparam o imóvel foram para uma condição melhor (casa mais ampla, promoção no emprego, ampliação, etc) ou pior (perda de emprego, doença, fracasso, etc).

Isso devido ao fato da energia dos antigos ocupantes permanecer no ambiente, o Feng Shui ajuda a transmutar a energia deixada no local.

É necessário reduzir o entulho, temos a tendência de guardar recordações juntamente com as lembrancinhas e o acumulo de entulho distorce o fluxo da energia chi. Lugares com muitas sucatas, papeis, livros velhos, roupas velhas e sem uso, igualmente os sapatos tendem a estagnar o chi.

Alguns objetos, mesmo que não considerados refugo também podem afetar o chi pessoal.

Os banheiros devem sempre estar com as portas fechadas e com a tampa do vaso sanitário fechado.

Os semelhantes se atraem, portanto aquilo que somos é o que iremos atrair. Devemos organizar nosso ambiente de forma a refletir o que desejamos em nossas vidas. Um ambiente alegre, saudável, irá atrair alegria e saúde. Não precisamos encher de espelhos a casa,e devemos até ter cuidado com eles,pois não devem nos refletir ao dormir.....

A manuteno do ambiente é tão importante quanto é higiene e saúde de nosso corpo, portanto todo concerto, trocas de móveis, trabalho doméstico deve ser considerado como um trabalho de amor. Cada ato de melhoria é oportunidade para mudar e aumentar a qualidade de nossa vida.

Se você possui prestadores de serviços , observe se está satisfeito, se são qualificados e cuidadosos com os objetos e valores que o ambiente possui. Ao contratar pessoal, utilize o mesmo padrão de exigência que usaria para contratar uma babá para seu filho ou um médico para sua cirurgia.

Não mantenha lixo acumulado dentro dos ambientes, principalmente na cozinha, que representa o elemento fogo, o qual alimenta a força energética que ativa nossa riqueza ela também representa o coração da casa.

Não mantenha relógios parados em sua casa ou local de trabalho. O relógio é símbolo do tempo, sua função é contar o tempo e relógio parado não exerce sua função. Assim como tudo que contenha água parada , o elemento água deve estar em movimento para que a vida também esteja.

O espaço externo reflete o espaço interno, portanto criando um ambiente harmonioso estamos trazendo para nossas vidas saúde, sucesso, bons relacionamentos e prosperidade é isso que o Feng Shui através da distribuição adequada da energia chi nos proporciona.

Fonte: www.mindbodygreen.com/fengshui.about.com/br.geocities.com

Check Also

Félix Emile Taunay

Félix Emile Taunay

Nascimento: 1 de março de 1795, Montmorency, França. Falecimento: 10 de abril de 1881, Rio …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 6 =