Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Geografia / Cidade Virtual

Cidade Virtual

PUBLICIDADE

 

UM PROBLEMA GEOGRÁFICO

Istambul 1996. Representantes de todo o mundo estão reunidos para debater o futuro urbano do planeta na “II Conferência das Nações Unidas sobre Assentamentos Humanos, Habitat II”.

Dessa reunião conclusões – preliminares – importantes são expostas ao mundo, e suas aplicações, vistas imediatamente em muitas cidades. Uma delas: o caos urbano no trânsito pode significar não-investimentos para as cidades. Pudemos notar, em médias e grandes cidades, uma corrida para a educação no trânsito, utilizando medidas diversas, do simples panfleto a vídeo conferências para empresários.

Outra conclusão importante: a primeira, na lista das cidades mundiais, é São Paulo!

Conforme os participantes, São Paulo oferece não apenas produção e transporte de bens, mas uma gama enorme de serviços aos consumidores, principalmente produção, transporte e consumo de informações, devendo-se entender por informação, o que é comum a todos, e aqui podemos citar medias, educação, finanças, propaganda e publicidade, telefonia, telecomunicações , etc..

Na década de 60, Lewis Munford, em seu livro ‘A cidade na História’ (editora Martins Fontes, 1991 no Brasil; 1961, nos EUA) preconizava-profetizava os sistemas informacionais com o nome de cidades invisíveis.
Sem querer chatear o leitor de, mas apenas com a intenção (tentação?) de melhor informar, o conceito de invisível não é apropriado para o entendimento das “cidades eletrônicas.

Esclarece o dicionário Aurélio que invisível é o “que não se vê” e o verbete virtual, “o que existe como faculdade, porém, sem exercício ou efeito atual”. Nos dois casos, não conseguimos dar conta da cidade, quer a chamemos de invisível ou virtual.

Como estamos tratando de informática,(pedimos paciência ao leitor) buscamos então, em um dicionário técnico o significado de Virtual: “um adjetivo usado para descrever um dispositivo ou serviço que NÃO É, na realidade, o que aparenta SER”. Esclareceu?

Claro que NÃO.

O que o verbete quer dizer é: os circuitos virtuais são conceituais e não físicos. Isto é, quando você acessa uma página da Internet, por exemplo, o circuito físico através do qual eles efetivamente se comunicam pode ir de A(você) para as estações D, E, F, antes de chegar a B(a página da Internet que você queria).

Assim, nada temos de invisível nesse serviço; ao contrário, é a virtualidade que está ocorrendo.

A cidade virtual foi tema de um livro lançado pela Agência Estado quando aconteceu o encontro em Istambul, ‘Da cidade de Pedra à cidade Virtual – Contribuição para o debate sobre o futuro de nosso Habitat’ . Cidade Virtual que Júlio Moreno, em seu artigo, chama de Netrópolis e define, “Netrópolis é uma cidade invisível que reúne em torno de si cerca de 60 milhões de pessoas. Ou seja, mesmo não existindo fisicamente, Netrópolis já é a maior metrópole do mundo: a rede (‘network’ em inglês) que une computadores de todo o globo”. E acrescenta: “Discutir o futuro das cidades, sem se preocupar com o significado e o impacto dessa comunidade virtual…para os chamados assentamentos humanos, é um erro.”

Seu texto prossegue na trilha das idéias de Munford sobre a cidade invisível, apontando as vantagens e desvantagens dessa cidade, para concluir: “…Tal como a cidade de pedra, a cidade invisível nasce sabendo que um dia morrerá. Porque, o que importa de fato são as pessoas, sua linguagem, seus ritos e sua liberdade de viver – e não apenas seus remanescentes físicos ou virtuais.”

Longe desse fim(?), a corrida pela conexão ainda está em curso, e é necessário analisa – la em seus impactos sociais.

Falar em assentamentos virtuais, quando cinco milhões de famílias lutam pela terra, a marcha dos Sem Terra coloca-se como grande acontecimento de resistência político-social, trabalhadores são adjetivados de inempregáveis, pobres ameaçam a paz-classe-média, parece incoerência.

Em sua coluna semanal, “América”, na Folha de São Paulo, Gilberto Dimenstein afirma que “… não tem sentido apresentar a reforma agrária como prioridade estratégica, num final de século movido por globalização e tecnologia informatizada. Aqui nos EUA, menos de 3% da população permanece no campo” (20/04/97).

E qual, então, deve ser a preocupação da geografia? Assentamentos Virtuais ou reais? Tecnologia de Ponta ou Pontal(do Paranapanema)? Informatização ou Escolarização básica?

TUDO!!!!!!

Porém, esse tudo não é a síntese de todas as ciências, que uma geografia anterior quis fazer… E não conseguiu.

Para a geografia, a cidade virtual, “num fim de século movido por globalização e tecnologia informatizada”, deve ser objeto de suas preocupações, seus estudos e análises, buscando aquilo que o Prof. Milton Santos, o grande geógrafo brasileiro agraciado com o prêmio internacional Vautrin Lud ( o Prêmio Nobel da Geografia), conclama contra a globalização perversa : a EMOÇÃO.

Diz-nos o Professor Milton Santos que as classes pobres, estando excluídas da racionalidade (tecnológica-informatizada) podem visualizar um futuro onde, a EMOÇÃO, é o principal motor contra a “carência fundamental” . Seu grande trunfo é a comunicação e não apenas a informação. Comunicação que se dá no corpo-a-corpo e não no corpo-máquina, que as classes altas e médias gostam de alardear.
O papel da geografia é unir essa realidade da velocidade informatizada com a realidade da lentidão do corpo-a-corpo, ambas presentes no mesmo processo histórico.

O novo cidadão carioca, Joãozinho Trinta, já afirmou que “quem gosta de pobre é intelectual”. Não é o caso dessa análise geográfica, buscando dar conta do real, enquanto processo inacabado, que tem o virtual como um dos momentos.

Avançar cientificamente é não cair no gosto fácil das apologias técnico-científico-informacionais, nem no fel dos críticos-cítricos .

Fonte: www.iis.com.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Crise do Petróleo

Crise do Petróleo

PUBLICIDADE O que foi a crise do petróleo? Desde a sua descoberta, o petróleo, também …

Boko Haram

Boko Haram

PUBLICIDADE O que é Boko Haram? Indiscutivelmente, falar de terrorismo e cultural oriental islâmica é …

ALADI

ALADI

PUBLICIDADE ALADI – Associação Latino Americana de Integração Configurando-se como o maior bloco econômico da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+