Breaking News
Home / Turismo / Los Cabos

Los Cabos

O que é

PUBLICIDADE

Los Cabos é o município que inclui a cita de Cabo San Lucas e San Jose del Cabo, e está localizado no estado de Baja California Sur, na ponta sul da Península de Baja.

Clima

A temperatura média durante todo o ano é 78F. Durante a alta temporada, de outubro a abril, a temperatura normalmente é 80F durante o dia e esfria a 60 é à noite. Na baixa temporada, de maio a setembro, a temperatura vai subir para 100 + C durante o dia e ficar na parte superior 70 e baixo 80 à noite.

A temperatura média da água durante todo o ano, no Mar de Cortez é 75F.

O clima é árido, com mais de 300 dias de sol, com alguns relatos de mais de 350 dias. A precipitação média anual é de 5-10 polegadas (12,7 25,4 centímetros), a maioria com que ocorre durante os meses de setembro e outubro.

Como você começa a Los Cabos?

Los Cabos é acessível por via aérea da maioria das grandes cidades dos Estados Unidos e do México por Aeromexico, Califórnia Aero, Alaska Airlines, America West, Continental, companhias aéreas Mexicana, United Airlines, e vários voos charter voam para o Aeroporto Internacional de Los Cabos.

De Los Angeles e San Diego, o tempo de vôo é de aproximadamente 2 horas. Cabo San Lucas é acessível por mar através Carnival Cruises a partir de Los Angeles e de outras linhas de cruzeiro principais. Por terra, Cabo é acessível via Highway 1, que percorre toda a extensão da Baixa Califórnia da fronteira com os EUA. Há serviço de ônibus Greyhound de Los Angeles a Tijuana via San Diego e depois por Autotransportes Aguila Tres Estrellas de Oro de Tijuana para La Paz e depois para Cabo San Lucas ou por vários outros operadores de ônibus de turismo. De Tijuana, o carro é longo (22 horas de carro e 30 horas + de autocarro). As estradas são estreitas, então tome cuidado e atente para as vacas!

Fonte: www.loscabosguide.com

Los Cabos

Com mais de 3.000 quilômetros de costa rica, Los Cabos tem demonstrado ser um destino atraente para centenas de anos. Já em 1530, os conquistadores espanhóis foram visitar estas costas em busca de pérolas, prata e ouro.

Hoje, é o principal destino turístico do México com a pesca do grande jogo, premiados Los Cabos campos de golfe , ruínas históricas, sensacionais restaurantes em Los Cabos e resorts de luxo incríveis. Los Cabos pode estar acabando em prata e ouro, mas isso não significa que você não vai encontrar o tesouro.

O balneário de Cabo San Lucas, nomeado para a capa delgado estende para o leste da ponta sul de Baja, desenvolvido gradualmente em um ponto turístico dos últimos quarenta anos.

Durante a era colonial espanhola, o seu porto natural foi utilizado periodicamente passando marinheiros, mas desde que não ofereceu nenhuma fonte de água fresca e proteção insuficiente durante a temporada de final de verão tempestade quando Chubascos rolou a partir do sudeste, foi largamente ignorada pelos espanhóis.

Apesar de piratas ingleses usaram o porto como um esconderijo para ataques a galeões de Manila, muitos dos incidentes históricos atribuídos a Cabo San Lucas, na verdade, pode ter ocorrido perto do dia atual San Jose del Cabo, onde os navios muitas vezes regada no estuário do Rio San Jose.

Na década de 1930, uma pequena vila de pescadores e ocuparam a fábrica de conservas extremidade norte do porto de Cabo San Lucas, habitada por cerca de 400 almas resistentes.

A região do Cabo experimentou uma mania pesca esportiva nos anos 1950 e 60 e, devido à Billfishing prolífico, as águas ao largo da extremidade sul da península ganhou o apelido de “Marlin Alley”. Voar em pescadores e barqueiros prazer ricos trouxe de volta com eles histórias gloriosas deste lugar selvagem que alimentaram o crescimento da população de cerca de 1.500 quando a rodovia Transpeninsular foi concluída em 1973. Após o estabelecimento da ligação rodoviária pavimentada entre América do Norte e Cabo San Lucas, a cidade transformou de um resort em um destino fly-in/sail-in automóvel e RV.

A construção do Aeroporto Internacional de Los Cabos, perto de San Jose del Cabo, nos anos 80 trouxe a área de alcance de turistas que não têm tempo para a unidade de seis dias a partir da fronteira para o Cabo e para trás.

O estabelecimento de uma conduta de água, entre San José e San Lucas ainda soltou os limites do desenvolvimento. Los Cabos, como a área tornou-se conhecido, se estendia do Cabo San Lucas através do Corredor Resort 20 quilômetros ao nordeste de San Jose del Cabo.

Hoje, Los Cabos está crescendo e é atualmente o sétimo destino turístico mais popular no México e na comunidade resort segundo que mais cresce no país. Com uma população permanente de apenas 40 mil, muitos deles aposentados, o turista à relação de residente é bastante elevada, especialmente durante a alta temporada novembro-fevereiro

San Jose del Cabo e Cabo San Lucas desfrutar de igualdade de acesso aos grandes praias ao longo do corredor entre as duas cidades, mas porque o porto de Cabo San Lucas oferece abrigo para uma grande pesca esportiva e recreativa frota, a maioria dos visitantes Los Cabos centram-se em Cabo San Lucas e do Corredor Resort, em vez de em San Jose del Cabo.

Apesar de todos os turistas, Cabo consegue manter algo de uma pequena cidade. Além do serviço completo marina, principais atrações Cabo San Lucas incluem uma natureza subaquática preservar apenas um passeio de barco alguns minutos do porto e formações da Terra marcante de rock End em uma extremidade da baía, com uma praia intocada ao virar da esquina.

Sem a tenacidade de alguns dos moradores originais da cidade que exigiam que esta terra seja preservada, hotéis e condomínios provavelmente preencher perímetro da cidade. Cabo San Lucas é o único resort costeiro no México, com uma área de preservação dentro dos limites de sua cidade.

Fora desta área no entanto, o desenvolvimento de condo-hotel, golfe e marcha à frente. Pedregal, bairro encosta moda para o oeste, a marina, e Playa El Medano para o leste são todos chockablock com condomínios e moradias.

Próximo a passar por um desenvolvimento provavelmente será a grande parte dos bens não utilizados porto frente, perto da entrada do porto interno, onde a fábrica de conservas de idade e Ferry Pier sente abandonado. Há rumores de que isso vai se tornar uma área de encaixe novo para navios de cruzeiro; Em 1993, cinco linhas de cruzeiro: Princess, Carnival, Royal Cruise, Bermuda Star e Seaborn, caracterizado Cabo San Lucas em seus itinerários.

Enquanto a vida noturna Cabo não está a par com Acapulco, a cidade atrai uma multidão, jovem e enérgico que cria um ambiente mais vibrante do que é encontrado na cidade relativamente tranquila de San José, ao norte. Ao todo, Los Cabos oferece algo para todos em um paraíso natural, onde a colisão do deserto com a confluência do Oceano Pacífico e no Mar de Cortez.

Fonte: www.loscabos-tourism.com

Los Cabos

Los Cabos – México, o maior aquário do mundo

Los Cabos
Leão-marinho nadando no Mar de Cortés

No noroeste do México fica um dos melhores pontos de mergulho do país.

LOS CABOS, MÉXICO

Los Cabos
Los Cabos

Se quando você pensa em mergulhar no México lembra imediatamente de Cancún e Cozumel, na Riviera Maia, fique sabendo que lá no noroeste do país, na ponta mais austral daquele trechinho separado do continente chamado Baja California, onde o Mar de Cortés encontra o Oceano Pacífico, essa atividade fica muito mais divertida e radical.

Enquanto no Caribe o forte dos mergulhos são os corais, as esponjas e os peixinhos coloridos, na região de Los Cabos a aventura conta também com a participação de bichos muito maiores em águas igualmente azuis e transparentes.

Arraias, leões-marinhos, golfinhos, tubarões e baleias são apenas alguns dos seres marinhos que nadam ao lado de imensos cardumes de peixes de todos os tamanhos e tonalidades, em um cenário de cânions e cascatas de areia que foram descritos por Jacques Cousteau, na década de 1970, como “o maior e mais bonito aquário do mundo”.

São mergulhos para todos os níveis de experiência, com profundidades que vão desde os dez metros, podendo se estender a verdadeiros precipícios submarinos em águas com ótima visibilidade e as melhores condições para o esporte. É o destino ideal não só para mergulhadores como para pescadores, velejadores e amantes da natureza.

Los Cabos
Entre as atrações de Baja California, surfe, pesca e observação de baleias

Polanco, o lado mais chique da capital mexicana

Mais conhecido como um dos mais exclusivos points de férias de celebridades americanas, roteiro romântico de lua de mel e por seus resorts e campos de golfe incríveis, Los Cabos é também um lugar delicioso para curtir o mar, seja explorando suas águas acima ou abaixo da superfície. São muitas atividades marítimas em uma região semidesértica do México onde há sol 355 dias por ano e faz calor em qualquer estação.

Localizadas na ponta mais ao sul da península da Baja California, San Jose del Cabo e Cabo de San Lucas são as duas principais cidades de Los Cabos, ligadas por uma estrada de 32 quilômetros conhecida como Corredor Turístico, com mais de 30 resorts, campos de golfe, restaurantes e mar para dar e vender.

A baía de Cabo San Lucas tem águas calmas e cristalinas. Além de abrigar a marina de onde saem os barcos para mergulho, pesca e passeios com snorkel, é por ali que se praticam muitas das atividades aquáticas disponíveis na região. Na ponta da baía fica o famoso Arco, cartão-postal de Los Cabos e divisa entre o Mar de Cortés e o Oceano Pacífico.

Os passeios podem ser contratados na marina de Cabo San Lucas ou nos próprias resorts, sem precisar sair da piscina, enquanto se coloca o bronzeado em dia bebendo mais uma margarita.

Duro mesmo é acordar no dia seguinte para mergulhar às 7h da manhã, ao som das ondas do mar que entram pela varanda do quarto. Como as saídas de mergulho são sempre bem cedinho, os hotéis providenciam uma “merenda” de café da manhã. Ao chegar à operadora de mergulho, recebemos as roupas de neoprene, máscaras e nadadeiras para partirmos para o barco praticamente prontos para cair na água e observar a fauna submarina, a mais famosa da região.

Os pontos de mergulho da baía do Cabo San Lucas ficam, em média, a apenas dez minutos de navegação da marina e são perfeitos tanto pra mergulhadores credenciados como para iniciantes.

Quem nunca mergulhou na vida pode fazer o batismo com um instrutor particular e, mesmo em águas rasas, já dá para ver as maravilhas que habitam o Mar de Cortés. São centenas de espécies de vida marinha que, combinadas com espetaculares paisagens subaquáticas de penhascos e desfiladeiros, trazem inesquecíveis experiências de mergulho para todos os níveis.

No nosso grupo, um amigo “batizado” mergulhava pela primeira vez a 15 metros de profundidade quando deu de cara com um tubarão-baleia de cerca de seis metros. Sorte de principiante, ou nem tanto, porque deu para perceber que o forte de Los Cabos é a variedade de espécies, capaz de deixar até Fernando de Noronha no chinelo.

Los Cabos
Baía de Cabo San Lucas

Na baía de Cabo San Lucas não é permitida a pesca com arpão, mas os mergulhadores são livres para explorar e fotografar.

A área perto do Arco também é incrível para qualquer tipo de mergulhador. A visibilidade alcança 30 metros de abril a novembro, que é a alta temporada de mergulho. A temperatura da água não é exatamente quente – em torno de 20 graus.

Nessa região, os pontos de mergulho mais famosos são a Pedra do Pelicano, o Dedo de Netuno e La Punta, perto da colônia de leões-marinhos, onde se tem quase sempre a chance de nadar com alguns deles.

As Cascatas de Areia, um mergulho de 27 metros de profundidade documentado por Jacques Cousteau, começam na Pedra do Pelicano e caem drasticamente até 360 metros de profundidade. Nessa região dezenas de cardumes de peixes se entrelaçam formando uma coreografia que eu, com mais de 200 mergulhos registrados, jamais havia visto.

Surpreendente. Também pode-se encontrar moreias, peixes-anjo, peixes-papagaio, violas, lagostas, barracudas, baiacus, arraias e tartarugas socializando-se no local.

O filé mignon para mergulhadores experientes, entretanto, são mesmo Cabo Pulmo e Gordo Banks, um pouco mais distantes. Cabo Pulmo é o lar da única barreira de corais do Mar de Cortés, dentro de um Parque Nacional Marinho, a 1h25m de barco da Marina de San Lucas.

A barreira atrai vários peixes tropicais, cardumes de arraias-manta e de xaréus, tartarugas, enormes badejos, peixes-porco e até tubarões-baleia a uma profundidade que varia de dez metros a 30 metros. As expedições, que duram o dia todo, permitem três mergulhos e são sensacionais até para fazer só um snorkel na superfície.

Já Gordo Banks, além de ser unanimidade em termos de melhor mergulho, vive a melhor temporada dos últimos anos. Localizado a 1h65m da marina, é recomendado para mergulhadores mais experientes devido a sua maior profundidade e correntes mais fortes.

O cume dessa montanha marinha fica a uma profundidade de 33 metros, onde podem ser encontrados os raros e incríveis cardumes de tubarões-martelo, inúmeras arraias-manta, enormes atuns e solitários tubarões cabeça-chata e lombo-preto.

Todos bem alimentados, ainda bem! Até mesmo tubarões-baleia são frequentemente encontrados no local.

Como a temporada está excelente, estes habitantes do mar têm sido avistados por quase todas as expedições ao local, em maior número e em água cada vez mais rasas.

– Gordo Banks é o melhor mergulho de Los Cabos no momento. Cabo Pulmo é excelente e tem ótimas condições por ser um arrecife com muita vida, mas Gordo é mais selvagem, em mar mais aberto. Ambos valem o esforço e não há como comparar – diz Melissa Castañeda, divemaster da operadora Manta Scuba, que mergulha há quase dois anos em Los Cabos, também paraíso da pesca esportiva.

Originalmente uma vila de pescadores, em 1917 Cabo San Lucas começou a atrair barcos de pesca comercial de San Diego, nos Estados Unidos, por sua abundância de atum. Na década de 50, pescadores recreativos começaram a chegar, e daí em diante o lugar ficou conhecido como o paraíso desta modalidade.

Como o Mar de Cortés é considerado um dos mais ricos em diversidade de fauna marinha no mundo, com grande variedade e quantidade de peixes, as favoráveis condições de pesca em Los Cabos não são encontradas em quase nenhum outro lugar. A oferta de peixes grandes como dourados, atuns, cavalas e marlins faz da pesca ali uma experiência única.

A atividade vai geralmente das 7h às 14h e pode ser contratada nos próprios resorts ou direto com as agências na marina de Cabo San Lucas, de onde saem a maior parte dos barcos. Além disso, existem dois campeonatos de pesca esportiva em Los Cabos que envolvem milhares de dólares e atraem pescadores do mundo todo no mês de outubro, alta temporada do marlin na região.

Los Cabos
Los Cabos

Fonte: oglobo.globo.com

Los Cabos

É uma espécie de Los Angeles mexicana, com resorts luxuosos e restaurantes chiquérrimos.

Los Cabos

San José Del Cabo e Cabo San Lucas são mais conhecidas juntas, sob o codinome de Los Cabos.

Elas formam a ponta sul da península da Baja Califórnia, que faz fronteira com os States. Entre elas, há uma faixa de praias de areias brancas.

É normal não saber da existência de San José del Cabo, pois, graças aos resorts superexclusivos, como o Las Ventanas al Paraíso, o destino está praticamente restringido aos muito ricos e famosos.

O mar, o sol, a praia parecem detalhes diante da suntuosidade e do conforto dos hotéis dali.

Sem falar da quase uma dúzia de restaurantes chiquérrimos que servem uma gastronomia de mistura, com sabores mediterrâneos e mexicanos, que pode resultar, por exemplo, em lagosta com molho de tequila.

Não se assuste se você achar a cidade uma réplica de Los Angeles. É o que todo mundo acha, mas qual o problema?

Lá, tudo o que você pedir vira uma ordem: desde a preparação de um banho até os desejos mais estranhos.

Não é à toa que figurões como Bill Gates e o ator Gael García Bernal vão para Los Cabos quando querem férias.

Los Cabos
Los Cabos

Localizado na ponta da península de Baja California, Los Cabos é daquelas atrações naturais de cair o queixo.

Como em praticamente todas as localidades do México que recebem visitantes estrangeiros, esse destino conta com boa infra-estrutura de hotéis, spas e restaurantes. O chamado “corredor hoteleiro” ocupa 30 quilômetros e liga San Jose del Cabo e Cabo de San Lucas, as duas principais cidades de Los Cabos, atendendo igualmente os endinheirados e aqueles com orçamento mais curto.

A maioria dos turistas chega à região em busca da dupla “sol e mar”, mas suas máquinas fotográficas voltam recheadas de imagens do Arco, formações rochosas esculpidas pelo encontro do Pacífico com o Mar de Cortês. Não à toa, é mais uma relíquia natural a figurar na lista de Patrimônio da Humanidade.

Se estiver por aqui no inverno (nosso verão), dê um pulo até a Baía Madalena e, com sorte, poderá ver de perto a procriação da baleia cinza. O mergulho nessa região é mais radical. Se na Riviera Maia a atração são os corais, em Los Cabos não se espante se cruzar com leões-marinhos, golfinhos e tubarões.

Não estranhe também se encontrar algum astro de Hollywood de bobeira por aqui. Muitos deles possuem casa na região e passam férias em Los Cabos entre uma filmagem e outra.

Línguas: Espanhol

Moeda: Peso

Visto: É necessário. Há duas exceções para essa regra: (1) quem possui visto americano válido e (2) preencher o SAE (Sistema de Autorização Eletrônica) e apresentá-lo no check-in no aeroporto. Atenção: nem todas as companhias aéreas trabalham com esse sistema, então o visto é necessário. Consulte seu agente e veja mais detalhes no site da embaixada mexicana.

Melhor época para visitar: No inverno, de dezembro a março, quando não está muito quente e as condições de mergulho estão ótimas. Entre Junho e Julho a região acolhe vários torneios de pesca

Foto de Los Cabos

Los Cabos

Los Cabos

Los Cabos

Los Cabos

Los Cabos

Los Cabos

Fonte: viajeaqui.abril.com.br

Veja também

Hino Nacional da República Democrática do Congo

Debout Congolais PUBLICIDADE Debout Congolais (Levanta congolês) é o hino nacional da República Democrática do …

Locais Turísticos da República Democrática do Congo

BRAZZAVILLE PUBLICIDADE É um lugar muito interessante, muito verde, com uma Basílica, Mercados e o …

República Democrática do Congo

PUBLICIDADE O território que hoje leva o nome de República Democrática do Congo tem sido habitada por …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.