Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Na Tasca - Raimundo Correia  Voltar

Na Tasca - Raimundo Correia

Raimundo Correia

Dentro, na esconsa mesa onde fervia
Fulvo enxame de moscas sussurrantes
Num raio escasso e tremulo do dia
Espanejando as azas faiscantes.

Vi-o; bêbado estava e, inebriantes
E capitosos vinhos mais bebia,
Em tédio, como os fartos ruminantes
A boca larga e estúpida movia.

Eu pensativo, eu pálido, eu descrente,
Aproximei-me do ébrio, com tristeza,
Sem ele quase o pressentir sequer,

E vi seu dedo, aos poucos, lentamente
No vinho esparso que ensopava a mesa
Ir escrevendo um nome de mulher.

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal