Breaking News
Home / Turismo / Estado Livre da Baviera

Estado Livre da Baviera

PUBLICIDADE

Capital: Munique

Cidades

Augsburg, Aschaffenburg, Ansbach, Bamberg, Berchtesgaden, Coburg, Fürth, Garmisch-Partenkirchen, Ingolstadt, Munique (München), Nurembergue (Nürnberg – Lebkuchen), Regensburg, Straubing, Würzburg etc.

A denominação histórica de Estado Livre quer dizer que a Baviera é um Estado republicano e não monárquico. É o maior Estado alemão em superfície.

Em nenhum outro lugar da Alemanha é cultivada a tradição tão naturalmente como lá: o traje típico não é usado apenas por ocasião de grandes festividades populares, como por exemplo, na anual festa da cerveja “Oktoberfest”, em Munique.

A fronteira do sul da Alemanha é definida pelos Alpes, com o pico mais alto do país, o Zugspitze (2.962 m). No sopé dessa montanha, Garmisch-Partenkirchen é capital dos esportes de inverno. Berchtesgaden é uma famosa estação de férias de montanha.

O Estado possui ainda a região pré-alpina com seus lagos: o Chiemsee e o Königssee, ou ainda o lago Schmalen, em Mittenwald, diante do maciço de Karwendel. a Floresta Bávara (Bayerischer Wald) com seu parque nacional, as florestas Fränkische Alb, Fichtelgebirge e Steigerwald.

A Baviera é rica em extensos parques, como o de Schönbusch nas imediações da cidade de Aschaffenburg, o Hofgarten em Ansbach ou o Parque “Englischer Garten” (Jardim Inglês) em Munique, e em castelos e palácios suntuosos, ressaltando-se os do “rei dos contos de fada” Ludwig II: Lindenhof, Neuschwanstein e Herrenschiemsee.

A cidade de Bamberg, com suas residências (Residenz) em Würzburg, é Patrimônio da Humanidade.

Munique é sinônimo de “Oktoberfest”, feira de Natal, sendo a porta de entrada para os contos de fada. Maximilianstrasse é uma famosa rua de compras. A Ópera do Estado da Bavária, encontra-se em Munique.

Munique possui ainda o Deutsches Museum – a maior coleção mundial da história das ciências naturais e da técnica.

Também numerosas edificações históricas e museus de arte como a Antiga Pinacoteca (Lenbachhaus) e a Nova Pinacoteca (Schack-Galerie) – Neue Pinakothek ou Alte Pinakothek, é uma galeria de novos mestres com base na coleção do Rei Ludwig I da Baviera, compreendendo pinturas do século XVIII até o XX.

A cidade é um centro significativo da ciência e da pesquisa, em decorrência sobretudo das renomadas universidades e de outros estabelecimentos de ensino superior, da Biblioteca Estatal Bávara – uma das maiores da Europa, com mais de 6 milhões de volumes – do Instituto Max Planck de Física do Plasma e de outras instituições.

O aeroporto, que recebeu o nome do antigo governador Franz-Josef Strauss, é um importante ponto de apoio do transporte aéreo internacional. Em fevereiro de 1998, foi inaugurado o novo parque de exposições, localizado na área do antigo aeroporto München-Riem.

Nuremberg, conhecida por seus salsichões e feira de Natal, foi imortalizada na ópera “Os Mestres Cantores de Nuremberg”, de Wagner, muitas vezes representada no Festival de Bayreuth – todos os anos, durante julho e agosto, as óperas de Richard Wagner são representadas durante o Festival de Wagner na cidade – local onde aquele compositor viveu de 1872 a 1883.

No fim do verão, os vinhos novos são abertos em meio ao esplendor barroco e rococó da cidade fortificada de Rothenburg. Nurembergue, a cidade de Albrecht Dürer (1471-1528) e de Hans Sachs (1491-1576), guarda em suas igrejas obras artísticas de alto gabarito do final da Idade Média. Apenas o Museu Nacional Germânico já justificaria uma viagem à cidade.

Jóias do barroco e do rococó são as igrejas dos mosteiros de Banz e de Ettal, a basílica Vierzehnheilige e a Wieskirche, próxima a Steingaden. Esta última igreja foi declarada pela UNESCO como patrimônio cultural da humanidade, da mesma forma como a antiga residência do principado episcopal de Würzburg (Residenz).

Sua escadaria – considerada uma das mais belas do mundo – foi construída por Balthasar Neumann (1687-1753), com afrescos de Giovanni Battista Tiepolo. A residência, os Jardins da Corte e a Praça de Würzburg são considerados Patrimônio da Humanidade.

Além dos Festivais de Munique, há as Semanas Européias de Passau, A Semana de Bach em Ansbach e o Festival de Mozart de Würzburg. A música folclórica também está viva por toda a Baviera, especialmente por ocasião de numerosas festas, como a “Leonhardi-Fahrt” de Tölz, a Festa da Paz de Augsburg, o “Drachenstich” de Fürth, a “Kilianfest” de Würzburg e o Torneio Medieval de Kiefersfelden.

De dez em dez anos, realiza-se em Oberammergau a Paixão de Cristo, tradição desde 1634 (a mais recente foi no ano 2000).

O Cartão Postal mostra a catedral (ao fundo) e o prédio da Prefeitura com sua torre (Neuen Rathaus), na praça da prefeitura (Marienplatz), em Munique.

Antigo Estado Alemão

BAVÁRIA (português) — BAYERN (alemão)

Moeda em 1849: 60 Kreuzer = 1 Guilden | Moeda em 1874: 100 Pfennig = 1 Mark

Reinado no sul da Alemanha, estabelecido em 1804. Capital: Munique. Emitiu selos entre 1849 a 1920. Depois da Primeira Guerra Mundial, declarou-se República. Perdeu sua autonomia postal em 31/03/1920.

O primeiro selo postal foi emitido em 01/11/1849, ele é preto e tem valor facial de 1 Kreuzer. Portanto, o primeiro selo da Alemanha veio da Bavária, chamado de: “1 Kreuzer Preto do Reinado” ou “Schwartzer eisner” mudado para “the black one”.

Fonte: www.sergiosakall.com.br

Estado Livre da Baviera

Turismo na Bavaria

É o maior estado e o que melhor mantém as tradições da Alemanha. Possui muitos lugares de grande beleza, como a região dos Alpes, onde está o pico Zugspitze (2,962m), o mais alto da Alemanha, e o Parque Nacional Bayerischer Wald.

As montanhas da Bavária são um paraíso para amantes de caminhada e trilha e seus lagos e represas possibilita a pratica de uma grande variedade de esportes aquáticos.

Bavária é também famoso por seus jardins e parques, como o jardim Inglês de Munique, e por seus castelos e palácios: Linderhof, Neuschwanstein e Herrenchiemsee, entre outros.

Apesar da base da economia ser a industria, Bavária possui um setor agrícola poderoso, em que se destaca a plantação de lúpulo, para o processo da famosa cerveja; e dos vinhedos. Munique é a capital da região, uma cidade moderna, com cervejarias animadas.

Possui um Museu Alemão, o maior acervo relacionado à história mundial de ciências naturais; a Galeria de Quadros Antigos e a Biblioteca do Estado, que tem mais de seis milhões de livros. Por outro lado, a cidade de Nuremberg conserva, entre outros monumentos, os monastérios de Banz e Ettal e Museu Nacional Germânico.

Fonte: www.sprachcaffe-deutschland.com

Estado Livre da Baviera

Baviera é o maior dos dezesseis estados federais (são nomeados, mas não são estados) que compõem a República Federal da Alemanha . Ele está localizado no sudeste do país, e sua capital e maior cidade é Munique . Bavaria tem uma população de cerca de 12,6 milhões de habitantes.

História

O povo passou por momentos antes do início da era cristã , fundando colônias e inclusive sua terra na província de Raetia . O centro de administração romana para esta área foi Castra Regina, conhecida desde a Idade Média como Regensburg.

A partir do reinado de Marcus Aurelius , Recia foi governado pelo comandante da Legião III Italica, cuja base era na referida Castra Regina. Durante os últimos anos do Império Romano , o país estava quase deserta, mas desde a sua ocupação pelos godos no momento de Teodorico, o Grande , que também colocada sob o governo de um duque , em certa medida restaurou a sua prosperidade.

Economia

Estado Livre da Baviera
Sede da BMW .

Na Baviera a sede de muitas empresas e empresas de renome mundial, como montadoras é Audi ( Ingolstadt ) e BMW (Munique), industrial Siemens AG e MAN AG , marcas esportivas como Adidas e Puma (Herzogenaurach) e seguradora Allianz bem como várias empresas multinacionais têm a sua sede no Estado.

A taxa de desemprego situou-se em 3,9% contra 7,3% na Alemanha (Abril de 2011).

Bavaria é o primeiro destino turístico na Alemanha. Em Hallertau , uma região entre Munique e Ingolstadt, os crescidos lúpulo , considerado “ouro verde” da Baviera. Dos cerca de 19 mil hectares cultivados na Alemanha, 14.220 estão na região.

Cultura

Religião

A fé predominante é o catolicismo, particularmente em áreas do sul e em Lower Franconia . De acordo com o mais recente Kirchliche Statistik Eckdaten (censo religioso) da Conferência Episcopal Alemã, Bavaria é um dos dois estados com população católica maioria absoluta (56,4% em 2007 ).

Por outro lado, a Igreja Evangélica (21%), tem uma presença significativa em grande parte da Franconia . Religião continua a ser importante para muitos bávaros, conforme expresso no cumprimento típico da Suábia, Austro-Bávaro “Grüß Gott!” (Algo como “Saudações a Deus!”). O Papa Bento XVI , nasceu em Marktl am Inn , na Alta Baviera e era arcebispo de Munique e Freising.

Atitude às tradições

Os bávaros tendem a ser particularmente orgulhoso de suas tradições. O traje típico da Baviera ( Tracht ) ainda é usado em ocasiões especiais. Distingue os Lederhose homens e Dirndl para as mulheres.
Em muitas aldeias bávaros ainda tempo postes de madeira são preservados, com eixos horizontais chamados Maibaum, que na Idade Média serviu de rua da vila com o post estatuetas que representam o negócio da casa. Na música tradicional é o uso da gaita de foles , na região de Alto Palatinado , remanescentes do celta antigo e do património cultural germânica da região.

Gastronomia

Estado Livre da Baviera
Bocksbeutel recipiente típico vinho da Francônia.

A gastronomia é um aspecto fundamental da cultura bávara, ter um monte de pratos e bebidas que não são encontrados em outras regiões da Alemanha, como Weisswurst ( salsicha branca ). Um componente central da cozinha bávara é a cerveja. Ele geralmente é servido em galões e em festivais como Oktoberfest em unidades de litro (chamado de “massa” – massa) e sua pureza é tradicionalmente governado pela Reinheitsgebot , um conjunto de regras estabelecidas pelo Duque da Baviera, em 1516, em que a cerveja pode conter apenas três ingredientes: água, cevada e lúpulo.

Em 1906, a Reinheitsgebot se tornou lei, sendo abolido no final do século XX, como incompatível com as leis da União Europeia. A marca de cerveja que vem do norte da Baviera – de Franconia – e distribuje na Ásia é chamado St. ERHARD . Intimamente relacionado com cerveja são os festivais tradicionais da Baviera, mais notavelmente a Oktoberfest festival ou outubro.

Bavaria também é importante na produção de vinho, o que destaca a região do vinho Franconia . O vinho da Francônia é tradicionalmente embalados em chamadas Bocksbeutel , bastante amplo, e servem como identificação da denominação. Em muitas aldeias ainda são realizados festivais de vinho Franconia.

Fonte: es.wikipedia.org

Veja também

Hino Nacional da República Democrática do Congo

Debout Congolais PUBLICIDADE Debout Congolais (Levanta congolês) é o hino nacional da República Democrática do …

Locais Turísticos da República Democrática do Congo

BRAZZAVILLE PUBLICIDADE É um lugar muito interessante, muito verde, com uma Basílica, Mercados e o …

República Democrática do Congo

PUBLICIDADE O território que hoje leva o nome de República Democrática do Congo tem sido habitada por …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.