Breaking News
Home / Turismo / Locais Turísticos da Guiné Equatorial

Locais Turísticos da Guiné Equatorial

A ILHA BIOKO E SUA CAPITAL

PUBLICIDADE

Conhecida como a “formosa” Bioco, esta ilha acolhe em suas terras cadeia vulcânica que nasce no Monte Camerúm e chega até Annobão.

Seu solo é escarpado e cheio de caldeiras, lagos e vulcões inativos. A vegetação do território é tão extensa que chega até a beira do mar, constituindo um dos mais formosos lugares do Golfo de Guiné.

A cidade de Malabo, capital do país, está lotada de formosos edifícios coloniais da época inglesa, quando chamava-se Port Clarence e dos tempos de domínio espanhol, quando era Santa Isabel.

Aqui existe a única igreja de todo o continente africano de imitação neo gótica na Praça da Independência, em cujos bancos se reproduzem atividades cotidianas da época em barro.

Não muito longe encontra-se o Centro Cultural Hispânico Guineano, onde realizam-se as principais atividades artísticas do país. Mais adiante encontra-se o Centro Cultural Francês que também é uma casa dedicada a atividades culturais.

Os bairros da periféria da cidade são atrativos pela vida noturna. Bairros Os Anjos e Ela Ngema são uma clara mostra da alegria dos lugarenhos. A Rua de Niegria é a mais ativa quanto a bares, restaurantes e discotecas.

ARREDORES DE BIOKO

Poderá encontrar maravilhosas praias de areia branca à 6 quilometros da cidade. As estações também estão acondicionadas para realizar excursões desde a costa selva interior. Há também zonas de acampamento para o qual deve registrar-se na polícia.

A segunda cidade na ilha de Luba, a uma hora de Bioko de táxi, não conta com especiais atrativos, mas tem alguns desertos singulares e praias virgens nos arredores. Uma vista impressionante se observa desde o Moca.

AS SELVAS DA REGIÃO OCIDENTAL

Rio Muni é a região continental de Guiné Equatorial que extende-se até as fronteiras com Camerúm e Gabão. É uma terra de formosas praias e selvas exuberantes.

No interior encontram-se uma das extensões florestais menos exploradas do continente africano consideradas importantes para a investigação zoológica e botânica.

Já em terra firme encontra-se a cidade de Bata, de ruas amplas e retas. É destacável a orografia que permite às construções chegarem até a linha do mar. Junto à Praça do Relógio, no centro da cidade, acha-se um mercado central, que extende-se até o bairro de Comandachina, um dos mais concorridos da cidade.

As costas de Bata oferecem grandes extensões de praia virgem adornadas de belos palmerais. Desde Bata pode-se realizar excursões à selva.

O PARQUE NATURAL DE MONTE ALEN

Situado na parte norte da cadeia montanhosa de Niefang. O conjunto da paisagem está conformado por uma série de serras que se elevam até as rochas cristalinas ao leste da bacia do Rio Uolo.

Nessa zona encontram-se grandes concentrações de flora e fauna selvagem. Um formoso espetáculo natural.

A ZONA DOS MONTES MITRA

É um área limitada pelo Rio Cogue e o Rio Mitong. Em seus arredores pode-se observar os montes de Atom, Mabumu-Won, Mintong, Mitong, Mitono, Mitra e Mianye.

Dentro da zona existem ainda grandes concentrações de fauna e está comprovada a existência do gorila da costa e o chimpanzé, assim como, diversas espécies de primatas, mamíferos, aves e répteis.

A ZONA DO RIO NTEM

Esta região inclui o estuário do Rio Ntem (o campo) e seu leito, desde a desembocadura no mar pelo oeste, até a confluência como o Rio Mbuva pelo leste.

O lugar está situado dentro da chamada Penillanura de Ntem. As zonas de mangues e pastos costeiros são ricas em fauna marinha, palustre e selvática.

Aqui quase não existem assentamentos humanos, pois a densidade da população é muito baixa.

NSOC-AURENAM

É a parte oriental do sistema central que nasce em Gabão. Ali elevam-se os pontos mais altos dos montes Nsoc, Serra Mbula, monte Yagam e monte Nsama, que rodeam a população de Nsoc.

Sua grande riqueza biológica representa um grande potencial científico. O maciço florestal de Nsoc joga importante papel no controle dos afluentes dos rios e é um regulador do clima da região.

Fonte: www.rumbo.com.br

Locais Turísticos da Guiné Equatorial

Capital: Malabo
Idioma: espanhol e francês (pidgin e dialetos não oficiais)
Moeda: franco da comunidade financeira africana XAF
Clima: tropical úmido
Fuso horário (UTC): +1

Pontos turísticos

Bata: Cidade limpa e charmosa, possui mercados agitados e diversos bares, restaurantes e hotéis. Seu principal atrativo são as praias nas redondezas, catalogadas entre as mais bonitas do mundo.

Malabo: Pequena, bonita e com influência hispânica, é a mais vibrante e amigável ao turista. Bares abertos, clubes noturnos e mercados multicoloridos são seus pontos fortes. Com o oceano ao norte e montanhas ao sul, é um chamariz para o turismo.

Ilhas Elobey: As duas ilhas (Grande e Chico Elobey) são destinos fascinantes. A grande Elobey possui alguns moradores muitos simpáticos. Já Chico Elobey é deserta e ruínas da antiga capital dão um toque interessante e singular.

Fonte: www.geomade.com.br

Veja também

Hino Nacional da República Democrática do Congo

Debout Congolais PUBLICIDADE Debout Congolais (Levanta congolês) é o hino nacional da República Democrática do …

Locais Turísticos da República Democrática do Congo

BRAZZAVILLE PUBLICIDADE É um lugar muito interessante, muito verde, com uma Basílica, Mercados e o …

República Democrática do Congo

PUBLICIDADE O território que hoje leva o nome de República Democrática do Congo tem sido habitada por …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.