Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Turismo / Locais Turísticos da Finlândia

Locais Turísticos da Finlândia

PUBLICIDADE

Para começar o percurso por Finlândia nos situaremos na Região do Sul, onde encontra-se Helsinki, a capital do país e da maior parte da população.

Depois nos deslocaremos ao arquipélago das Ilhas Aland. De novo no continente visitaremos a Região Ocidental e a Região dos Lagos.

Seguiremos a viagem pela Zona Oriental da Finlândia, para finalizar o percurso na Lapônia Finlandesa. Não se pode esquecer um apartado especial para o Atelier de Papai Noel, no Círculo Polar Ártico.

A REGIÃO DO SUL

A Finlândia do sul é a zona mais densamente povoada do país, uma paisagem marcada pela cultura e a história e cheia de contrastes que variam desde a plana zona costeira, até as solenes colinas arenosas. Cidades de casas de madeira, antigas mansões e o Caminho Real, dentro de tudo isso, uma animada atividade comercial.

Lá encontra-se a região de Helsinki, abrangendo uma área formada pela própria capital e mais duas importantes cidades, Espoo e Vantaa. Esta zona, rodeada pelo mar e uma extraordinária natureza, tem uma população de quase um milhão de habitantes e supõe pela sua situação, um excepcional ponto de encontro entre o Leste e o Oeste.

HELSINKI

A capital da Finlândia mima seus visitantes com sua arquitetura; a famosa igreja de Temppeliaukio, (luterana) cavada em uma rocha e coroada por uma cúpula de cobre é digna de se ver, assim como, o Museu Nacional, a melhor vitrine da história da Finlândia. A Praça do Mercado, um centro cultural de grande vitalidade, e o Edifício do Velho Mercado do Porto são o centro para os que procuram maravilhas culinárias.

Na beira da Baia de Töölö, encontra-se a Estufa, onde se exibe uma exótica mostra de flores que varia segundo a época do ano. Outro lugar a levar em conta é a sede da Ópera, acabada em 1993, a nova sede da Ópera e Balé Nacional da Finlândia.

O Monumento a Sibelius, obra da escultora Eila Hiltunen, está situado no parque com o nome do mestre e é uma homenagem ao compositor nacional da Finlândia. Entre os museus cabe destacar o Ateneum.

A obra mais apreciada é o Centro, do estilo imperial, um monumento arquitetônico, cujo centro formam a Catedral evangélica-luterana e a Praça do Senado, com seus edifícios do estilo neo-clássico.

O antigo Porto de Katajanokka e suas edificações formam um perfeito conjunto do estilo modernista e os edifícios ao longo do Parque de Esplanadi, um lugar ideal para descansar entre compra e compra, dão um ar parisiense à cidade.

Desde o mar pode-se identificar a Catedral de Uspenski pelas douradas cúpulas. O Porto do Sul, é o ponto de partida para Suécia, Estônia e Alemanha. O Estádio tem sido o cenário de muitos acontecimentos esportivos internacionais organizados na Finlândia.

ESPOO

A Cidade-Jardím de Tapiola é um dos cinco núcleos urbanos da Espoo e oferece todos os serviços de uma grande urbanização, tanto a seus habitantes, quanto a seus visitantes.

Em Espoo encontra-se, também, Otaniemi com suas escolas e centros de investigação, os quais convertem-na em berço do ensinamento de alta tecnologia na Finlândia. Não longe dali está Tarvaspää onde, segundo se fala, o artista Akseli Gallen-Kallela via bruxas e fantasmas.

A característica básica da Espoo é a diversidade das paisagens, as quais variam desde sua costa com numerosas ilhas até as escarpadas paisagens virgens, com numerosos lagos passando pelos planos campos de cultivo dominados pelas fazendas. Vale a pena visitar o Parque Nacional de Nuuksio e o Parque aquático de Serena, onde pode-se participar de numerosos esportes aquáticos.

VANTAA

Em Vantaa, juntam-se de forma interessante a atualidade e o futuro. É uma cidade de alternativas, onde os núcleos urbanos densamente povoados permitem avistar pequenas vilas da campina, exuberantes paisagens fluviais e uma natureza mais verde.

Vale a pena destacar a Mansão de Nissbacka, onde em um ambiente romântico tem seu atelier Laila Pullinen, escultora de fama, e a obra “O Mar Antigo” no Parque das Esculturas.

Também em Vantaa encontra-se Tikkurila, onde acha-se um dos melhores centros da ciência do mundo “Heureka”. O aeroporto de Helsinki-Vantaa é a porta tanto para o Oeste como para o Leste, e encontra-se apenas vinte minutos do centro do Helsinki.

O CAMINHO REAL

Outra interessante opção é seguir o medieval Caminho Real, na Uusimaa do oeste, através das cidades de: Hanko com uns seiscentos desenhos feitos na rocha Hauensuoli, livro de visitantes do arquipélago; Tammisaari com as ruinas do Castelo de Raasepori; Pohja com as antigas fábricas de Fiskars e Billnäs; Karjaa com a extraordinária mansão de madeira de Mustio; Inkoo; Siuntio; Lohja, onde encontra-se a canteira de pedra caliça de Tytyri; Karjalohja; Sammatti; Nummi e Pusula. Em todas elas pode-se contemplar um interessante mundo de mansões, igrejas, castelos e fortalezas cheias de histórias.

A REGIÃO DOS ARTISTAS

A meia hora de carro desde Helsinki acha-se a região, que os artistas finlandeses da mudança do século ecolheram como residência e, fonte de inspiração, ali encontram-se as cidades de Järvenpää, Tuusula e Kerava.

O Escritório de Turismo de Järvenpää tem sua sede na mansão de Vanhakylä, construida no século XVIII e situada na beira do lago de Tuusula. Aqui pode-se alugar bicicletas e estreitos e longos barcos de remo, construidos segundo o modelo tradicional.

Em Tuusula encontra-se a casinha onde Aleksis Kivi, o escritor nacional da Finlândia passou os últimos anos de sua vida, enquanto em Kerava, no Museu Municipal de Arte, organizam-se exposições retrospectivas dos mestres finlandeses da arte contemporânea. Pode-se desfrutar do exótico Festival do Alho, uma alegre festa urbana, e do Mercado do Circo, com uma tradição circense de mais de cem anos de antigüidade.

A REGIÃO DE UUSIMAA

A Região da Uusimaa do Norte é uma combinação do novo e do antigo, da indústria, de campo e cidades, da natureza e acontecimentos. Lá encontra-se a cidade de Karkkila, lugar de uma antiga rota de comércio crescida em volta da velha fundição de Högfors (1820) e constitui o monumento turístico mais importante da cidade.

Em Vihti está Hiidenvesi, um lago no meio de colinas e vales. Nurmijärvi é conhecida pelo lugar onde nasceu o escritor Aleksis Kivi e também podemos encontrar ali o Lago Sääksjärvi.

Em Hyvinkää encontra-se o Museu Ferroviário da Finlândia e ao longo da rota de piraguas do rio Mustio, de 65 quilômetros de comprimento, existem vários monumentos históricos, tais como Halkiankoski, a cascata mais profunda do sul da Finlândia.

COSTA ORIENTAL

Na Costa Oriental do sul da Finlândia acham-se as cidades de Porvoo, conhecida pelo encantador bairro antigo e Askola com vinte poços glaciais no seu município; Loviisa, em cuja Baia a uns 10 quilômetros da cidade está a fortaleza marítima de Svartholm, com acesso à cidade por barcos; e Orimattila, onde encontra-se o Castelo da Arte.

A cidade marítima de Kotka, cuja história nos leva à época dos vikings, é atualmente o porto de exportação mais importante do país, enquanto que o arquipélago frente às costas da cidade oferece infinidades de possibilidades, para a pesca e o recreio. A cidade de Hamina destaca-se por sua vez pelo plano urbanístico, em forma de círculo, que inclui uma fortaleza.

Na região de Kouvola, encontram-se pequenas e pitorescas cidades, que nasceram com o caminho de ferro e a indústria do papel. Pode-se visitar a fábrica de cartão em Verla convertida em museu, uma vitrine da indústria papeleira da Finlândia.

AS ILHAS ALAND

O Arquipélago de Aland, formado por 6.500 ilhas, tem um governo autônomo desde 1921; é também, uma zona desarmada e completamente desmilitarizada com sua própria bandeira, desde 1964 e seu próprio selo, desde 1993.

Sua população ascende a 25.000 habitantes aproximadamente, e seus ingressos por pessoa, procedentes da navegação e o comércio, são os mais elevados da Europa. Pode-se chegar a Aland em barco ou avião.

A maioria dos visitantes chega a bordo dos transbordadores, que saem da Finlândia e Suécia e atracam nos portos de Mariehamnou Eckero e, desde lá, continuam a viagem em carro ou bicicleta.

Há boas estradas e é fácil ir de uma ilha para outra a bordo dos barcos inter-insulares. A única cidade e centro administrativo do arquipélago é Mariehamn, cidade dos marinheiros, onde encontra-se o Museu Naval de Aland e o veleiro de quatro mástiles Pommern, orgulho da região.

FINLÂNDIA OCIDENTAL

TURKU

Turku, é a cidade mais antiga da Finlândia. Em seu grande porto pode-se passar horas caminhando pela ribeira, enquanto se visitam museus e monumentos. É interessante visitar o Castelo e a Catedral da cidade, ambos construidos nos séculos XIII e XIV, porque constituem uma parte esencial da história da Finlândia.

O arquipélago que leva seu nome está formado por milhares de ilhas e ilhotas e é um dos tesouros nacionais da Finlândia.

RAUMA Y PORI

Rauma é a terceira cidade mais antiga da Finlândia. A velha Rauma, a parte antiga, é o maior conjunto de casas de madeira dos Países Nórdicos. Seus edifícios datam dos séculos XVII e XIX, principalmente.

Em Pori, além do famoso Festival Internacional de Jazz, que tem lugar em julho, pode-se visitar o Museu da Arte.

VAASA

Vaasa, é o porto da costa ocidental. O extenso arquipélago enfrente da cidade prepara interessantes experiências aos amantes da natureza. O viajante pode escolher seu alojamento entre um camping e um luxuoso hotel.

KOKKOLA

Kokkola, também esta velha cidade portuária tem conservado seu bairro de casas de madeira. Os tesouros da cidade são seus velhos edifícios, museus e monumentos. A Ilha do Farol é um exótico destino para as excursões.

OULU

Oulu é a capital do norte da Finlândia e está em pleno desenvolvimento. Um dos pontos de máximo interesse é o seu Parque da Ciência “Tietomaa”, uma maravilha da informática. Frente a suas costas está a Ilha de Hailuoto. Também nesta zona pode-se desfrutar de longas e desérticas praias e belos parques.

A REGIÃO DOS LAGOS

A melhor maneira de admirar esta paisagem única é a bordo dos barcos, atravessando lagos e canais para deter-se de quando em quando, em suas principais cidades.

TAMPERE

Tampere, no centro sul da Finlândia é uma cidade viva, fundada em 1779. Com uma população de 186 mil habitantes tem-se convertido em um centro de comércio e cultura, da ciências e da arte, embora soube conservar o caráter de pequena vila e todos os serviços estão muito perto.

A Tampere do verão é um verde oásis, cujas águas limpas convidam a tomar um banho. Destacam as beiras do rápido de Tammerkoski com suas pontes e casas de tijolo vermelho, a Praça Maior, a Catedral, as Colinas de Pyynikki e o tradicional bairro de Piispala.

PÄIJANNE E JYVÄSKYLÄ

Päijanne, é a jóia entre todos os lagos da Finlândia. O ar é limpo as suas águas podem ser bebidas diretamente. A região sul do lago conta com lindas paisagens, monumentos culturais e eventos, além de uma divertida vida noturna.

Desde Päijanne saem barcos até Jyväskylä, uma cidade universitária, com impressionante cultura, nela pode-se contemplar a obra do internacionalmente, famoso arquiteto finlandês Alvar Aalto e desfrutar de eventos como o Rally dos mil lagos.

SAIMAA

Em Saimaa há numerosos parques naturais, bosques e colinas, oferecendo rotas diversas e a possibilidade de alojar-se nas cabanas, situadas nestes paradisíacos espaços lacustres.

SAVONLINNA E PARIKKALA

No coração da região encontra-se a cidade de Savonlinna, construida sobre ilhas em volta do Castelo de Olavinlinna, uma obra medieval do século XII e cenário do suntuoso Festival da Ópera de Savonlinna. Perto, encontra-se a Igreja de Kerimäki, a maior igreja de madeira do mundo e, o Museu da Pesca Lacustre na Finlândia. No distrito de Parikkala está a Reserva de Aves de Siikalahti, conhecida pelo cantar de seus pássaros ao anoitecer.

Longe dali pode-se visitar outra cidade, Mikkeli, no meio de uma natureza pura e majestosa.

KUOPIO

Em Kuopio fundem-se natureza e cultura; vale a pena ir ao Museu da igreja ortodoxa, o mais importante do seu gênero e uma mostra das influências da cultura do leste na Finlândia oriental.

OUTROS PONTOS TURÍSTICOS

Outros centros importantes da zona são Lappeenranta, ponto onde começa o canal de Saimaa e lugar central do turismo lacustre; Imatra, na fronteira com Rússia, onde pode-se ver a impressionante correnteza do rio Vuoksi; Varkaus, com seu original Museu da Música Mecânica, que aloja mais de 200 instrumentos sonoros e cuja divertida visita guiada discorre por grandes salas decoradas, segundo as épocas e Iisalmi, região conhecida pelas cervejas e seus originais eventos, como o campeonato mundial do acarreio da esposa ou da pesca com as mãos.

FINLÂNDIA ORIENTAL

Na Região de Kainuu, a beira do Lago Oulu, encontra-se a cidade de Kajaani, centro de comércio e de cultura, onde encontra-se desde o mais antigo até o mais moderno.

Outra importante cidade é Kuhmo, com cerca de 13.000 habitantes e na que cabe destacar o Festival de Música de Câmara.

Mais ao norte em Kuusamo, paraíso dos ficcionados à pesca, pode-se ver o estreito cano do Lago Julma Ölkki participando de uma excursão guiada pelo lago. Trata-se de um monumento natural de paisagens virgens, ideal tanto para descansar ou para praticar todo tipo de atividades ao ar livre.

Se destaca também, o Parque Nacional de Oulanka, de fauna e vegetação muito variada; a aldeia turística de Juuma e as correntezas de seus rios e Ruka, um dos montes mais famosos da Finlândia, que no inverno converte-se em uma popular estação de esqui, embora no verão também não faltem visitantes. Nos meses do verão pode-se visitar o balneário “O Trópico de Kuusamo”, um lugar ideal para deleitar-se com o quente clima de veraneio e relaxar-se tomando uma sauna.

O tempo desde o princípio do inverno até Natal costuma-se chamar o “Kaamos”, neste período o sol oculta-se quase durante todo o dia, embora sem chegar à escuridão absoluta, mas com uma escuridão azulada que surge da branca neve, que ilumina a paisagem refletida pela luz da lua, as estrelas e a Aurora Boreal.

LAPÔNIA

Lapônia ocupa um terço da superfície da Finlândia. A maior parte da sua área está situada ao norte do Círculo Polar. Trata-se do país dos samis, das renas e de Papai Noel. Os sami são os povoadores originais da Lapônia, com profundas tradições culturais, sobretudo ao norte.

ROVANIEMI

A capital da região é Rovaniemi, onde juntam-se dois grandes rios e está rodeada de montes cheios de bosques. É escala imprescindível em qualquer visita a Lapônia, pois trata-se de uma cidade moderna com inumeráveis serviços. Entre os lugares mais destacados inclui-se a Ponte Jätkänkyntilä, com sua chama eterna sobre o rio Kemijoki, a Casa Arktikum, que emerge dos bancos do rio Ounasjoki, a Prefeitura, a Casa Lappia, que serve como teatro, a Sala de Convenções e a Biblioteca.

TORNIO

A cidade de Tornio é a ponte que une Finlândia com o oeste. É a cidade mais antiga da Lapônia. Está situada no fim do Golfo de Botnia na beira do rio do mesmo nome, que serve de fronteira entre Suécia e Finlândia. Lá encontra-se o maior da Finlândia, a correnteza Kukkola. Outras atrações turísticas são as correntezas de Matkakoski e o Parque Nacional do Mar de Bótnia. A oferta cultural de Tornio, inclui o Museu da Arte de Aine, o Museu Regional, a antiga Igreja de Madeira e a Igreja Ortodoxa.

ROTAS PELA LAPÔNIA

Na região da Lapônia pode-se desfrutar da visão de belas paisagens naturais em lugares como Tankavaara, que viveu a febre do ouro no século passado, ou admirar a particular cultura de Kittila, onde vale a pena ver o museu da arte do pintor Reidar Särestöniemi e, é claro, assistir ao Festival Internacional de Cinema de Julho, em Sodankylä.

Outra opção interessante é fazer uma entrada em Muonio, para admirar a igreja de madeira desenhada pelo arquiteto italiano Carlo Bassino, construida em 1817.

Na Lapônia encontra-se o monte mais meridional da Finlândia, o Ylläs, que forma com outras seis montanhas vizinhas uma interessante rota, ideal para o senderismo. A paisagem discorre entre os Lagos Akäslompolo e Ylläs, onde pode-se praticar o remo e a pesca, entre outras atividades.

Na rota ocidental encontra-se Levi, um centro de lazer em plena natureza, onde alugam-se bicicletas e, é muito típico o ciclo-turismo, além de haver uma pista de trenós sem neve. Encontra-se apenas 15 minutos do aeroporto de Kittilä e é fácil encontrar alojamento em cabanas excelentemente equipadas. Também há hotéis. Outra das cidades interessantes e rodeada de autêntica natureza selvagem é Salla, cuja cultura acha-se intimamente ligada ao leste.

Em Saariselkä, uma das bases populares dos buscadores de ouro, há que visitar o Parque Nacional de Urho Kekkonen, lugar ideal, para os ficcionados ao senderismo, com rotas variadas que incluem a possibilidade de conhecer os princípios da busca de pepitas de ouro e sua colorida história.

O ATELEIR DE PAPAI NOEL NO CÍRCULO POLAR ÁRTICO

Em Rovaniemi poderá encontrar Papai Noel e a suas renas todos os dias do ano. Pode visitá-lo em seu próprio lar. No Círculo Polar Ártico todo o ano é Natal, porém, ainda assim, esta segue sendo a festa culminante do ano, em toda Finlândia.

Durante as festas natalínas o atelier de Papai Noel organiza fantásticos eventos. Se pensa que sua fantasia e sua infância têm desaparecido, redescubra-las no lar de Papai Noel, no Círculo Polar Ártico.

Fonte: www.rumbo.com.br

Locais Turísticos da Finlândia

Capital: Helsinque

Idioma: finlandês

Moeda: euro

Clima: continental úmido e tundra

Fuso horário (UTC): +2 (+3)

Pontos turísticos

Lapônia

Conhecida como a Terra do Papai Noel, possui o chamado sol da meia noite, quando, no verão, o sol não chega a se por no horizonte. No inverno é procurada por causa da Aurora Boreal, fenômeno astronômico que aparece no céu sob certas condições climáticas.

Helsinque

Embora seja a capital do país, não possui mais que 500 mil habitantes.

O porto é rodeado por inúmeros edifícios retangulares coloridos em estilo neoclássico, entre eles a igreja luterana de São Nicolau.

Outro lugar bem procurado, é Seurassari, uma pequena ilha, que se chega atravessando uma ponte de madeira em estilo russo. Lá, além da beleza natural do local, um museu a céu aberto com casas e construções rústicas antigas, com mobiliário e utensílios originais, mostra um pouco da história do país.

Fonte: www.geomade.com.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Locais Turísticos de Burkina Faso

UAGADUGU (OUAGADOUGOU), A CAPITAL PUBLICIDADE É a capital de Burkina Faso e foi fundada há mais de …

Hino Nacional de Burkina Faso

Une Nuit Seule PUBLICIDADE Une Nuit Seule (também conhecido como L’Hymne de la Victoire ou Ditanyè) …

Bandeira de Burkina Faso

PUBLICIDADE A Bandeira de Burkina Faso é formada por duas listras horizontais, de igual largura, sendo a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+