Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Turismo / Locais Turísticos da Ucrânia

Locais Turísticos da Ucrânia

PUBLICIDADE

As Ru’s de Kiev foi a primeira cidade, que como tal se ergueu nesta zona.

Foi um importante centro social, político, religioso e cultural, com importantes influências do Império Bizantino, muito mais adiantada em aquela época, o que repercutiu favoravelmente na cidade e seus habitantes que, a sua vez, o transmtiam ao resto de povoações importantes.

KIEV

A capital da República de Ucrânia extende-se ao longo de 603.700 km quadrados. Kiev, situada na márgem direito do rio Dniéper, está considerada como uma das cidades do mundo, que mais espaços verdes tem pois estes representam 60 % da área urbana.

A ocupação alemã, durante a Segunda Guerra mundial, destruiu 80 % dos edifícios e disimou consideravelmente, a população. A estupenda reconstrução da cidade levada a cabo, dos anos 1945 a 1985, a tem convertido na atualidade, em uma das cidades mais importantes da Comunidade dos Estados Independentes, com uma indústria muito avançada, excelentes centros de investigação científica e médica e um importante setor cultural e artístico.

A importância histórica de Kiev é indiscutível, no ano 885 foi nomeada capital do Reino da Rus’ e graças a seus contatos com o Império Bizantino, se converteu no centro convergente em todas as áreas das povoações ao redor, sem esquecer, que foi o berço da primeira igreja russa.

O CENTRO DA CIDADE

O percurso por esta cidade deve começar, sem dúvida, pela Catedral de Santa Sofia situada na Praça de Bogdam Hmel’nickij, em cujo centro se levanta a escultura dedicada ao chefe militar Ucrâniano, que dirigiu a liberação do domínio polaco, nos anos 1648 e 1654, Bogdam Hmel’nickij.

Esta escultura foi realizada por Mikesim em 1888 e simboliza o desejo do povoado Ucrâniano de unificar-se em um somente estado com o russo.

A Catedral de Santa Sofia é o símbolo de Kiev. Construida por Yaroslav em 1037, esta catedral teve como modelo a Basílica de Santa Sofia de Constantinopla, convertendo-se no centro religioso, cultural e político da Rus’ de Kiev.

Nela não somente se seguia, com fervor o culto ortodoxo e se coroavam reis, se celebravam conselhos de Estado e assembléias populares e se recebiam às delegações diplomáticas de outros países, senão que também se escreveram anais, davam aulas, sendo a sede da primeira biblioteca do país.

Em seu desenho original a Catedral constava de 30 cúpulas com cinco naves e sete galerias. Porém, nos séculos XVII e XVIII nos que se levou a cabo, uma profunda reconstrução que modificou seriamente seu aspecto, as 30 cúpulas se reduziram a 19, que variaram também sua forma, sendo na atualidade em forma de pera, as galerias exteriores, aumentaram com um apartamento a mais e, a fachada ocidental passou a ter estilo barroco.

Nos finais do século XIX uma nova restauração converteu esta fachada em um arco e a princípios do século XX, se recuperaram 3.000 mt. dos afrescos, que em um princípio ocupavam 6.000 mt.

Também pode-se admirar na atualidade 260 mt. de mosaicos do século XI, inscrições medievais de grande valia, o sarcófago de mármore talhado e 6 toneladas de peso que acolhe os restos de Yaroslav, o principal promotor da Rus’ de Kiev, o solo de ferro fundido, que tem gravados símbolos das religiões mulçumanas e judia, que foram pisados pelos integrantes de outras crenças e o precioso iconostasio de madeira do século XVIII.

É interessante o museu do interior da Catedral, que expõe periodicamente diferentes mostras, A, arqueológicas e sobre o desenvolvimento da cidade.

Além, da Catedral, na Praça Bogam Hmel’nickij encontram-se também o Monastério de Santa Sofia com um impressionante campanário de 76 mt., que finaliza em uma cúpula dourada em forma de pera, característica do estilo Ucrâniano do século XVIII.

A um encostado se levanta o refretório, que na atualidade utiliza-se no inverno ao estar dotado de caleifação, o consistório e um pouco mais além o Edifício dos Irmãos.

Outra construção representativa de Kiev é a Porta de Ouro, do século XI, que era a entrada principal à cidade e, da que na atualidade solo, ficam algumas partes do muro.

Sobre ela se levanta a Igreja da Anunciação, sede de um museu, no que se explica a história e função da porta e da igreja, que servia de torre de vigilância. Continuando pela Vlaimirskaja encontra-se o Teatro Acadêmico Estadual de Ópera e Ballet Taras Svencenko.

Este teatro, que foi reconstruido em 1901 por Sreter, tem sido a sede de trens das obras de compositores tão conhecidos como Rimski-Korsakov e Chaikovski.

Próximo dele se levanta uma escultura em homenagem ao principal promotor da música clássica Ucrâniana, o Monumento a Nikolai Lysenko realizada por Kovalev.

Também a Vladimirskaja encontra-se a Sala de Conferências da Academia das Ciências, a Casa do Docente, coroada por uma formosa cúpula de cristal, que acolhe o Museu Pedagógico de Ucrânia, o Presídio da Academia de Ciências da Ucrânia e a Catedral de São Vladimiro, levantada com motivo do novo centenário da criação da Rus’ de Kiev, seguindo os regras do estilo bizantino.

Destacam a fachada e as pinturas do interior de Vaznekov, Vrubel e Nesterov. Para descansar de monumentos, em frente da Catedral encontra-se o Jardim botânico da Academia Fomim, com mais de 200 espécies de plantas de todos os lugares do mundo.

Outro centro cultural de grande importância em Kiev é a Universidade Estadual de Kiev Taras Sevcenko. Desde sua criação a Universidade tem-se destacado por defender idéias progressistas, em 1847, por exemplo, uma sociedadee secreta, que tinha sua sede nela, defendia a abolição da escravidão, que sofriam os servos da gleba, e a democratização da sociedade.

O campo é um bom local para passear e impregnar-se do ambiente universitário, criado pelos 20.000 estudantes, que estudam atualmente, nesta Universidade. Destaca a Biblioteca Central da Academia de Ciências de Ucrânia, cujo edifício foi desenhado por Os’mak, Pavel Alesim e Strosim.

MUSEUS DE KIEV

Próximo à Universidade encontram-se dois dos museus mais importantes da cidade: O Museu Estadual de Kiev de Arte Russa. (Horário: das 10.00 às 16.00 horas, fins de semana, de segunda-feira a sexta-feira das 12.00 s 20.00 horas Nas quintas-feiras permanece fechado). Criado em 1922, como Galeria de Pintura, apresenta na atualidade, uma excelente mostra de arte, do século XII até nossos dias.

Suas peças mais apreciadas são os iconos “A Degolação de São João Batista” e a “Última Ceia”, retratos tanto da realeza, como de personagens famosos e anônimos, paisagens como “A Tempestade” de Ajvazovskij, a “Noche Salvaje” de Siskim e as pinturas de Nikolaevic.

Destacam também a coleção de obras de Vrubel e a dos Ambulantes, estes pintores ofereceram um fiel reflexo da sociedade, através de exposições itinerantes.

Em suas obras se denunciava a situação crítica dos mais desfavorecidos, como pode-se apreciar em “Campesina com bastão” de Kramskoj, “O inocente” de Perov, “La Deportacióm dos Prisioneros” de Makovskij e “Os Burlaki do Volga” de Vasili Vasilevic.

Nas salas do segundo andar encontra-se os pintores russos contemporâneos, que mudaram a denúncia da situação rural dos ambulantes, pela denúncia social do estado dos obreiros e seu entorno, como pode-se apreciar nas pinturas de Korovin, Stepanov, Koncalovskij e Sarjam, entre outros.

O Museu Estadual de Arte Ocidental e Oriental de Kiev. A coleção divide-se na parte dedicada a Ocidente, com peças que vão desde esculturas gregas e romanas, cerâmica etrusca, medalhões escitas, iconos bizantinos, pintura italiana com quadros tão valiosos, como “A Virgem com o Ninho” de Belliniou “São Jorge” de Donatello, pintura espanhola, com gravados de Goya, como máximo expoente, pintura holandesa e flamenca e arte francês do XVIII, com esmaltes de Limoges, “Retrato de um homem” de Subleyras e uma cadeira litera, entre outras peças.

Nas salas dedicadas a Oriente pode-se ver uma estupenda mostra de arte egípcia, tibetano, mongol, índio, peças chinesas de incalculável valor como rolos de seda do século XIX, jades e gravados, budas de Nepal, máscaras de Indonésia e gravados e armas japonesas.

Depois da visita a estes dois interessantes museus o percurso continua por uma das partes mais antigas da cidade, o Podol. Para chegar a esta antiga cidadela fortificada se toma a Costa de São Andrés na que encontra-se a Igreja de São Andrés desenhada por Rastrelli e construida por Micurim, entre os anos 1747 e 1753.

Esta igreja conta com cinco cúpulas verdes, que contrastam com o branco e azul do resto do exterior do edifício. No interior destaca o precioso inconostásio de Antropov, Borispol’c e Levickij-Nos. Aos sábados se interpretam concertos de música antiga russa e ucrâniana.

Não o perda. Em frente desta igreja encontra-se o Museu Histórico Ucrâniano, que permanece fechado até a última quinta-feira do mês. Ao longo de 39 salas se expõem restos arqueológicos e etnográficos, moedas, armas e cerâmicas. São muito interessantes as reconstruções do modo de vida dos escitas e os sármatas.

Também conta com uma sala na que se contam as trocas políticas sofridos, no século XX.

PRAÇA CERVONAJA

A Costa de São Andrés desemboca na Praça Cervonaja, centro vital de Podol. Neste bairro da parte baixa da cidade se concentravam os artesãos e comerciantes.

No centro desta praça encontra-se a Casa dos Comerciantes, que deve sua atual aspecto à reconstrução feita por Melenskij, após o incêndio que sufreu, em 1811. Este edifício concentrava os comércios da época num pátio interior, que tinha seis saídas.

Cada rama tinha sua rua e o número de lojas podia ser de mais de cinquenta. Também na Praça Vermelha encontram-se o Palácio de Contratação, a Academia Mogiliana, na que se formaram grandes intelectuais e científicos, desde 1631, a Fonte de Sansão de Griogorovic-Barskij, na que pode-se ver a São Andrés bendizendo as colinas que circundam a cidade, e o Monumento ao Filósofo Grigorij Skovoroda.

Nas aproximidades da praça encontram-se a Casa de Mijail Bulgakov, importante novelista russo, a Pocta situada em uma encantadora casinha de conto, com os muros pintados de amarelo e branco e o telhado em cor verde, a Estação Fluvial de Passageiros na que pode-se embarcar para fazer um pequeno cruzeiro pelo rio Dniéper e o Parque da Colina de Vladimiro, cujos terraços pode-se desfrutar, com uma das vistas mais formosas de Kiev e admirar o Monumento ao Príncipe Vladimiro Svjatoslavic desenhado por K.A. Tom, e inaugurado, em 1853 e o Monumento Comemorativo da União de Ucrânia e Rússia, de 1982, com um impressionante arco de 50 mt. de altitude.

ULICA KRESCATICK

A rua na que transcorre a vida diária de Kiev é a Ulica Krescatick. Ao longo de seu quilômetro e meio Pode-se ver edifícios tão importantes como o Museu Taras Sevcenko, fazendo um percurso pela vida do pintor e poeta ucrâniano, o Teatro Acadêmico de Prosa Lesja Ukrainka, no que representam as melhores obras teatrais em prosa, o Museu de Arqueologia, o Teatro de Arte Dramática Ivam Franko de interior rococó desenhado por Gorodekckij, e o Conservatório totalmente destruido na Segunda Guerra Mundial e, reconstruido em somente três anos, de 1955-1958.

Quando esta artéria atinge a altitude da Praça da Revolução de Ocubre, tem chegado o momento de repousar uns momentos para desfrutar com o Monumento Revolução de Outubro e, sobretudo, com a animação que se respira, pois é o centro de reunião dos habitantes de Kiev.

Continuando pela Ulica Krecatick chega-se ao Palácio da Cultura de Outubro reconstruido totalmente, após a Segunda Guerra Mundial e, dali à Praça da Juventude Comunista, na que encontra-se o Museu de Lenim e a Filarmônica de Kiev.

Muito perto encontra-se o Museu Estadual de Arte Figurativa Ucrâniana. (Horário: segunda-feira e quarta-feira das 12.00 às 20.00 horas Os demais dias das 10.00 s 18.00 horas., exceto às sexta-feira que fecha). Nele pode-se ver excelentes iconos que vão desde o século XII até o XVII, como “A Intercessão da Virgen”, “Os Apóstolos Pedro e Paulo” e “São Jorge”, entre outros, retratos dos séculos XVII e XVIII tipicamente ucrânianos, como “Cosaco que toca uma bandurria” ou “Cosaco Mamaj”, e pintura Ucrâniana do XIX e do XX, com obras de Levickij, Borovickij, Trutovskij, Pimonenko e Sevcenko, entre outros pintores de importância.

Na Ulica Kirova se levantam os edifícios que acolhem às principais instituções políticas da República de Ucrânia: o Palácio do Conselho de Ministros de Ucrânia situado em um palácio desenhado por Fomim e Abrosimov, nos anos 30 e o Soviet Supremo da República de Ucrânia, de pedra branca.

Outras construções de interesse são o Palácio Mariinskij, reconstruido após o incêndio de 1819, por Maevskij, o Parque da Glória Eterna, erguido em memória dos soldados que morreram, perante as tropas de Hitler, durante a Segunda Guerra Mundial.

Em seu interior encontra-se o Museu Estadual da História da Grande Guerra Patriótica de 1941-1945, que está rematado, por uma estátua de 72 mt. de altitude de Borodaj denominada a Estátua da Mãe Pátria.

AS GRUTAS

Outro ponto de grande interesse em Kiev é o Monastério das Grutas. (Horário: de 9.30 às 18.00 horas. todos os dias. Terças-feiras, fechado). Suas origens se remontam ao século XI e recebe seu nome das grutas naturais às que os monges se retiravam para meditar e, nas que se deixavam os corpos uma vez falecidos, para que, graças à temperatura e umidade que mantém, se momificaram por si mesmos.

Estas grutas têm dois metros de altitude e um e meio de comprimento. Em seu interior se construiram igrejas subterrâneas, como a de São Teodósio e a da Anunciação.

O mosteiro encontra-se rodeado na atualidade por umas muralhas de 7 mt. de altitude mandadas construir por Pedro I. A muralha tem em cada esquina uma torre, em total quatro, a Ivana Kusnika, a torre do Relógio, a Onufrievskaja e a Maljarnaja. A entrada é a Porta da Trindade sobre a que se edificou a Igreja da Trindade.

Destruida por um incêndio, em 1718 foi reconstruida treze anos depois, por Stefanovic. Destacam os afrescos da escola iconográfica nacional do interior. Aos lados da Porta encontram-se as antigas celdas dos monges, que atualmente se utilizam como pequenas salas de exposições.

Em frente das celdas estão instalados em distintas exposições, objetos de metais preciosos, tecidos e bordados e gravados de distintas épocas. Muito curiosa resulta a dedicada às Microminiaturas de Mikola Sjadristyj, cujas peças somente pode-se contemplar através de um microscópio.

A esquerda da entrada encontra-se a Igreja de São Nicolás do século XVIII, com uma formosa cúpula azul com estrelas de ouro como adorno. Em suas origens foi um hospital, passando a ser na atualidade uma sala de exposições.

Na antiga enfermaria está hoje o Museu do Teatro, a Música e o Cine de Ucrânia. Fácil de distinguir dentro deste conjunto arquitetônico graças a seus 96 mt. de altitude é o Campanário grande, com quatro andares de altitude, rematados por uma formosa cúpula dourada.

Realmente interessantes as enormes campainhas fundidas no próprio atelier do mosteiro e o relógio de pêndulos, que tem sido substituido em várias ocasiões até ser ocupado, pelo realizado por Enodim, em 1903.

O primeiro edifício construido no mosteiro foi a Catedral da Dormicióm que resultou quase destruida, durante a Segunda Guerra Mundial, exceto uma pequena parte que pode-se visitar.

Também foi destruido o Economato, embora foi recuperado graças a uma difícil restauração nos anos 60. Muito perto encontra-se o edifício da imprensa do mosteiro, o Edifício Kovnir, que também alojava a padaria.

Desde que desta imprensa saiu o primeiro livro em 1615, não tem deixado de ser um centro vital para a cultura da República de Ucrânia. Atualmente é a sede do Museu do Livro e a Arte da Impressão da República Ucrâniana, que pode-se contemplar a evolução nesta matéria desde os primeiros alfabetos em eslavo até as melhores impressões da União Soviética.

O Edifício Kovnir também aloja o Museu de Objetos Preciosos de Valor Histórico da República de Ucrânia com peças de grande valor, com um colar de ouro, como jóia da coleção, na que pode-se admirar a maestria dos ourives da Rus’ de Kiev e também dos joalheiros russos e armênios.

A Igreja de Todos os Santos, situada atrás do Economato, é uma das melhores construções da arquitetura Ucrâniana do XVII, desenhada por Dimitri Aksamitov. Está rematada por uma cúpula dourada, seguindo os protótipos das antigas igrejas de madeira.

Os iconostásios do interior resultam realmente curiosos, pois tem como motivo os retratos do Príncipe Vladimiro Svjatoslavic e Constantino, imperador de Bizancio, em lugar dos arcanjos típicos do culto ortodoxo.

Muito perto levanta-se a Igreja do Salvador, com preciosos afrescos em seu interior, tinha como finalidade ser a última moradia dos Príncipes de Kiev.

Outros edifícios de interesse dentro do Monastério são a Casa do Metropolita, quer dizer a casa da máxima autoridade religiosa do mosteiro, a Biblioteca Flavjam, com mais de 15.000 obras, o Museu de Artes Populares Decorativas da República da Ucrânia, com uma mostra de roupas, tapetes, cerâmicas, peças de cristal e madeira e uma curiosa coleção de ovos de Páscoa pintados, e o antigo Refeitório de estilo barroco Ucrâniano.

Nas Grutas Próximas, na parte mais ao sul do mosteiro, destacam a Igreja da Exaltação da Cruz, com uma decoração interior realmente impressionante e o Campanário rematado por uma cúpula dourada.

Nas Grutas Distantes encontram-se a Igreja da Concepção de Santa Ana, com afrescos de Kvjatkovskij, que também pintou a Igreja da Natividade da Virgen.

A PERIFERIA DE KIEV

Fora da cidade estão rodeadas por preciosos parques a beira do rio Dniéper. Todos os parques de Kiev estão unidos ao Parque Central da Cidade de Cultura e Descanso, com 260 hectares de extensão. O mais antigo, 1810, é o Parque do túmulo de Askold desenhado, para acompanhar a túmulo de Askold que morreu por defender a cidade no ano 1782.

Outros parques de interesse são o Dneprovskij Park, o Parque aquático e, com mais de 10.000 espécies de plantas, o Jardim Botânico da Academia de Ciências de Ucrânia no qual, além, pode-se visitar o Monastério Vydubickij construido nos anos 1070 e 1077. Também é muito interessante a Igreja de São Cirilo, de 1140, em cujo interior pode-se ver excelentes afrescos do século XII e pinturas de Vrubel.

Muito perto desta igreja encontra-se o Barranco de Baba no qual foram exterminados 250.000 habitantes de Kiev, durante a ocupação alemã, que sofreu a cidade durante a Segunda Guerra Mundial.

A cinco quilômetros de Kiev seguindo o curso do rio Dniéper, pela sua beira oriental, encontra-se o Museu ao ar livre de Arquitetura de Madeira. Inaugurado em 1976, este museu que na realidade é um parque, tem recolhido edifícios populares de distintas épocas, todos eles representativos de 25 regiões da Ucrânia.

No interior das construções se expõem os objetos, que se podem encontrar em qualquer um deles, estando situados na zona e, no tempo que lhe corresponde.

Na atualidade se levantam 500 edifícios sem contar os moinhos de vento, que salpicam de vez em quando, este maravilhoso entorno. Dentro de cada região se levantam distintos edifícios representativos, igrejas, granjas e de serviço público.

O museu divide-se em quatro seções:

Seção do Dniéper médio

Recolhe a zona de Kiev e Circasia. Levanta-se uma casa de um brazeiro que reflete a miséria, na que viviam os servos da gleba, uma igreja e uma escola paroquial.

Seção de Sloboda e Poltava

Casas brancas com decorações de cores vivas muito mais confortáveis que as anteriores. Também pode-se ver a região de Polesia, com uma ferraria, uma granja de 1587 e a casa de um apicultor.

Seção de Podolia

Uma decoração muito mais viva tanto no exterior como no interior das casas. Pode-se ver uma granja de um campones rico, uma de um pobre, outra com um moinho adosado e uma taberna.

Seção de Ucrânia Meridional

Com um moinho de pedra, como máximo atrativo.

Fonte: www.rumbo.com.br

Locais Turísticos da Ucrânia

Kiev

Capital da Ucrânia, mas também o berço da civilização russa. Enquanto muitos de seus edifícios foram destruídos durante a Segunda Guerra Mundial, Kiev tem muito a oferecer.

O Mosteiro das Cavernas, no coração da cidade é o ponto focal da antiga Igreja Ortodoxa. Os visitantes devem levar velas para ver as relíquias da igreja dispostos em um labirinto de catacumbas. Kiev é a sede da Igreja Ortodoxa pró-Rússia. Santa Sofia Catedral, que data do século 11, contém ícones esplêndidas e afrescos, e está situado em um belo local.

Le Pont d’Or Kiev é o último vestígio das muralhas do século 10 que protegiam a cidade.

Lvov

Com sua impressionante arquitetura barroca e renascentista, Lvov é o ponto focal da cultura nacional ucraniana. Foi o centro da ambição nacionalista ucraniano no início da era Soviética. Castle Town foi o primeiro edifício de usar azul e amarelo da bandeira nacional da Ucrânia.

Lviv é também a sede da Igreja greco-ortodoxa da Ucrânia. Situado no sopé pitorescas dos Cárpatos, é um dos mais antigos e mais incomum na Europa.

Com uma população de mais de 900.000 habitantes, é a cidade Lvov “de leões”, o coração ea alma da Ucrânia Ocidental. Graças à sua localização, muitos fluxos comerciais importantes e culturas se encontram em Lvov.

A intensa atividade comercial levou a uma maior prosperidade. Os nobres seculares e religiosos, ricos comerciantes e artesãos viviam no recinto perto das muralhas da cidade.

A partir do século 15, a cidade teve sua própria moeda, um sistema de abastecimento de água e sistema internacional postal regular.

As ruas foram pavimentadas e muitas casas foram construídas na época. Séculos se passaram e essa herança diversificada, deixou um grande número de objetos de museu.

O Museu Nacional, o Museu Histórico, a Galeria de Arte, o antigo Arsenal (o arsenal da cidade) e do Museu de Etnografia e Artesanato são famosos por suas coleções.

O desenvolvimento da indústria farmacêutica na Ucrânia é ilustrado pela coleção do Museu, farmacêutica, farmácia mais antiga em atividade Lvov (criado em 1735). Os interiores destes edifícios fabuloso evoca a atmosfera de tempos passados. A própria cidade é muitas vezes chamado de museu ao ar livre “. O destaque desta arquitetura é, sem dúvida, o mercado local, ligada por mais de 600 anos de história local.

Odessa

É a cidade dos famosos passos de 192 filme escadas Potemkin de Sergei Eisenstein Encouraçado Potemkin. Odessa, lar de uma comunidade de 45.000 judeus, é também um centro do renascimento desta cultura. O Opera vasto é um dos maiores do mundo.

O teto é decorado com cenas de peças de Shakespeare. A estátua de Duque de Richelieu, Vorontsov Palace na orla e do Museu Arqueológico, que abriga exposições da região do Mar Negro e do Egito também merecem uma visita.

Criméia

Era uma vez o resort de verão dos líderes do Kremlin. A capital da região empoeirado Simferopol tem algumas atrações. Yalta é a ‘Pérola do Criméia “, que atrai visitantes. Os balneários do antigo Partido Comunista foram transformados em resorts.

As vinhas da região de produzir vinhos de excelente qualidade que você pode desfrutar no local a um relativamente interessante. O Palácio Vorontsov foi desenhado por Edward Blore, um dos arquitetos do Palácio de Buckingham. Nikitsky Gardens, apenas para a borda externa de Yalta, são uma excelente oportunidade para visitar durante a tarde. Áreas industriais estão em Massandra, Yalta acima.

Fonte: www.europa-planet.com

Locais Turísticos da Ucrânia

Capital: Kiev
Idioma: ucraniano e russo
Moeda: hryvnia ucraniana
Clima: continental úmido
Fuso horário (UTC): +2 (+3)

Pontos turísticos

L´viv

É considerada um museu ao céu aberto, com amostra dos estilos arquitetônicos do gótico ao contemporâneo.

A cidade velha possui a maioria dos pontos turísticos, entre eles, a Ploschka Rynok, a prefeitura, a Catedral Católica Romana, uma farmácia fundada em 1735 junto ao Museu Apteka, com equipamento farmacêuticos históricos.

Kiev

Antiga capital do grande país Rus-eslavo, possui jóias da arquitetura, como a Catedral de St. Sofia, do século XI, a igreja de Mykola Prytysko, do século XVI, o Monastério das Covas, com monges mumificados guardados em seus labirintos, e ainda pontos de interesse histórico, como o Museu de Chernobyl.

Fonte: www.geomade.com.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Locais Turísticos de Burkina Faso

UAGADUGU (OUAGADOUGOU), A CAPITAL PUBLICIDADE É a capital de Burkina Faso e foi fundada há mais de …

Hino Nacional de Burkina Faso

Une Nuit Seule PUBLICIDADE Une Nuit Seule (também conhecido como L’Hymne de la Victoire ou Ditanyè) …

Bandeira de Burkina Faso

PUBLICIDADE A Bandeira de Burkina Faso é formada por duas listras horizontais, de igual largura, sendo a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+