Facebook do Portal São Francisco
Google+
+ circle
Home  Filo Chordata - Página 20  Voltar

Filo Chordata

Encéfalo anterior

Telencéfalo

Diferencia-se principalmente em dois hemisférios cerebrais (cérebro), cujo tamanho aumenta à medida que passamos dos peixes aos mamíferos. Nos demais vertebrados o telencéfalo constitui basicamente o centro do olfato, apresentando o bulbo olfatório bem desenvolvido.

Diencéfalo

Tálamo

Atua como estação retransmissora de impulsos nervosos para o córtex cerebral a responsável pela condução dos impulsos às regiões apropriadas do cérebro onde eles devem ser processados.

Hipotálamo

Controla a temperatura corporal, o balanço hídrico, o apetite e interfere nas atividades dos órgãos viscerais. Também exerce controle sobre a glândula hipófise, fazendo ligação entre o sistema nervoso e o sistema endócrino.

Encéfalo médio ou Mesencéfalo

Com exceção dos mamíferos, é o centro da visão a nos mamíferos, controla os movimentos dos olhos.

Encéfalo posterior ou Rombencéfalo

Cerebelo (anterior)

Metencéfalo a equilíbrio, postura e coordenação dos movimentos.

Cerebelo
Cerebelo

Ponte (anterior)

Metencéfalo a presente apenas nos mamíferos a protuberância que contém fibras que se dirigem para o cérebro ou partem dele a cruzam da direita para a esquerda e vice-versa a o córtex motor direito controla os movimentos do lado esquerdo do corpo, e o córtex esquerdo os movimentos do lado direito.

Bulbo ou medula oblonga (posterior)

Mielencéfalo a extremidade anterior dilatada da medula espinhal acentro vital a controla a respiração e a digestão, além de determinar alterações nos batimentos cardíacos. Também exerce influência em certos atos reflexos, como a deglutição, o vômito, a sucção e a tosse.

Anatomia do Cérebro
Anatomia do Cérebro
( Clique para Ampliar )

4- Órgãos excretores

São os rins, que podem ser de três tipos:

Tipos de Rins dos Vertebrados
Tipos de Rins dos Vertebrados
( Clique para Ampliar )

Pronefros

São segmentados e se situam na região anterior do corpo Æ retiram as excretas do celoma. Ocorrem nos ciclóstomos e nos embriões de todos os vertebrados (funcionais apenas em embriões de peixes e anfíbios).

Mesonefros

Também são segmentados e se situam na região mediana do animal > retiram excretas do celoma e do sangue. Ocorrem em embriões de répteis, aves e mamíferos e em peixes e anfíbios adultos.

Metanefros

Não são segmentados e se situam na região posterior do corpo > mais eficientes > retiram excretas apenas do sangue. Ocorre em répteis, aves e mamíferos adultos.

5- Regulação térmica

Pecilotérmicos ou ectotérmicos: animais que não têm a capacidade de regular a temperatura corporal > varia de acordo com a temperatura ambiental > usam fonte externa de calor > animais de sangue frio >peixes, anfíbios e répteis.

Regulação Térmica dos Cordados
Regulação Térmica dos Cordados
( Clique para Ampliar )

Homeotérmicos ou endotérmicos

São capazes de manter uma temperatura corporal constante, independendo da temperatura ambiental > calor tem fonte interna (alta taxa metabólica) > animais de sangue quente > aves e mamíferos.

Regulação Térmica dos Cordados
Regulação Térmica dos Cordados
( Clique para Ampliar )

6- Anexos embrionários

Durante o desenvolvimento, os embriões dos vertebrados apresentam algumas membranas anexas, originadas dos folhetos embrionários e que desempenham importantes funções como proteção, nutrição, excreção, respiração, entre outras.

Saco vitelino (vesícula vitelínica)

Primeiro anexo a surgir nos vertebrados > fonte de nutrição do embrião que não tem contato com a mãe (armazenar vitelo - reserva nutritiva) > especialmente desenvolvido nos peixes, répteis e aves.

Anexos Embrionários dos Cordados
Anexos Embrionários dos Cordados
( Clique para Ampliar )

voltar 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22
avançar