Breaking News
Home / Biologia / Tipos de Aranha

Tipos de Aranha

PUBLICIDADE

 

Clique nos links abaixo para navegar:
Agelenidae
Amaurobiidae
Anyphaenidae
Araneidae
Aranha Marrom
Atypidae
Clubionidae
Corinnidae
Ctenizidae
Dictynidae
Dysderidae
Eresidae
Filistatidae

Gnaphosidae
Linyphiidae
Liocranidae
Lycosidae
Mimetidae
Miturgidae
Nemesiidae
Oecobiidae
Oxyopidae
Palpimanidae
Philodromidae
Pholcidae
Pisauridae

Prodidomidae
Salticidae
Scytodidae
Segestriidae
Sicariidae
Sparassidae
Symphytognathidae
Tetragnathidae
Theridiidae
Theridiosomatidae
Thomisidae
Uloboridae
Zoridae
Zoropsidae

Você sabia que existem mais de 50.000 espécies de aranhas encontradas no mundo?

Mesmo que existam muitas semelhanças entre elas, são diversificadas o suficiente para ganhar suas próprias e novas categorias.

Existem muitos tipos diferentes de aranhas que podem ser encontradas em todas as regiões do mundo

Agelenidae

Tipos de Aranha
Agelenidae

Os Aguelenídeos são Aranhas de tamanho pequeno a grande, sedentárias que constróem teias em tubo com zonas estendidas em “toalha”.

A aranha caminha sempre sobre a teia e permanece geralmente dentro das zonas tubulares que se encontram mais abrigadas.

O número de tubos, aberturas e tamanho das toalhas varia muito com as espécies.

Possuem um par de pulmões lamelados e um sistema traqueal com uma abertura única na zona ventral posterior do abdómen. A carapaça tem as duas regiões bem distintas com a zona cefálica comprida e estreita e a zona torácica mais larga e aplanada.

Os ocelos são em número de 8 distribuídos em duas linhas transversais de 4. Quelíceras robustas e dentadas e corpo coberto de pêlos.

Amaurobiidae

Tipos de Aranha
Amaurobiidae

Apenas com um género em Portugal, os Amaurobiídeos são Aranhas de tamanho médio, robustas que constroem teias de aspecto irregular com um abrigo em forma de tubo.

Este tubo pode ter uma ou várias aberturas e situa-se normalmente dentro de pequenas fendas em muros, pedras ou no solo. A seda é muito branca ou azulada típica das aranhas cribeladas.

Ocelos em número de 8.

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio, de aspecto robusto e tonalidades acastanhadas.
Carapaça: Com duas regiões distintas mas a zona cefálica é geralmente grande e larga.
Olhos: 8 olhos.
Quelíceras: Labidognatas e robustas.
Patas: Com aspecto variável. Quando presente, o calamistro é composto por duas fiadas de pêlos.
Abdómen: Oval a fusiforme.
Fieiras: Em número variável. Com ou sem cribelo.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Anyphaenidae

Tipos de Aranha
Anyphaenidae

Carapaça: Amarela pálida com bandas laterais negras com margens dentadas e pequenas linhas brancas que irradiam a partir da fovea. A área mediana, mais clara, possui duas manchas negras atrás dos olhos posteriores

Patas: Amarelas pálidas com muitas pequenas manchas negras que por vezes formam aneis

Abdómen: de amarelo pálido a castanho rosado salpicado de pontos escuros. Ao centro situam-se dois pares de manchas negras de forma variável

Ciclo: Adultos no Verão

Habitat: Arvores e arbustos

Apenas com um gênero em Portugal, os Amaurobiídeos são Aranhas de tamanho médio, robustas que constroem teias de aspecto irregular com um abrigo em forma de tubo. Este tubo pode ter uma ou várias aberturas e situa-se normalmente dentro de pequenas fendas em muros, pedras ou no solo. A seda é muito branca ou azulada típica das aranhas cribeladas. Ocelos em número de 8.

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio e tonalidades acastanhadas.
Carapaça: Mais estreita na zona cefálica mas não apresenta uma diferenciação marcada das duas regiões.
Olhos: 8 olhos dispostos em duas linhas ligeiramente curvas.
Quelíceras: Labidognatas.
Abdómen: Oval.
Fieiras: Pequenas e de tamanho semelhante entre si. As anteriores são cônicas e muito juntas.
Órgãos respiratórios: Dois pulmões laminados e um estigma traqueal característico situado aproximadamente a meio da face ventral.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Araneidae

Tipos de Aranha
Araneidae

Descrição da Família

Aspecto Geral: Aranhas de tamanho pequeno a grande, de aspecto e colorações muito variadas.
Carapaça: Bastante variável podendo ou não apresentar as duas regiões distintas.
Olhos: 8 olhos, geralmente com a distribuição em duas linhas mais ou menos distorcidas que podem ser vistas como três grupos: um quadrado central e um grupo de dois laterais de cada lado.
Quelíceras: São labidognatas com quelíceras fortes e um côndilo visível.
Patas: De proporções variáveis sempre com três garras.
Abdómen: Extremamente variável em tamanho, coloração e forma.
Fieiras: Curtas e juntas, sempre sem cribelo.
Órgãos respiratórios: Com dois pulmões laminados e um estigma traqueal junto à base das fieiras.
Órgãos copulatórios: Muito complexos.

Aranha Marrom

Nome Científico: Loxosceles

Nome em Ingês: Brown Spider ou Violin Spider

Identificação

É a menor aranha entre as mais perigosas (Corpo 7-12 mm). Por causa dos hábitos noturnos e seu tamanho, passam desapercebidas pelo homem e podem então proliferar-se extraordinariamente. Os machos têm corpo menor e pernas relativamente mais longas. O cefalotórax é baixo, isto é, não ultrapassa, em altura, o abdômen, os olhos são seis, reunidos em três pares de quelíceras são soldadas na base. Todas apresentam um colorido uniforme que varia do marron claro até o escuro, podendo apresentar no cefalotórax um desenho amarelo em forma de estrela (L. gaucho). As fêmeas alcançam a maturidade sexual em média aos 328,5 dias e os machos em 454,7 dias. Uma fêmea pode produzir até 15 ootecas que contêm de 22 a 138 ovos. A duração de vida é de 1536 dias para as fêmeas e 696 para os machos que acasalaram.

Tipos de Aranha
Aranha Marrom

O ataque

Não são aranhas agressivas e a maioria dos acidentes (cerca de 80%) ocorrem dentro de casa. Elas picam quando são comprimidas contra o corpo da vítima, dentro de roupas , toalhas de banho e na cama.

Onde são encontradas

São aranhas domiciliares que se alojam, de preferência, nos armários, roupas e sapatos velhos. Comprimidas ao corpo da vítima quando esta se vete ou calça o sapato, desferem seu ataque. As picadas atingem, com mais freqüência, os antebraços, braços e ombros, colo, nuca, rosto, tórax, ventre e, mais raramente, outras partes do corpo.

Distribuição geográfica

Gertsh (1959 e 1967) fez uma revisão das espécies do gênero Loxosceles, que ocorrem o continente americano; citou 18 espécies para a América do Norte, Central e Antilhas e 30 para a América do Sul.

Lista de algumas das espécies:

L. rufescens – Cosmopolita; EUA, onde foi introduzida e provavelmente América Central e do Sul e em diversas ilhas do Oceano Atlântico.
L. rufipes
– Toda a América Central e Colômbia
L. laeta
– Toda a América do Sul até a América Central (Chile, Peru, Colômbia, Equador, Argentina, Guatemala e Honduras).
L. gaucho
– L. similis – Brasil
L. variegata
– Paraguai
L. spadicea
– Bolívia
L. lutea
– Colômbia e Equador

Tipos de Aranha
Aranha Marrom

Habitats: Habitam os climas quentes e temperados e no continente americano ocorrem cerca de 50 espécies diferentes.

Ação do veneno (peçonha): O veneno tem ação proteolitica e hemolítica e, se manifestam tardiamente, em torno de 12 a 24 horas após o acidente.

Quadro clínico

O quadro clínico cutâneo caracteriza-se por edema, eritema, dor local semelhante a queimadura. Quando há comprometimento cutâneovisceral, observamos febre, mal-estar generalizado, icterícia, equimose, vesículas, bolhas, necrose e ulceração. A urina torna-se escura, cor de “coca-cola”.

Pode evoluir para oligúria, anúria e insuficiência renal aguda, semelhante ao que ocorre no acidente crotálico.

Tratamento

O tratamento específico é feito com o soro antiaracnídeo e/ou antiloxoscélico, 10 ampolas pelas via endovenosa. O tratamento complementar consiste na limpeza local com anti-sépticos e hidratação do doente de maneira semelhante ao preconizado para o acidente crotálico.

A vacinação anti-tetânica está indicada. Os antibióticos devem ser utilizados quando houver infecção secundária de maneira semelhante ao preconizado no acidente botrópico. O emprego do soro específico deve ser feito até 36 horas após o acidente.

Conduta frente a picadas de Aranhas e Escorpiões:

Evitar que o paciente se movimente muito
Não fazer torniquete no membro acidentado
Aplicar compressas frias (10 a 15 ºC) nas primeiras horas
Aplicar respiração artificial, caso a pessoa não estiver espirando bem
Encaminahr ao serviço médico.

Atypidae

Tipos de Aranha
Atypidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio, tonalidades escuras e com poucos pêlos.
Carapaça: Muito brilhante com uma zona cefálica mais elevada mas da mesma largura da região torácica.
Olhos: 8 olhos, juntos, com distribuição característica.
Quelíceras: Ortognatas, projetadas para a frente, muito grandes e robustas.
Abdómen: Oval, curto, com scutum nos machos.
Fieiras: Bem desenvolvidas com as posteriores maiores.
Órgãos respiratórios: Quatro pulmões laminados.
Órgãos copulatórios: simples.

Clubionidae

Tipos de Aranha
Clubionidae

Comprimento (mm): fêmea 6, macho 5
Carapaça: castanha-amarelada clara, com a zona cefálica mais escura
Quelíceras: castanho-escuras
Patas: muito pálidas
Abdómen: castanho-avermelhado claro dorsalmente e castanho amarelado nos lados e na face ventral
Ciclo: adultos quase todo o ano
Habitat: entre a vegetação baixa e debaixo de pedras

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio de aspecto variável.
Carapaça: Com uma região cefálica grande, mais elevada que a torácica mas normalmente sem uma distinção clara entre ambas.
Olhos: 8 olhos distribuídos em duas linhas curvas.
Quelíceras: Labidognatas, robustas e com dentes.
Abdómen : Oval ou fusiforme, geralmente coberto de pequenos pêlos e com padrões muito ténues. Frequentemente a zona cardíaca é transparente.
Fieiras: 6 fieiras, pequenas, cônicas. Sem cribelo.
Órgãos respiratórios: constituidos por dois pulmões laminados e um estigma traqueal junto às fieiras.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Corinnidae

Tipos de Aranha
Corinnidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho pequeno a médio de aspecto muito variável.
Carapaça: De forma muito variável com as duas regiões (cefálica e torácica) distintas.
Olhos: 8 olhos dispostos em duas linhas pouco distorcidas.
Quelíceras: Labidognatas com dentes.
Abdómen: Oval ou fusiforme.
Fieiras: 6 fieiras curtas, cônicas e juntas.
Órgãos respiratórios: Dois pulmões laminados e um estigma traqueal situado junto às fieiras.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Ctenizidae

Tipos de Aranha
Ctenizidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio, castanhas, de aspecto brilhante e muito robustas.
Carapaça: Larga, muito brilhante e com a zona cefálica, grande e elevada, distinta da torácica, achatada e pouco elevada. A fóvea é transversal e procurva.
Olhos: 8 olhos muito juntos.
Quelíceras: Ortognatas, grandes, muito robustas e com rastellum.
Patas: Curtas (especialmente as anteriores) e robustas, as anteriores sem escópulas. Possuem todas 3 garras.
Abdómen: Oval, curto e com poucos pêlos.
Órgãos respiratórios: 4 pulmões laminados.
Órgãos copulatórios: simples.

Dictynidae

Tipos de Aranha
Dictynidae

Comprimento (mm): fêmea 2 a 3, macho 2 (corpo)

Abdómen: marca cardíaca seguida de um par de marcas curvas e zona posterior escura com uma ou duas linhas transversais claras

Habitat: vegetação baixa, de preferência seca

Espécies semelhantes: Dictyna arundinacea é muito semelhante e pode confundir-se facilmente

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho pequeno a médio de aspecto e colorações variáveis.
Carapaça: Apresenta as regiões cefálica e torácica bem diferenciadas com a primeira mais estreita e elevada.
Olhos: 6 ou 8 olhos em duas linhas mais ou menos distorcidas.
Quelíceras: Labidognatas, robustas e dentadas.
Abdómen: Geralmente oval com ou sem cribelo.
Órgãos respiratórios: Dois pulmões laminados e um estigma traqueal junto às fieiras.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Dysderidae

Tipos de Aranha
Dysderidae

Etimologia: o nome faz referência ao género Stalita, o primeiro género cavernícola descrito desta família

Carapaça: comprida e de contorno irregular com protuberâncias laterais, muito transparente, amarela clara e sem vestígios de olhos.

Patas: compridas amarelo pálidas

Abdómen: cilíndrico, esbranquiçado

Ciclo: fêmeas e juvenis de Janeiro a Abril

Habitat: espécie troglóbia

Distribuição: endemismo algarvio, conhecida apenas de duas grutas do Distrito de Faro

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho pequeno a médio de aspecto delicado.
Carapaça: Geralmente pouco elevada e sem distinção nítida entre a região cefálica e a torácica.
Olhos: Possuem normalmente 6 olhos mas existem espécies sem olhos.
Quelíceras: Labidognatas frequentemente projetadas para a frente. São geralmente grandes e dentadas.
Patas: Pouco robustas e com poucos pêlos.
Abdómen: Oval, fusiforme ou cilíndrico com fieiras curtas e sem cribelo.
Órgãos respiratórios: Dois pulmões laminados e dois estigmas traqueais situados imediatamente atrás das aberturas pulmonares.
Órgãos copulatórios: simples.

Eresidae

Tipos de Aranha
Eresidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio e de aspecto muito robusto com o corpo densamente coberto de pêlos curtos.
Carapaça: Apresenta uma região cefálica mais alta e mais larga que a região torácica o que confere a esta família um aspecto característico.
Olhos: 8 olhos dispostos de forma característica com os medianos juntos e os laterais dispostos nos quatro cantos da região cefálica.
Quelíceras: Labidognatas e robustas.
Patas: Robustas e cobertas de pêlos.
Abdómen: Oval e coberto de pêlos curtos.
Fieiras: Curtas e cribelo dividido.
Órgãos respiratórios: Com dois pulmões laminados e um orificio traqueal junto às fieiras.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Filistatidae

Tipos de Aranha
Filistatidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho pequeno a médio de aspecto aveludado.
Carapaça: Estreita à frente.
Olhos: 8 olhos pequenos, pouco regulares e muito juntos afastados do bordo anterior da carapaça.
Quelíceras: Pequenas e sem dentes. A peça labial encontra-se soldada ao esterno.
Abdómen: Oval, com fieiras pequenas e cribelo dividido.
Órgãos respiratórios: Dois pulmões laminares e um estigma traqueal situado a meio da face ventral do abdómen.
Órgãos copulatórios: complexos.

Gnaphosidae

Tipos de Aranha
Gnaphosidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho muito variável, normalmente com dominância de cores escuras (preto e castanho) podendo apresentar manchas de pêlos brancos ou iridiscentes.
Carapaça: Apresenta normalmente uma região cefálica mais estreita que a torácica.
Olhos: 8 olhos dispostos em duas linhas mais ou menos recurvas.
Quelíceras: Labidognatas e muito variáveis.
Abdómen: Fusiforme a oval.
Fieiras: Sem cribelo, e com as fieiras anteriores normalmente mais desenvolvidas que as restantes, cilíndricas, com poucas fúsulas e separadas entre si.
Órgãos respiratórios: Um par de pulmões laminados e um estigma traqueal junto às fieiras.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Linyphiidae

Tipos de Aranha
Linyphiidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho pequeno a médio, com poucos pêlos e poucos espinhos.
Carapaça: Muito variável, pode ser plana, com ou sem as regiões distintas e, por vezes, com dilatações características.
Olhos: 8 olhos em duas linhas mais ou menos distorcidas.
Quelíceras: Labidognatas e de aspecto e tamanho muito variável.
Patas: Geralmente pouco robustas e com 3 garras.
Abdómen: Variável nas cores, formas e tamanho.
Fieiras: Pequenas. Sem cribelo.
Órgãos copulatórios: Muito complexos.

Liocranidae

Tipos de Aranha
Liocranidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio e de aspecto muito variável.
Olhos: 8 olhos dispostos em duas linhas mais ou menos distorcidas.
Quelíceras: Labidognatas, robustas e com dentes.
Abdómen: Fusiforme a oval.
Fieiras: Curtas, com dois segmentos, cônicas e relativamente próximas. Sem cribelo.
Órgãos respiratórios: Um par de pulmões laminados e um estigma traqueal junto às fieiras.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Lycosidae

Tipos de Aranha
Lycosidae

Aranhas de pequeno a grande tamanho, caçam no solo, nas ervas baixas e em zonas alagadas ou mesmo em cima de água. Poucas constroem teia e algumas possuem tocas escavadas no solo.

São aranhas ágeis com boa visão com dois grandes ocelos e quatro pequenos frontais e um grande de cada lado.

Famílias semelhantes: Pisauridae, Zoridae, Zoropsidae, Agelenidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio a grande, de aspecto ágil e robusto com o corpo coberto de pêlos.
Carapaça: Com a região cefálica mais alta e estreita, distinta da torácica. Com fóvea.
Olhos: 8 olhos dispostos de forma característica que pode ser considerada como duas linhas de 4 em que os posteriores formam uma linha tão recurva que se pode falar de três linhas (4,2,2). Os anteriores mais pequenos, os medianos posteriores maiores e os laterais posteriores de tamanho intermédio.
Quelíceras: Fortes e robustas, com côndilos e com dentes.
Patas: Com 3 garras.
Abdómen: Oval a fusiforme coberto de pêlos.
Fieiras: 6 fieiras curtas, juntas com as anteriores e posteriores de tamanho semelhante. Sem cribelo.
Órgãos respiratórios: Dois pulmões laminados e um estigma traqueal junto às fieiras.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Mimetidae

Tipos de Aranha
Mimetidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio de aspecto e coloração variáveis.
Carapaça: De forma muito variável.
Olhos: 8 olhos dispostos em duas linhas de 4 mais ou menos distorcidas.
Patas: De proporções variáveis, sempre com uma série de espinhos grandes de espaçamento regular, entre os quais existem linhas de espinhos mais pequenos de tamanho crescente.
Abdómen: Variável em cores, proporções e formas.
Fieiras: Curtas. Sem cribelo.
Órgãos respiratórios: Dois pulmões laminados e um estigma traqueal junto às fieiras.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Miturgidae

Tipos de Aranha
Miturgidae

Cheiracanthium erraticum (Walckenaer, 1802)

Comprimento (mm): fêmea 7, macho 5

Carapaça: castanha-clara, acizentada em alguns especimens com duas manchas mais claras na zona cefálica e uma margem irregular mais clara

Patas: castanhas-amareladas com o extremo dos tarsos escurecidos

Abdómen: acizentado nos lados com uma larga banda mediana amarela clara atravessada longitudinalmente por umalinha escura avermelhada

Ciclo: adultos na Primavera e Verão. No verão as fêmeas constroem um ninho esférico entre as ervas onde permanecem encerradas com a postura. Os ovos são de cor rosada

Habitat: entre gramíneas e outras herbáceas

Temperamento: as fêmeas no ninho podem ser agressivas. Fora isso picam apenas se agarradas

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio de aspecto ágil e pouco peludas.
Carapaça: Com a região cefálica pouco distinta da torácica.
Olhos: 8 olhos, dispostos em duas linhas de quatro.
Quelíceras: Grandes e com ganchos fortes.
Patas: O primeiro par mais comprido que as restantes.
Abdómen: Oval de cor variável, frequentemente transparente com a marca cardíaca bem visível e que, corresponde normalmente à coloração do próprio coração.
Fieiras: Curtas. Sem cribelo.
Órgãos respiratórios: Dois pulmões laminados e um estigma traqueal situado junto às fieiras.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Nemesiidae

Tipos de Aranha
Nemesiidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio a grande e de aspecto muito robusto.
Carapaça: Com a zona cefálica, mais elevada, bem distinta da torácica. Fóvea recurva.
Olhos: 8 olhos muito juntos.
Quelíceras: Ortognatas, robustas e com rastellum.
Patas: Fortes com os tarsos e metatarsos anteriores escopulados.
Abdómen: Oval a fusiforme.
Fieiras: Número e tamanho variável. Sem cribelo.
Órgãos respiratórios: Quatro pulmões laminados.
Órgãos copulatórios: Simples

Oecobiidae

Tipos de Aranha
Oecobiidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho pequeno a médio, de aspecto aplanado e patas arqueadas.
Carapaça: Aplanada, quase circular.
Olhos: 8 olhos.
Patas: De aspecto característico, arqueadas para trás.
Abdómen: Ligeiramente pentagonal, mais estreito posteriormente.
Fieiras: As posteriores , bisegmentadas, arqueadas e maiores que as anteriores com o segmento apical muito mais desenvolvido que o basal. Tubérculo anal muito grande e com rebordo de pêlos compridos. Com ou sem cribelo.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Oxyopidae

Tipos de Aranha
Oxyopidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio, com o corpo coberto de pêlos e patas muito espinhosas.
Carapaça: Com a região cefálica muito elevada e pouco distinta da torácica.
Olhos: 8 olhos dispostos de forma típica, podendo falar-se de 4 linhas de 2 (2,2,2,2)
Quelíceras: Labidognatas, robustas mas acuminadas.
Patas: Com grandes espinhos característicos longos e finos. Com 3 garras, todas pectinadas.
Abdómen: Oval, mais fino na parte posterior.
Fieiras: Curtas. Sem cribelo.
Órgãos respiratórios: Dois pulmões laminados e um estigma traqueal junto às fieiras.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Palpimanidae

Tipos de Aranha
Palpimanidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio, avermelhadas e muito robustas.
Carapaça: Larga, elevada e escura sem clara distinção entre a zona cefálica e a zona torácica.
Olhos: 8 olhos.
Quelíceras: Labidognatas, robustas.
Patas: 2 garras. As patas anteriores (I) muito mais robustas que as restantes com os fémures muito inchados.
Abdómen: Oval, vermelho coberto de pêlos regulares na face dorsal. Com um scutum na face ventral.
Fieiras: Curtas. Sem cribelo.

Philodromidae

Tipos de Aranha
Philodromidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio com coloração e padrões variáveis.
Carapaça: Pouco elevada com a região cefálica pequena e algo destacada da torácica, muito larga, mas sem limites muito definidos.
Olhos: 8 olhos dispostos em duas linhas mais ou menos recurvas.
Quelíceras: Labidognatas, pequenas e robustas, acuminadas no extremo com ganchos pequenos.
Patas: As anteriores um pouco laterígradas. Tarsos anteriores escopulados.
Abdómen: Variável, mas geralmente mais largo no terço posterior.
Fieiras: Curtas. Sem cribelo.
Órgãos respiratórios: Dois pulmões laminados e um estigma traqueal junto às fieiras.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Pholcidae

Tipos de Aranha
Pholcidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho pequeno a médio, de aspecto frágil e patas compridas.
Carapaça: Larga, quase circular, por vezes com depressões.
Olhos: 8 ou 6 olhos dispostos em 2,3,3 ou 3,3 respectivamente.
Quelíceras: Labidognatas, pequenas.
Patas: Compridas ou muito compridas podento apresentar tarsos pseudo-articulados.
Abdómen: De forma variável.
Fieiras: Pequenas. Juntas.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Pisauridae

Tipos de Aranha
Pisauridae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio, ágeis com uma linha mediana longitudinal mais clara.
Carapaça: Coberta de pêlos, direita à frente e com um pequeno tufo de pêlos central.
Olhos: 8 olhos dispostos em duas linhas com a posterior muito recurva.
Quelíceras: Labidognatas, fortes.
Patas: Com 3 garras.
Abdómen: Estreito.
Fieiras: Curtas, juntas. Sem cribelo.
Órgãos respiratórios: Dois pulmões laminados e um estigma traqueal junto às fieiras.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Prodidomidae

Tipos de Aranha
Prodidomidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio, de tonalidade avermelhada.
Carapaça: Oval, algo elevado e sem fóvea.
Olhos: 8 olhos dispostos de forma característica com os posteriores em linha procurva e os anteriores em linha quase reta, formando entre todos um semicírcul
Quelíceras: Labidognatas.
Patas: Com garras não pectinadas.
Abdómen: Oval, avermelhado.
Fieiras: Pequenas e juntas. As posteriores muito grossas. Sem cribelo.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Salticidae

Tipos de Aranha
Salticidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho pequeno a médio, aspecto robusto, patas curtas, e grandes olhos.
Carapaça: A carapaça é bastante variável mas apresenta normalmente uma região cefálica muito desenvolvida, elevada e de contorno quase retangular.
Olhos: 8 olhos muito característicos com 3 linhas (4,2,2). Os anteriores, muito grandes, formam uma linha virada para a frente. Os posteriores, mais pequenos, estão mais separados e formam um retângulo.
Quelíceras: Labidognatas, pequenas e dentadas.
Patas: Normalmente curtas.
Abdómen: De forma e coloração variáveis.
Fieiras: Pequenas, curtas e juntas. Sem cribelo.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Scytodidae

Tipos de Aranha
Scytodidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas pequenas de aspecto muito delicado e prossoma elevado.
Carapaça: Muito elevada, podendo ser da mesma altura do abdómen. Sem distinção clara entre a região cefálica e a torácica.
Olhos: 6 olhos dispostos em três grupos de 2.
Quelíceras: Labidognatas e pequenas.
Patas: Finas, delicadas com 3 garras.
Abdómen: Oval de cores e padrões variáveis.
Fieiras: Pequenas e juntas. Sem cribelo.
Órgãos copulatórios: Simples.

Segestriidae

Tipos de Aranha
Segestriidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio a grande, de aspecto robusto mas estreitas.
Carapaça: Sem distinção entre a região cefálica e a torácica.
Olhos: 6 olhos em três grupos de dois.
Quelíceras: Labidognatas, robustas.
Patas: Robustas, cobertas de pêlos e com os 3 pares anteriores orientados para a frente.
Abdómen: Oval, algo comprido.
Fieiras: Curtas. Sem cribelo.
Órgãos respiratórios: Dois pulmões laminados e dois estigmas traqueais imediatamente atrás destes.
Órgãos copulatórios: Simples.

Sicariidae

Tipos de Aranha
Sicariidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio, acastanhadas, aspecto aplanado e de patas compridas.
Carapaça: Com clara distinção entre a região cefálica, mais elevada e muito estreita, e a torácica, aplanada e muito larga.
Olhos: 6 olhos dispostos em 3 grupos de 2.
Quelíceras: Labidognatas.
Patas: Compridas, cobertas de pêlos e algo laterígradas, pelo menos em repouso. Com duas garras.
Abdómen: Oval, sem padrão.
Fieiras: Pequenas, com as anteriores um pouco maiores que as restantes. Sem cribelo.
Órgãos copulatórios: Simples.

Sparassidae

Tipos de Aranha
Sparassidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio a grande, muito ágeis.
Olhos: 8 olhos dispostos em duas linhas mais ou menos curvas.
Quelíceras: Labidognatas.
Patas: As anteriores um pouco laterígradas
Abdómen: Oval a fusiforme.
Fieiras: Curtas, muito juntas. Sem cribelo.
Órgãos respiratórios: Dois pulmões laminados e um estigma traqueal junto às fieiras.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Symphytognathidae

Tipos de Aranha
Symphytognathidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas pequenas, sem coloração.
Quelíceras: Labidognatas, parcialmente fundidas.
Abdómen: Globoso ou oval.

Tetragnathidae

Tipos de Aranha
Tetragnathidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio de aspecto muito variável.
Carapaça: Com uma distinção entre a zona cefálica e a região torácica.
Olhos: 8 olhos dispostos em duas linhas mais ou menos curvas.
Quelíceras: Labidognatas, grandes, robustas e dentadas.
Patas: Geralmente compridas.
Abdómen: Muito variável em forma, cores e padrões.
Fieiras: Curtas. Sem cribelo.
Órgãos respiratórios: Dois pulmões laminados e um estigma traqueal junto às fieiras.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Theridiidae

Tipos de Aranha
Theridiidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho pequeno a médio, de aspecto muito variável.
Carapaça: Variável em formas e cores.
Olhos: 8 olhos distribuídos em duas linhas mais ou menos curvas.
Quelíceras: Labidognatas, de tamanho variável.
Patas: Com 3 garras e o quarto par com falsas garras tarsais.
Abdómen: Muito variável em forma, cor e padrões. Geralmente oval a globoso.
Fieiras: Curtas. Sem cribelo.
Órgãos respiratórios: Dois pulmões laminados e um estigma traqueal junto às fieiras.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Theridiosomatidae

Tipos de Aranha
Theridiosomatidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas pequenas.
Olhos: 8 olhos dispostos em duas linhas mais ou menos curvas.
Quelíceras: Labidognatas.
Patas: Sem espinhos.
Abdómen: Oval ou globoso.
Fieiras: Curtas. Sem cribelo.
Órgãos respiratórios: Dois pulmões laminados e um estigma traqueal junto às fieiras.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Thomisidae

Tipos de Aranha
Thomisidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio de aspecto e cores muito variáveis.
Carapaça: Geralmente aplanada com a região cefálica distinta da torácica.
Olhos: 8 olhos dispostos em duas linhas mais ou menos distorcidas.
Quelíceras: Labidognatas. quelíceras pequenas, robustas na base e acuminadas no extremo.
Patas: Geralmente curtas. Os dois pares anteriores, são tipicamente laterígrados, maiores e mais robustos que os posteriores.
Abdómen: Forma, cores e padrões muito variáveis.
Fieiras: Curtas. Sem cribelo.
Órgãos respiratórios: Dois pulmões laminados e um estigma traqueal junto às fieiras.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Uloboridae

Tipos de Aranha
Uloboridae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho pequeno a médio com o corpo densamente coberto de pêlos curtos.
Carapaça: Variável na forma.
Olhos: 8 olhos em duas linhas mais ou menos curvas.
Abdómen: De forma e cor variáveis.
Fieiras: Curtas. Com cribelo.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Zoridae

Tipos de Aranha
Zoridae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio com pouco coloração.
Carapaça: Com a região cefálica mais estreita e mais elevada que a torácica.
Olhos: 8 olhos dispostos em duas linhas. A linha posterior fortemente recurva.
Quelíceras: Labidognatas.
Patas: Geralmente, as anteriores possuem espinhos ventrais biseriados.
Abdómen: Oval a fusiforme.
Fieiras: Curtas. Sem cribelo.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Zoropsidae

Tipos de Aranha
Zoropsidae

Descrição da Família

Aspecto geral: Aranhas de tamanho médio a grande, castanhas com tonalidades douradas e salpicadas de negro.
Carapaça: Com a região cefálica, mais estreita e elevada, distinta da torácica, mais aplanada e larga.
Olhos: 8 olhos dispostos em duas linhas de 4. A linha posterior recurva.
Quelíceras: Labidognatas, escuras e robustas.
Patas: Robustas, salpicadas de negro.
Abdómen: Oval, com alguns (normalmente 3) pares de tufos de pêlos claros na parte posterior.
Fieiras: Com cribelo.
Órgãos respiratórios: Dois pulmões laminados e um estigma traqueal junto às fieiras.
Órgãos copulatórios: Complexos.

Fonte: www.aranhas.info

Veja também

Algas Dinophytas

Algas Dinophytas

PUBLICIDADE O que são algas dinophytas? As algas dinófitas, pertencem ao Filo Dinophyta e a …

Endoderma

PUBLICIDADE Definição de endoderma Endoderma ou Endoderme é a mais interna das três camadas germinativas, …

Alelos Múltiplos

PUBLICIDADE O que são alelos múltiplos? Os alelos múltiplos ou polialelia são casos em que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.