Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Turismo / História das Ilhas Marshall

História das Ilhas Marshall

PUBLICIDADE

As Ilhas Marshall: Uma Breve História

As Ilhas Marshall, as ilhas orientais da Micronésia, são as tampas de coral estabelecidos nas bordas de vulcões submersos subindo do fundo do Oceano Pacífico.

Espalhados mais de 750.000 quilômetros quadrados, que consistem de duas cadeias paralelas de atóis de coral: o Ratak, ou nascer do sol, a leste ea Ralik, ou pôr do sol, a oeste. As cadeias são 125 quilômetros de distância e estender a cerca de 800 km a noroeste para sudeste.

No total, as Ilhas Marshall consiste em 29 atóis de cada uma composta de muitas ilhotas e cinco ilhas. No total, há cerca de 1.225 ilhas e ilhotas. A área total é de aproximadamente 70 quilômetros quadrados (181 quilômetros quadrados), com a altura média da terra cerca de sete pés (dois metros) acima do nível do mar.

A maioria dos 60.422 habitantes vivem em dois atóis: Majuro, capital da República, e no Ebeye em Kwajalein, o maior atol do mundo, com uma área de seis quilômetros quadrados em torno de uma lagoa de 655 quilômetros quadrados.

Enquanto ocidental Micronésia provavelmente foi colonizada por povos das Filipinas ou a Indonésia cerca de 1500 aC, acredita-se que leste Micronésia incluindo as Ilhas Marshall foi colonizada por melanésios em aproximadamente ao mesmo tempo e, possivelmente, por povos da Micronésia ocidental em cerca começo do cristão era. Relíquias encontradas em Majuro renderam datas de carbono de 30 aC e 50 dC. Micronésios início eram navegadores experientes que fizeram viagens longas canoas entre os atóis.

O primeiro contato europeu com as Ilhas Marshall ocorreu entre 1529 e 1568, quando sete visitantes espanhóis abordaram os atóis. Navegador espanhol Álvaro Saavedra é geralmente creditado com a primeira aparição em 1529.

O último, neste período, Álvaro de Mendana, passou as Ilhas Marshall em uma viagem de retorno para Acapulco, no México, em seguida, uma base para o comércio com as Filipinas. O capitão britânico Samuel Wallis acaso sobre os atóis Rongerik e Rongelap enquanto navegava de Tahiti para Tinian em 1778.

Mapeamento começou em 1788 sob a direção de capitães da Marinha britânica Thomas Gilbert e John Marshall, para quem as ilhas são nomeados, e foi continuado por expedições russas sob Adam Johann Krusenstern em 1803 e Otto von Kotzebue em 1817 e 1823.

No entanto, as Ilhas Marshall permaneceu relativamente intocado pela influência européia, culturalmente falando, até 1817, quando o Capitão Otto von Kotzebue visitou as cadeias Ratak e Ralik a bordo do Brig Rurik.

Esta viagem foi a segunda expedição russa no Oceano Pacífico para a exploração científica. A bordo estavam Adelbert von Chamisso como naturalista e Louis Chorie como artista que documentou esses contatos.

Kotzebue devolvido durante sua circunavegação terceiro do mundo em 1823. Baleeiros norte-americanos visitaram com freqüência na década de 1820 e missionários americanos começaram seus esforços para converter os habitantes da ilha após os primeiros missionários para as Ilhas Marshall desembarcou em Jaluit em 1857.

Em 1878, a Alemanha estabeleceu uma estação de abastecimento de carvão no Atol Jaluit e assinou um tratado comercial com os chefes de Jaluit e foi em Jaluit em 1885, com a aquiescência da Grã-Bretanha, a Alemanha declarou que as Ilhas Marshall um protetorado, e manteve-se uma possessão alemã até 1914. Alemanha escolheu Jaluit como o centro administrativo das Ilhas Marshall, e continuou como tal sob o japonês.

Os Marshalls foram apreendidos pelos japoneses em 1914 e, em 1920, juntamente com outras ilhas da região, as Ilhas Marshall se tornou um mandato da Liga das Nações administrada pelo Japão.

No entanto, o Japão procurou incorporar as ilhas em seu império e Tóquio desenvolveu as Ilhas Marshall e do resto do seu mandato na Micronésia como se exercitado plena soberania. Japão montado um programa de desenvolvimento econômico agressivo e promoveu a imigração.

Imigrantes japoneses, Okinawa e coreano veio eventualmente superam ilhéus em até 12:58. Um campo de batalha estratégico na Segunda Guerra Mundial, as ilhas foram libertados depois de combates pesados em Kwajalein, Enewetak, Wotje, Maloelap, Jaluit e Atóis Mili do japonês por forças dos Estados Unidos em 1944, e que veio sob a administração da Marinha dos EUA. Os imigrantes foram repatriados.

Em abril de 2,1947, Ilhas Marshall e outras ilhas do Pacífico antes sob um mandato da Liga das Nações para o Japão tornou-se a Organização das Nações Unidas Território Fiduciário das Ilhas do Pacífico administrado pelos Estados Unidos.

O Território Confiança coberto cerca de três milhões de quilômetros quadrados do Oceano Pacífico, com uma massa de terra de apenas cerca de 600 quilômetros quadrados.

Lar de cerca de 150.000 pessoas espalhadas entre as mais de 2.100 ilhas e atóis que incluiu três arquipélagos principais no Pacífico ocidental: Os Marshalls, as Carolinas e Marianas, conhecidos coletivamente como “Micronésia, ou” pequenas ilhas “

A tutela obrigado os Estados Unidos para “Promover o desenvolvimento dos habitantes do território confiança para auto-governo ou a independência como pode ser apropriado às circunstâncias específicas do território confiança e seus habitantes e aos desejos livremente expressos dos povos interessados.”

Antes da ONU confirmou a tutela estratégica dos EUA, no entanto, a ilha de Bikini (conhecido antes da segunda guerra mundial como Atoll Escholtz) tornou-se o teatro para Operação Crossroads, um experimento científico-militar vasto para determinar os efeitos das bombas atômicas em navios de guerra.

As Ilhas Marshall de Bikini e Enewetak finalmente foram palco de 66 confirmados explosões de testes nucleares entre 1946 e 1958, eventos que permanecem uma memória viva e trágica para o povo Marshallese, muitos dos quais foram transferidos involuntariamente de suas casas nativas que Desde então, não conseguiu mais voltar.

Desde o início, o governo dos Estados Unidos foi responsável pela administração civil e contou com nomeados e não eleitos. Durante os anos 1950, a crítica das Nações Unidas Conselho de Tutela e de dentro dos Estados Unidos trouxe movimento para a autonomia.

Em 1965, os povos do Território Fiduciário eleito no Congresso da Micronésia que tinha verdadeiros poderes legislativos. Isso começou o processo de auto-determinação. O povo das Ilhas Marshall procurou manter laços fortes, mas autônoma para os Estados Unidos. Eles finalmente escolheu para se tornar uma nação soberana em livre associação com os Estados Unidos.

Embora o termo “livre associação” não tem definição precisa no direito internacional, é reconhecido pelas Nações Unidas como uma alternativa adequada para a independência ou a integração dos povos emergentes de um estatuto colonial ou de tutela. Livre associação implica uma escolha livre por uma nação soberana a associar-se com uma nação soberana existente em termos mutuamente acordados.

Em 1978, depois de votar separar-se dos outros distritos do Território Trust, Ilhas Marshall elaborou uma Constituição. Ela foi aprovada pelos eleitores em 1979, formando uma república e trazendo autonomia interna. Nos termos da Constituição, a República é dirigida por um presidente eleito por um membro Nitijela 33 unicameral (Parlamento).

O Conselho de Irooj (Chiefs) tem uma função consultiva, preocupado com as leis e costumes tradicionais. O primeiro presidente da República das Ilhas Marshall, Amata Kabua, foi eleito para o seu quinto ano quatro termo de posse de 1995, e morreu no cargo em 1996.

Treze anos de negociações concluídas com a assinatura formal do Pacto pelos Estados Unidos ea República das Ilhas Marshall em junho 25,1983. As pessoas Ilhas Marshall aprovado o Pacto por uma margem de 58 por cento em um plebiscito em 7 de setembro de 1983. Em 1986, o Nitijela (Parlamento) aprovou o Pacto de acordo com a Constituição.

Em maio de 28,1986, a Organização das Nações Unidas Conselho de Tutela observou que as pessoas Ilhas Marshall tinha exercido livremente o seu direito de auto-determinação. Embora a aprovação do Conselho de Segurança da ONU foi tecnicamente necessário, os Estados Unidos, em 1986, declarou unilateralmente o fim da tutela, uma vez que os esforços de motivação política por parte da União Soviética obstruído o processo de descolonização.

Finalmente, em 22 de dezembro de 1990, o Conselho de Segurança das Nações Unidas confirmou a rescisão do acordo de tutela para a República das Ilhas Marshall. As Ilhas Marshall tornou-se membro das Nações Unidas em setembro de 17,1991.

Enquanto isso, o Pacto entrou em vigor em 21 de outubro de 1986 (subsquently alterado e renovado a partir de 01 de maio de 2004 até 2023). Sob o Compact, Ilhas Marshall tornou-se uma nação soberana e com total autonomia interna, bem como a capacidade completa para se envolver em relações internacionais em seu próprio nome e direito.

Sob o Pacto dos Estados Unidos prevê a defesa e segurança externa da República, bem como assistência financeira: O Pacto também permite aos Estados Unidos usar várias bases militares, incluindo a estação espacial chave de rastreamento em Kwajalein, os EUA Exército Atol de Kwajalein ( USAKA) Reagan Test Site do míssil, uma instalação chave na rede de defesa de mísseis dos EUA.

A relação básica de livre associação originalmente tinha um prazo fixo de 15 anos e pode ser rescindido a qualquer tempo por acordo mútuo. O Pacto foi alterado e renovado a partir de 01 de maio de 2004 e estará em vigor até 2023.

A República pode alterar a sua situação com os Estados Unidos a qualquer momento, sujeito a um voto de seus cidadãos. Durante o período do Pacto, os Estados Unidos fornece assistência econômica, determinados serviços técnicos, e, sem nenhum custo para as Ilhas Marshall, companhias aéreas e serviços aeroportuários de segurança, regulação econômica do serviço aéreo comercial, a previsão do tempo, serviços públicos de saúde, assistência jurídica serviços, assistência a Administração dos EUA Início agricultores e assistência em desastres naturais.

Desde 1986, as Ilhas Marshall estabeleceu a sua identidade internacional. Hoje, as Ilhas Marshall estabeleceu relações diplomáticas com 66 países. A República assinou tratados como o Fórum das Pescas do Pacífico Tratado, o Pacífico Sul Regional Tratado de Proteção Ambiental, fez vários acordos de pesca com o Japão e outros países, e aderiu às convenções da Organização Marítima Internacional necessário para sua formação de um Registro de Navios.

É também membro do Fórum do Pacífico Sul, Pacífico Sul Comissão das Pescas do Fórum Agência, ilha do Pacífico Programa de Desenvolvimento, Ásia-Pacífico Broadcasting Union, Ásia-Pacífico coco comunitário, Banco Asiático de Desenvolvimento, Organização da Aviação Civil Internacional, a Organização Mundial de Saúde, o Comissariado das Nações Unidas Econômico e Social para a Ásia eo Pacífico, a Associação de Parlamentares Ásia-Pacífico e da Interpol.

A história postal das Ilhas Marshall reflete o curso de sua história. Das ilhas Marshall ‘”primeiros” selos foram emitidos em seu capital depois de Jaluit em 1897, enquanto estava sob domínio alemão, e consistiu de selos Reichspost contemporâneas da Alemanha overprinted “Inseln Marschall” em preto.

Os selos do Japão foram usadas desde a Primeira Guerra Mundial até a libertação das Ilhas Marshall, em 1944, depois que o serviço postal foi fornecida pelos Estados Unidos usando selos norte-americanos sem marcações especiais.

Em 1984, o Serviço Postal Ilhas Marshall surgiu e os primeiros selos da República foram emitidas. Sob o Pacto, os EUA Postal Service continua a fornecer serviço postal internacional, mas as Ilhas Marshall é responsável por operações postais nacionais e é elegível, como membro das Nações Unidas, para a adesão plena na União Postal Universal.

As Ilhas Marshall é totalmente integrado ao sistema de distribuição postal dos Estados Unidos, incluindo o seu postal (Zip ®) Códigos e duas letras “Estado” MH abreviatura dentro do esquema geral dos EUA abordar, mas é considerado um destino internacional.

O nome MARSHALL ILHAS Oficial: República das Ilhas Marshall. Bandeira: Dois raios (laranja e branco) representam as duas cadeias paralelas das Ilhas Marshall e estrela de 24 pontos que representam os 24 municípios em um campo azul-escuro.

Lema nacional: “Jepelpelin ke Ejukaan” que se refere às distâncias vasto oceano que separa as ilhas do país (Jepelpelin), que tem mantido uma linguagem, um costume e uma tradição através da família forte e laços do clã. O posto de coqueiros (Ejukaan) simboliza o alto, firme, forte e as pessoas amigas tradicionalmente ligados pelos ilhéus “capacidade de navegar grandes distâncias oceânicas, abrangendo mais de 750.000 quilômetros quadrados.

População: 60.422 (Julho 2006 est)
Grupos étnicos: Quase inteiramente Micronésia.
Religião: Predominantemente protestante.
Idiomas: Inglês e Marshallese.
Educação: Primária e Secundária de educação pública disponível através de nota 12; ensino superior através do Colégio das Ilhas Marshall.
Emprego: 46% serviços e 7% na construção e de fabricação; 45% na atividade de subsistência.
Geografia: Central Pacífico, entre 4 º e 14 º N. lat. e 160 º e 173 º E. longo.
Área do terreno: 34 atóis, 1.152 ilhas e ilhotas cerca de 70 milhas quadrados área de terra.
Capital: Majuro (maior cidade). Ebeye (segunda maior cidade).
Clima Tropical: Temperatura média de 81 º ano F; polegadas 134 de chuva por ano.
Tipo de governo: Estado soberano em livre associação com os Estados Unidos.
Constituição:
1979

Governo: ” Bill of Rights” sistema de governo parlamentar com separação de poderes e Trinta e três membros do parlamento nacional (Nitijela) eleger o presidente que nomeia um gabinete do Parlamento de 10 membros. O Conselho de Irooj (Chiefs) tem uma função consultiva, preocupado com as leis e costumes tradicionais.

Partidos Políticos: RRDP e de Governo partidos família / clã influência (fundiária) prevalece.

Sufrágio: Universal em 18.

Feriados Nacionais: janeiro Z, Dia de Ano Novo; 01 de março, o Memorial Day e Dia Vítimas Nucleares Lembrança; 01 de maio, Dia da Constituição, geralmente considerado como o Dia da Independência da República; primeira sexta-feira de julho, Pescador do dia; primeira sexta-feira de setembro, Dri-Jerbal Dia; última sexta-feira de setembro, dia Manit; 17 de novembro, Dia do Presidente, na primeira sexta-feira de dezembro, Dia Evangelho, e, 25 de dezembro, dia de Natal.

ECONOMIA PIB: US $ 115 milhões (2001 est.) A ajuda dos EUA Governo, através do Pacto de Livre Associação, com o Pacto atual entrar em vigor em 2004, é o pilar desta economia pequena ilha. A produção agrícola, principalmente de subsistência, está concentrada em pequenas propriedades; as culturas comerciais mais importantes são cocos e fruta-pão.

Indústria de pequena escala é limitada ao artesanato, processamento de atum, e copra. A indústria do turismo, agora uma pequena fonte de divisas estrangeiras que empregam menos de 10% da força de trabalho, continua a ser a melhor esperança para a renda adicionada futuro.

As ilhas têm poucos recursos naturais, e as importações superam as exportações. Sob os termos do Pacto Alterado da associação livre, os EUA vão fornecer milhões de dólares por ano para as Ilhas Marshall até 2023, momento em que um Fundo Fiduciário composta de EUA e contribuições Ilhas Marshall começará perpétuas pagamentos anuais.

Enxugamento do governo, a seca, a queda na construção, o declínio do turismo e do investimento estrangeiro, devido às dificuldades financeiras da Ásia, e menos renda a partir da renovação de licenças de embarcações de pesca têm mantido o crescimento do PIB a uma média de 1% na última década.

Por capita: US $ 1.600 (2001 est)
Recursos Naturais: Pesca Marinha, coco e minerais do fundo do mar.
Agricultura: Copra, a produção de subsistência de fruta-pão, raízes, legumes.
Comércio: Importações 54 milhões dólares (fob, 2000 est) nos géneros alimentícios, máquinas e equipamentos, combustíveis, bebidas e fumo
Exportações: US $ 9 milhões (fob, 2000 est) em bolo de copra, óleo de coco, peixes.
Circulando Moeda: dólar dos EUA.
Nacional Cunhagem: não-circulante, moedas comemorativas com curso legal foram emitidos ao longo do tempo, em US $ 5, $ 10, $ 20 e $ 50 denominações.

POSTAL DE ADMINISTRAÇÃO: O Serviço Postal Ilhas Marshall é dirigido pelo Controlador de Posts, e pertence ao Ministério da Fazenda.

Iniciou suas operações: 02 de maio de 1984

Escopo do serviço: Quatro estações de correios, com os Correios Cabeça em Majuro, serve uma população de mais de 62 mil pessoas em 33 municípios dentro de um território composto por cinco ilhas, 29 atóis e, no total, 1.225 ilhas e ilhotas.

Taxas de porte:

Nacional: 1-onça carta First Class é de 12 ¢; duas onças-carta de primeira classe é de 24 ¢.

Internacional: taxas postais para os Estados Unidos da América são idênticas às taxas nacionais em vigor de tempos em tempos nos Estados Unidos, por exemplo, a taxa (janeiro de 2006) para um de 1 onça (28 g) carta de primeira classe é de 39 ¢ para os Estados Unidos (e 24 ¢ para cada onça adicional), mas 48 ¢ dos Estados Unidos.

Tarifas postais para outras partes do mundo são idênticas às taxas internacionais em vigor entre os EUA eo destino. A taxa, por exemplo, para uma carta de 1 onça (28 g) de correio aéreo para a Europa é de 84 ¢ (janeiro de 2006).

Fonte: www.unicover.com

História das Ilhas Marshall

500 aC – 2000 aC (aprox.) – Os primeiros navegadores Micronesian chegar nos Marshalls, chamando a atóis Aelon Kein anúncio (Nossas Ilhas). Datas e origens dos colonos ainda são incertos. Embora controversos, achados arqueológicos no Atol de Bikini no final de 1980 eram de carbono datada de 2000 anos aC, o que sugere que as pessoas podem ter resolvido os Marshalls, enquanto há 4.000 anos.

1494 – O Tratado de Tordesilhas cede a propriedade de todos da Micronésia para a Espanha.

1529 – Procurando uma rota ocidental para as “Ilhas das Especiarias”, o espanhol Alvaro Saavedra torna-se o primeiro europeu a “descobrir” os Marshalls.

1788 – A área agora conhecida como a RMI foi dado o seu nome pela British Naval capitão William Marshall, que navegou pela área no Scarborough durante o transporte de condenados para New South Wales entre Botany Bay e Cathay.

1857 – Rev. Hiram Bingham, Jr., da Câmara Americana de Comissários para as Missões Exteriores (ABCFM) cria posto missionário em Ébano.

1860 – Adolph Capelle constrói primeira grande empresa de comércio nas Marshalls. Várias empresas comerciais alemães iniciar as operações nos Marshalls logo depois.

1878 – Capitão von Werner da Marinha alemã entra em um tratado com os habitantes da cadeia Ralik, concessão de privilégios comerciais especiais.

1885 – Sob a mediação do Papa Leão XIII, o governo alemão anexos Os Marshalls com compensação para a Espanha, no valor de US $ 4,5 milhões.

1886 – Alemanha estabelece um protetorado sobre os Marshalls.

1887 – Formação da Companhia Jaluit, uma entidade alemã encarregada da administração dos Marshalls.

1898 – Alemanha recebe a posse dos atóis controvertidas da Ujelang e Enewetak como resultado do fim da Guerra Hispano-Americana.

1914 – Os Marshalls são capturados da Alemanha pelo Japão.

1920 – Liga das Nações concede um mandato para o Japão para administrar o RMI.

1934 – Japão retira da Liga, mas mantém a posse dos Marshalls. Fortificação das ilhas Marshall começa como Japão se prepara para a guerra. As ilhas de Mili, Jaluit, Maloelap, Wotje e Kwajalein são desenvolvidos em bases, formando uma linha norte-sul de defesa nos Marshalls.

1943 – Aliados invasão dos Marshalls começa.

1944 – Aliados ocupação dos Marshalls.

1945 – Fim da II Guerra Mundial concede controle eficaz para os EUA

946 – EUA começa seu programa de testes nucleares nos Marshalls. Atol de Bikini é evacuado para os primeiros testes em Operação Crossroads.

1947 – A RMI torna-se uma das seis entidades do Território Fiduciário das Ilhas do Pacífico (TTPI), instituído pela Organização das Nações Unidas com os EUA como o administrador.

1948 – EUA expande seu programa de testes para incluir atol Enewetak.

1951 – EUA Departamento do Interior assume responsabilidade dentro do Governo dos EUA para o TTPI do Departamento da Marinha.

1952 – O dispositivo de hidrogênio primeiro no âmbito do programa de testes dos EUA nas Marshalls é acionado em Enewetak.

1954 – EUA programa de testes nucleares detona Bravo, a bomba de hidrogênio mais poderosa já testado por os EUA, no atol de Bikini. A radiação do evacuação forças teste de Marshallese e militares norte-americanos em Rongelap, Rongerik, Utirik e Ailinginae.

1957 – O último dos evacuados, o Rongelapese, estão autorizados a regressar à sua ilha. Temendo mais contaminação, eles deixam vários anos depois.

1965 – O Congresso da Micronésia é formada, com representantes de todas as ilhas TTPI. Ela é criada pelo governo dos EUA, em preparação para uma maior auto-governo Micronésia.

1978 – Convenção Ilhas Marshall Constitucional adota primeira constituição do país.

1979 – Governo das Ilhas Marshall oficialmente estabelecida, eo país torna-se auto-governar.

1982 – Nome oficial mudou para a República das Ilhas Marshall (RMI).

1983 – Os eleitores do RMI aprovar o Pacto de Livre Associação com os Estados Unidos.

1986 – Congresso dos EUA aprova o Pacto, resultando em sua entrada em vigor. As bolsas compactas da RMI sua soberania e prevê uma ajuda e de defesa dos EUA das ilhas em troca do uso dos EUA continuou militar da área de testes de mísseis no atol de Kwajalein.

1990 – Conselho de Segurança termina o status da RMI de Tutela.

1991 – RMI junta das Nações Unidas.

2003 – RMI e governos dos EUA renegociar disposições econômicas e outro do Pacto de Livre Associação.

Fonte: www.rmiembassyus.org

Veja também

Hino Nacional da República Democrática do Congo

Debout Congolais PUBLICIDADE Debout Congolais (Levanta congolês) é o hino nacional da República Democrática do …

Locais Turísticos da República Democrática do Congo

BRAZZAVILLE PUBLICIDADE É um lugar muito interessante, muito verde, com uma Basílica, Mercados e o …

República Democrática do Congo

PUBLICIDADE O território que hoje leva o nome de República Democrática do Congo tem sido habitada por …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+ 200-105 pdf 400-051 exam 100-101 70-646 exam 1z0-574 dumps 700-039 exam 1Y0-401 exam