Breaking News
Home / Turismo / Varadero

Varadero

PUBLICIDADE

Varadero é uma estância turística na província de Matanzas, Cuba, e uma das maiores áreas de resort no Caribe.

Varadero
Cidade de Varadero

Geografia

Varadero
Foto aérea da Varadero

Está situado na Península de Hicacos, entre a baía de Cárdenas e estreito da Flórida, cerca de 140 km a leste de Havana, no extremo leste da Via Blanca rodovia. A península é apenas 1,2 km de largura em seu ponto mais largo e é separada da ilha de Cuba pelo canal Kawama. Este pedaço de terra, no entanto, estende mais de 20 quilômetros do continente em direção nordeste e sua ponta, Punta Hicacos, é o ponto mais setentrional da ilha de Cuba. No extremo nordeste da península há uma reserva natural com matas virgens e praias.

O Parque Natural Ponto Hicacos possui 3,12 km 2 e foi criado em 1974. Ele contém a 250 m de comprimento Cave of Ambrosio, Mangón Lake (o lar de 31 espécies de aves e 24 espécies de répteis) e as ruínas do La Calavera (do crânio) Salt Works (uma das primeiras salinas para ser construída pelos espanhóis no Novo Mundo). Os recifes desenvolvidos, como Cayo Piedras e Cayo Cruz del Padre são a parte mais ocidental do Arquipélago de Sabana-Camaguey.

O aeroporto Juan Gualberto Gómez , situado a oeste da península, é o aeroporto de Varadero. É o segundo mais importante aeroporto da ilha depois de José Martí em Havana, e serve vôos domésticos e internacionais.

História

Varadero
Josone Park em Varadero

A primeira menção de Varadero foi em 1555. O lugar foi usado primeiramente como um dique seco. No entanto, a data de fundação da cidade de Varadero, como era só em 5 de dezembro de 1887, quando dez famílias da cidade de Cárdenas obteve permissão para construir suas casas de férias.

Estabeleceu-se como município no administrativo re-distribuição de 03 de julho de 1976 a partir de territórios anteriormente parte da Cárdenas. Em agosto de 2010, o município de Varadero foi abolido de acordo com uma lei aprovada pela Assembleia Nacional de Cuba, tornando-se novamente parte da Cárdenas município.

Turismo

Varadero
Varadero Beach recebe 1 milhão de visitantes estrangeiros por ano.

Varadero é acima de tudo uma cidade turística, com mais de 20 km de praias de areia branca. Os primeiros turistas visitaram Varadero já em 1870, e durante anos foi considerado um resort de elite. Em 1910 foi iniciada a regata anual, cinco anos depois, o primeiro hotel, chamado Varadero e depois Club Nautico, foi construído. O turismo cresceu no início dos anos 1930 como Irénée du Pont de Nemours, um milionário americano, que construiu seu imóvel na península. Muitas pessoas famosas e infames ficaram em Varadero, por exemplo Al Capone.

Após a Revolução Cubana, em 1959, muitos casarões foram expropriados de seus proprietários ricos. Essas mansões logo se tornaram museus.

Como um símbolo do novo turismo integrado para os cubanos e turistas estrangeiros de todas as classes sociais, o Parque das 8.000 Cubículos (Parque de las Taquillas 8000), foi construído em 1960. Os visitantes puderam deixar seus pertences no subsolo do parque, tinham acesso a instalações sanitárias e serviços gastronômicos no primeiro andar, e pode alugar artigos de banho e roupas de banho. Os arredores do parque se tornaram o centro da cidade. Entre os anos 1960 e 1980 Varadero transformou-se em um centro cultural. Durante esses anos, o parque central (8000 Taquillas) (localizado entre 44 e 46th Street) viu inúmeros concertos, festivais e eventos desportivos.

A década de 1990 trouxe o início de uma nova campanha de construção de hotel, principalmente no segmento de 4 estrelas e 5 estrelas. Muitos dos hotéis são operados ou co-propriedade de empresas estrangeiras, como Meliá, Barceló, TRYP.

Como o turismo internacional foi aberto, a população local expandiu-se com a chegada de pessoas, algumas em posições-chave da economia, de outras partes de Cuba. Como consequência, Varadero tem perdido muito de sua vida social e cultural e suas tradições. O parque central, o cinema e vários locais de encontro culturais foram negligenciados em favor de um hotel de turismo all-inclusive e finalmente fechado. O Carnaval Internacional, uma iniciativa dos cubanos e estrangeiros iniciados na década de 1980, também cessou.

Varadero
Mulher cubana em Varadero

Além de seu recurso mais valioso, a praia, Varadero tem atrações naturais tais como cavernas e uma cadeia de ilhas facilmente acessadas. Há também atrações culturais, históricas e ambientais na vizinhança, como as cidades de Matanzas e Cárdenas, a Península de Zapata e a estância de San Miguel de los Baños. Varadero, que é um porto livre, também possui instalações para mergulho, pesca de alto mar, vela e outros esportes aquáticos. Varadero recebe mais de 1 milhão de turistas por ano. Varadero é essencialmente visitado por turistas europeus e canadenses.

Demografia

Em 2007, o município de Varadero tinha uma população de cerca de 20.000 entre a península de Hicacos (7000) e as duas localidades incorporadas de Santa Marta e Boca de Camarioca. Com uma área total de 32 km 2, tem uma densidade populacional de 771,3 / km 2. A partir de janeiro de 2011, o município de Varadero foi extinto e incorporado ao município vizinho de Cardenas. Portanto, Varadero é agora apenas reconhecido como a região da península Hicacos, devidamente área da praia. Muitos dos trabalhadores no setor turístico no trajeto de Cardenas.

Varadero
Chevrolet em Varadero

Referências

1. ^ um b Statoids (Julho de 2003). “Municipios de Cuba” . Retirado 2007/10/07 .
2. ^ “Mejor Atención al pueblo y más funcional” . La Habana, 23 de julio de 2010 . Página visitada em 15 de octubre de 2011 . ^ Cuba Viagem. “Varadero, Cuba” . Retirado 2007/10/14 .
3. ^ Cuba Viagem – história Varadero
4. ^ V Conferência das Nações Unidas sobre a Padronização de Nomes Geográficos, vol. II, publicado pela Organização das Nações Unidas, Nova Iorque, 1991
5. ^ Varadero. http://www.netssa.com/varadero.html
6. ^ artigo do jornal cubano Juventud Rebelde sobre uma iniciativa dos habitantes de Varadero, que visa salvar as suas tradições: añoranza por el Parque (“Longing for the Park”) ver um link externo para a tradução abaixo

Fonte: en.wikipedia.org

Varadero

Varadero é muito mais do que uma bela praia capitalista dentro de uma Cuba socialista.

Varadero

Os 22 km de areias branquinhas e sol quente durante todo o ano fazem de Varadero o sonho de quem quer relaxar na praia. As águas calmas e azuladas, com barquinhos a vela colorindo o horizonte, deixam qualquer um tão calmo que o esforço de sair da espreguiçadeira para fazer alguma coisa tem que ser gigante. Mas vamos lá! Varadero também tem muito a oferecer além dessa calmaria toda. De parques a shoppings centers, saltos de paraquedas a passeios de mergulho – opções não faltam para os mais exigentes turistas.

É possível aproveitar a praia pela manhã, quando o sol bate mais forte, almoçar num dos restaurantes que beiram a areia, e depois fazer uma escolha diferente por dia. À noite, vale jantar num restaurante com música ao vivo e depois sair para a festa que fizer seu gosto. E, para não esquecer daqueles que costumam perder o horário, estendendo a soneca que era para durar apenas uma tarde: em Varadero há vários estabelecimentos que ficam abertos 24 horas por dia.

Localizada na Península de Hicacos, a aproximadamente 140km de Havana, capital de Cuba, Varadero tem atrações, hotéis e restaurantes que fogem ao conceito socialista de simplicidade que pregamos à ilha. Mas não são somente os mais endinheirados que podem se dar ao luxo de passar uns dias nessa terra. Há variedade também para todos os bolsos. Se não puder bancar um dos resorts all-inclusive, pode ficar nos hotéis menores, ao oeste da península, ou mesmo alugar apartamentos voltados para turistas.

A cidade tem por volta de 18.000 habitantes, mas recebe, por ano, uma média de 500.000 visitantes. Isso não é à toa, já que é enorme o tamanho da infra-estrutura local voltada diretamente ao turismo. Mas o mito de que Varadero não é para cubanos é, de fato, somente um mito. Muitos residentes de Cuba escolhem a região para passarem a lua-de-mel ou as férias com a família. A diferença está na escolha da hospedagem e dos restaurantes, já que o poder aquisitivo deles é bem menor que o dos canadenses que se concentram por ali.

Varadero
Litoral de Varadero

Varadero
Autopista Sur

Varadero
Muro com os lemas da Revolução Comunista

É possível também ter contato com os habitantes locais e a cultura socialista. Como as casas particulares (residências de cubanos que alugam quartos para turistas) e os paladares(refeições servidas e vendidas em moradias de cubanos) são proibidos, pela lei cubana, em áreas de resorts, o convívio com eles pode ser menos intenso. Por outro lado, é dificílimo não acabar conversando com o garçom da praia (que pode ser também um lutador profissional de judô!), a recepcionista do hotel ou mesmo o vendedor do supermercado. Depois de mais de dois dias indo ao mesmo quiosque, pode se preparar que o moço que aluga suas espreguiçadeiras já estará se considerando seu melhor amigo. Não tem jeito, os cubanos são assim, com essa maneira extrovertida e espontânea de ser (para alguns, até demais).

À noite, há várias festas e shows com presença de muitos residentes. É outra oportunidade para intercambiar com as pessoas que fazem parte da excêntrica cultura dessa ilha mais que peculiar. A verdade é que se você se permitir sair um pouquinho do circuito luxo-turismo, será impossível não entrar em contato com os simpáticos cubanos. E pasmem: os habitantes de Varadero são muito mais favoráveis ao socialismo do que os de Havana!

Mas não se preocupe. Afinal, ninguém vai à Varadero para ficar preocupado. Passe um bom filtro solar, pegue a toalha e aproveite tudo que a cidade tem a oferecer.

INFORMAÇÕES E SERVIÇO

Site do país: www.cubagov.cu

Site de turismo do país: www.cubatravel.cu e www.infotur.cu

Idioma: Espanhol

Fuso horário: Duas horas a menos em relação a Brasília, quando estamos em horário de verão

DDI: 53

Código de acesso da cidade: – 45

Telefone de emergência: – 106 (polícia)

Moeda: Há dois tipos de moedas: o Peso Nacional Cubano, também denominado Moneda Nacional (MN), utilizado pela população local, e o Peso Conversível Cubano (CUC), valor de troca para o turista. Cada CUC vale 24 pesos cubanos, aproximadamente.

Câmbio – Em Varadero há a Cadeca, que é a Caixa de Câmbio Oficial do Governo, onde é possível trocar dinheiro direto do cartão de crédito ou débito internacional, e o valor debitado é diretamente em reais. Não se esqueça de que em Cuba não se aceitam cartões de bancos ou bandeiras norte-americanas, portanto confira a nacionalidade de seu cartão antes de embarcar. Caso queira trocar dinheiro por CUC, leve euros ou dólares canadenses, pois é cobrada uma taxa alta para dólares norte-americanos. O CUC só pode ser trocado em Cuba. Por isso, troque somente o necessário para não voltar ao Brasil com notas cubanas.

Gorjetas – Os cubanos não cobram gorjeta ou serviço, mas é esperado que você deixe algo para eles, já que as gorjetas que recebem por mês costumam superar o valor do salário mensal. É por esse motivo que a maior parte dos cubanos almeja trabalhar com o turismo.

Telefone – Ainda não é fácil conseguir um telefone celular em Cuba. Os celulares internacionais, habilitados para operar em Cuba, funcionam bem, mas fique atento às altas taxas de roaming que são cobradas pelas operadoras.

Internet – É encontrada apenas em hotéis maiores, onde se cobra um valor alto pela hora de utilização.

Voltagem e tomadas – A voltagem costuma ser de 110 volts, mas há algumas tomadas 220 volts. Cheque na recepção do hotel sobre a voltagem, pois há alguns lugares em que as tomadas não têm a sinalização adequada. As tomadas são do tipo americano, com dois pinos planos de entrada, porém também é possível encontrar as do tipo europeu, com dois pinos redondos de entrada.

Fonte: viagem.uol.com.br

Varadero

A cerca de 140 km de Havana, poderá encontrar, em Varadero, com os seus 20 km de magníficas praias e uma das barreiras de coral mais bonitas de toda a ilha de Cuba. As atividades de lazer são variadas, com restaurantes, centros noturnos, que contribuem para que esta zona seja uma das mais completas de todo o país.

País: Cuba
Capital: Havana
Idioma: Castelhano
Moeda: Peso cubano (CUC)
Clima: Clima tropical. Qualquer mês é aconselhável para visitar Cuba. Em Setembro e Outubro podem ocorrer ciclones.
Documentação necessária: Passaporte com validade superior a 6 meses da data da partida da viagem. Visto.
Saúde / Vacinas: Não existem vacinas obrigatórias.
Diferença horária: – 5 horas que em Portugal continental
Dicas: Roupa leve e impermeável. Camisola para os passeios em altitude e as noites de Inverno.
Pontos de interesse: Excursões recomendadas a partir de Varadero: Havana Colonial, Havana Especial, Guamá, Safari, Trinidad Colonial, Jeep Safari, Cayo Largo.
Compras: Cada hotel, cidade ou aeroporto tem lojas em que se encontram artigos de firmas de prestígio, puros habanos, rum cubano, jogos, conservas, artesanato diverso, livros, discos, postais, camisetas, etc. A flor nacional é a mariposa, uma espécie de jasmim de flores brancas e cheirosas. Foi o símbolo de rebeldia e pureza durante as guerras de independência. A ave nacional é o tocororo, uma espécie autóctone que reproduz nas suas plumas as cores da bandeira nacional. A árvore nacional é a palma real, que não é oriundo da ilha, a sua profusão e simbolismo é de máxima significação para os cubanos.

Fonte: www.emotionstore.com

Veja também

Hino Nacional da República Democrática do Congo

Debout Congolais PUBLICIDADE Debout Congolais (Levanta congolês) é o hino nacional da República Democrática do …

Locais Turísticos da República Democrática do Congo

BRAZZAVILLE PUBLICIDADE É um lugar muito interessante, muito verde, com uma Basílica, Mercados e o …

República Democrática do Congo

PUBLICIDADE O território que hoje leva o nome de República Democrática do Congo tem sido habitada por …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.