Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Decoração / Ofurô

Ofurô

PUBLICIDADE

Mergulhe nos prazeres do ofurô

Revitalizantes, os banhos de ofurô proporcionam saúde mental e física, além de darem aquele trato no visual, dependendo do ingrediente utilizado no momento da imersão.

Tomar um banho de ofurô parece um luxo inacessível, não apenas por conta da correria do dia-a-dia mas também pelos altos preços que um spa na cidade pode cobrar? O Zashi encontrou uma pérola no meio do caos urbano, onde tomar um banho de ofurô é um prazer que pode ser alcançado, além de uma receita infalível para relaxar o corpo e a mente.

Numa casa pequena no bairro do Brooklin, há algumas quadras de um dos centros financeiros mais importantes da capital paulista, funciona o Kan Tui.

Projetado visando ao relaxamento e ao equilíbrio, o espaço conta com duas salas destinadas ao tradicional banho de ofurô, jardim japonês, árvores frutíferas e fontes tranquilizantes espalhadas por todos os cantos.

Por que tomar banho de ofurô?

No Japão, o banho incrementado, não apenas para higiene, é um ritual cotidiano. A maioria das casas conta com salas de banho, onde se realiza a limpeza da pele antes da imersão.

Nessa área espaçosa, há banquetas, bacias e canecas, esponjas e chuveiros manuais ou torneiras que deixam a água corrente entrar. Só se entra no ofurô com o corpo totalmente limpo.

A água da banheira pode ser apenas pura e quente, mas uma tradição centenária sugere acrescentar algumas substâncias medicinais, embelezadoras, aromatizantes, revigorantes, purificantes, simbólicas ou simplesmente mágicas.

No arquipélago, são usadas flores, como íris, rosa e crisântemo; ingredientes culinários também são apreciados, tais como folhas de daikon, cenoura, gengibre, saquê, vinagre e algas; as frutas também são cultuadas, como a cereja, o cidrão, a tangerina e a laranja.

“Aqui no Kan Tui, buscamos um pouco da tradição japonesa para oferecer banhos diferentes e que tragam benefícios para quem os procura”, explica Marcos Motta, idealizador do espaço.

Talvez por isso a carta de serviços do spa urbano ofereça mais de dez tipos diferentes de banho, alguns bem inusitados, como o de cerveja, mas cada um com sua propriedade.

O ofurô e os diferentes tipos de madeira

Ofurô

O contato com a água renova pensamentos e recupera a energia por meio dos estímulos dos óleos essenciais puros, ervas e pétalas – aromas de flores, raízes, cascas de árvore e de frutas. Os elementos reagem terapeuticamente, de preferência em ofurô de madeira nobre e em temperatura agradável.

No Japão, o tipo de madeira utilizada na construção da peça é fundamental para o seu uso. Os tipos modernos, fabricados em fibra de vidro, não conseguem manter a temperatura da água como as de madeira. O modelo tradicional japonês é feito de madeira Hinoki (cipreste japonês), que tem um leve aroma de limão, resiste bravamente à umidade, é capaz de eliminar odores facilmente e ainda tem propriedades antibacterianas.

Em solo brasileiro, devido à abundância do produto, a madeira utilizada para fabricar os ofurôs é o Cedro Rosa. Mas o Kan Tui, que também fabrica ofurôs, encontrou no Freijó – madeira naval – matéria-prima ideal para construir a peça. “Nossa intenção foi criar mais uma opção que pudesse manter as características do Cedro”, conta Marcos Motta.

Benefícios

Ofurô

Chocolate: rico em vitaminas B1 e B2, importantes para o crescimento e fortalecimento dos tecidos, o banho achocolatado é recomendado para peles secas, mistas e normais.

Banho de Santo Antônio: para quem quer casar, o banho elaborado com essência de lírio – a flor do amor – promete!

Tangerina: desenvolvido especialmente para quem está precisando de energia, sofre de depressão ou anda mal humorado. Indicado para todos os tipos de pele, ainda trata a celulite e estimula a circulação.

Saquê: elimina toxinas, estimula a circulação e alivia dores musculares. Deixa a pele suave e macia, além de brilhante.

Gengibre com canela: revigorante, afrodisíaco, elimina negatividades e atrai sorte!

Cerveja: amacia todos os tipos de pele, além de regenerar os tecidos.

A cultura do banho de Ofurô se desenvolveu originalmente no Japão (furô significa banheira em japonês e Ofurô significa literalmente “O sublime lugar do calor”). No Brasil a cultura do banho é proveniente dos povos indígenas, cujas aldeias eram estabelecidas sempre à beira de um rio, e suas técnicas de cura utilizavam sempre os banhos com finalidade terapêutica.

Já os africanos faziam uso de banho com ervas e os europeus com os óleos essenciais – sempre como complemento terapêutico. Essas culturas foram todas fundidas com o tempo e surgiu o banho de ervas em Ofurô.

O banho de Ofurô é indicado para combater o estresse, a ansiedade e os problemas causados pela tensão e dores musculares.

Seja qual for o motivo o banho de Ofurô sempre proporciona relaxamento, bem-estar, melhora a auto-estima e harmoniza nossa energia interior.

A água é conhecida desde os tempos mais remotos como um dos elementos básicos da natureza: possui prana, que tem capacidade de energizar o organismo e produzir efeitos terapêuticos, tornando-o saudável e vibrante.

As propriedades da água a transformam num eficiente elemento terapêutico – uma vez que 80% do organismo humano também é constituído por água – que pode ser reposto não somente através da ingestão, mas também externamente, através de banhos, compressas e massagens.

A água é considerada um agente universal de limpeza e de higiene. A Sua ação interna tonifica e limpa o organismo, graças às suas propriedades depurativas e diuréticas. Por isso ela é considerada um solvente universal: absorve e drena resíduos de substâncias tóxicas, medicamentos e excessos alimentares que se acumulam no corpo.

O banho de Ofurô é quente, podendo ir de 36 a 40 graus (para os ocidentais) e até 50 graus (para os orientais). Ao ocorrer o aumento da temperatura basal do corpo, há um aumento do metabolismo orgânico, que propicia a eliminação das toxinas (radicais livres) corporais, que são as causadoras de dores e do envelhecimento. As toxinas são eliminadas através do aumento da transpiração.

Indicações

– Dores musculares;
– Problemas ósseos (desde artrites até pancadas)
– Problemas de pressão
– Problemas intestinais, renais
– Doenças articulares, como artrites, artroses e reumatismos
– Pós-cirurgia estética, pós-parto e durante regimes e tratamentos de emagrecimento.

Ofurô é uma tradição da Terra do Sol Nascente, o Japão. Nada mais que uma banheira de madeira requintada, o Ofurô contém água quente permanente. É fabricado em cedro polido (madeira com poder térmico) e fixado sem a utilização de pregos.

Essa técnica oriental foi criada há séculos atrás, e tem sido aperfeiçoada desde então, resultando num refinado ritual de purificação do corpo e da alma, aliviando-nos do estresse do dia-a-dia. A água, aquecida em até 40ªC, e o contato com o cedro do seu revestimento, garantem a sensação de relaxamento e conforto após cada sessão de banho.

O ritual do Ofurô interage o Homem com a sua própria essência, promovendo paz interior e sensação de leveza. Tonifica, regenera, nutre e amacia a pele. Ajuda quem tem artrite e reumatismo, e combate celulite, flacidez e T.P.M.

O OFURÔ é uma deliciosa sensação de prazer e bem-estar que recarrega nossas baterias. Esse estímulo é criado por óleos essenciais, flores, folhas, ervas, etc, adicionadas à água. Isso cria o equilíbrio essencial entre corpo, mente, razão e emoção.

Uma sessão de massagens geralmente é recomendada. Especialistas indicam o Shiatsu, como complemento à terapia de relaxamento e ainda aproveita o efeito da água quente que prepara a pele para ser “tocada”. A massagem pode ser feita dentro da banheira.

A cromoterapia também se aliou ao OFURÔ no combate ao estresse; o banho tem o toque de cores específicas para cada situação, com a ajuda de cristais e luzes coloridas. Relaxar num genuíno OFURÔ tira suas angústias, ansiedades, frustrações, insônias…

Nada como um Ofurô em casa

Um OFURÔ pode ser instalado ao ar livre, num espaço aberto, numa varanda ou quintal semi-abertos, dentro de casa, ou até mesmo em sua sala, dando um toque moderno e arrojado a sua decoração.

Além disso, sua limpeza e manutenção é exatamente a mesma de uma piscina, utilizando inclusive os mesmos equipamentos e produtos químicos. Use toda sua criatividade e faça o melhor projeto para se deliciar com os prazeres dessa técnica japonesa de relaxamento, valorizando seu espaço e bem-estar.

Com Tempero Brasileiro

Graças aos japoneses, podemos desfrutar do ritual do Ofurô, mas isso não significa que devemos seguir à risca todas as tradições deles.

No Japão, os banhos são coletivos, pois significam sociabilidade entre amigos e parentes. Mais do que se limpar do suor e poeira que sujam a pele, o banho é um ritual que acalma a mente e envolve sensações.

Dentro de um clima místico, o momento do Ofurô é de purificação do corpo e da alma. Por isso, para os nipônicos, tomar banho é contemplar a vida. Já no Brasil, foi adaptado para versões individuais e para casais, com um ar mais intimista e tempero totalmente brasileiro.

Por aqui criou-se um clima ainda mais místico, incrementado com óleos, sais, pétalas, frutas, ervas aromáticas, incensos, velas especiais e música suave para relaxamento.

Além disso, devido a nossa tropicalidade, não estamos acostumados com água tão quente – no Japão a água chega a 50 graus. Por isso, a temperatura média recomendada do OFURÔ é de 35º C. E mais, para fazer concorrência às badaladas banheiras-spa, hoje já temos opcionalmente OFURÔS com hidromassagem, o que os tradicionalistas no Japão não aprovam.

Para ficar Relax!

A deliciosa sensação de relaxamento corporal e alívio mental vem da textura e do aroma da madeira original em CEDRO. Essas ripas têm alto poder massageador e são muito aconchegantes.

A suavidade combinada da madeira com a água aquecida, sobre o corpo imerso, proporciona um prazer sensorial incrível, que funciona como uma leve massagem natural que recupera nossas energias vitais, melhorando o nosso astral e aparência física.

O seu formato, e o meio líquido, lembram o “útero materno”, daí o segredo de alcançar paz e serenidade num banho de OFURÔ. Relaxe e viva melhor!!

OFURÔ, palavra de origem japonesa, com significados de: Banho, Banheira e Sala de Banho.

Por razões geológicas, o Japão, foi presenteado pela natureza com um elevado número de fontes terminais, que jorram águas quentes de boa qualidade, com poderes curativos. Por tradição e historicamente, essas dádivas são visitadas por grande contingente de pessoas, que buscam nestes banhos a saúde e o prazer.

O Ofurô foi à forma que eles encontraram para trazer esse bem-estar para dentro de suas próprias casas.

O Banho de ofurô na amplitude de 37° a 40° centígrados ativa a circulação sanguínea, aliviando dores musculares, reumáticas, eliminado toxinas, promovendo relaxamento muscular, hidratando a pele que é o maior órgão de defesa do nosso corpo, mantendo-as sempre jovem, bonita e saudável. Alivia o estresse do dia-a-dia, proporcionando um repousante sono almejando um dia seguinte com muita disposição.

Quando os imigrantes japoneses chegaram ao Brasil, estranharam o banho de caneca, bacia ou chuveiro. Sentindo saudades do hábito da terra natal, improvisaram ofurôs nada confortáveis, utilizando tambores de ferro, tonéis de madeira e até engradados de alface, forradas com lonas. Tanta era a vontade de emergir o corpo na água quente e sentir aquele aconchego, bem-estar e proteção, com um ventre materno. Era um momento de sonho.

Fonte: www.nippobrasil.com.br/www.utoc.net/www.superaguapiscinas.com.br/www.nossavitrine.com.br

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Aquários

Aquários, Decoração, Peixes, Iluminação, Tipos, História, Temperatura, Disco, Alimentação, Cuidados, Aquarismo, Equipamentos, Aquários

Banheiro

Banheiro, Decoração, Ambiente, Estilo, Revestimentos, Iluminação, Pastilhas, Cores, Piso, Projetos, Imagens, Harmonia, Lavabo, Banheiro

Churrasqueira

Churrasqueira, Construção, Casa, Decoração, Tipos, Tábuas, Espetos, Carne, Chaira, Dimensão, Imagens, Acessórios, Churrasqueira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+