Breaking News
Home / História do Brasil / Fazenda Ibicaba

Fazenda Ibicaba

PUBLICIDADE

Em 1846, chegam os alemães no Ibicaba (Limeira), onde Senador Vergueiro dera início ao magnífico empreendimento, no qual encerrava os destinos do Brasil.

Reproduzindo o seu tipo, foram num decênio, criadas mais de 60 colônias, totalizando aproximadamente 60.000 imigrantes.

Este fato aparelhou a Província de São Paulo, para resistir diferentemente de outras, à grande transformação social, que então se operou com a Abolição.

Historiadores ainda afirmam, que foi na Fazenda Ibicaba (Vila de Limeira), empregado o arado pela primeira vez, no plantio do café, em todo o Brasil.

Uma visita ao Ibicaba proporciona uma autêntica viagem no tempo, onde você encontrará um importante conjunto histórico- arquitetônico, formado pela sede centenária (construída por membros da família Levy, que ali chegaram como colonos em 1857 e tornaram-se proprietários arrematando-a em hasta pública em 1889).

Hoje a propriedade pertence à Família Carvalhaes.

O turista fica deslumbrado com a capela, dotada de altar em madeira, senzala, torre do relógio, terreiros, tulhas e aquedutos construídos por escravos e imigrantes.
Fundada em 1817, pelo Senador Vergueiro, a fazenda foi durante um período, a maior produtora de café do Brasil.

Fazenda Ibicaba

Informações: Fazenda Ibicaba  Rod. SP 317
Dr. Cássio de Freitas Levy, Km 02 – Cordeirópolis/SP

Fazenda Ibicaba

Fazenda Ibicaba conserva um importante conjunto arquitetônico representativo do ciclo do café, formado pela sede centenária, a capela, a senzala, a tulha, os terreiros e aquedutos construídos pelos escravos, o prédio da escola, a torre do relógio com seu mirante, bem como as máquinas antigas para benefício do café.

Situada no município de Cordeirópolis SP, Rodovia Dr Cassio de Freitas Levy, km 2 (que liga Cordeirópolis a Limeira), a Fazenda Ibicaba tem fácil acesso por excelentes rodovias :– Anhanguera, Bandeirantes e Washington Luiz.

A Fazenda Ibicaba oferece

Turismo histórico Pedagógico Cultural, de negócios, ecológico e de lazer;
Visitas guiadas;
Almoço, café da manhã ou lanche à tarde;
Hospedagem para grupos escolares de 25 à 40 alunos
Trilhas;
Piscina;
Amplos espaços para eventos.

Como chegar

Mapa para chegar na Fazenda Ibicaba

Situada no município de Cordeirópolis, na Rod. Dr. Cassio de freitas Levy KM02 (Cordeirópolis a Limeira), a Fazenda Ibicaba tem fácil acesso por excelentes rodovias – Anhanguera, Bandeirantes, Washington Luís – estando próxima à cidades bastante populosas, e de ótimo poder de consumo.

São Paulo 160 km; Campinas 60 km; Americana 40 km; Piracicaba 40 km; Limeira 8 km; Rio Claro 13 km; Araras 15 km.

Fonte: www.fazendaspaulistas.com.br

Fazenda Ibicaba

História

Fundada em 1817 pelo Senador NICOLAU PEREIRA DE CAMPOS VERGUEIRO, a Fazenda Ibicaba foi sede da primeira e uma das mais importantes colônias do Brasil. Foi a pioneira na substituição de mão- de- obra escrava pela de imigrantes europeus, principalmente Suíços e Alemães, trinta anos depois de sua fundação.

O Senador Vergueiro foi o responsável pela vinda dos primeiros imigrantes da Europa, muito antes da abolição da escravatura. Sua empresa ” Vergueiro e Companhia” recrutava os imigrantes, financiava a viagem e o imigrante tinha que quitar sua dívida trabalhando por, pelo menos, quatro anos.

A cada família cabia um número determinado de pés de café que pudesse cultivar, colher e beneficiar, além de roças para o plantio de mantimentos. O produto da venda do café era partido entre colono e fazendeiro, devendo prevalecer o mesmo princípio para sobras de mantimentos que o colono viesse a vender.

Esses contratos ficavam conhecidos como ” Sistema de Parceria”. Cerca de mil pessoas entre portugueses, suíços e alemães viviam em ibicaba, que era quase independente, havendo até circulação interna de moeda própria. Durante uma década, o modelo de colonização obteve sucesso e serviu de exemplo para todo país.

Devido a sua importância para a economia de São Paulo e ao reconhecimento da influência política do Senador Vergueiro, a Fazenda Ibicaba recebeu grandes personalidades, entre elas Dom Pedro II, a Princesa Isabel e o Conde D’eu. Foi usada durante a Guerra do Paraguai como estação militar. A extinção do tráfego negreiro em 1850 levou muitos fazendeiros a implantar o mesmo “sistema de parceria” criando pelo Senador Vergueiro.

Os imigrantes, além de exercerem grande influência cultural, contribuíram com novas técnicas de produção: -utilização de arado na plantação de café, eixo móvel para carroças e demais utensílios agrícolas. A oficina de Ibicaba fornecia máquinas e instrumentos para a região posto que muitos imigrantes não tinham vocação agrícola, mas eram excelentes artesãos. Um dos primeiros motores a vapor de São Paulo foi importado pela Ibicaba e hoje encontra-se em um museu em Limeira SP.

fazenda-ibicaba-4

Porém as dificuldades enfrentadas pelos colonos na adaptação ao clima e culturas locais, aliadas à subordinação econômica aos fazendeiros por não conseguirem saldar suas dívidas baseadas numa contabilidade questionável, foi-se criando uma crise que, em 1856, culminou na ” Revolta dos Parceiros” ou insurreição dos imigrantes europeus, tendo, como palco, a Fazenda Ibicaba, a maior produtora de café da época.

A revolta foi comandada pelo suíço Thomaz Davatz, que conseguiu inclusive que as autoridades suíças tomassem conhecimento das condições em que viviam os colonos. Tomaz Davatz, ao retornar a Europa, escreveu o livro ” Memórias de um colono no Brasil”, cujo teor inibiu o ciclo da imigração e que, até hoje, ajuda- nos a compreender este período histórico.

Em 1886, foi criada a sociedade promotora da imigração, que se encarrega de uma grande campanha publicitária para atrair mão de obra estrangeira, publicando panfletos vendendo a imagem do Brasil como um maravilhoso país tropical e apagando a impressão negativa deixada pelo livro de Davatz. Em 1877, chega o primeiro grande grupo de italianos para São Paulo, com cerca de 2000 imigrantes.

É a política oficial da província, atraindo braços para a grande lavoura. A partir de 1882, o movimento cresce assustadoramente e o estado, pela primeira vez, destina verbas para apoiar os imigrantes, criando inclusive a “Hospedaria do Imigrante”, onde ficavam gratuitamente por 7 dias esperando pelo fazendeiro que os fosse contratar.

A imigração italiana foi a que obteve o maior sucesso, tanto do ponto de vista de adaptação dos imigrantes, como de sua produtividade. Tal sucesso se deve a procedência rural da maior parte dos italianos, vindos principalmente da Itália Meridional, então terra de latifúndios.

A identidade religiosa também foi um fator favorável, num tempo em que havia muita intolerância nesse terreno, devido ao grande poder da Igreja Católica. Até hoje, há predominância de sobrenomes italianos na região, que venceram as dificuldades iniciais, se estabeleceram definitivamente nesta terra, criaram raízes e permaneceram para sempre.

Localização

fazenda-ibicaba-5

Situada no município de Cordeirópolis SP, Rodovia Dr Cassio de Freitas Levy, km 2 (que liga Cordeirópolis a Limeira), a Fazenda Ibicaba tem fácil acesso por excelentes rodovias :– Anhanguera, Bandeirantes, Washington Luiz, estando próxima a cidades bastante populosas e de ótimo poder de consumo.

São Paulo – 160 Km

Campinas – 60 KM

Americana – 40 Km

Piracicaba – 40 Km

Limeira – 8 Km

Araras – 15 Km

Projeto Ibicaba

A Fazenda ibicaba conserva um importante conjunto arquitetônico representativo do ciclo do café, formado pela sede centenária, a capela, a senzala, a tulha, os terreiros e aquedutos construídos pelos escravos, o prédio da escola, a torre do relógio com seu mirante, bem como as máquinas antigas para benefício do café.

Com o objetivo de viabilizar a preservação e divulgação tanto da história da imigração como do ciclo do café, a Fazenda Ibicaba está desenvolvendo um projeto de natureza turística e educacional, aliadas a atividades ecológicas e de lazer, dirigido a estudantes de 1º e 2º graus de escolas particulares ou não, da capital e do interior.

O Projeto consiste em receber os estudantes para ” Dia de Campo” desenvolvendo atividades educativas de conteúdo histórico, bem como de lazer no campo.

As atividades serão orientadas para a faixa etária de cada grupo e coordenadas por monitores especializados. Cada turma permanecerá na fazenda das 9:00 às 17:00 horas e receberá café da manhã, almoço e lanche durante o período.

As atividades poderão ser diferenciadas conforme orientação de cada escola, sempre respeitando a faixa etária dos alunos.

O tempo de permanência, o cardápio, bem como o uso da piscina, poderão ser previamente combinados de acordo com a necessidade de cada escola. Poderemos ainda hospedar grupos de 25 a 40 alunos.

fazenda-ibicaba-6

fazenda-ibicaba-7

fazenda-ibicaba-8

Galeria de fotos antigas da Fazenda Ibicaba

Galeria de fotos recentes da Fazenda Ibicaba

Fonte: www.fazendaibicaba.com.br

Veja também

Personagens da História de Limeira

PUBLICIDADE Capitão Luiz Manoel da Cunha Bastos O fundador de Limeira nasceu em Portugal, na …

Hino da Cidade de Limeira

PUBLICIDADE Música: Prof.ª Dyrcéia Ricci Ciarrochi Letra: Dr. Guilherme Mallet Guimarães Harmonização: Mário Tintori Chão …

Hidrografia de Limeira

PUBLICIDADE Rio Jaguari O município de Limeira tem como manancial de abastecimento o Rio Jaguari, que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.