Breaking News
Home / Biologia / Abelhas

Abelhas

PUBLICIDADE

Abelhas – Definição

As abelhas vivem em grandes “famílias” e são encontradas em todo o mundo. A abelha é o único inseto social cuja colônia pode sobreviver por muitos anos.

Isso porque eles se amontoam e comem mel para se manterem vivos durante os meses de inverno.

Suas asas batem 11.000 vezes por minuto, e é por isso que parece que estão “zumbindo”. As abelhas só podem picar uma vez, porque seus ferrões são farpados e se arrancam quando tentam fugir.

As abelhas têm uma língua longa, semelhante a uma palha, chamada probisco, que lhes permite beber o néctar das profundezas das flores.

As abelhas também são equipadas com duas asas, duas antenas e três partes segmentadas do corpo (a cabeça, o tórax e o abdômen).

As abelhas são insetos sociais que vivem em colônias.

A população da colmeia consiste em uma única rainha, algumas centenas de zangões e milhares de abelhas operárias.

O que é uma abelha?

As abelhas, membros da família Apidae, são insetos voadores que coletam néctar e pólen.

Existem muitos tipos diferentes de abelhas, possivelmente 20.000 espécies, e existem muitas diferenças entre elas.

Alguns fazem mel e outros não. Alguns podem picar, enquanto outros não.

As abelhas se alimentam de néctar de flores e também coletam pólen para alimentar suas larvas.

Abelhas

Na natureza, as abelhas eles geralmente vivem em árvores ocas e, usando a cera que produziram, constroem células para armazenar mel e criar suas larvas. Hoje em dia, no entanto, a maioria das abelhas vive em colmeias manufaturadas fornecidas pelos apicultores.

As colmeias são composta por apenas uma rainha, dezenas de zangões e milhares de operárias.

rainha é responsável pela reprodução e secreta uma substância denominada feromônios, que é distribuída a todas as abelhas da colmeia. Esta substância informa a presença desta na colmeia e, impede o desenvolvimento de órgãos sexuais femininos nas operárias, impossibilitando-as de se reproduzirem. Se aparecer outra rainha na colmeia elas lutarão até que uma morra.

A rainha é criada numa cápsula especial denominada realeira e, é alimentada com geleia real, rica em nutrientes extras necessários para que ela desenvolva um corpo maior.

A rainha recebe milhões de espermatozoides dos zangões, que ficam em um reservatório de seu organismo denominado espermateca.

Ela poderá realizar outros voos durante a época de acasalamento ate que a espermateca esteja completamente cheia. Esta fase de reprodução se dá apenas uma vez em sua vida, e a mesma só saíra da colmeia novamente para uma enxameação, que é quando um enxame abandona a colmeia para formar uma nova.A rainha é quase duas vezes maior que as outras abelhas e, é responsável pela postura dos ovos, sendo a única da colmeia com capacidade de reprodução.

Os zangões são os únicos machos da colmeia e, nascem de ovos fecundados num alvéolo maior que o das operárias. Sua função é o de acasalamento, morrendo após o mesmo.

As abelhas operárias dividem as funções, umas coletam o néctar para produzir mel, enquanto outras cuidam das larvas, vedam orifícios, constroem os favos e protegem a colmeia.

O ciclo de vida das abelhas consiste em quatro fases: ovo, larva, pupa e adulto. As operárias vivem aproximadamente 60 dias, enquanto a rainha pode viver até 5 anos.

As abelhas possuem olfato aguçado e podem sentir odores a quilômetros de distância, devido estar associado à antena na parte posterior onde possuem receptores químicos. Possuem o olfato e paladar interligados, pois também possuem receptores na língua.

As abelhas estão desaparecendo segundo pesquisadores. Fato este preocupante, pois o trabalho das abelhas garante renovação dos vegetais, através da polinização.

As sementes responsáveis pela produção das plantas provem dos frutos e estes de flores. Para que haja boa safra é necessário que as flores sejam polinizadas, para que o pólen de uma flor macho seja levado a uma flor fêmea, ou seja, grande parte dos alimentos vem através da polinização das abelhas.

Abelhas – Biologia

Reino: Animalia
Filo:
 Arthropoda
Classe:
 Insecta
Ordem:
 Hymenoptera
Tipo: 
Invertebrados
Dieta: Herbívoro
Nome do grupo: Colônia, enxame
Vida média na natureza: Até 5 anos

AbelhaAbelhas

Abelha é o nome comum de um inseto voador que se alimenta de flores com pelos do corpo ramificados.

As abelhas dependem do pólen como fonte de proteína e do néctar ou dos óleos das flores como fonte de energia.

As abelhas variam em tamanho, desde espécies minúsculas – apenas 2 mm de comprimento – até insetos bastante grandes – de até 4 cm de comprimento.

Muitas abelhas são pretas, marrons ou cinza, mas outras são amarelas brilhantes, vermelhas ou verdes ou azuis metálicas.

Embora as abelhas possam ser solitárias, podem viver em vários tipos de comunidades. A

s abelhas vivem mais comumente em colônias com três tipos diferentes de abelhas em cada colônia – a abelha rainha, a abelha operária infértil (fêmea) e o zangão (macho). Apenas a abelha rainha pode se reproduzir. O único trabalho do drone é acasalar-se com a rainha e morrer logo após ter cumprido sua tarefa. O único trabalho da rainha é botar ovos para o resto de sua vida.

As abelhas operárias realizam muitos trabalhos necessários à sobrevivência da colmeia. Eles limpam a colméia, coletam pólen e néctar para alimentar a colônia e cuidam da prole.

As rainhas das abelhas podem viver até cinco anos, embora a maioria tenha uma vida média de dois a três anos. Em contraste, a vida média de uma abelha operária geralmente é de apenas seis semanas.

As abelhas têm cinco olhos – dois grandes olhos compostos e três olhos simples e podem ver todas as cores, exceto o vermelho. Isso e seu olfato os ajudam a encontrar as flores de que precisam para coletar o pólen.

pólen é uma importante fonte de alimento para as abelhas. A maioria das abelhas possui pêlos corporais emplumados que ajudam na coleta de pólen.

As abelhas operárias adultas coletam o pólen, pois é o sustento das abelhas adultas e das larvas – ele contém proteínas e outros nutrientes necessários à sua sobrevivência. Enquanto procuram néctar e pólen, as abelhas inadvertidamente transferem pólen dos componentes masculinos para os femininos das flores. O pólen que elas inevitavelmente perdem ao voar de flor em flor é importante para as plantas porque algum pólen pousa nas estruturas reprodutivas de outras flores da mesma espécie, resultando em polinização cruzada.

As abelhas são os insetos polinizadores mais importantes e sua interdependência com as plantas torna-as um excelente exemplo de simbiose benéfica para ambas as partes.

As abelhas são amigas do ambiente e são vitais como polinizadores.

E alguns estimam que esses insetos polinizadores contribuem para um terço da dieta mundial. Algumas abelhas produzem mel a partir do néctar da flor.

As abelhas possuem um órgão que converte o néctar em mel, que é coletado, dependendo da espécie, dentro da colmeia ou colônia de abelhas.

Os apicultores usam a fumaça para acalmar as abelhas quando estão coletando mel ou realocando uma colmeia.

Abelhas – Colmeias

As colmeias de abelhas há muito fornecem mel e cera de abelha aos humanos. Esses usos comerciais geraram uma grande indústria de apicultura, embora muitas espécies ainda ocorram na natureza.

Todas as abelhas são insetos sociais e cooperativos.

Os habitantes de uma colmeia são geralmente divididos em três tipos:

Abelhas operárias

Abelhas

As Abelhas operárias são as únicas abelhas que a maioria das pessoas já vê. Essas abelhas são fêmeas que não são sexualmente desenvolvidas. As Abelhas operárias buscam alimentos (pólen e néctar das flores), constroem e protegem a colmeia, limpam, circulam o ar batendo as asas e desempenham muitas outras funções sociais.

As abelhas operárias são o membro mais familiar da colméia das abelhas, pois constituem cerca de 99% da população de cada colônia.

As abelhas operárias são todas fêmeas e fazem quase tudo pela colmeia. Do nascimento à morte, 45 dias depois, a abelha operária recebe diferentes tarefas para realizar em diferentes estágios de sua vida.

As abelhas operárias são responsáveis por tudo, desde alimentar as larvas (as abelhas bebês), cuidar da rainha, limpar a colmeia, coletar alimentos, guardar a colônia e construir o favo de mel.

O ferrão da abelha operária é farpado, portanto, quando ela for forçada a se defender ou a se defender da colmeia, seu ferrão ficará preso na pele da vítima. Ela é incapaz de retirá-lo e morre quando inevitavelmente se afasta do ferrão preso, deixando-o para trás com o saco de veneno ainda injetando veneno em sua vítima.

A rainha

O trabalho da rainha é simples – pôr os ovos que irão gerar a próxima geração de abelhas da colmeia. Normalmente, há apenas uma única rainha em uma colmeia. Se a rainha morrer, as operárias criarão uma nova rainha alimentando uma das larvas fêmeas com uma dieta exclusiva de um alimento chamado “geléia real”. Este elixir permite que a operária se torne uma rainha fértil.

As rainhas também regulam as atividades da colmeia, produzindo produtos químicos que orientam o comportamento das outras abelhas.

Zangões

Os machos são chamados de zangões – a terceira classe de abelhas. Várias centenas de zangões vivem em cada colmeia durante a primavera e o verão, mas são expulsos durante os meses de inverno, quando a colmeia entra em um modo de sobrevivência magro.

Comportamento Colmeia

As abelhas vivem de mel e pólen armazenados durante todo o inverno e se agrupam em uma bola para conservar o calor. As larvas são alimentadas nas lojas durante esta temporada e, na primavera, a colmeia está fervilhando com uma nova geração de abelhas.

Fonte: Camila Correia/bees.techno-science.ca/www.trulynolen.ca/www.honeybeecentre.com/friendsoftheearth.uk/www.nationalgeographic.com/www.pestworldforkids.org

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Fator Rh

PUBLICIDADE Fator Rh – O que é O fator Rhesus, também conhecido como fator Rh, é um …

Flavonoides

PUBLICIDADE Os flavonoides ou bioflavonoides, são compostos naturais de plantas que constituem os pigmentos responsáveis …

Aldosterona

PUBLICIDADE Aldosterona – Hormônio A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse hormônio em particular, mas ele …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.