Breaking News
Home / Biologia / Mel de Abelha

Mel de Abelha

PUBLICIDADE

O que é mel?

mel é um fluido viscoso doce, de cor amarela a âmbar, produzido pelas abelhas.

Outros insetos também podem produzir a substância, mas aquela produzida pelas abelhas é a que a maioria das pessoas conhece, já que é consumida há séculos como adoçante. Como alternativa ao açúcar, o mel é um alimento doce, denso e saboroso que pode variar muito em sabor e cor, dependendo do que as abelhas estão comendo.

A maioria dos donos de mercearia vende, por ser um alimento muito popular em todo o mundo.

Para colher mel, os humanos montam apiários, instalações projetadas especificamente para abrigar abelhas. O apicultor fornece uma estrutura sólida para as abelhas usarem como colméia, e um sortimento de flores pode ser plantado na região para dar sabor ao mel e estimular a permanência das abelhas.

Uma colônia de abelhas inclui uma única rainha, uma variedade de zangões e um grande número de abelhas operárias. A estrutura social de uma colmeia é, na verdade, bastante complexa, e os naturalistas dedicaram um amplo estudo à vida das abelhas e às formas como elas se comunicam.

Uma abelha rainha rodeada de assistentes. Uma rainha é necessária em uma colmeia

As abelhas operárias viajam para fora da colmeia para coletar o néctar das flores. Quando retornam à colmeia, as abelhas convertem o néctar em mel e o armazenam em favos cerosos projetados para mantê-lo estável até que seja necessário.

As abelhas usam o que produzem como fonte de alimento quando têm dificuldade em encontrar outros alimentos. Os humanos também têm aproveitado a substância como alimento há milhares de anos.

mel é naturalmente doce e foi o único adoçante importante em uso entre os humanos por algum tempo. Ele pode ser usado na panificação, usado como pasta em pães ou adicionado a bebidas para doçura adicional.

A substância também é utilizada na fabricação de alimentos saborosos, como presuntos cobertos com mel. Os apicultores podem controlar o sabor até certo ponto com plantações de flores diferentes; via de regra, quanto mais escuro o produto, mais intenso é o sabor.

A maioria dos veganos não come mel, pois é um produto de origem animal. Muitos acreditam que as abelhas são exploradas para fazer produtos comerciais, uma vez que seu ambiente é fortemente manipulado.

Além disso, as abelhas podem perder a vida na indústria comercial, devido à forma como são manejadas. A maioria dos humanos ignora essas questões éticas, no entanto, incluindo alguns veganos e vegetarianos que gostam de comida doce e saborosa.

O que é o mel de abelha?

As abelhas vivem em uma sociedade complexa, dividem todas as funções, algumas ficam na colmeia para cuidar da mesma e das abelhas mais novas, enquanto outras saem em busca de flores, estas últimas são chamadas abelhas campeiras e são atraídas pelo néctar.

mel é um liquido açucarado produzido pelas flores que contem água e sacarose.

As abelhas sugam o néctar das flores com sua língua que são parecidas com um canudo longo e oco denominado probóscide. Elas guardam esse néctar em uma bolsa localizada na garganta, podem visitar até cem flores para encher esta bolsa. Depois voltam à colmeia e entregam este néctar para as abelhas engenheiras que tem o trabalho de convertê-lo em mel.

As abelhas engenheiras sugam o néctar e manipulam-no com suas bocas misturando-o com enzimas que convertem a sacarose em outros açucares como a glicose e frutose, estas enzimas também fazem o néctar ficar mais ácido evitando que estraguem. Então essas abelhas depositam-no em cada favo e, em seguida abanam suas asas para evaporar a água, fazendo com que a mistura fique bem concentrada.

Pedaço de favo de mel

O néctar contem quase 80% de água, enquanto o mel 18%. Como o mel tem pouca água, bactérias não conseguem se proliferar evitando assim a fermentação.

O mel é um alimento muito completo, possuem açúcares, carboidratos, glicose, frutose, minerais, proteínas, potássio, fósforo, ferro, cálcio, vitaminas do complexo B, entre outros.

Como é naturalmente doce, pode ser um adoçante natural.

O mel pode trazer vários benefícios à saúde, por exemplo:

Possui ação expectorante, melhorando bronquite e asma;
Fortalece a imunidade;
Melhora a digestão;
Alivia a prisão de ventre;
Antisséptico;
Antioxidante;
Antirreumático;
Calmante;
Fonte de energia, pois é rico em carboidratos e açúcares;
Equilíbrio da pressão arterial, devido ao potássio, que entre os nutrientes é o que está mais presente.

Tipos de Mel

Mel

A Bíblia descreve uma terra onde fluem leite e mel. Um terreno próspero, bem equipado com tudo o que se pode pedir.

Hoje em dia, muitos tipos diferentes estão disponíveis, e cada um tem características únicas específicas. Todos eles diferem em sabor, cor, intensidade e textura.

Flor de eucalipto: É um mel mais escuro, com gosto mais forte, ótimo para ajudar nos resfriados, bronquites, irritação da garganta, sinusite e tosses. É fonte de energia muito importante.

Flor do campo (ou mel silvestre): Sua cor e gosto podem variar dependendo da diversidade das plantas que o originaram; pode ser escuro ou até mais claro que o mel da laranjeira. É um ótimo adoçante geral.

Flor da laranjeira: Em geral é mais claro e perfumado, ótimo para insônia, para adoçar chás, excelente para o aparelho digestivo. Os médicos em geral o recomendam graças às suas propriedades que agem sobre a flora intestinal.Um doce mel apreciado por seu sabor cítrico

Atenção: todo mel puro cristaliza.

Como as abelhas fazem mel

Mel de Abelha

Já foi dito que, exceto para o homem, em nenhum lugar do mundo há algo que se compare à incrível eficiência da indústria da abelha.

Dentro da colmeia, cada abelha tem um trabalho especial a fazer e todo o processo decorre sem problemas.

As abelhas precisam de dois tipos diferentes de alimento. Um é o mel feito de néctar, o suco açucarado que se acumula no coração das flores. O outro vem das anteras das flores, que contêm numerosos grãos pequenos chamados pólen. Assim como as flores têm cores diferentes, o pólen também tem.

Vamos com a abelha da flor à colmeia e vejamos o que acontece. A maioria das abelhas coleta apenas pólen ou néctar. Conforme ela suga o néctar da flor, ele é armazenado em seu estômago de mel especial, pronto para ser transferido para as abelhas produtoras de mel da colmeia. Se estiver com fome, ela abre uma válvula no “saco” de néctar e uma parte da carga útil passa para seu próprio estômago para ser convertida em energia para suas próprias necessidades.

A abelha é uma máquina voadora maravilhosa. Ela pode carregar uma carga útil de néctar ou pólen próxima ao seu próprio peso.

Considere que mesmo o projeto mais avançado de aeronave só pode decolar com uma carga de um quarto de seu próprio peso e você apreciará o milagre de que a abelha pode permanecer no ar com tal carga.

Quando suas “bolsas” de néctar estão cheias, a abelha retorna para a colmeia. O néctar é entregue a uma das abelhas que vivem dentro de casa e é passado boca a boca de abelha a abelha até que seu teor de umidade seja reduzido de cerca de 70% para 20%. Isso transforma o néctar em mel. Às vezes, o néctar é armazenado de uma só vez nas células do favo antes do boca a boca funcionar, porque alguma evaporação é causada pela temperatura de 32,5 °C dentro da colmeia.

Por fim, o mel é colocado em células de armazenamento e tampado com cera de abelha para a chegada dos bebês recém-nascidos. O pólen é misturado ao néctar para fazer “pão de abelha” e é fornecido às larvas.

Uma abelha bebê precisa de alimentos ricos em proteínas para que a comunidade de abelhas floresça.

Antes de voltar para a flor novamente para obter mais pólen, a abelha penteia, limpa e cuida de si mesma, não porque ela seja vaidosa, mas para poder trabalhar com mais eficiência. Ao longo de seu ciclo de vida, a abelha trabalhará incansavelmente coletando pólen, trazendo-o de volta para a colmeia, limpando-se e depois partindo para mais pólen.

As abelhas forrageiras começam na colmeia para as manchas de flor quando estão com três semanas de idade. Como vivem apenas seis ou sete semanas, têm muito trabalho a fazer e pouco tempo para o fazer.

Haverá muitas outras abelhas trabalhando ao mesmo tempo, e o ar estará barulhento com seu zumbido. Demora 300 abelhas cerca de três semanas para colher 450 g de mel. Em média, uma colmeia contém 40.000 abelhas.

Fonte: Camila Correia/www.buzzaboutbees.net/foodal.com/www.wisegeekhealth.org/www.dabur.com/honeybee.org.au

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

Fator Rh

PUBLICIDADE Fator Rh – O que é O fator Rhesus, também conhecido como fator Rh, é um …

Flavonoides

PUBLICIDADE Os flavonoides ou bioflavonoides, são compostos naturais de plantas que constituem os pigmentos responsáveis …

Aldosterona

PUBLICIDADE Aldosterona – Hormônio A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse hormônio em particular, mas ele …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.