Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Turismo / Copenhague

Copenhague

Na terra dos Vikings

PUBLICIDADE

Um banho de cultura e civilização, com o mesmo grau de cosmopolitismo de grandes metrópoles mundiais, como Nova York, Paris ou Londres. Copenhague, a capital da Dinamarca e porta de entrada para a Escandinávia, consegue reunir o que de melhor existe na Europa sem apresentar o gigantismo assustador das capitais já citadas. Consegue unir a modernidade dos setores de alta tecnologia com a preservação do patrimônio histórico.

Em qualquer lugar da cidade, percebe-se que se está em um lugar diferente. Afinal, onde no mundo a população pode se dar ao luxo de ir trabalhar de barco, ancorando-o no Centro? Ou então ir de bicicleta sem medo de ser atropelado por motoristas insanos?

Copenhague é um local turístico por excelência. Pode-se andar a pé por toda a cidade e contar com a extrema gentileza de seus moradores, bilíngües e até trilíngües – além do dinamarquês, quase toda a população fala inglês e parcelas significativas dominam o alemão e o sueco.

Recortada por canais e dominada por prédios antigos conservados, de não mais do que cinco andares, a capital dinamarquesa transpira organização por todos os lados. As ciclovias são sagradas e no trânsito, mesmo em horários de pico, é impossível ver alguém buzinando.

Alto Custo

Copenhague é uma das capitais mais caras do mundo, graças aos elevados impostos cobrados sobre tudo – e que garantem a excelência dos serviços públicos, principalmente nas áreas de saúde e educação. Tudo é caro, do sanduíche mais simples ao suvenir mais básico. Mesmo assim é interessante começar a visita pela Stroget, a mais extensa rua de pedestres da Europa.

Como base de comparação, é uma rua Marechal Deodoro, de São Bernardo, de altíssimo padrão e bem mais longa. Calçadas limpas, comércio com produtos da melhor qualidade e total ausência de camelôs – exceto alguns músicos árabes, africanos ou sul-americanos, que não incomodam.

Na Stroget o turista pode ver a história da Dinamarca por meio da arquitetura dos edifícios. No começo, prédios dos anos 30 dão o tom, baixos e bem conservados. Mais para o meio, começam as típicas construções dos anos 60, um pouco mais altas e estreitas. No trajeto, surgem praças que mostram uma Copenhague medieval, com edifícios históricos e pequenas villas, onde estão alguns dos melhores restaurantes do país.

Perto do final da rua comercial, surgem os palácios governamentais, que remontam ao século XVIII, o suntuoso Hotel D‘Angleterre e a imponente embaixada da França. Perto dali fica o Nyhavn, um dos canais da cidade dotado de um pequeno ancoradouro.

É o local das baladas, com mais de 30 bares, um ao lado do outro, uma verdadeira Torre de Babel, com pessoas do mundo inteiro confraternizando e bebendo (bastante). É também ali que se reúnem os blues, os torcedores do FC Kobehavn (nome da cidade em dinamarquês), o time de futebol mais popular da cidade.

Para quem gosta de cerveja, é o lugar certo. As preferidas, as dinamarquesas Carlsberg e Tuborg, são servidas em várias versões, da clara (pilsen) à red ale (vermelha, mais amarga) e stout (escura). O preço é salgado, cerca de US$ 4,60 (R$ 12) por um copo de 400 ml (nenhum estabelecimento do país aceita dólar ou euro, somente a coroa dinamarquesa).

Já para quem curte a vida noturna, a capital dinamarquesa oferece boas opções, mas nada que lembre o Soho londrino, ou Studio 54 de Nova York. A noite é mais calma, menos dançante, mas bastante musical. Predomina o jazz nos cafés e restaurantes do Centro.

Nos bairros mais afastados, bares menores privilegiam o rock. O Red Light District, atrás da estação de trem, também é bastante movimentado, com cafés, bares, restaurantes e várias sex shops.

Para passear a pé ou de bicicleta

Copenhague favorece bastante o turismo a pé ou de bicicleta. É uma cidade quase que totalmente plana. As ladeiras são raríssimas. Mesmo assim, cansa. Depois que todo o Centro da capital for vasculhado, é hora de passar no Tivoli, parque municipal mais interessante de Copenhague.

Criado em 1843 para que o povo “esquecesse” a política. Arborizado e bastante espaçoso, lembra o parque do Ibirapuera, em São Paulo, e o parque Chico Mendes, em São Caetano, só que mais bem cuidado e repleto de restaurantes e lanchonetes. Passeio bom para relaxar e descansar.

Na parte cultural, há museus de sobra. O Amalienborg Museum exibe objetos pertencentes à Casa Real Dinamarquesa. O Frihedsmuseet é um tributo à resistência da Dinamarca aos nazistas na Segunda Guerra Mundial. O Nationalmuseet é de formato tradicional, com ênfase na história humana, com objetos da Grécia e Roma antigas.

Para quem gosta de história, há edifícios que merecem ser vistos. O complexo Christianborg Slot, que inclui o Parlamento, fica próximo do Centro e dos principais canais. Ocupa hoje o terreno onde foi construído o primeiro forte de Copenhague, erguido em 1167.

O Kastellet, do século XVIII, é outro forte que merece ser visto. Para os mais religiosos, vale uma visita à Vor Frelsers Kirken, igreja gótica construída em 1696, uma das mais bonitas do país.

Hotel vira atração turística

Mais do que um automóvel, o Fox Europa é um conceito. A idéia foi difundida com sucesso pela Volkswagen do Brasil ao apresentar o “Project Fox”, um misto de campanha publicitária e de incentivo às artes plásticas que serviu para reforçar a marca do veículo criado e desenhado no Brasil. O lançamento europeu do veículo ocorreu em abril passado, em Copenhague.

Não poderia haver local mais adequado para a ação de marketing. Apesar do custo de vida muito alto, a Dinamarca é um país onde a maior parte da população tem boa renda, portanto, condições de comprar um automóvel. Além disso, o Fox Europa é um carro destinado ao público jovem, e o jovem dinamarquês é considerado muito crítico e exigente, alguém que dita moda no continente.

A primeira parte do “Project Fox” foi repaginar o antigo e decadente Park Hotel, no Centro de Copenhague. Seus proprietários aceitaram a proposta da Volkswagen e simplesmente deixaram que os magos do marketing e da publicidade da montadora tomassem conta de tudo. Os móveis foram doados à população, que formou filas imensas no ano passado em busca de camas, mesas, cadeiras, armários e até mesmo artigos de cozinha.

Despido de sua identidade, o prédio foi rebatizado de Hotel Fox. Cada quarto ficaria a cargo de um artista, que teria total liberdade para fazer o que quisesse. O critério para a escolha dos artistas também foi especial: em início de carreira, desconhecidos, mas com trabalhos reconhecidos em seus países e conectados com tecnologias e manifestações artísticas modernas.

“Procuramos incrementar o projeto com profissionais e aspirantes com o perfil mais próximo possível do consumidor que queremos atingir na Europa: jovens de 18 a 30 anos, estudantes ou em início de carreira e que ainda não reúnem condições de comprar mais sofisticados”, afirma Uwe Cohrs, coordenador de marketing do Project Fox.

O resultado da empreitada: o Hotel Fox acabou virando uma atração turística em Copenhague. Ação de marketing mais eficiente impossível.

Fonte: turismo.dgabc.com.br

Copenhague

Tão perfeitinha, a capital da Dinamarca parece cenário de contos de fada

Se Copenhague não existisse, seria inventada pelo escritor Hans Christian Andersen como cenário para uma de suas fábulas. E, mesmo que Andersen nunca tivesse escrito suas histórias, ainda haveria motivos de sobra para você se apaixonar pela cidade.

Com castelos, guardas reais, caixas de correio vermelhas, um parque de diversões como o Tivoli, cisnes encantados e até uma pequena sereia, Copenhague é o lugar perfeito para qualquer história.

Os dinamarqueses por si só já seriam motivo suficiente para visitar a cidade. São alegres e festeiros, provavelmente os únicos que encontram motivos para comemorar mesmo quando sua seleção nacional de futebol perde uma partida.

O catalisador dessa alegria é o verão. Quando termina o duro e longo inverno, explode a vontade de aproveitar a vida, o sol e os amigos. Por isso, Copenhague torna-se uma das mais animadas da península.

Os parques e até os cemitérios viram “praias” onde o povo loiro e adepto do topless não desperdiça um raio de sol. O Nyhavn, antiga região portuária cheia de bares e restaurantes, as praças e cafés ao longo da Stroget e o Tivoli ficam repletos de gente bonita e alegre.

Copenhague

Fonte: viajeaqui.abril.com.br

Copenhague

Na capital dinamarquesa de Copenhague, não deixe de fazer uma visita no Jardim Tivoli de 150 anos de idade. Copenhague também é conhecida pela sua animada rua de pedestres, Stroget, o magnífico palácio real de Amalienborg e as construções pitorescas ao longo do Canal Nyhavn.

Com mais de 50 museus, dezenas de parques, canais e lagos, excelente compras e uma vibrante vida noturna, ‘Kobenhavn’ (Copenhague) é uma cidade de beleza e velhos tempos. Visite o Teatro Real para balé, drama e música. Ou visite o Festival de Jazz anual em julho, com 300 concertos em 10 dias.

Bicicletas são um meio preferencial de transporte na Dinamarca, até mesmo em ‘Kobenhavn’. Existem 1.700 novas ciclovias gratuitas nas ruas e estradas de ‘Kobenhavn’.

Fonte: portugues.eurail.com

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Locais Turísticos de Burkina Faso

UAGADUGU (OUAGADOUGOU), A CAPITAL PUBLICIDADE É a capital de Burkina Faso e foi fundada há mais de …

Hino Nacional de Burkina Faso

Une Nuit Seule PUBLICIDADE Une Nuit Seule (também conhecido como L’Hymne de la Victoire ou Ditanyè) …

Bandeira de Burkina Faso

PUBLICIDADE A Bandeira de Burkina Faso é formada por duas listras horizontais, de igual largura, sendo a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+