Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Antigo Egito  Voltar

Antigo Egito



 

Antigo Egito

No Egito Antigo a sociedade era dividida em classes sociais, parecido com hoje. As pessoas mais importantes são o faraó (quer era como um rei) e sua família, depois os sacerdotes, mais abaixo estavam os nobres, depois os militares, depois os agricultores, depois comerciantes e artesãos, e por ultimo os escravos.

Um dos fatos mais conhecidos do Egito Antigo é o fato que eles acreditavam que um pessoa nunca morria e achavam que depois de algum tempo o morto iria encarnar outra vez no mesmo corpo. Por isso eles embalsamavam-se e se mumificavam-se. Além de construírem enormes monumentos para serem enterrados dentro deles.

Eles construíram vários templos dedicados a seus incontáveis deuses. Os templos eram grande fonte de dinheiro para o Estado. Todas as atividades econômicas eram controladas pelo Estado.

O Egito Antigo deixou no mundo varias herança muito importantes como, aritmética, engenharia, medicina, o relógio do sol, técnicas agricultas, geometria e filosofia.

O Egito Antigo tem mais de 3000 anos de historia. Ele foi unificado por Menés aproximadamente, em 3200a.C. E foi dominado pelos romanos em 30a.C. Mas quando Cleopatra reinava no Egito, o Egito não era mais importante e poderoso como era antigamente.

Antigo Egito

A historia do Egito é dividida basicamente em 6 partes: Época Tanica, Antigo Império, Médio Império, Novo Império, Baixo Império e Época Ptolemaica.

Em algumas épocas o Egito foi invadido por outros povos, essas épocas são chamadas de Período Intermediário. A historia do Egito pode ser dividida também em dinastias, ou seja famílias diferentes que governaram o Egito. O filho primogênito virava faraó quando seu pai morria. O novo Faraó se cassava com sua irmã pra continuar o reinado nas mãos da família.

A Época Tanita foi de 3200 até 2575 a.C. Foi o começo do Egito, foi quando Menés unificou o país, se tornando, então o primeiro faraó do Egito. Ele criou a cidade de Menfis para ser a capital do Egito. Na Época Tanita não houve nenhum grande faraó, além de Menés, o Egito estava só começando a se formar.

Antigo Egito

O Antigo Império (Antigo Império, 1° Período Intermediário) foi de 2575 até 2040 a.C. Foi nessa época que os reis foram considerados filhos de Rá (O deus Sol). Essa época foi conhecida como a época das pirâmides. O primeiro a criar uma pirâmide foi o rei Djezer e seu arquiteto Imhotep, em Sakara. Mais tarde um outro faraó, Snefer, inspirado nessa pirâmide construiu três pirâmides, porque só a ultima tinha condições de abrigar a múmia do rei. O filho (Kufu ou Keops), o neto(Quefrem) e o bisneto(Mikerinos) de Snefer construíram as magnificas pirâmides de Gizé. A família da 5ª dinastia talvez tenha sido a família mais poderosa de toda a historia do Egito

O Médio Império (Médio Império, 2° Período Intermediário) foi de 2040 a.C. até 1550 a.C. No começo dessa época Mentuhotep II reunificou o Egito. Cresceu muito o culto à Osiris. Além do números de pessoas que se mumificavam crescia bastante, graças ao aumento de pessoas de classe media. Os reis apesar de serem vistos como deuses não eram os únicos com poder, os senhores locais também tinham grande poder. Depois o Egito ficou enfraquecido e foram invadidos pelos Hiscos, eles tinham uma coisa que o Egito não tinha, bigas puxadas a cavalo.

O Novo Império (Novo Império 3° Período Intermediário) foi de 1550a.C. até 712a.C. Os Hiscos foram, expulsos do Egito pelo rei Ahmose. Foi nessa época que Tebas foi reconhecida como capital política e religiosa.

Antigo Egito

Nessa época é que existiu o faraós mais famosos, como Hatchepsut, Akenaton, Ramsés, O Grande, entre outros. A Rainha Hatchepsut governou o Egito mesmo sendo uma mulher, e não foi um mal governo. Ela construiu maravilhosos monumentos que são muito conhecidos hoje em dia. Mas depois de morta seu nome foi apagado. Os egípcios não gostava da idéia de terem sidos governados por uma mulher. Ramsés, O Grande além de ter sido um grande guerreiro foi um grande construtor, foi ele que construiu os templos em Abu Simbel. Ele é até citado na bíblia, na historia de Moisés ele seria o faraó que se recusou a soltar o "povo de Moisés". Akenaton foi um grande revolucionário, ele implantou o monoteísmo, fazendo todos acreditarem apenas em Aton o deus Sol. Ele também mudou a capital do Egito de Tebas para El-amarna. Mas depois seu filho, Tutankamon voltou a antiga capital do Egito. Tutankamon se tornou famoso por sua tumba encontrada intacta. Ele tinha 9 anos quando virou faraó e morreu ao 18.

Já no Baixo Império, que foi de 712 à 332a.C., o Egito estava em grande declínio. Os povos vizinhos descobriram um metal bem mais forte que bronze, o ferro.

O Egito não tinha nenhuma fonte de ferro, com isso ficou difícil de lutar com os países vizinhos. Nisso ele perdeu grande parte de seu poder.

Antigo Egito

A Época Ptolemaica foi de 332a.C. à 30a.C. Nessa época reinaram uma família de faraós gregos. Começou com Alexandre, O Grande. Foi ele construiu a famosa cidade de Alexandria. Os outros Ptolomaicos, não foram muito famosos, a não ser a rainha mais conhecida do mundo, Cleopatra. Ela foi a ultima faraó do Egito. Ela se juntou à Julio Cesar. Depois se juntou-se à Marco Antonio. Teve filho dos dois. Mas morreu sendo picada por uma naja. Ela preferiu morrer que ser pega pelos romanos. Nisso os romanos tomaram conta do Egito e o governaram por 600 anos, até a conquista árabe.

Fonte: www.geocities.com

Antigo Egito

Antigo Egito

O Egito antigo foi uma das mais fascinantes civilizações que já existiu e também a mais misteriosa e com mais conhecimentos.

Conheça dez curiosidades sobre o Egito Antigo:

Os Faraós não podiam tirar o “nemes” (coroa ou toucado), para que ninguém visse seus cabelos.

Pepi II do Egito, passava mel nos corpos dos escravos para atrair as moscas e afastar de perto dele.

No Egito todos usavam maquiagem. O egípcios acreditavam que, com a maquiagem teriam o poder da cura.

O antigo povo do Egito usava Pães para curar infecções.

A vestimenta na época era diferente. As mulheres usavam vestidos, os homens saias, e as crianças não precisavam usar roupa até a adolescência, por causa do calor muito intenso.

Até hoje há um mistério sobre a destruição do nariz da esfinge. Dizem as lendas que o nariz foi retirado por causa de balas de canhão da artilharia de Napoleão Bonaparte.

As mulheres do Egito tinham igualdade legal e econômica com os homens, mas não tinham igualdade social.

Os egípcios acreditavam que quando os corpos eram mumificados a parte interna teria que ser removido pelo nariz. Cada parte retirada tinha um jarro específico. Apenas o coração permanecia, pois os egípcios acreditavam que ele era a casa da alma.

Os ricos usavam perucas e já os mais pobres tinham que usar cabelos longos que eram amarrados como rabo de porco. Os meninos egípcios até os doze anos tinham que raspar a cabeça sempre, para que ficassem protegidos de piolhos e pulgas.

No Egito antigo quem matasse um gato era condenado a morte. Os felinos eram venerados como caçadores e foram divinizados como uma encarnação da deusa Bastet.

Fonte: www.navegandonaweb.com

 

voltar 123456789avançar
Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal