Facebook do Portal São Francisco Google+
+ circle
Home  Einstênio  Voltar

Einstênio

 

História

Einstênio foi descoberto nos escombros da primeira explosão termonuclear que teve lugar em um atol do Pacífico, em 1 de Novembro de 1952.

A queda material fora, recolhidas a partir de um atol vizinho, foi enviado para Berkeley, Califórnia, para análise.

Não foi examinado por Gregory Choppin, Stanley Thompson, Albert Ghiorso, e Bernard Harvey.

Dentro de um mês que haviam descoberto e identificou 200 átomos de um novo elemento, Einstênio, mas não foi revelado até 1955.

O Einstênio tinha formado quando alguns átomos de urânio tinha capturado vários nêutrons e passou por uma série de etapas de captura e decaimento resultando em Einstênio-253, que tem uma meia-vida de 20,5 dias.

Em 1961, Einstênio suficiente havia sido recolhido para ser visível a olho nu, e pesado, embora esse valor era de apenas 10 milionésimos de grama.

Símbolo - Es

Elemento metálico, transurânico, radioativo, pertencente ao grupo dos actinídeos.

Número atômico:99;
Configura ção eletrônica:
[Rn]5f117s2;
Número de massa do isótopo mais estável =
254;
Meia vida =
270 dias.
Ponto de fusão:
Desconhecido
Ponto de ebulição: Desconhecido
Número de prótons / Elétrons: 99
Número de nêutrons: 153
Densidade @ 293 K: Desconhecido
Cor: Desconhecido.
Data da descoberta:
1952
Descobridor: Argonne, Los Alamos, Universidade da Califórnia

São conhecidos onze isótopos.

O elemento foi identificado pelo grupo de pesquisa de A. Ghiorso nos destroços deixados pela primeira explosão de bomba de hidrogênio, em 1952.

Quantidades da ordem de microgramas só se tornaram disponíveis depois de 1961.

Estrutura atômica

Einstênio

Número de níveis de energia: 7

Primeiro Nível de energia: 2
Segundo Nível de Energia: 8
Terceiro Nível de Energia: 18
Quarto Nível de energia: 32
Quinto Nível de energia: 29
Sexta Nível de Energia: 8
Sétimo Nível de energia: 2

Usos

Einstênio não tem utilizações fora da pesquisa.

Einstênio pode ser obtido em quantidades de miligramas do bombardeamento de neutrões de plutônio num reator nuclear.

Propriedades físicas e químicas

Muito pouco Einstênio foi preparada para permitir que os cientistas para determinar as suas propriedades físicas e químicas.

Fonte: www.rsc.org/www.cdcc.sc.usp.br/www.chemicalelements.com

Sobre o Portal | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie | Indique o Portal