Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / Biologia / Camarão

Camarão

PUBLICIDADE

O nome camarão é tradicionalmente dado a um grupo de crustáceos aquáticos, principalmente marinha, mas de água doce, anteriormente agrupadas na subordem “decápodes nadadores” ou Natantia.

Esses camarões são todos encontrados na ordem atual de decápodes da infraordem Caridea, entre outros.

Outros grupos de crustáceos, cuja aparência é semelhante à de camarão “real” pode, no entanto, por vezes ser designados como se segue: é eufausídeos para e misidáceos.

O primeiro uso do termo em francês aparece no quarto livro de Francis Rabelais.

O consumo mundial de camarão aumentou drasticamente durante a década de 2000.

Camarão
Camarões da família Palaemonidae

Classificação

O camarão foi intensamente pescado costas da Europa Ocidental no século XIX . Ela diminuiu drasticamente localmente.

Costuma-se entre as maiores espécies da ordem Decapoda ( Decapoda , que inclui lagostas, caranguejos, lagostas, lagostins ) com cinco pares de pernas, sem ganchos , mas cujos cílios facilitam nadar , eles são alongadas e sua casca é segmentada e separa o abdome do cefalópode ( que também suporta antenas e mandíbulas altamente desenvolvida ) cabeça.

Apesar de aparências semelhantes entre eles, esses camarões são distinguidos pela sua estrutura branquial na classe de sub- ordens e diferentes sub- tipos:

Primeira ordem Caridea Infra: eles são a “real camarão ” era adequada. Esta ordem inclui 16 famílias super- infravermelhos, extremamente diversas espécies.

Ela inclui:

Buquê de rosas ou camarão. Este termo denomina o Palaemon gênero. Estes são os “tipos” de camarão e os mais conhecidos. A cor rosa é devido ao efeito de cozimento: vivo , essas espécies são normalmente translúcidos.
Camarões ou cidades, que são espécies do gênero crangon (que Crangon crangon ) e são os mais pescados.

A subordem Dendrobranchiata, que inclui:

O camarão peneídeos, que pertencem à superfamília dos Penaeoidea ( na subordem Dendrobranchiata ). Existem muitos tipos de diferentes gêneros. Ele inclui o gênero Penaeus, que inclui o camarão marrom, camarão azul, camarão da banana …

Krill

O nome do camarão por vezes referido como krill (do Euphausiacea ordem). É parte do zooplâncton. Comparado com outro camarão ou crustáceos, o krill tem um par extra de pernas, muitas vezes atrofiado na frente do abdômen e cabeça carapacée usa antenas menores.

Ela inclui:

krill antártico, a espécie mais abundante na Terra.
Ártico krill (também presente no Atlântico Norte), que inclui o camarão do norte.

Reprodução de camarão

Camarão são unissexuais (masculino ou feminino). No entanto, alguns machos podem transformar-se em fêmeas, após um certo tempo, o que, em média, é de cerca de dois anos.

Além disso, o camarão fêmea pode acasalar após a realização de sua transformação (mudança shell). Esta capacidade é particularmente encontrada em caranguejos. Levando em conta essas condições, a fêmea pode acasalar apenas três vezes por ano, geralmente o ciclo de primavera, verão e meados de inverno é respeitada.

O número de ovos postos pelos aumentos do sexo feminino com a sua idade. Assim, com a idade de três anos, um camarão fêmea pode colocar mais de 25.000 ovos. Uma vez fertilizado, os ovos são suspensas por abdômen da fêmea com um muco pegajoso secretado em sedas naturais, a proteção da futura prole contra seus companheiros, ou outros predadores. Ele vai levar os ovos até que choquem. A duração de um surto varia dependendo da temperatura da água, para que as estações do ano e no verão, o processo pode levar quatro semanas, enquanto no inverno pode durar até três meses.

Pode-se saber o progresso da maturação de um ovo por sua cor, na verdade, mais do ovo é escuro, não é mais maduro e tão perto de incubação. Após a eclosão dos ovos, o camarão não surge no chão e que é nadar na água e irá surgir apenas depois de alguns meses, no fundo da água.

CAMARÃO BRANCO (Litopenaeus schmitti)

Camarão
Camarão Branco

Características: Possui dez pernas e abdome alongado. Rosto reto e serrilhado em cima com 8 a 11 farpas, embaixo somente com 2. É de cor cinza-clara, sendo espécie muito freqüente entre nós. Chegam a ter 20 cm de comprimento.

Habitat: Regiões arenosas e lodosas nas enseadas de pouca profundidade ou ao longo da costa.

Ocorrência:do litoral do nordeste ao sul do Brasil.

Hábitos: bom nadador, o camarão nada com movimentos rítmicos. Um movimento rápido com a parte terminal da cauda aberta faz com que ele se movimente para trás. Forma grandes grupos, principalmente no período reprodutivo.

Alimentação: pequenos animais ou matéria orgânica em decomposição.

Reprodução: a fecundação dos camarões é externa; o macho fecunda os óvulos após a postura e os ovos são mantidos entre as pernas abdominais da fêmea, durante todo o período da incubação. Eclodidos, os camarões passam por fases larvais, cuja forma é diferente da adulta, recebendo cada estágio, denominação especial; o primeiro estágio tem o nome de neuplios, que são larvas microscópicos e transparentes, sendo encontrado, por vezes, no plancto marinho; o segundo de protozoea, onde já aparecem os olhos, os apêndices complicam-se e o tórax funde-se com a cabeça; depois de outra muda, surge a forma denominada de zoea , de olhos já móveis, passando esta para a forma denominada misis. Na última, temos então o camarão, na sua forma definitiva e adulta.

Predadores naturais: peixes e aves.

Ameaças: constituem explêndido alimento, rico em proteínas e sais minerais; possuem também certa percentagem de iodo. A pesca predatória, a poluição e destruição do habitat são as principais ameaças à espécie.

CAMARÃO ROSA (Farfantepenaeus paulensis)

Camarão
Camarão Rosa

Características: é uma espécie nativa considerada de interesse para aqüicultura. É um dos principais recursos pesqueiros das regiões Sudeste e Sul do país.

Habitat: regiões arenosas e lodosas nas enseadas de pouca profundidade ou ao longo da costa em profundidade em torno de 15 a 150 m.

Ocorrência: a partir de Ilhéus-BA, estendendo-se até o litoral nordeste da Argentina.

Hábitos: bom nadador, o camarão nada com movimentos rítmicos. Um movimento rápido com a parte terminal da cauda aberta faz com que ele se movimente para trás. Forma grandes grupos, principalmente no período reprodutivo.

Alimentação: pequenos animais ou matéria orgânica em decomposição.

Reprodução: formam grandes grupos, principalmente no período reprodutivo. A fecundação dos camarões é externa; o macho fecunda os óvulos após a postura e os ovos são mantidos entre as pernas abdominais da fêmea, durante todo o período da incubação. Eclodidos, os camarões passam por fases larvais, cuja forma é diferente da adulta, recebendo cada estágio, denominação especial; o primeiro estágio tem o nome de neuplios , que são larvas microscópicos e transparentes, sendo encontrado, por vezes, no plancto marinho; o segundo de protozoea , onde já aparecem os olhos, os apêndices complicam-se e o tórax funde-se com a cabeça; depois de outra muda, surge a forma denominada de zoea , de olhos já móveis, passando esta para a forma denominada misis. Na última, temos então o camarão, na sua forma definitiva e adulta.

Predadores naturais: peixes e aves.

Ameaças: constituem explêndido alimento, rico em proteínas e sais minerais; possuem também certa percentagem de iodo. A pesca predatória, a poluição e destruição do habitat são as principais ameaças à espécie.

CAMARÃO SETE BARBAS (Xiphopenaeus kroyeri)

Camarão
Camarão Sete Barbas

Características: é considerado o camarão de maior interesse econômico. Possui cerca de 8 cm de comprimento e rostro com a ponta curvada para cima.

Habitat: águas marinhas costeiras de até 30 metros de profundidade.

Ocorrência: dos Estados Unidos ao sul do Brasil.

Hábitos: bom nadador, o camarão nada com movimentos rítmicos. Um movimento rápido com a parte terminal da cauda aberta faz com que ele se movimente para trás. Forma grandes grupos, principalmente no período reprodutivo.

Alimentação: pequenos animais ou matéria orgânica em decomposição.

Reprodução: a fecundação dos camarões é externa; o macho fecunda os óvulos após a postura e os ovos são mantidos entre as pernas abdominais da fêmea, durante todo o período da incubação. Eclodidos, os camarões passam por fases larvais, cuja forma é diferente da adulta, recebendo cada estágio, denominação especial; o primeiro estágio tem o nome de neuplios, que são larvas microscópicos e transparentes, sendo encontrado, por vezes, no plancto marinho; o segundo de protozoea, onde já aparecem os olhos, os apêndices complicam-se e o tórax funde-se com a cabeça; depois de outra muda, surge a forma denominada de zoea , de olhos já móveis, passando esta para a forma denominada misis. Na última, temos então o camarão, na sua forma definitiva e adulta.

Predadores naturais: peixes e aves.

Ameaças: constituem explêndido alimento, rico em proteínas e sais minerais; possuem também certa percentagem de iodo. A pesca predatória, a poluição e destruição do habitat são as principais ameaças à espécie.

CAMARÃO – O mais conhecido dos crustáceos

As diversas espécies de crustáceos conhecidos como camarões abundam nas regiões litorâneas dos oceanos Atlântico e Pacífico.

Camarão é uma variedade de crustáceo decápode macruro, pertencente às famílias dos peneídeos (marinhos) e palemonídeos (fluviais). Todos são invertebrados artrópodes (com apêndices articulados compostos por segmentos). Sua classe, a dos crustáceos, também inclui caranguejos e lagostas.

O corpo dos camarões é coberto por uma carapaça impregnada de sais cálcicos e divide-se em três regiões: o cefalotórax, na parte anterior; o abdome, onde se inserem os apêndices locomotores ou patas, em número de dez; e o telso, na parte posterior. Os camarões possuem antenas longas e finas, bem como um conjunto de apêndices bucais utilizados na alimentação. Nadam para a frente mas, quando amedrontados, movem-se rapidamente para trás.

Sua área de distribuição compreende o oceano Atlântico, o mar Mediterrâneo, regiões delimitadas do oceano Pacífico, as plataformas continentais, os leitos lamacentos dos riachos, rios e lagoas, assim como os alagados deixados pelas marés. Algumas espécies constituem um elo importante na cadeia alimentar do mar, pois são a base da nutrição dos grandes mamíferos marinhos — baleias, cachalotes — e de numerosos peixes.

Os camarões comuns atingem cerca de vinte centímetros de comprimento, mas a maioria das espécies é de pequeno tamanho e algumas, microscópicas. Entre os diferentes tipos destacam-se o camarão-rosa (Penaeus brasiliensis), camarão-sete-barbas (P. kroyeri), o camarão-branco e o camarão-verdadeiro ou camarão-lixo (Xiphopenaeus schmitti). Os camarões de água doce chamam-se pitus.

Fonte: fr.wikipedia.org/www.vivaterra.org.br/biomania.com

Conteúdo Relacionado

 

Veja também

Reticulocitose

Reticulocitose

PUBLICIDADE Definição A reticulocitose é uma condição em que há um aumento de reticulócitos, glóbulos vermelhos imaturos. É …

Replicação Viral

Replicação Viral

PUBLICIDADE Definição Como o vírus não possui estrutura celular, o processo de reprodução em vírus …

Gêmeos Fraternos

Gêmeos Fraternos

PUBLICIDADE O que são gêmeos fraternos? Os gêmeos fraternos ou dizigóticos são provenientes de óvulos diferentes. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

300-209 exam 70-461 exam hp0-s41 dumps 640-916 exam 200-125 dumps 200-105 dumps 100-105 dumps 210-260 dumps 300-101 dumps 300-206 dumps 400-201 dumps Professor Messer's CompTIA N10-006 exam Network+