Breaking News
Home / Turismo / Los Roques

Los Roques

PUBLICIDADE

Um lugar de areia branca e águas cristalinas.

Los Roques é um arquipélago da Venezuela, situado no Caribe, a 168 km (100 milhas) ao norte de La Guaira, Caracas porta’.

Por sua beleza e importância ecológica foi declarado parque nacional em 1972.

Los Roques
Vista aerea de Los Roques

Los Roques
Vista aerea de Los Roques

Los Roques
Vista aerea de Los Roques

Los Roques
Vista aerea de Los Roques

Los Roques
Vista aerea de Los Roques

Localizado a 166 km ao norte do aeroporto de Maiquetia (um vôo de aprox.35 minutos).

Declarada Parque Nacional em 1972

Para chegar a Los Roques, se você não tiver o seu próprio iate (ou um amigo com um), você pode tomar vôos comerciais a partir de Caracas , Porlamar ( Margarita ) ou Maracaibo. A chegada do ar é espetacular, graças variedade de azuis do que você pode ver.

Você vai chegar na ilha de Gran Roque , de onde você pode tomar um catamarã ou um barco de pescadores para chegar a outras ilhas, como Francisquí o Crasqui.

Los Roques
Mapa de los Roques

O arquipélago tem mais de 50 ilhas. O mais importante, El Gran Roque (A pedra grande), é o único povoado e é onde o aeroporto está localizado. As outras ilhas importantes são Francisqui, Nordisqui, Madrisqui y Crasqui. (Ver Mapa ). No entanto, não se limite a essas chaves …

As teclas

Você pode chegar a um Rasqui pequena e próxima chamada, onde há apenas uma pequena loja com um par de quartos. É o mais próximo que se pode chegar a uma ilha privada.

Los Roques
Vista del Gran Roque vista de Rasqui

Los Roques
Acquamarina Rasqui Chalé Ilha

Você também pode ir para Cayo de Agua (chave de água), uma chave desértica e bonito.

Los Roques
Cayo de Agua

Você pode ir a “Dos Mesquises” uma chave, onde o Los Roques Científica fundação tem um programa chamado “adote uma tartaruga”, onde você pode contribuir, ajudando a fundação que preserva a sua vida.

Los Roques um paraíso de águas cristalinas e areia branca

O que faz de Los Roques um lugar tão maravilhoso é a enorme extensão de águas calmas, a presença de lagoas, pequenas ilhas e praias com areia branca (de origem coral), e águas cristalinas, com cores incríveis.

Los Roques é esportes aquáticos

Los Roques é um lugar ideal para mergulho, pesca , windsurf ou kitesurf.

Durante a temporada (novembro a abril) não perde a oportunidade de comer uma lagosta em Los Roques.

Los Roques: um parque nacional

Como Los Roques é um parque nacional, existem algumas regras para qualquer construção. Você não vai encontrar hotéis de luxo, mas somente uma variedade grande de pousadas, que vão dos mais simples aos mais sofisticados outros que ter orgulho na sua gastronomia.

Quase todos os “posadas” (DCI) estão localizados em Gran Roque, onde pequenos barcos partem para todas as chaves e ilhas. Você também pode ficar em Rasqui ou em um iate ou veleiro, viajando de uma ilha para outra

Fonte: www.venezuelatuya.com

Los Roques

Los Roques, a 145 quilômetros de Caracas, reúne todos os predicados que traduzem o Caribe no imaginário comum.

Tem mar calmo, degradé de azul e verde, areia branquinha, palmeiras e árvores frondosas. E uma temperatura que oscila entre 29 e 34 graus. A

lém das 42 ilhotas, o arquipélago tem 250 bancos de areia, recifes, sedimentos calcários isolados no Atlântico, piscinais naturais, peixes multicoloridos e corais.

Por isso, é considerado um paraíso para mergulhadores.

A única ilha povoada é Gran Roque, onde fica o aeroporto. E, mesmo assim, apenas 1 600 pessoas vivem por lá.

Ainda desconhecido, o arquipélago, que foi transformado em parque nacional em 1972 e tem acesso controlado, não sabe o que é um hotel imenso ou um navio que faz cruzeiros. Em Gran Roque existem alguns restaurantes, mas o único veículo é o caminhão de água.

Este é o lugar para se descobrir como o Caribe era antes de ser invadido por milhões de turistas do mundo todo. Isso não quer dizer que o visitante vai brincar de mochileiro. Se os americanos, talvez com medo das rusgas entre George Bush e Hugo Chávez, ainda não aportaram em Los Roques, os europeus já desembarcaram aqui de mala e cuia.

Muitas das pousadas e restaurantes são tocados por italianos, o que garante que o paraíso tenha comida boa, café expresso e acomodações bem decentes.

Los Roques
Los Roques

Los Roques é amplamente considerado o destino mais extraordinário e imperdível para os visitantes da Venezuela. E não é à toa.

Situado a aproximadamente 170 quilômetros da costa do país, em pleno mar do Caribe, o arquipélago possui cerca 50 ilhas e uma infinidade de atrativos para os seus turistas, em sua maioria casais e jovens que buscam incomparáveis praias para desfrutar. Embora acessível por barcos particulares vindo de vários locais, o principal meio de se chegar ao arquipélago são através dos vôos comerciais que partem quase que diariamente de Caracas, Porlamar e Maracaibo.

O aeroporto de Los Roques se encontra na ilha Gran Roque, a mais povoada da região, local onde também se concentram os principais hotéis, pousadas e a parca infra-estrutura do lugar. 

Não espere por muito luxo: a maioria dos locais de hospedagem, por exemplo, sequer oferece água aquecida, algo que dificilmente fará falta. Também é em Gran Roque que deverá ser paga a taxa obrigatória para visita do arquipélago, já que, diante da legítima necessidade preservação, foi instituído um Parque Nacional no lugar em 1972.

Um dos principais destaques de Los Roques é a ampla variedade de opções para se aproveitar.  Os amantes de mergulho, por exemplo, irão se fartar com as excelentes alternativas, dentre as quais se destacam Boca de Cote, Las Salinas e La Guasa. A visibilidade beira o inimaginável e a fauna submarina local deixará até os iniciados na prática impressionados.

Para quem busca praias para relaxar, se banhar e tomar sol, as possibilidades não são menos amplas. Ao contrário, areias brancas e águas calmas e transparentes, ideais para banhistas, são abundantes em Los Roques. As ilhas mais conhecidas para tal são Francisquí, Madrisquí e Crasquí que, a exemplo dos locais para mergulho, são acessados de barco a partir de Gran Roque. Outro destino interessante no arquipélago, principalmente se crianças estiverem no grupo de viagem, é a visita à Dos Mesquises, onde é possível conhecer e participar do projeto “adote uma tartaruga”.

COMO CHEGAR

Não há voos diretos entre o Brasil e Los Roques. A forma óbvia de chegar ao arquipélago é através de voos até Caracas (direto, com Gol e Tam, desde 4h30 de duração, e com uma escala com Avianca, Taca e Copa) e de lá seguir em pequenos aviões em uma viagem de cerca de 40 minutos. Há também voos desde Isla Margarita, mas a frequência de partidas é muito menor, o que exige certa programação.

ONDE FICAR

Economizar em Gran Roque pode não valer a pena. Os quartos de hospedarias intermediárias ou inferiores não possuem chuveiro quente, luxo só encontrado nas categorias superiores. Via de regra, somente nelas você encontrará ar-condicionado, camas confortáveis e certo charme nas acomodações.

ONDE COMER

As opções de restaurantes em Los Roques são poucas e deixam um pouco a desejar.

A razão é simples: a grande maioria dos turistas fecha pacotes de pensão completa com as pousadas e hotéis. Café da manhã e jantar são feitos nos hotéis, enquanto que o almoço, em uma ilha ou praia mais isolada, vai dentro de uma caixa cooler junto com o hóspede. A maioria das pousadas possui uma cozinha muito boa, com pratos baseados em frutos do mar, com peixes grelhados, lagostas, ceviches e sushi, aceitando não-hóspedes nos jantares.

AGITAR

Se de dia as horas de sol são dedicadas à praia e ao mar, quando a noite cai o agito acontece em alguns poucos bares nas cercanias da Praça Bolívar. Alguns só abrem durante a alta temporada, enquanto que outros possuem bar interessante e até DJ.

Fonte: viajeaqui.abril.com.br

Los Roques

Los Roques
Los Roques

Localizada 166 km ao norte de Caracas no mar do Caribe, o arquipélago de Los Roques tem 42 ilhas, ilhotas (ou recifes), para não mencionar alguns recife 300 que emergem na maré baixa.Parque Nacional desde 1972, a sua ha 225.153 são a primeira e maior reserva marinha do Caribe. Apenas Gran Roque, com sua pista de pouso, tem uma população de alguma importância (1.800 habitantes), e quase todas as outras ilhas permanecem desabitadas e acessível apenas por barco. Este isolamento, o alto preço da viagem, e as normas restritivas do parque nacional têm ajudado a manter as ilhas em um estado de conservação aceitável.

A lagoa central, rasa transforma cristalina se presta muito bem para o snorkeling em qualquer lugar há coral. Recifes de barreira, que se estendem para o sul e leste, decendent por sua vez, para as profundezas do oceano. Todas as ilhas, com excepção Gran Roque, tem belas praias de coral.O arquipélago é o lar de 80 espécies de aves, petréis, pelicanos, fragatas, flamingo e do canário. Selesqui, Bequeve, Canquises Cayo Negro e também são conhecidos por suas aves. Há também lagartos, mas não há cobras ou qualquer nativas ammifère, com a exceção de uma pescadora morcego. Quatro variedades de tartarugas também estão na lista de espécies ameaçadas de extinção.Gran Roque é feito facilmente ao redor da ilha, a 3 km de comprimento, 1 km de largura em apenas 2 horas. Em uma das colinas, é o carro-chefe Holandês (em ruínas), ideal para assistir o pôr do sol, ainda muito espetacular aqui.

Fonte: www.abc-latina.com

Veja também

Hino Nacional da República Democrática do Congo

Debout Congolais PUBLICIDADE Debout Congolais (Levanta congolês) é o hino nacional da República Democrática do …

Locais Turísticos da República Democrática do Congo

BRAZZAVILLE PUBLICIDADE É um lugar muito interessante, muito verde, com uma Basílica, Mercados e o …

República Democrática do Congo

PUBLICIDADE O território que hoje leva o nome de República Democrática do Congo tem sido habitada por …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.