Breaking News
QUESTION 1 You have a hybrid Exchange Server 2016 organization. Some of the mailboxes in the research department are hosted on-premises. Other mailboxes in the research department are stored in Microsoft Office 365. You need to search the mailboxes in the research department for email messages that contain a specific keyword in the message body. What should you do? A. From the Exchange Online Exchange admin center, search the delivery reports. B. Form the on-premises Exchange center, search the delivery reports. C. From the Exchange Online Exchange admin SY0-401 exam center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. D. From the Office 365 Compliance Center, create a new Compliance Search. E. From the on-premises Exchange admin center, create a new In-Place eDiscovery & Hold. Correct Answer: E QUESTION 2 You have an Exchange Server 2016 organization. You plan to enable Federated Sharing. You need to create a DNS record to store the Application Identifier (AppID) of the domain for the federated trust. Which type of record should you create? A. A B. CNAME C. SRV D. TXT Correct Answer: D QUESTION 3 Your company has an Exchange Server 2016 200-310 exam Organization. The organization has a four- node database availability group (DAG) that spans two data centers. Each data center is configured as a separate Active Directory site. The data centers connect to each other by using a high-speed WAN link. Each data center connects directly to the Internet and has a scoped Send connector configured. The company's public DNS zone contains one MX record. You need to ensure that if an Internet link becomes unavailable in one data center, email messages destined to external recipients can 400-101 exam be routed through the other data center. What should you do? A. Create an MX record in the internal DNS zone B. B. Clear the Scoped Send Connector check box C. Create a Receive connector in each data center. D. Clear the Proxy through Client Access server check box Correct Answer: AQUESTION 4 Your network contains a single Active Directory forest. The forest contains two sites named Site1 and Site2. You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains two servers in each site. You have a database availability group (DAG) that spans both sites. The file share witness is in Site1. If a power failure occurs at Site1, you plan to mount the databases in Site2. When the power is restored in Site1, you Cisco CCNP Security 300-207 exam SITCS need to prevent the databases from mounting in Site1. What should you do? A. Disable AutoReseed for the DAG. B. Implement an alternate file share witness. C. Configure Datacenter Activation Coordination (DAC) mode. D. Force a rediscovery of the EX200 exam network when the power is restored. Correct Answer: C QUESTION 5 A new company has the following: Two offices that connect to each other by using a low-latency WAN link In each office, a data center that is configured as a separate subnet Five hundred users in each office You plan to deploy Exchange Server 2016 to the network. You need to recommend which Active Directory deployment to use to support the Exchange Server 2016 deployment What is the best recommendation to achieve the goal? A. Deploy two forests that each contains one site and one site link. Deploy two domain controllers to each forest. In each forest configure one domain controller as a global catalog server B. Deploy one forest that contains one site and one site link. Deploy four domain controllers. Configure all of the domain controllers as global catalog servers. C. Deploy one forest that contains two sites and two site links. Deploy two domain controllers to each site in each site, configure one domain controller as a global catalog server D. Deploy one forest that contains two sites and one site link. Deploy two domain controllers to each site. Configure both domain controllers as global catalog servers Correct Answer: C QUESTION 6 How is the IBM Content Template Catalog delivered for installation? A. as an EXE file B. as a ZIP file of XML files C. as a Web Appli cati on Archive file D. as a Portal Application Archive file Correct Answer: D QUESTION 7 Your company has a data center. The data center contains a server that has Exchange Server 2016 and the Mailbox server role installed. Outlook 300-101 exam anywhere clients connect to the Mailbox server by using thename outlook.contoso.com. The company plans to open a second data center and to provision a database availability group (DAG) that spans both data centers. You need to ensure that Outlook Anywhere clients can connect if one of the data centers becomes unavailable. What should you add to DNS? A. one A record B. two TXT records C. two SRV records D. one MX record Correct Answer: A QUESTION 8 You have an Exchange Server 2016 EX300 exam organization. The organization contains a database availability group (DAG). You need to identify the number of transaction logs that are in replay queue. Which cmdlet should you use? A. Test-ServiceHealth B. Test-ReplicationHealth C. Get-DatabaseAvailabilityGroup D. Get-MailboxDatabaseCopyStatus Correct Answer: D QUESTION 9 All users access their email by using Microsoft Outlook 2013 From Performance Monitor, you discover that the MSExchange Database\I/O Database Reads Average Latency counter displays values that are higher than normal You need to identify the impact of the high counter values on user connections in the Exchange Server organization. What are two client connections 400-051 exam that will meet performance? A. Outlook on the web B. IMAP4 clients C. mobile devices using Exchange ActiveSync D. Outlook in Cached Exchange ModeE. Outlook in Online Mode Correct Answer: CE QUESTION 10 You work for a company named Litware, Inc. that hosts all email in Exchange Online. A user named User1 sends an email message to an Pass CISCO 300-115 exam - test questions external user User 1 discovers that the email message is delayed for two hours before being delivered. The external user sends you the message header of the delayed message You need to identify which host in the message path is responsible for the delivery delay. What should you do? A. Review the contents of the protocol logs. B. Search the message tracking logs. C. Search the delivery reports 200-355 exam for the message D. Review the contents of the application log E. Input the message header to the Exchange Remote Connectivity Analyzer Correct Answer: E QUESTION 11 You have an Exchange Server 2016 organization. The organization contains three Mailbox servers. The servers are configured as shown in the following table You have distribution group named Group1. Group1 contains three members. The members are configured as shown in the following table. You discover that when User1 sends email messages to Group1, all of the messages are delivered to EX02 first. You need to identify why the email messages sent to Group1 are sent to EX02 instead. What should you identify? A. EX02 is configured as an expansion server. B. The arbitration mailbox is hosted 300-320 exam on EX02.C. Site2 has universal group membership caching enabled. D. Site2 is configured as a hub site. Correct Answer: A
Home / História Geral / Televisão

Televisão

PUBLICIDADE

 

Do preto e branco à TV de alta definição

A televisão é um dos eletroeletrônicos mais populares do Brasil.

Segundo a PNAD 2005 (Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílios), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geogrfia e Estatística), 92% dos domicílios brasileiros têm pelo menos um aparelho de TV.

Desde que chegou ao País, em 1950, a televisão passou por diversas etapas até se tornar popular. Começou tímida, como artigo de luxo e presente apenas em alguns lares. Ganhou cores e tornou-se, novamente, objeto de desejo, graças aos modelos de plasma e LCD, que, de tão finos, até parecem quadros para pendurar na parede.

A próxima grande mudança será a chegada da TV Digital. Quando o sistema estiver implantado, quem tiver um aparelho de TV HDTV (High Definition Television) poderá transformar a telinha da televisão em uma telona de cinema, tamanha será a qualidade de imagem. Confira, a seguir, a evolução da TV.

1950 No dia 18 de setembro é inaugurada a televisão no Brasil, trazida por Assis Chateaubriand. Com o lançamento da TV Tupi, o Brasil foi o quarto país a ter uma emissora de televisão.
1950
Chateaubriand importou 200 aparelhos e os colocou em praças públicas, padarias, museus e outros lugares estratégicos. Os primeiros modelos domésticos começaram a ser vendidos no Brasil.
1950
Apresentado o primeiro controle remoto (com fio).
1954
Surge o primeiro modelo semi-portátil com fabricação nacional. Era feito em São Paulo pela ERGA. Era feita de madeira.
1955
Já são mais de mil TVs vendidas no Brasil.
1956
Brasil registra 1,5 milhão de telespectadores no mesmo ano em que é criado o controle remoto que dispensa fios.
1963
É feita a primeira transmissão experimental em cores no País.
1970
25% dos lares brasileiros já têm TV. A Copa do Mundo é transmitida ao vivo, via satélite.
1972
É feita a primeira transmissão oficial em cores no País. A responsável pela façanha foi a TV Difusora de Porto Alegre, em março. Era a inauguração da Festa da Uva, em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul.
1974
A mudança das televisões preta e branca para as em cores ganha força.
1980
Surgem as primeiras televisões portáteis leves o suficiente para serem carregadas e ligadas nos mais variados locais.
1980
Popularização do controle remoto.
1982
– Chegada dos vídeos cassetes.
1987
Surgem os modelos de TV estéreo. A Rede Manchete fez a primeira transmissão experimental.
1992
Primeira tela de plasma full color é apresentada ao mundo.
1996
O mundo chega a marca de 1 bilhão de aparelhos televisivos.
1997
Pioneer lança primeiras televisões de plasma no mundo.
2000
TVs de plasma começam a ser vendidas no mercado brasileiro.
2005
Telas com tecnologia LCD de 40 e 45 polegadas são oferecidas ao mercado.
2006
Cai muito o custo das TVs de plasma e LCD.
2006
Definido padrão de TV Digital no Brasil: o padrão japonês foi escolhido

Características dos equipamentos de TV

Preta e Branca

Era feita em madeira.
Possuía sintonizador manual. Botão rotatório.
Não tinha sintonizador de canal em UHF o que limitava o número de canais.
Era necessário deixar o equipamento esquentar.
O som chegava antes da imagem.
A maioria usava tubo de imagem e era bem larga

Colorida

Som e imagem já chegavam simultaneamente.
Começou a usar diversos tipos de material. Até imitação de madeira.
Painel de botões passou a ser sensível ao toque.

LCD

Os tamanhos variam de 13 a 45 polegadas.
Pode ser vista a um ângulo de até 175º.
É mais leve e menos espessa que as TVs de Plasma.
Funciona bem em ambientes com muita luz.
Gasta pouca energia elétrica.
Funciona como monitor para computadores.
Respondem rapidamente a mudanças de cor.

Plasma

Vai de 32 a 63 polegadas.
Pode ser vista a um ângulo de até 160º.
É mais barata que o LCD.
Tem mais contraste que as telas LCD.

Fique por dentro

HDTV “High Definition Television” (Televisão de alta definição)

Leve o cinema para sua casa: diferente das TVs comuns, mais quadradas e na proporção 4:3, o HDTV funciona na proporção 16:9, o chamado widescreen.

Nesse padrão, a largura da imagem é maior que a altura criando uma sensação de imagens cinematográficas.

A qualidade da imagem é mais de duas vezes superior aos monitores analógicos atuais.

Nitidez na imagem: graças à tecnologia Progressive Scan, a resolução vertical da imagem é duplicada, o que a torna mais nítida, estável e com maior riqueza de detalhes.

Widescreen: a expansão 4×3 permite a exibição de filmes widescreen em tela convencional. Chega daquelas barras escuras no alto e embaixo dos filmes. Elas viraram coisa do passado;

Alta qualidade em áudio: Graças ao sistema áudio Virtual Dolby Surround que vem integrado aos televisores HDTV, o nível do som do equipamento é semelhante ao de uma sala de cinema

Setop Box: Além de ser fisicamente parecido com os decodificadores das televisões a cabo, o set-top box tem função semelhante. Como boa parte das TVs não está pronta para receber e converter os sinais digitais em imagens, o cabo que trará este sinal deve passar por esse conversor chamado de set-top box que o transformará em um sinal de imagem compreensível a todos os televisores, sejam eles prontos ou não para TV de alta definição.

Se a sua tela de plasma ou LCD é “HDTV Ready”, você não precisará de um setop box o que não garante, porém, que as imagens serão reproduzidas em alta definição. Existem TVs de LCD e plasma no mercado que não têm 768 linhas progressivas ou 1080 linhas entrelaçadas de definição índices que devem ser atingidos para que a imagem seja considerada de alta definição.

Fonte: www.wnews.uol.com.br

Televisão

Televisão (TV) é um meio de telecomunicações utilizado para a transmissão e recepção de imagens e som em movimento.

A televisão pode transmitir imagens que são monocromática ( preto-e-branco ), em cores, ou em três dimensões.

Televisão também pode referir-se especificamente a um aparelho de televisão, programa de televisão, ou transmissão de televisão.

Primeiro comercialmente disponível em uma forma muito rudimentar, em caráter experimental, no final de 1920, então popularizado em uma forma muito melhor logo após a Segunda Guerra Mundial, a televisão tornou-se comum em casas, empresas e instituições, particularmente como um veículo para entretenimento , publicidade e notícias.

Durante os anos 1950, a televisão tornou-se o principal meio para moldar a opinião pública.

Etimologia

A palavra vem de televisão grego antigo (Tele), que significa “agora”, e em Latim Visio, que significa “vista”.

Televisão

A televisão é sem dúvida um dos inventos que mais modificou a nossa sociedade, pois permite o acesso fácil e rápido a um manancial de informação.

Mas este processo evolutivo está ainda longe de se poder dar como terminado, pois a procura incessante por maior qualidade de imagem e mais possibilidades a nível de interatividade leva ainda hoje a muita investigação nesta área.

Com este trabalho pretendemos dar a conhecer um pouco da sua história, como apareceu, quais os principais inventores que participaram na formação daquilo a que hoje chamamos televisão.

As várias técnicas de transmissão e os vários aparelhos usados para visualizar o sinal recebido fazem também parte deste trabalho.

Hoje em dia assiste-se a uma pequena revolução nesta área com o aparecimento da Televisão Digital, que está ainda a dar o seus primeiros passos, mas promete trazer melhor qualidade de imagem e som. Mas esta mudança vai implicar a troca dos aparelhos convencionais por outros compatíveis com as novas normas, desde os emissores a receptores, aos próprios televisores, o que implica que esta mudança terá que ser gradual e prolongada.

Evolução Tecnológica

Os primeiros passos para a invenção da televisão foram dados ainda no séc. XIX. O trabalho de Joseph Henry e Michael Faraday, na década de 30, no campo do eletromagnetismo, inicia a era da comunicação eletrônica. Na década de 70, as experiências com o selénio e a luz, assim como a construção do protótipo do primeiro tubo de raios catódicos, abre as portas para a construção dos CRTs, base das televisões convencionais.

Em 1884, Paul Nipkow conseguiu enviar imagens através de fios usando um disco de metal giratório, criando assim o conceito de varrimento de imagem.

Nessa altura criaram-se dois caminhos no desenvolvimento dos sistemas de televisão: a televisão mecânica e a televisão eletrônica.

Televisão mecânica

Em 1884 o alemão Paul Nipkow criou o primeiro sistema eletromecânico de televisão, que consistia num disco com um conjunto de buracos em espiral que era colocado entre a cena a digitalizar e uma célula de selénio. À medida que o disco girava, a luz passava pelos buracos e era captada pela célula.

Devido às propriedades elétricas do selénio, a condutividade elétrica deste varia com a luminosidade captada. O sinal eléctrico produzido era conduzido por um fio até ao receptor.

O receptor era composto por uma lâmpada e um disco igual ao primeiro que girava à mesma velocidade. A luz produzida pela lâmpada variava de acordo com a intensidade da corrente recebida, produzindo assim a imagem original.

A resolução da imagem era de apenas 18 linhas. Este sistema é a base da televisão mecânica.

Foi só em 1928 que John Baird construiu a primeira televisão mecânica, um aparelho baseado nos discos de Nipkow.

Televisão eletrônica

Existe uma grande controvérsia acerca de quem inventou a televisão eletrônica. Em 1927, Philo Taylor Farnsworth, com apenas 14 anos demonstrou o primeiro sistema eletrônico para televisão, mas só com a idade de 21 anos é que conseguiu construir um sistema que funcionasse. Esse sistema é a base de todas as televisões atuais de raios catódicos.

Mas há quem diga que o pai da televisão eletrônica é Vladimir Zworykin, devido à sua invenção do iconoscópio, em 1923, e do kinoscópio, em 1929.Com o aparecimento deste tipo de televisão, a televisão mecânica foi posta de parte na década de 30.

Televisão a cores

Em 1940, os investigadores da CBS (Columbia Broadcasting System), umas das maiores emissoras comerciais de televisão nos USA, inventaram uma televisão mecânica a cores.

Esse sistema tinha a desvantagem de ser incompatível com os antigos televisores a preto e branco. O sistema baseava-se num disco rotativo que continha três filtros, um para a cor vermelha, outro para a verde e um terceiro para o azul.

No lado do receptor as cores eram exibidas sequencialmente e dependia da retenção do olho humano para juntar a três cores numa só imagem.

Apesar de ser um sistema prático tinha uma grande desvantagem: para manter a qualidade da televisão monocromática era necessária uma largura de banda três vezes maior.

A CBS só começou a emitir a cores em 1951.

Entretanto a RCA (Radio Corporation of America) começou a desenvolver um sistema sequencial de pontos. Pontos vermelhos, verdes e azuis de fósforo eram depositados numa tela. A existência de três canhões de eletróns, um para cada cor, fazia iluminar os pontos de fósforo. Este processo era sequencial e processava-se a grande velocidade, normalmente a 3,6 MHz.

Como se pode ver pela figura acima, a saída desse sistema era um conjunto de impulsos com uma amplitude proporcional à amplitude da correspondente cor. A venda de aparelhos deste tipo começou em 1954.

Tipos de Televisão

Televisão

CRT

História

Existem vários tipos de aparelhos usados para a visualização do sinal de televisão recebido, mas a tecnologia CRT é sem dúvida a mais usada no momento. O CRT (Cathode Ray Tube) ou tubo de raios catódicos, foi inventado em 1897, pelo físico alemão Karl Ferdinand Braun. Este primeiro CRT é conhecido por Oscilóscopio de raios catódicos.

A tela emitia uma luz quando atingido por um feixe de eletrón. Em 1907, um cientista Russo de nome Boris Rosing usou um CRT num sistema de recepção de televisão para transmitir formas geométricas para a tela , mas foi só em 1929 que surgiu o cinescópio, um tipo específico de tubo de raios catódicos, que iria ser usado para os primeiros sistemas práticos de televisão, desenvolvido por Vladimir Zworykin. Este cientista Russo inventou ainda o iconoscópio em 1923, um tubo usado nas câmaras para transmissão de televisão.

Principio de funcionamento

É introduzida uma corrente nos filamentos existentes no cátodo para os aquecer. Como dentro do cátodo temos vácuo, os eletróns são libertados em forma de feixe. Esse feixe é posteriormente defletido por campos magnéticos para varrer a superfície no ânodo, que está alinhado com material fluorescente.

Quando os eletróns atingem este material, a luz é emitida, formando assim a imagem. Nas televisões e monitores modernos a intensidade no feixe de electrões é modificada para produzir pontos mais ou menos escuros. No caso das televisões a cores, temos três canhões de electróns, uma para cada cor, que depois faz incidir o feixe nos pontos específicos dessa cor. A combinação dos três pontos resulta na imagem final a cores, que estamos habituados a ver nas nossas televisões.

LCD

História

Os LCDs, de cristais líquidos, são dos tipos de tela mais usado hoje em dia, desde as mais básicas telas monocromáticos de 7 segmentos, aos novos e mais evoluídos usados nos monitores mais recentes. Tem a vantagem de ser mais leves e finos que um monitor CRT e gastam muito menos.

A primeira demonstração prática de uma tela LCD aconteceu em 1968 pela mão de George Heilmeier, numa tela baseado na tecnologia DSM (Dynamic Scattering Mode).

Em 1969 James Fergason descobriu o efeito do campo twisted nematic nos cristais líquidos. Em 1971 a sua empresa ILIXCO produziu a primeira tela com esta tecnologia e obteve grande sucesso, pois este novo tipo de tela apresentava uma qualidade de imagem bastante superior à imagem produzida pelos DSMs.

Principio de funcionamento

Esse tipo de ecrã consiste num líquido polarizável, controlado eletronicamente, dentro de células no meio de placas polarizadoras. Antes de se aplicar o campo eléctrico, as moléculas do líquido encontram-se no estado relaxado. Ao aplicar-se um campo elétrico, a orientação dessas moléculas varia de acordo com a intensidade do campo, controlando assim a passagem da luz.

Existem dois modos de funcionamento para os LCDs: o modo transmissivo e o modo refletivo.

Um LCD transmissivo é iluminado num dos lados por uma luz florescente. Deste modo as células ativas bloqueiam a luz enquanto as células inativas deixam passar. Esse tipo de LCD é usado em ambientes com pouco luz.

No modo refletivo, um espelho na parte traseira do LCD reflete a luz ambiente. Esse tipo tem a vantagem de gastar menos energia.

A seleção das células a polarizar é feita por intermédio de uma matriz de contatos, usada para endereçar a coluna e a linha correspondente à célula. Mas este sistema tem uma desvantagem.

Como só um pixel pode ser endereçado de cada vez, esse tem que se lembrar do seu estado até ser endereçado novamente. Isso resulta num contraste reduzido e de fraca resposta em imagem com movimento. A este tipo de matriz dá-se o nome de matriz passiva.

Para LCDs de grande resolução é necessário outro tipo de sistema, denominado por matriz ativa. Esse tipo de LCD é constituído, para além do já indicado em cima, por uma camada de transístores (thin-film transistor). Esse sistema também é conhecido por TFT. Esse sistema tem a capacidade de armazenar o estado de cada pixel até que ele seja endereçado novamente.

Esse tipo de LCD produz imagens mais nítidas e brilhantes. Devido à sua qualidade de imagem e elevada resposta, este tipo de LCD adequa-se ao visionamento de imagens em movimento e é muito usado em monitores de computador e receptores de televisão.

Plasma

O primeiro protótipo de uma tela de plasma foi criado em 1964 na Universidade de Illinois (USA). Inicialmente as telas eram pequenos e a imagem de fraca qualidade. Mas o desenvolvimento tecnológico dos materiais e do seu fabrico, assim como a capacidade de processamento digital, permitiram criar telas de plasma com imagens de grande qualidade.

A grande vantagem desse tipo de tela é a possibilidade de construir televisões de grandes dimensões com uma espessura de apenas alguns centímetros.

As telas de plasma são compostos por um array de células, ou pixéis, cada um formado por 3 sub-pixéis correspondente às cores vermelho, azul e verde. Essas células contêm um gás, normalmente Xeon ou Néon e estão cobertas por fósforo.

A ionização do gás é conseguida aplicando-lhe uma diferença de potencial. Quando isso acontece ocorre a libertação de fotões de luz (na banda do ultravioleta) por parte do gás, que vão interagir com o fósforo contido nas células.

Essa excitação produz a libertação de fotões de luz por parte do fósforo. Variando a intensidade da excitação, varia-se a intensidade da cor do respectivo sub-pixel. Deste modo e combinando várias intensidades de vermelho, azul e verde consegue-se reproduzir cores ao longo de todo o espetro visível.

Ionização do gás

Esse tipo de tela é um possível substituto da tela de televisão convencional que usa o CRT. Esse tipo de tecnologia permite combinar o tamanho e a resolução necessários para o uso do HDTV (High-definition television).

Fonte: www.img.lx.it.pt

 

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

O Mundo Pós-Guerra

PUBLICIDADE O que foi o Mundo Pós-Guerra? O mundo se dividiu em dois blocos antagônicos …

Crise de 1929

Crise de 1929

PUBLICIDADE A Crise de 1929 – O Crack da Bolsa de Nova York Em 1919 …

Descolonização da África e da Ásia

PUBLICIDADE O que foi a Descolonização da África e da Ásia? Com o enfraquecimento das nações …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

QUESTION 1 You are managing a SharePoint farm in an Active Directory Domain Services (AD DS) domain. You need to configure a service account to use domain credentials. What should you do first? A. Configure the service account to use a domain user account. B. Register the domain credentials in the Farm Administrators group. C. Configure the service account to use a local user account. D. Register the domain credentials as a SharePoint managed account. Correct Answer: D Explanation QUESTION 2 A company named Contoso, Ltd. has a SharePoint farm. The farm has one Search service application configured. The Search service application contains five crawl databases, all of which contain content. Contoso plans to crawl knowledge base content from its partner company Litware, Inc. The knowledge base content must be stored in a dedicated crawl database. You need to configure crawling. What should you do? A. Add a crawl database that contains the Litware knowledge base to the existing Search service application. B. Provision a new Search service application. Configure the service application to crawl the Litware knowledge base content. C. Set the MaxCrawlDatabase parameter to 6. D. Create a dedicated Microsoft SQL Server instance for the Litware crawl database. Correct Answer: B Explanation Explanation/Reference: The maximum number of crawl databases is 5 per Search service application so we need another Search service application. This maximum limit is increased to 15 with an Office 2013 update but the question doesn't mention that this update is installed so we have to assume the question was written before the update was released. QUESTION 3 A company uses SharePoint 2013 Server as its intranet portal. The Marketing department publishes many news articles, press releases, and corporate communications to the intranet home page. You need to ensure that the Marketing department pages do not impact intranet performance. Which two actions should you perform? (Each correct answer presents part of the solution. Choose two.) A. In Central Administration, set up a User Policy for the Super User and Super Reader accounts. B. Configure IIS to use the Super User and Super Reader accounts for caching. C. Use the Farm Configuration Wizard to configure the Super User and Super Reader accounts. D. Use Windows PowerShell to add the Super User and Super Reader accounts. Correct Answer: AD Explanation Explanation/Reference: A: The way to correct this problem is to first create two normal user accounts in AD. These are not service accounts. You could call them domain\superuser and domain\superreader, but of course that's up to you. The domain\superuser account needs to have a User Policy set for that gives it Full Control to the entire web application. D: If you are using any type of claims based authentication you will need to use Windows PowerShell. And Windows PowerShell is the hipper more modern and sustainable option anyway. If you are using classic mode authentication run the following cmdlets on one of your SharePoint servers: $w = Get-SPWebApplication "http:///" $w.Properties["portalsuperuseraccount"] = "domain\superuser" $w.Properties["portalsuperreaderaccount"] = "domain\superreader" $w.Update() If you are using claims based authentication run these cmdlets on one of your SharePoint servers: $w = Get-SPWebApplication "http:///" $w.Properties["portalsuperuseraccount"] = "i:0#.w|domain\superuser" $w.Properties["portalsuperreaderaccount"] = "i:0#.w|domain\superreader" $w.Update() Note: * If you have a SharePoint Publishing site and you check the event viewer every once in a while you might see the https://www.pass4itsure.com/70-331.html following warning in there: Object Cache: The super user account utilized by the cache is not configured. This can increase the number of cache misses, which causes the page requests to consume unneccesary system resources. To configure the account use the following command 'stsadm -o setproperty -propertynameportalsuperuseraccount -propertyvalue account -urlwebappurl'. The account should be any account that has Full Control access to the SharePoint databases but is not an application pool account. Additional Data: Current default super user account: SHAREPOINT\system This means that the cache accounts for your web application aren't properly set and that there will be a lot of cache misses. If a cache miss occurs the page the user requested will have to be build up from scratch again. Files and information will be retrieved from the database and the file system and the page will be rendered. This means an extra hit on your SharePoint and database servers and a slower page load for your end user. Reference: Resolving "The super user account utilized by the cache is not configured." QUESTION 4 You are managing a SharePoint farm. Diagnostic logs are rapidly consuming disk space. You need to minimize the amount of log data written to the disk. Which two actions should you perform? (Each correct answer presents part of the solution. Choose two.) A. Set the log event level to Information. B. Set the log event level to Verbose. C. Set the log trace level to Medium. D. Set the log trace level to Verbose. E. Set the log event level to Warning. F. Set the log trace level to Monitorable. Correct Answer: EF Explanation Explanation/Reference: E: Event Levels Warning, Level ID 50 Information, Level ID: 80 Verbose, Level ID: 100 F: Trace levels: Monitorable: 15 Medium: 50 Verbose: 100 Note: When using the Unified Logging System (ULS) APIs to define events or trace logs, one of the values you must supply is the ULS level. Levels are settings that indicate the severity of an event or trace and are also used for throttling, to prevent repetitive information from flooding the log files. Reference: Trace and Event Log Severity Levels QUESTION 5 A company's SharePoint environment contains three web applications. The root site collections of the web applications host the company intranet site, My Sites, and a Document Center. SharePoint is configured to restrict the default file types, which prevents users from uploading Microsoft Outlook Personal Folder (.pst) files. The company plans to require employees to maintain copies of their .pst files in their My Site libraries. You need to ensure that employees can upload .pst files to My Site libraries. In which location should you remove .pst files https://www.pass4itsure.com/70-342.html from the blocked file types? A. The File Types area of the Search service application section of Central Administration B. The General Security page in the site settings for the site collection C. The Blocked File Types page in the site settings for the site collection D. The General Security section of the Security page of Central Administration Correct Answer: D Explanation