Breaking News
Home / Turismo / Konya

Konya

PUBLICIDADE

A bacia de Konya era um lago 18 mil anos atrás e depois de ter sido drenado, tornou se num vale fértil com uma grande floresta.

Os Romanos chamavam-lhe Icônio, que significa “a cidade de ícones “.

Hoje em dia, é uma província famosa por ser um local de peregrinação, sendo que esta hospeda o túmulo de Mevlana, o fundador da ordem dervixe.

Hititas, Frígios e Lykians haviam habitado Konya no 1,400-1,300 AC. Alexandre, o Grande, deu à cidade ao seu oficial Lisímaco e após os Seljucidas e os reis de Pérgamo, a cidade estava sob a autorização Romana no século 2. O Cristianismo se espalhou em Konya, que foi visitada pelo Apóstolo Paulo e Barnabé.

Os árabes saquearam na nos séculos 7 e 9 e os Seljúcidas tomaram o controle da cidade em 1081 tornando-a na sua capital no século 12.

O Sultão Seljuk Alaettin Keykobat levou Konya a um período próspero. Ele reuniu artistas, matemáticos e teólogos na sua corte, incluindo o famoso Celaleddin Mevlana Rumi, o fundador da ordem dervixe.

Particularmente, na primeira metade do século 13, os seljúcidas Rum patrocinaram um programa de construção de grande porte que incluia a construção de mesquitas, hospitais, fortificações e outros edifícios públicos que contribuíram para a prosperidade de Konya.

Os mongóis conquistaram a cidade no século 13 DC, depois foi governada pelo Karamans até que foi ocupada pelos Otomanos (1397 DC).

Konya teve um grande desenvolvimento com o passar dos anos e tem sido uma das cidades mais importantes da Turquia desde então.

Konya
Konya

Konya
Konya

Konya
Konya

Konya
Konya

Konya
Konya

Fonte: www.turismogrecia.info

Konya

Konya é uma cidade turca de 800000 habitantes que foi mudando de nome ao longo da história, desde Koniah até Iconium, acabando por se tornar Konya.

Capital do sultanato de Rüm, ocupada pelos cruzados, pelos sultões …

Konya é uma cidade com uma história imponente.

Konya (Turco otomano; também Koniah, Konieh, Konia, e Qunia; historicamente conhecida como Iconium, ) é uma cidade da Turquia com cerca de 742.690 habitantes (2000), localizada no centro-sul do país na região da Anatólia. É capital de uma província homônima, que é a maior província turca em superfície.

Na Antigüidade, segundo os Atos dos Apóstolos, foi visitada por São Paulo. Konya é também considerada a terra natal de Santa Tecla.

Depois da queda do império Hitita, no século XIII adc, a cidade esteve sob o dominio de Frígios, Licônia, Capadócia e Galatas.

Provávelmente, o povo que deu origem ao nome: Iconium, foram os Frígios, povos provenientes da Trácia, que durante a queda do império hitita, invadiram a anatólia. De entre várias tribos existia a tribo dos cicones.

Fonte: turquia.costasur.com

MUSEU DE MEVLÂNA: Ordem Mevlevi ou Dervixes Rodopiantes

O Museu de Mevlâna faz parte de um complexo de 6.500 m2, localizado na cidade de Konya, cidade que tem laços estreitos com a vida e a obra de Celaleddin Rumi, ou Mevlâna, o fundador, no século XIII, da seita dervixe Mevlevi – mais conhecida como Dervixes Rodopiantes. Rumi desenvolveu uma filosofia de união espiritual e amor universal e é visto como um dos maiores místicos do mundo islâmico.

Konya

Konya

Konya

Konya

O museu é um acrescento do pavilhão dervixe original. Aqui encontram-se peças extraordinárias, como o tapete de oração de Rumi (presente do sultão Alaeddin Keykubat no ano de 1.225), vários ‘terços de oração’ (Tesbih) com 999 contas feitas de nó de madeira de limoeiro e vários exemplares de “Livros Sagrados” manuscritos à mão, do maior ao mais pequeno alguma vez observados. Mas a peça que atrai mais visitantes é a uma caixa – fechada – entalhada com madrepérola que, acredita-se, conter a ‘Barba Sagrada’, ou seja, fios da barba do profeta Maomé. Junto desta peça é normal ver pessoas em oração.

Konya

No exterior do museu podemos observar a Fonte das Abluções, usada no ritual de limpeza dervixe. Esta fonte é muito fresca nos dias quentes, e ainda hoje há quem se sirva dela.

Para visitar este museu é obrigatório o uso de capas de plástico nos sapatos e não é permitido efetuar qualquer tipo de reportagem, razão pela qual só aqui se reporta o seu exterior.

Na zona envolvente encontram-se sepultados membros pertencentes à ordem Mevlâna. As sepulturas das mulheres são decoradas com flores e as dos homens com uma pedra cônica, simbolizando o toucado do traje tipico usado na “sema” ou cerimônia rodopiante praticada pelos dervixes.

Konya

Konya

Este impressionante museu de Mevlâna, sede da seita dos Dervixes Rodopiantes (uma das principais atrações deste país), confere a Konya uma importância única na cultura desta região da Anatólia Ocidental.

Fonte: alcacerdosalfatimaape.blogspot.com.br

Veja também

Hino Nacional da República Democrática do Congo

Debout Congolais PUBLICIDADE Debout Congolais (Levanta congolês) é o hino nacional da República Democrática do …

Locais Turísticos da República Democrática do Congo

BRAZZAVILLE PUBLICIDADE É um lugar muito interessante, muito verde, com uma Basílica, Mercados e o …

República Democrática do Congo

PUBLICIDADE O território que hoje leva o nome de República Democrática do Congo tem sido habitada por …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.