Breaking News
Home / Literatura Infantil / A Volta ao Lar

A Volta ao Lar

PUBLICIDADE

MIRA-LHE o rosto e beija-o, traço a traço,
Plena de um gozo ideal, que a transfigura;
Olha-o de novo e, após, recua um passo
Para fitá-lo bem, toda ternura.

Passa-lhe à cinta docemente o braço,
Baixinho frases trêmulas murmura,
Quebra-lhe a voz suavíssimo cansaço,
E enche-lhe d’água os olhos a ventura.

Depois toma-lhe as mãos, e, ávida, escuta
– A alma nos olhos, sem querer mais nada –
A odisséia da ausência, e a vida e a luta.

Diviniza-lhe o rosto estranho brilho;
Move os lábios, sorrindo-se enlevada,
E só consegue murmurar: “Meu filho!”

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja também

O Bicho Folharal

PUBLICIDADE Cansada de ser enganada pela raposa e de não poder segurá-la, a onça resolveu …

O Menino o Burro e o Cachorro

PUBLICIDADE Um menino foi buscar lenha na floresta com seu burrico e levou junto seu …

O Menino e o Padre

PUBLICIDADE Um padre andava pelo sertão, e certa vez com muita sede, aproximou-se duma cabana, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.